Estamos testando algumas plataformas de anuncios, caso notem links suspeitos e direcionando forçadamente para páginas indesejadas nos avise através do formulário de contato.

SSS-Class Suicide Hunter – Capítulo 11

Capítulo 11

Ei, zumbi. Você sabe o que é mais importante quando se está sendo ensinado?

“Gostaria que primeiro você parasse de me chamar de Zumbi.”

-É a taxa de tutoria.

Terminamos nossos negócios na sede da Sangryun e partimos. Era bem no meio do dia e as ruas estavam movimentadas. Caçadores aposentados estavam ocupados atendendo clientes em restaurantes e cafés.

Havia muitas lojas completamente vazias entre eles também. Os donos das lojas estavam sentados sem expressão, com a boca aberta. Pessoas que tiveram sucesso teriam sucesso, e aqueles que não tiveram, não teriam. Foi cruel, mas era o fato imutável tanto da Babilônia quanto do mundo exterior.

–E você acabou de receber a taxa de tutoria. Vamos ver, então o que vem a seguir?

“Mm. Um bom tutor? ”

–Não. Já existe um na sua frente.

Bae Hu-ryeong falou descaradamente. Sem a menor mudança em sua expressão.

–Um bom livro de referência! Você precisa de um livro que o ajude a crescer mais rápido.

“Um livro didático…”

—É. Como um livro de habilidades ou um elixir. Mas não há como você compreender um livro de habilidades mesmo se você conseguir um, certo? Portanto, a única resposta é conseguir esses elixires caros.

Esse cara disse as coisas certas de uma forma tão rude.

–Além disso, eu não lido com elixires baratos. Por que, era o Castelo de Alquimia? Havia uma guilda na qual os médicos e farmacêuticos estavam registrados. Obtenha os elixires feitos apenas por seus mestres qualificados.

“Ek.”

–Eu sei onde fica a loja, então não se preocupe. Tem algo que o vovô Marcus costumava ir. Se conseguirmos todos os elixires lá…

“E-Espere aí.”

-Hm? Por quê?

Abaixei minha voz porque algumas pessoas estavam passando por mim.

“…Esses elixires não são ridiculamente caros?

–Claro que eles são ridiculamente caros. Se você ouvir o preço, seu queixo cairá.

Bae Hu-ryeong deu uma risadinha.

–Devo dizer quanto é?

“Vamos ouvir.”

Ele sussurrou no meu ouvido. Meus olhos se arregalaram depois de ouvir o preço. Era uma quantia astronômica.

“Mesmo se eu derramar tudo o que tenho, só recebo 4?!”

–Heehee. Se comprarmos a granel, podemos obter um desconto e obter 5. Eles sabem como dirigir um negócio. É por isso que os médicos que conhecem o gosto do dinheiro são os mais assustadores.

“É, é tão caro…”

Misericórdia. Eu ficaria pobre novamente. Achei que conseguiria viver confortavelmente desde que ganhei o bilhete de loteria do primeiro lugar.

-Bem. O que você pode fazer a respeito? É porque você não tem habilidades. Pense nisso tudo como seu destino… humph!

O rosto de Bae Hu-ryeong endureceu.

–Gong-ja. Esconda-se.

“O quê?”

-Rápido.

Sua voz ficou séria. Eu me encontrei atrás de uma lata de lixo com suas palavras. Era uma lata de lixo que um restaurante usava para jogar fora os restos de comida. Eu torci meu nariz.

“Por que você está me dizendo para me esconder de repente?”

-Tenha cuidado. É o vôvô Marcus.

“…”

Prendi minha respiração. Com cuidado, espiei por cima da lata de lixo para ver a rua. Um velho com cabelo branco amarrado para trás, o atual Rank 1 do mundo com a Visão do Detetive, o Santo da Espada, estava caminhando para longe.

‘Se eu for pego, vai ser uma merda.’

Meu coração disparou. Foi porque meu nervosismo foi entregue. Muito falador, Bae Hu-ryeong fechou a boca por um tempo. Nós dois nos escondemos atrás da lata de lixo prendendo a respiração, olhando para o Santo da Espada.

“…De novo… cale a boca…”

Felizmente, ele não parecia ter nos notado. Ele murmurou para si mesmo como sempre e foi para algum lugar.

–Sheesh.

Bae Hu-ryeong fez uma careta ao ver o Santo da Espada entrar em algum prédio.

–Tsk! Aquela é a melhor loja.

“A melhor loja?”

–Elixires, estou falando de elixires. O melhor criador montou sua loja lá. Ugh, sério! Todos os outros são apenas traficantes de drogas. Temos que comprar lá…!

Bae Hu-ryeong bateu os pés. Esta foi a primeira vez que vi esse fantasma realmente louco. Eu estava perdido em pensamentos ao lado dele.

‘Usar a mesma loja que o Santo da Espada é muito perigoso. Mas, uma boa loja para elixires…’

Pesquisei os melhores classificados no meu telefone. Havia uma lista começando do primeiro lugar.

+

Classificação 1. Santo da Espada / Afiliação: Nenhuma

Classificação 2. Bruxa do Dragão Negro / Afiliação: Dragão Negro (Mestre da Guilda)

Rank 3. Conde / Afiliação: União dos Comerciantes (Mestre da Guilda)

Classificação 4. Questionador Herege / Afiliação: Templo dos Dez Mil (Mestre da Guilda)

Classificação 5. Cobra Venenosa / Afiliação: Chen Mu-mun (Mestre da Guilda)

Classificação 6. Linguista de Babel (1) / Afiliação: Manhak (vice-mestre da guilda)

Rank 7. Mensageiro Kwangyeok / Afiliação: Jornal de Ouro (Vice Mestre da Guilda)

Rank 8. Cruzado / Afiliação: Milícia Civil (Vice Mestre da Guilda)

.

.

.

+

“Não está aqui.”

Eu murmurei para mim mesmo. Bae Hu-reyong reagiu às minhas palavras.

-Hm? O que não está aqui? Sua sorte?

“Não. O oposto, na verdade.”

Eu estava transbordando de sorte.

“Pode não custar tanto quanto eu pensava.”

O quê?

“Só teremos que gastar um centavo para conseguir o melhor elixir.”

Eu sorri.

“Porque conheço um farmacêutico muito bom.”

Entramos em um beco escuro.

Era um bairro pobre. As pessoas aqui tinham que morar aqui porque não podiam ganhar dinheiro. Era um bairro de Harlem. Os caçadores que olhavam em nossa direção tinham olhares anormais.

–…Há um farmacêutico qualificado aqui?

Bae Hu-ryeong reclamou, como se não acreditasse.

“Não é um farmacêutico qualificado, mas o melhor farmacêutico da história.”

–Dê uma maneirada em suas mentiras. Por que alguém assim ficaria aqui?

“Ah, não acredite em mim se não quiser.”

Eu ouvi alguém estalando a língua em algum canto. Parecia que os caçadores que olhavam em nossa direção haviam se afastado. Eles provavelmente pensaram que eu era um psicopata me vendo falar sozinho. Mesmo que as pessoas neste harlem fossem as piores, elas não tocavam em pacientes mentais. Eu sorri para mim mesmo.

‘O que vai acontecer se eles souberem que minha carteira está cheia de moedas de ouro?’

Era óbvio. Eles correriam para mim como lobos.

Claro, eu não planejava contar os negócios da minha carteira para outras pessoas. Sentindo o cheiro de cadáveres em decomposição, entrei mais fundo no beco. Foi então que ouvi o som de algo se rasgando.

“P, por favor, apenas não toque nos meus materiais de experimento!”

Uma voz jovem.

Depois disso, alguém falou em um tom áspero.

“Você já fez isso mais de uma vez agora? Que tipo de besteira você está cuspindo!”

“Já passou meio ano do vencimento. Você tem que pagar o preço agora.”

Eu me dirigi para onde ouvi as vozes. No meio das ruas sinuosas, havia uma loja vazia montada. Era onde as pessoas estavam lutando.

“Ut. Eu, se você pegar todas as ferramentas… Eu realmente não posso ganhar a vida…”

“Vamos embora, não há mais nada para ver. Pegue tudo!”

Gangsters com bons corpos colocaram máquinas em suas carroças. Uma jovem que parecia estar na casa dos 20 anos agarrou-se a eles para implorar.

“Uma semana! Por favor, me dê mais uma semana. Não, mais 5 dias…”

“Aquela uma semana tornou-se um mês e aquele mês tornou-se meio ano agora!”

Enquanto os gangsters iam embora, o dono da loja desabou no chão sem poder protestar. Ela estendeu a mão para as carroças, mesmo quando seus joelhos estavam sendo arranhados.

“Há… ainda há remédio líquido incompleto…!”

“Ugh. Por que fomos pegos por essa farmacêutica maluca. Senhora! Estou te aconselhando, mas nunca mais faça remédios!”

As carroças rangeram e desapareceram nas ruas. Apenas a mulher desesperada de joelhos foi deixada.

Incluindo eu, todas as outras pessoas da vizinhança tinham saído para assistir. Elas sussurravam entre si.

“Tsk tsk. Eu pensei que aquela loja iria falir.”

“O remédio é muito caro. Por que uma única poção de cura é 40 de ouro?”

“Ela achava que os negócios eram fáceis porque ela é jovem…”

Talvez ela tivesse ouvido os sussurros dos espectadores. A desesperada dona da loja virou a cabeça na direção deles.

“Ca-cara?” Eu só vendo pelo preço original!”

Ela parecia bastante lamentável. Seu cabelo estava grudado na cabeça como se ela não o lavasse há dias. Os óculos em seu rosto pareciam antiguidades. Até sua voz estava rouca.

“Só a nossa loja vende esses tipos de remédios por esse preço na Babilônia! Vo-você realmente deveria estar grato por eu ter montado minha loja aqui! É!”

“Ah, ela ainda não está vivendo na realidade.”

“Sheesh. Ela acha que é melhor dizer isso… ”

Os espectadores balançaram a cabeça e a multidão se dispersou.

A dona da loja, que parecia que ninguém gostaria dela, ainda estava lá.

“Oh… E, espere. Já que vocês estão todos aqui, que tal uma garrafa de poção de saúde… Com minha poção especial, até um caçador quase morto pode voltar à vida.”

“Eu. Eu não vou comprar isso, não vou!”

Ela tentou agarrar os espectadores, mas era tarde demais. A água já foi derramada. Eles amaldiçoavam e desapareciam.

“Tem efeitos realmente bons… não é uma mentira…”

Ela se jogou no chão.

–Ei.

Bae Hu-ryeong murmurou depois de ver aquela cena desagradável.

–É a ‘farmacêutico histórica’ de que falou… aquela perdedora?

“O que você vai fazer se for?

–Vou me preocupar sinceramente com o seu bem-estar. Pensando, ah, o cérebro desse garoto deve ter ficado desconfigurado depois de morrer 4000 vezes. E então vou apresentá-lo ao melhor terapeuta da Babilônia.

Eu bufei.

“Você deveria ter se preocupado com meu bem-estar quando comecei a ver fantasmas. Aquela proprietária é definitivamente a farmacêutica histórica, então não se preocupe. ”

–Ela não é uma farmacêutica histórica, é uma perdedora histórica! Seu bastardo louco!

Bae Hu-ryeong falou alto, mas eu o ignorei. Caminhei em direção à proprietária que estava sentada no chão.

“Com licença.”

“Uuh…?”

Ela olhou para mim. Ela parecia ainda mais patética de perto. Suas roupas eram compridas demais para ela. Mas, como ela estava de jaleco branco, dava para perceber que ela era farmacêutica e não uma mendiga.

“Dona da loja-nim. Você ainda está vendendo, certo?” [TN: Dona da loja-nim é uma forma de tratar os proprietários de lojas de maneira respeitosa em coreano.]

Claro, essa pessoa não era uma mendiga. Ela também não era uma farmacêutica comum.

“Se você ainda está vendendo, há algo que quero pedir.”

Lorde do Castelo da Alquimia.

Ela era uma farmacêutica que alcançaria o status de Rank 5 no futuro.

No momento, ela estava fora da classificação, mas definitivamente teria sucesso.

“Tudo bem se for um pouco caro.”

“Ah, sim. Sim! Claro! Eu posso fazer qualquer coisa para você!”

A cor voltou ao seu rosto. Sua loja estava à beira da falência, mas havia um cliente dizendo que compraria remédios caros.

“Uh, mas de quão caro você está falando…?”

“Hm.”

No futuro, ela era uma farmacêutica de quem eu não conseguia nem pensar em comprar, mas dessa vez era diferente.

“Eu quero comprar coisas que vão custar cerca de 20.000 de ouro.”

“…”

Ela deixou cair sua boca aberta.

E daí se ela parecia patética. Para mim, ela parecia uma galinha dos ovos de ouro. E coloque ovos de ouro 100% puro nela!

Eu sorri.

“O que você está fazendo? Você precisa anotar o pedido, proprietária da loja-nim. ”

Eu seria seu repugnante freguês agora.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar