Birth of the Demonic Sword – Capítulo 1585

Único

A aparição do Segundo Príncipe deixou todos na cena sem palavras. Os da organização secreta e os híbridos não conseguiram entender toda a situação, mas a façanha do especialista conseguiu surpreendê-los de qualquer maneira.

“Se importa de explicar?” Noah perguntou antes que Faith e os outros pudessem desabafar sua raiva.

O nível de cultivo do Segundo Príncipe estava no estágio sólido do sétimo rank. Ele era tão forte quanto June, mas sua presença era fraca. Mesmo em sua nova forma, Noah mal podia senti-lo.

“O que há para explicar?”, anunciou o Segundo Príncipe. “Eu consertei o portal dimensional e peguei carona numa passagem para as Terras Imortais. Eu planejava me revelar apenas quando atingisse o nível do meu pai, mas esse cara novo arruinou minha grande surpresa.”

“Espere”, June gritou. “Você está conosco desde antes da ascensão? Você assistiu enquanto a Cidade de Cristal nos torturava?”

“O que você quer que eu diga?” Segundo Príncipe encolheu os ombros. “Você é digna de ser amiga de Noah. Cheguei ao outro mundo quando você estava no meio de uma guerra. Eu decidi me esconder já que você era muito poderosa para mim, mas sua situação não melhorou nas Terras Imortais. Então, ver que meu pai não podia me sentir me acalmou, então continuei escondido.”

“Como você se protegeu de nossos sentidos?” Noah perguntou enquanto a descrença ainda preenchia sua mente.

“Eu não sou um humano, lembra?” O Segundo Príncipe respondeu. “Eu posso facilmente me transformar em um item inscrito, um manto, ou mesmo algo que não irradia nenhum nível de cultivo. A parte mais difícil foi abrir o túnel dimensional sem que ninguém percebesse, mas o resto foi bem fácil.”

Noah não sabia o que dizer. Ele não conseguia entender direito os motivos do Segundo Príncipe.

“Você estava com muito medo de se revelar?” Noah finalmente perguntou.

“É claro!” O Segundo Príncipe gritou. “Vocês são todos loucos que não fazem nada além de lutar. Eu não queria passar por anos de batalhas novamente, então permaneci escondido enquanto acumulava poder. Tudo estava indo muito bem…”

“Acho que vocês se conhecem,” Luke exclamou, mas Noah lançou um olhar raivoso para ele.

O especialista ficou em silêncio, mas não parou de sorrir. Luke achou toda a situação muito engraçada e nem tentou esconder seus sentimentos.

“Você se escondeu em mim o tempo todo?” Faith perguntou quando a raiva penetrou em sua aura.

Daniel reagiu da mesma maneira. A raiva clara penetrou em sua aura, mas ele conseguiu manter a calma.

“Nunca foi sexual”, bufou Segundo Príncipe. “Além disso, eu até ajudei no seu treinamento. Por que você acha que está mais perto do estágio sólido em comparação com os outros?”

“Lutem lá atrás”, disse Noah enquanto apontava para as bordas das regiões azuis. “Eu preciso falar sobre coisas sérias.”

“Você não vai me proteger?” O Segundo Príncipe perguntou, mas Noah já havia começado a ignorá-lo.

Faith, Daniel e o Segundo Príncipe eventualmente deixaram aquela área, e os ruídos de uma batalha logo ecoaram pelo céu. Noah nem se preocupou em checar a luta desde que Luke reivindicou toda a sua atenção.

“Você estava prestes a revelar por que eu deveria cooperar com a organização secreta”, disse Noah.

“Certo, certo,” Luke respondeu. “Como você já sabe, a organização secreta tem a melhor rede de informações nas Terras Imortais. Aprendemos sobre eventos ou recursos importantes muito antes de outras forças.”

“Você e os outros ramos”, Noah o contradisse. “As outras forças aprenderão tudo de qualquer maneira, já que a organização secreta continuará a ajudá-las. Você está apenas equilibrando o campo aqui.”

“Alexander está fazendo uma bagunça no domínio humano”, explicou Luke. “Toda organização teme você e a Legião. Nenhuma força ousaria começar uma luta agora. É o momento perfeito para transformar esse equilíbrio em vantagem.”

“Isso implica que você já tem algo valioso em mãos”, acrescentou Noah.

“Claro,” Luke exclamou. “Algo apareceu na fronteira com as regiões caóticas. Suspeitamos que vem de uma existência de rank 9.”

“O que te faz acreditar nisso?” perguntou Noah.

“Mesmo as imensas Terras Imortais viram apenas algumas existências de rank 9”, explicou Luke. “A organização secreta sempre as acompanhou, então entendemos quando um lugar carrega sua marca.”

“É uma herança?” Noah perguntou enquanto alguma curiosidade surgia em sua mente.

“Nós não temos certeza absoluta,” Luke continuou. “Assemelha-se a um covil em vez de um edifício real. Acreditamos que todos vocês devem ser perfeitos para a exploração.”

Noah não acreditou nisso. Essa chance parecia perfeita demais para ele. Preferiria acreditar que a organização secreta havia escolhido desistir de um de seus valiosos locais para criar aquela aliança com a Legião.

Os ruídos da batalha acontecendo à distância finalmente pararam. Noah podia ver que o Segundo Príncipe estava completamente bem, enquanto Faith parecia exausta. Daniel parecia aborrecido, mas não apresentavam nenhuma lesão.

“Vamos então”, disse Noah. “Devemos usar esta chance enquanto Alexander está reivindicando a atenção do domínio humano, certo? Não vejo por que devemos hesitar.”

“Bem, nós temos que completar alguns preparativos primeiro,” Luke exclamou enquanto seu sorriso congelava.

“Sem preparativos”, Noah rejeitou sua oferta. “Eu não quero dar a sua força tempo para preparar as coisas. Ou vamos agora, ou você deixa estas terras.”

Luke engoliu em seco. Ele podia sentir a seriedade de Noah durante seu discurso. Ele estava pronto para partir naquele exato momento.

“Se apresse!” gritou Noah. “Mostre o caminho. Todos vocês estão livres para vir.”

Noah rompeu esse cerco e virou-se para as profundezas das Terras Exteriores. Demônio Divino, Jordan, June, Fergie e os outros rapidamente o imitaram, deixando Luke sem chance a não ser segui-lo.

“Somos aliados então?” Luke perguntou assim que alcançou Noah.

“Vou pensar sobre isso depois desta missão”, respondeu Noah antes de se concentrar no Segundo Príncipe. “Você também deve vir. Eu quero um relatório completo sobre o que aconteceu depois que eu ascendi.”

“Insuportável como sempre”, suspirou o Segundo Príncipe. “Não há muito a dizer. Eu reconstruí o túnel dimensional e permaneci escondido. Fim da história.”

“Pensei que você reconstruiria o túnel para meus amigos no outro mundo”, respondeu Noah.

“Bem”, o Segundo Príncipe hesitou enquanto tentava encontrar as palavras certas para descrever esses eventos passados. “Você era apenas um deus recém-ascendido, e minha existência é bastante peculiar. Eu me libertei de seu juramento, mas respeitei seus desejos de qualquer maneira. Eu apenas lidei com eles de maneira diferente.”

Noah não pôde deixar de suspirar. Teve que admitir que o Segundo Príncipe era tão único quanto alegava. A existência do especialista era estranha, pois não pertencia a nenhuma das três espécies principais.

“Não se preocupe”, o Segundo Príncipe continuou. “Eu não esqueci o que você fez por mim. Eu sou um aliado, e eventualmente vou provar isso. Eu não quero brigar com você nunca mais.”

Noah não respondeu. Começou a ignorar o Segundo Príncipe e voltou para Luke. O especialista estava liderando o grupo agora, mas Noah ainda queria investigá-lo sobre esse recurso.

“Conseguimos conectar aquele lugar a Olhos Radiantes”, explicou Luke. “Ela sempre se interessou por híbridos ao longo de sua vida, mas os relatos sobre ela se tornaram vagos depois que se aproximou do pico do oitavo rank.”

“Vamos ver do que se trata em breve”, exclamou Noah enquanto mudava o foco para um tópico diferente. “Agora, conte-me sobre os recursos que você decidiu manter em segredo de mim.”

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar