Agora temos uma página destinada a Doação, para os leitores que tem interesse em contribuir e também para aqueles que querem ter acesso as obras em formato PDF/EPUB acessem para mais informações.

Blood Warlock: Succubus Partner in the Apocalypse – Capítulo 18

O Cruel Caminho da Evolução

Desde que Bai Zemin conheceu Lilith, apenas cerca de um dia havia se passado. Embora não seja muito tempo, sua mente já havia formado uma pequena ideia do tipo de pessoa que ela era na maior parte do tempo.

Brincalhona, charmosa e até um pouco travessa. Quanto a gentileza, Bai Zemin se conteve de pensar nessa possibilidade, já que não acreditava que Lilith o estava ajudando por pura bondade.

Ainda assim, é inegável que ela o ajudou em muitas ocasiões, fornecendo-lhe informações que, embora ele pudesse ter descoberto por conta própria após alguma pesquisa, poupava-lhe tempo, já que o tempo era algo precioso em eras de caos.

No entanto, esta era a primeira vez que Bai Zemin via uma expressão tão séria em seu rosto e, embora ele não tivesse tanta certeza, parecia haver um toque de ansiedade em sua voz.

“Eu não vou morrer… Pelo menos não tenho intenção de morrer ainda.” Bai Zemin respondeu enquanto balançava a cabeça.

Lilith ficou um pouco surpresa ao perceber como ele parecia calmo ao dizer essas palavras. Ela o olhava enquanto ele tirava a mochila e deixava os sacos plásticos contendo remédios escondidos em um canto e seus olhos não puderam deixar de brilhar com uma pitada de elogio e até mesmo um pequeno brilho de satisfação desconhecida.

“Sabe, tu és realmente estranho.” Lilith apontou enquanto caminhava ao lado dele na direção da saída.

“Você acha? Bem, já me disseram isso muitas vezes.” Bai Zemin encolheu os ombros e segurou com força sua espada enquanto seus olhos brilhavam com um toque de determinação.

“Realmente não tens medo de morrer? Porque desta vez, tu podes morrer de verdade!” Ela ergueu uma sobrancelha e o lembrou.

“Eu tenho medo de morrer… É claro que estou com medo.” Bai Zemin acenou com a cabeça impaciente e continuou: “Mas o que temo não é a morte em si, tenho medo de não poder ver Meng Qi e meus pais de novo… Tenho medo de não ser capaz de ajudá-los quando eles precisarem de mim… Mas não tenho medo da morte. Para mim, a morte não é diferente de dormir eternamente e quer saber? Eu adoro dormir!”

“Tu…” Ouvindo que ele até ousou brincar em tal situação, Lilith não sabia se ria ou chorava e um olhar de desamparo brilhou em seus lindos olhos.

“Meu Deus…”

Enquanto a chuva forte caía sobre seu corpo e relâmpagos iluminavam o céu com frequência, Bai Zemin olhou para a cena à sua frente e seu coração apertou ligeiramente.

A densa névoa nos arredores havia desaparecido e uma área de pelo menos cem metros agora era visível. No entanto, o que surpreendeu Bai Zemin foi que em meio aos prédios havia um monstro do tamanho de um elefante.

Esse monstro tinha várias partes de seu corpo rodeadas por chamas amarelas que dançavam em altas temperaturas e que limpavam a névoa ao redor. Seu corpo tinha cerca de três metros e meio de comprimento e era cercado por uma espécie de armadura espessa que brilhava como se fosse de metal. Suas seis pernas eram grossas como uma porta e tinha um chifre poderoso de quase dois metros de comprimento saindo de sua boca.

“Desde quando os besouros elefantes ficam tão grandes e têm chamas ao redor deles…?” Bai Zemin sentiu seus cabelos se arrepiarem ao ver o inseto gigante avançando lentamente em sua direção enquanto o olhava com seus dois olhos cheios de intenções assassinas.

“Pare de brincar!” Lilith o bateu suavemente e avisou: “Esse é um monstro que já passou por sua primeira evolução, o que o torna um monstro de Primeira Ordem. Além disso, como tu também percebeste, aquele inseto já te notou, então ele irá persegui-lo não importa o quão longe tu corras.”

Bai Zemin assentiu silenciosamente enquanto corria em direção a outro prédio próximo. Com uma batida forte, o chão sob seus pés estremeceu suavemente e, usando seus 70 pontos de [Força], ele saltou três metros com relativa facilidade. Tal façanha seria impossível antes do advento do Soul Records e sem a ajuda do Poder da Alma, mas com o poder para a evolução disponível para todos, as regras do passado não estavam mais escritas em pedra.

Ao chegar ao topo, Bai Zemin observou o grande inseto coberto de chamas se aproximando em sua direção. A pressão que sentia apenas por ser observado por aquele par de olhos vermelhos era tão imensa que ele teve que resistir à vontade de se virar e correr.

Lilith tentou ajudá-lo de todas as maneiras possíveis para que ele pudesse sobreviver e passar neste teste, então ela rapidamente explicou: “Ao atingir o nível 25, todos os seres vivos adquirem a capacidade de escolher uma profissão ou classe. Conforme avança na Ordem, o poder de cada ser vivo torna-se tremendamente maior e a diferença não é tão simples quanto adicionar 1 + 1… A distância entre o nível 24 e o nível 25 é tão grande quanto a que existe entre o nível 1 e o nível 24, se não maior!”

Uma diferença ainda maior? Bai Zemin não pôde deixar de suspirar ao ouvir isso. Ele estava muito ciente sobre o quão grande era o contraste entre o atual ele e uma pessoa de nível 1; era como comparar uma pequena formiga a um tubarão. Para começo de conversa, nem deveria haver comparação.

“E o louva-a-deus de ontem?” Bai Zemin perguntou rapidamente.

Em sua batalha contra o Grande Louva-a-Deus Rápido, Bai Zemin esteve em perigo várias vezes e um único erro teria lhe custado a vida. No entanto, ele nunca, em momento algum, sentiu uma pressão tão imensa quanto estava sentindo agora ao ficar cara a cara com o besouro elefante gigante.

De acordo com o que Lilith acabara de dizer, o Grande Louva-a-Deus Rápido de nível 25 já deveria ser uma criatura da Primeira Ordem também. Mas ele queria saber por que a diferença entre esses dois era tão grande.

“Para obter essa classe e depois evoluir para se tornar uma existência de Primeira Ordem, todo ser vivo precisa superar um teste e cumprir um desafio. Até que esse desafio seja superado, todo o Poder da Alma recebido será armazenado, e não será possível subir de nível. Aquele louva-a-deus que tu mataste ontem era apenas uma criatura evoluída, mas ainda não havia dado o primeiro passo verdadeiro no caminho da evolução.” Lilith esclareceu sua dúvida rapidamente. “No entanto, aquele besouro gigante é definitivamente uma criatura de Primeira Ordem. Aquelas chamas ao redor dele devem ser sua habilidade especial adquirida após obter sua profissão com sucesso!”

Bai Zemin finalmente entendeu tudo. Ele acenou com a cabeça e agradeceu antes de semicerrar os olhos para a criatura que se aproximava.

O besouro elefante gigante estava atualmente a menos de vinte metros de distância e estranhos rugidos saíram de sua boca enquanto ele olhava fixamente para Bai Zemin. A intenção assassina que exalava de seu corpo era tão grande que até suas próprias chamas pareceram ficar mais fortes.

Obviamente, esta criatura podia sentir o Poder da Alma dentro do corpo de Bai Zemin e estava ansiosa para devorá-lo.

Embora Bai Zemin mal tivesse chegado ao nível 15, por ele vir lutando e derrotando inimigos de um nível mais alto do que ele desde o início, roubando parte de seu Poder da Alma no processo, seu próprio Poder da Alma era extremamente rico neste momento.

Se o besouro elefante gigante pudesse absorvê-lo, definitivamente poderia evoluir ainda mais.

No entanto, ele não foi o único que pensou assim.

Bai Zemin lambeu os lábios e um flash de selvageria brilhou em seus olhos por uma fração de segundo antes de desaparecer e se esconder sob seu usual olhar frio.

Desde o momento em que derrotou aquela Grande Abelha, Bai Zemin se embriagou com a agradável sensação de sentir seu corpo e alma ficando mais fortes.

A sensação de seus músculos endurecendo, suas articulações se fortalecendo, sua carne ficando mais dura e sua capacidade cerebral aumentando… Bai Zemin podia sentir tudo!

Os humanos são criaturas que buscam o poder por instinto. A história escrita em livros era prova disso.

Bai Zemin também queria poder… Para sobreviver, para viver uma vida melhor, para proteger aqueles que eram importantes para ele, para não ter que abaixar a cabeça para ninguém e para se vingar daqueles que ousaram ferir seus entes queridos.

Lilith pensou que ele estava em silêncio porque estava nervoso ou por estar pensando em sua próxima ação. Portanto, ela ficou lá, tentando dar todo o seu apoio moral, pelo menos.

“Eu me pergunto…”

Ao ouvir sua voz, virou o rosto para ele e ficou tão surpresa que até mesmo ela, uma existência superior, não pôde evitar que seus olhos se arregalassem um pouco.

Um grande sorriso enfeitava seu rosto e, embora para alguém como Lilith aquilo não fosse particularmente atraente, naquele momento era muito marcante.

“Eu me pergunto o quanto vou crescer depois de matar esse besouro!”

Ele exclamou.

A mana ao redor moveu-se à sua vontade e o poder mágico dentro de seu corpo disparou completamente sem se conter, enquanto se concentrava em seu inimigo a apenas dez metros de distância.


Agora temos uma página destinada a Doação, para os leitores que tem interesse em contribuir e também para aqueles que querem ter acesso as obras em formato PDF/EPUB acessem para mais informações.

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar