Super God Gene – Capítulo 667

Qigong de Segunda Geração

Hui Haifeng aceitou o pedido de amizade então enviou uma mensagem, perguntando: — Como se chama essa habilidade?

Han Sen contemplou a resposta por um minuto e depois respondeu: — Golpe do Elefante-rex.

Não era muito talentoso quando se tratava de nomear as coisas, visto que só usou a regra mais básica para nomear esse nome. Pegou uma palavra de cada componente da habilidade; uma palavra do Rex Pontiagudo Flamejante e uma do elefante ósseo, cujo poder havia simulado.

— O nome Golpe do Elefante-rex se encaixa muito bem. Tem mesmo o poder de um elefante e de um T-rex. — Hui Haifeng então perguntou: — Você é um velho soldado?

— Sim, sou. — Han Sen estava no exército há um ano, então achou que se qualificava para ser chamado de “velho soldado”.

Pobre Han Sen, não sabia o significado verdadeiro de “velho soldado”. Com Hui Haifeng já suspeitando que ele podia ser um, esta “confirmação” tirou qualquer suspeita dele.

— Quer praticar com a sua arma estranha? — Hui Haifeng perguntou.

— Sim, quero. Consegui colocar minhas mãos nessa Alma de Besta de Linhagem Sagrada de Variante Furiosa, então quero dominá-la. A parte foda é que não consegui achar ou formular habilidades corretas que combinam com ela — Han Sen respondeu.

— Arma de Linhagem Sagrada de Variante Furiosa? Que sorte. É uma arma única, então talvez possa criar habilidades específicas para ela. Bora, vamos praticar mais uma vez! — Hui Haifeng convidou Han Sen para outra luta.

— Cara, eu agradeço. Mas não posso fazer isso de novo. O Golpe do Elefante-rex me esgotou todo, e não posso usar isso de novo tão facilmente. Meus ossos estão todos doloridos agora — disse Han Sen. As coisas não estavam tão ruins quanto ele fez parecer, mas estava mesmo bem esgotado. Estaria em desvantagem desde o início, então não tinha como produzir resultados decentes de treinamento.

— Tudo bem. Já nos adicionamos como amigos. É só me chamar se quiser treinar — Hui Haifeng respondeu com prazer.

— Pode ter certeza que vou chamar. Muito obrigado — Han Sen disse.

— Somos colegas de batalha; de nada. Estou interessado na sua arma — Hui Haifeng falou.

Depois que Han Sen saiu do campo de treinamento virtual, sua mente continuou à deriva no Qigong do elefante ósseo.

Se o Sutra Dongxuan podia simular elementos de um Qigong, então significava que poderia simular o Qigong do urso preto, da raposa prateada ou até mesmo da cabaça estranha que possuía?

Pensando nisso, Han Sen ficou muito animado com a perspectiva. A energia do elefante ósseo possuía um poder bruto, bem cinético. Ele se perguntou o que poderia ocorrer se simulasse o Qigong de outras criaturas.

— Se eu simular a energia da raposa prateada, então vou poder lançar raios? — Han Sen ficou entusiasmado com o pensamento.

Seria uma sorte grande se desse certo. Se pudesse simular o Qigong dos filhotes de Super Criatura, então poderia fazer o que quisesse; seria indestrutível.

Em meio a essa emoção, tentou simular o Qigong da raposa prateada. Até conseguiu sentir seu poder aumentar sob a simulação, mas nenhum raio foi manifestado.

— Estranho. Cadê o raio? Se eu posso simular, cadê o som de estalo e crepitação da eletricidade?

Han Sen teve uma ideia enquanto pensava nisso. — Deve ser porque eu não terminei o primeiro nível do Sutra Dongxuan. Talvez eu não consiga invocar poderes elementares porque não desbloqueei o primeiro bloqueio genético.

Era só um palpite, mas devia ser isso mesmo. Portanto, seu desejo de terminar o primeiro nível do Sutra Dongxuan aumentou. E esperava terminar logo para saber se poderia invocar poderes elementais.

Mas o Sutra Dongxuan do Han Sen chegou em algum tipo de gargalo. Não melhorou quase nada, depois do progresso acelerado que teve quando ficou embaixo do pessegueiro. Talvez conseguisse dominar o primeiro nível, caso conseguisse superar esse gargalo.

— O cheiro da flor de pêssego aumentou muito o progresso do Sutra Dongxuan. Talvez eu consiga desbloquear o primeiro nível com a ajuda de um pêssego daquela árvore. — Han Sen ficou profundamente pensativo, ponderando sobre aquela árvore maravilhosa.

Mas, pensando melhor, levaria mais alguns meses até que os pêssegos começassem a florescer lá, então demoraria um bom tempo até que pudesse comer um.

Han Sen descansou no dia seguinte e mais tarde se encontrou com Hui Haifeng de novo no campo de treinamento. Perguntou se ele estava disponível para ajudá-lo a treinar, e Hui Haifeng rapidamente concordou.

Teve ideias boas depois de ver as habilidades do Hui Haifeng, mas as habilidades de lança dele exigiam o apoio de uma Arte de Hiper Gene, e, portanto, não era possível copiar completamente. Mesmo assim, conseguiu adaptar muitas coisas para os Furos do Dragão Tóxico. Seu poder se destacou muito mais do que da última vez, e se adequava muito mais ao Rex Pontiagudo Flamejante.

Nos dias seguintes, Han Sen passou seu tempo praticando com o Rex Pontiagudo e aprimorando suas habilidades. Mas achava que agora estava na hora de procurar pistas por uma Super Criatura que vagava sozinha. Para isso, precisava cuidar de uns preparativos primeiro.

Se desse o cristal preto ao Pavão de Olhos Pretos, levaria um mês para a conclusão do processo de evolução. No entanto, acreditava que os resultados valiam o tempo. Os dardos disparados seriam mais rápidos e fortes, o que seria de grande ajuda para caçar Super Criaturas.

Han Sen saiu do campo virtual, e seu comunicador tocou. Foi um número desconhecido que ligou; um que o fez franzir as sobrancelhas. Era um comunicador que recebeu dos militares, de modo que uma pessoa comum não podia ligar, então devia ser alguém interno.

Aceitou a chamada e ficou chocado com a imagem exibida: era Li Xinglun.

— Por que você está me olhando com tanta surpresa? Sou um hacker de alto nível, então passar por esse sistema defensivo é moleza. Encontrar as suas informações foi facinho — Li Xinglun falou com uma expressão presunçosa.

— Então você deve saber que essas chamadas são monitoradas, né? — Han Sen respondeu forçando um sorriso.

— Que tipo de hacker eu seria se fosse me preocupar com isso? Não se preocupe, ninguém está nos monitorando e ninguém saberá que você está no comunicador — disse Li Xinglun, com muita confiança.

— Pode me procurar no abrigo, então por que foi tão longe só para falar comigo? — Han Shen encolheu os ombros, desconfortável em fazer algo que fosse contra a lei.

Han Sen acreditava que nenhum problema viria até ele, se mantivesse o nariz longe de problemas. Ações ilegais nunca eram totalmente invisíveis, e sempre havia um vestígio que poderia ser seguido.

Li Xinglun nunca tinha visto um hacker melhor. Portanto, acreditava ser o melhor.

— Estou entrando em contato porque é uma emergência. Você não entrou no abrigo nos últimos dias, então este foi o único jeito que consegui entrar em contato — Li Xinglun explicou.

Mas sua expressão não mostrava nenhuma preocupação em particular. Han Sen não acreditava que essa chamada era uma emergência. Hackear sistemas militares parecia uma coisa normal para Li Xinglun fazer, até estava no clima de conversar com ele sem medo de ser descoberto.

— Bem, o que aconteceu? — Han Sen perguntou.

— Desbloqueei meu bloqueio genético! — Li Xinglun proclamou, enquanto cutucava o nariz.

— Parabéns. E? — Han Sen olhou com estranheza para Li Xinglun, incapaz de acreditar que o sujeito excêntrico tinha hackeado o sistema militar somente para contar isso.

— Fiquei sabendo que montou uma equipe para caçar Super Criaturas, então quero participar. E sei onde tem uma — Li Xinglun falou.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar