Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx
Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Damn Reincarnation – Capítulo 210

A Sala Escura (3)

Eugene não podia mais poupar nenhum pensamento sobre o campo de batalha cheio de cadáveres e o homem presente nele. Aquele homem já havia desaparecido e outra existência apareceu de repente na frente de Eugene.

O primeiro pensamento que veio à mente foi que o recém-chegado era um amálgama de seu passado e presente. O homem parado na frente de Eugene era Hamel de trezentos anos atrás, mas, ao mesmo tempo, também era Eugene.

Eugene olhou para o homem enquanto permanecia parado e, de fato, o homem não parecia uma aparição. Embora houvesse alguma distância entre ele e o homem, Eugene sentiu seus sentidos ficarem alertas e aguçados devido à presença dele.

Ambos estavam respirando da mesma maneira, lenta e profundamente. Nenhum deles foi consumido pela empolgação e tensão, e ambos estavam observando objetivamente a situação como se fossem simplesmente espectadores observando a alguns passos de distância. Ambos os homens estavam segurando suas espadas, mas seu aperto era frouxo. Na verdade, seus corpos inteiros estavam relaxados.

Eugene não sabia se o homem tinha um ego, mas se o homem realmente fosse uma projeção de Eugene, então estaria avaliando Eugene, assim como Eugene o estava avaliando agora.

“Parece que Hamel foi derretido em Eugene Lionheart”, Eugene pensou.

Pelo menos, foi o que pareceu a Eugene. Embora o cabelo do homem fosse curto, a cor cinza do cabelo simbolizava a família Lionheart. Além disso, seus olhos dourados eram afiados como os de uma fera. Em termos de físico… Ele parecia um pouco maior que Eugene.

“Vou crescer mais…? Não, não é isso. Esse não é o meu futuro. É simplesmente uma projeção do meu eu ideal.”

Eugene não tinha queixas sobre seu corpo atual. Em vez disso, era incomparavelmente melhor do que seu corpo de sua vida anterior. No entanto, ele viveu uma vida mais longa e agitada como Hamel do que como Eugene. Como tal, Eugene ainda se lembrava claramente de seu corpo anterior. Além disso, Eugene Lionheart ainda não havia superado Hamel Dynas. Sim, era verdade que ele era capaz de produzir uma potência maior por um instante se várias condições fossem atendidas, mas seu eu anterior ainda estava à frente em termos de equilíbrio geral.

Hamel também era um pouco mais alto que Eugene. Não era uma grande diferença, mas… Eugene sentiu tanto saudade quanto um senso de ridículo quando viu a aparência do fantasma e as cicatrizes em seu rosto.

— Nunca imaginei que meu eu ideal tivesse essas cicatrizes sujas. — Disse Eugene. Ele se perguntou se o fantasma poderia falar, mas não obteve resposta ao seu comentário. Bem, ele não esperava uma resposta em primeiro lugar. — Pelo contrário, essas cicatrizes são a prova da minha imaturidade.

Crack.

Os dedos de Eugene apertaram o cabo de sua espada. Embora tenha sido um movimento sutil, a atmosfera ao redor dele se transformou completamente em um instante. Ele baixou o olhar para as armas que se projetavam do chão. Todas pareciam familiares. Eram apenas armas comuns sem habilidades especiais, ao contrário das que Vermouth havia usado… O coração de Eugene batia forte de empolgação.

Boom.

Eugene imediatamente evocou a Fórmula do Anel de Chamas e despertou a Chama Relâmpago. Em um instante, seu corpo ficou borrado e ele acelerou no espaço. Estava se movendo tão rápido que parecia estar usando o Teleporte. Num piscar de olhos, Eugene chegou na frente do fantasma e brandiu a espada a partir de sua cintura.

No entanto, não houve contato. Na verdade, a lâmina de Eugene nem raspou nada. O fantasma escapou do golpe de Eugene de forma limpa e perfeita. Até Eugene ficou maravilhado com o movimento impecável do fantasma. Foi quase como se Eugene tivesse falhado intencionalmente seu golpe.

O corpo do fantasma cintilou. Sua presença, intensa no início, foi rareando quando se aproximaram. Em outras palavras, Eugene estava tendo dificuldade em ler as intenções e ações de seu oponente. Sentindo um calafrio na espinha, Eugene saltou apressadamente para trás. No entanto, a espada do fantasma era um pouco mais rápida que ele.

O golpe do fantasma não chegou a penetrar na carne de Eugene. Em vez disso, o Escudo de Aura de Eugene interrompeu o ataque. No entanto, isso não foi o fim. O braço esquerdo do fantasma estava escondido atrás de seu corpo durante o ataque anterior. Com um movimento rápido, o fantasma ergueu a mão livre e em seu aperto havia outra espada.

— Ugh. — Eugene soltou um suspiro surpreso. Cortes foram feitos no espaço um após o outro, mas o fantasma permaneceu estranhamente silencioso enquanto atacava. Cada um de seus golpes dava a ilusão de que as lâminas se moviam como se estivessem vivas. Pelo menos, foi assim que pareceu para Eugene.

Eugene não conseguia criar uma distância adequada entre ele e o fantasma. Na verdade, ele nem teve a chance de pensar quando os golpes caíram como uma chuva forte. Eugene sentiu-se sendo empurrado para trás aos poucos enquanto defendia e desviava os ataques.

Eugene sabia como usar muitas armas diferentes de sua vida anterior. Para ser mais preciso, ele manuseava todos os tipos de armas com uma proficiência incrível. Então e a espada? Bem, entre as muitas armas que ele dominava, Eugene estava particularmente confiante em suas habilidades com a espada.

No entanto, empunhar uma espada era completamente diferente de empunhar duas espadas simultaneamente. Mesmo em sua vida anterior, Eugene era hábil no uso de espadas duplas e, durante a revolta do Castelo dos Leões Negros, ele dominou Hector Lionheart usando espadas duplas. No entanto, Eugene mantinha padrões muito elevados para si mesmo e sempre se considerou deficiente quando se tratava de empunhar espadas duplas. Como tal, ele raramente recorria ao uso de espadas duplas em sua vida anterior, e o mesmo aconteceu após sua reencarnação.

“Como isso é apenas um pouco mais forte?”, Eugene se perguntou.

O fantasma definitivamente não parecia apenas um pouco mais forte. Na verdade, Eugene achou impossível encontrar brechas na defesa do fantasma, pelo menos não com uma única espada. E daí se ele se igualasse ao fantasma e começasse a empunhar espadas duplas? Ficou claro que ele seria completamente abatido devido à diferença de proficiência entre ele e o fantasma.

Crack!

Rachaduras começaram a aparecer e se espalhar na lâmina de Eugene enquanto os dois continuavam a trocar golpes, embora a espada de Eugene estivesse revestida com espada de força. Eugene deu um passo para trás e o fantasma avançou enquanto balançava suas espadas duplas. As duas pessoas se enfrentaram mais uma vez, e Eugene empurrou sua espada para frente como se estivesse esperando. Mas, em vez de permitir que a espada de força em torno da lâmina explodisse, Eugene a condensou ainda mais.

Boom!

A espada de força fez com que a lâmina da espada explodisse, e centenas de fragmentos afiados foram lançados em direção ao fantasma. Sem esperar para verificar os resultados da explosão, Eugene soltou o punho de sua espada e saltou para trás.

Ele havia confirmado a localização das outras armas com antecedência. No momento em que agarrou um chicote de metal, a mana que permitiu fluir livremente para a arma a fez se debater. A tira do chicote se transformou em uma faixa de fogo uma vez que foi imbuída de mana da Fórmula da Chama Branca.

A poeira da explosão tremulou silenciosamente, e a correia do chicote parou de repente enquanto procurava penetrar mais fundo no véu.

Era uma lança. O fantasma estava segurando uma longa lança, e empurrou silenciosamente, envolvendo o chicote com força em volta da lança como um fio. Eugene descobriu que a mana que injetou estava em um impasse. Assim como Eugene podia usar mana livremente, o fantasma também era capaz de fazer o mesmo.

Era uma luta de força.

Boom!

Os fluxos de mana colidiram bem no meio e causaram o colapso do solo abaixo. Eugene puxou o chicote para trás ao sentir uma dormência na mão. Ele sabia que em uma luta de pura força, o fantasma provavelmente venceria. Sabendo disso, Eugene planejou jogar cabo-de-guerra enquanto verificava se poderia dominar o fantasma com força…

Seu plano nunca se concretizou. Em vez de enfrentar Eugene em uma batalha de força, o fantasma saiu do chão e avançou em direção a ele. A distância entre os dois diminuiu em um instante. Eugene imediatamente descartou o chicote e saltou para trás, mas a lança do fantasma atingiu o chão abaixo dele um pouco mais rápido.

Houve uma explosão e o corpo de Eugene foi lançado mais alto do que esperava. Felizmente, não sofreu nenhum dano e permitiu que a explosão o empurrasse sem oferecer resistência.

Então olhou para o chão. Havia um grande buraco, e o fantasma estava dentro dele com a lança na mão, olhando para Eugene.

Ele olhou para Eugene com seus olhos dourados que careciam de qualquer brilho ou vida. Embora o rosto do fantasma fosse completamente diferente, a cor dos olhos e sua expressão vaga lembraram Eugene de Vermouth. No momento em que percebeu isso, Eugene sentiu um arrepio percorrer sua espinha. Mas, ao mesmo tempo, uma estranha e destrutiva vontade de matar surgiu do fundo de seu coração. Ele permitiu que as seis Estrelas da Fórmula da Chama Branca girassem, e a chama de Eugene subiu alto no céu da Sala Escura.

O fantasma não saltou para interceptar Eugene. Em vez disso, a mana restante da explosão que varreu o chão voltou para o fantasma de uma vez. Logo, uma chama enorme e avassaladora floresceu.

Eugene comparou sua própria chama com a chama tremulando ao redor do fantasma. Ele sentiu algo estranho.

“É isso mesmo?”

Suas conjecturas pareciam bastante precisas e não havia necessidade de mais nenhuma confirmação. A essa altura, Eugene estava totalmente convencido e não tinha dúvidas. Portanto, caiu direto com a chama em volta dele.

As duas chamas se entrelaçaram e a mana irrestrita invadiu o espaço da Sala Escura. Mesmo assim, a Sala Escura, que foi criada a partir de um poder diferente da mana, resistiu à criação e colisão de uma força tão enorme.

Boom!

Os dois não empunhavam armas e usavam apenas socos e chutes simples. No entanto, complementado com uma produção absurda de mana, até simples chutes estavam destruindo o próprio espaço. Então Eugene foi jogado para trás por um ataque forte o suficiente para anular suas defesas.

Seu braço foi esmagado? Talvez ele pudesse ter tentado se recuperar se tivesse trazido o anel de Agaroth. Mas, infelizmente, essa não era uma opção disponível no momento.

“Braço esquerdo…”

Foi esmagado, mas ainda poderia usá-lo se quisesse. Eugene fixou seu braço flácido com mana enquanto caía no chão. Levantou a cabeça, apenas para ver que o fantasma já estava muito perto. Eugene estava confiante em lutar com as próprias mãos, mas não conseguia ganhar vantagem contra o fantasma. Ele socou, chutou, atacou e tentou muitas coisas diferentes, mas todos os seus ataques foram bloqueados ou anulados no início.

“Agora estou começando a entender.”

Mas no processo, levou quatro ataques. Como resultado, Eugene mancava em uma das pernas, sangue regurgitava de dentro de sua garganta toda vez que respirava e seu braço esquerdo estava completamente quebrado para baixo do antebraço.

“Ele está se ajustando a mim.”

Eugene entendeu por que se dizia que era como um espelho. Embora Eugene tenha escolhido deliberadamente lutar com as próprias mãos, não havia razão para o fantasma fazer o mesmo. Mesmo assim, o fantasma lutou com as próprias mãos, assim como Eugene. O mesmo tinha acontecido no começo também. Quando Eugene atacou com uma espada na mão, o fantasma respondeu na mesma moeda.

“A diferença… É só um pouquinho.”

O fantasma era apenas um pouco mais rápido e mais forte que Eugene. O mesmo era verdade para sua mana também. Sua chama era um pouco mais forte que a de Eugene, então era impossível derrotar o fantasma usando métodos normais. O que então? Ele devia misturar ataques inesperados e tentar encontrar uma brecha? Não, isso também não parecia funcionar. Ele já havia tentado coisas semelhantes algumas vezes, mas foi humilhado a cada tentativa.

“Se eu quiser superar essa barreira….”

Eugene passou a entender aquele lugar, a Sala Escura, ainda mais claramente. Foi devido à sua convicção que ele havia arrancado o braço sem hesitar. A magia faria diferença? Não, não faria. Eugene teve que desistir rapidamente dessa ideia. Se o fantasma realmente fosse um pouco melhor do que Eugene em todos os aspectos, o mesmo também seria verdade para a magia. Além disso, era incrivelmente difícil superar as diferenças de poder na magia. Se o nível de magia do fantasma fosse um pouco maior que o de Eugene, seria quase impossível para Eugene vencer, independentemente de quão bem ele lidasse com a magia.

Ele tinha que fazer uma escolha, uma direção que queria seguir. E suas técnicas de empunhar armas? Para ser honesto, Eugene não estava confiante em ultrapassar seus limites quando se tratava de suas técnicas. No entanto, não precisava superar o fantasma em técnica, ou melhor, não conseguia. Afinal, o fantasma era uma versão melhor de si mesmo. A fim de superar completamente o fantasma, ele teria que…

“Criar algo que não tenho agora.”

Em vez de almejar cegamente superar seus próprios limites, fazia sentido para ele obter algo novo. E esse era o propósito da Sala Escura. Se você se deparasse com um oponente que era um pouco melhor do que você em todos os aspectos, e se seu oponente fosse, de fato, uma versão melhorada de si mesmo, então a única solução para vencer o oponente seria agarrar algo novo.

— É mais fácil dizer do que fazer. — Resmungou Eugene enquanto olhava para o que restava de seu braço esquerdo. Isso machuca. Já faz um bom tempo desde que foi tão pressionado, mas mesmo que tenha passado muito tempo, estava familiarizado com a dor. Como tal, ela não o afetou adversamente.

O braço esfarrapado era apenas uma obstrução, então Eugene arrancou seu braço esfarrapado e inútil. Uma dor cegante se seguiu imediatamente, mas segurou um gemido mordendo os lábios. Então, acendeu sua chama e queimou a bagunça sangrenta de seu braço esquerdo.

“Devo criar um movimento especial ou algo assim?” Eugene continuou sua linha de pensamento.

Eugene cuspiu o sangue que se acumulava em sua boca. Embora se sentisse relutante em recorrer a essa memória em particular… Ele pensou nas Técnicas do Estilo Hamel. Era uma lembrança constrangedora, mas era a coisa mais próxima que ele já teve de um movimento especial.

“Aparar, Contra-ataque Relâmpago, Égide Poltergeist… Eu usava isso toda vez que lutava…”

Ele havia usado Mil Palmas de Trovão, Explosão do Dragão e Ciclone com bastante frequência também. Mas, acima de tudo, havia algumas técnicas que eram bastante poderosas em seu repertório, aquelas que ele considerava adequadas como seus movimentos especiais, incluindo a Técnica Secreta do Estilo Hamel, Ignição, a Sétima Técnica do Estilo Hamel, Fim da Linha e a Nona Técnica do Estilo Hamel, Purgatório Infinito.

“Estou sempre usando a Flash Trovejante, então não é realmente uma técnica secreta e especial… Então acho que a única nova adição seria a Espada Vazia.”

Não custava tentar. Eugene pensou que era uma sorte ele não ter o Manto das Trevas com ele agora e Mer não estar ali para rir dele mais tarde.

Ele colocou a mão direita no peito. Estava cheio de aberturas, mas o fantasma não atacou. Enquanto seus dedos se cravavam em seu peito, sentiu as palpitações de seu coração acelerarem. Ele ativou Ignição, fazendo com que as chamas moribundas queimassem com intensidade ainda maior do que antes. Com um suspiro, Eugene chutou uma espada para cima do chão em sua mão. Abaixou sua postura enquanto apertava a espada com a mão restante. O fantasma seguiu o exemplo e agarrou uma espada também. Embora não parecesse que o fantasma estava usando Ignição, se realmente fosse um fantasma, não precisaria ativar Ignição como Eugene.

Eugene se concentrou em condensar a espada de força e começou a revestir sua lâmina… Uma camada, duas camadas, depois três camadas. Este era o limite atual de Eugene. Manchas pretas começaram a aparecer na chama azul escura. Simplesmente manter três camadas sobrepostas da Espada Vazia era sufocante e o fazia sentir como se seu coração estivesse prestes a explodir. Portanto, Eugene não tentou mais mantê-la, mas deu um passo à frente e brandiu sua espada.

Uma chama azul escura dividiu o mundo, e no centro estava o fantasma de Eugene. Ele levantou sua própria lâmina antes de ser varrido pelo golpe de Eugene. Seu movimento parecia muito simples. Na verdade, não era muito difícil ou esotérico. Assim como Eugene usou a Espada Vazia, o fantasma também usou a Espada Vazia. Ele ergueu a espada bem alto, depois cortou direto para baixo.

O ataque de Eugene desapareceu, uma visão verdadeiramente desanimadora e surpreendente. No entanto, Eugene não ficou surpreso. Em vez disso, o resultado convenceu Eugene em relação à sua inferência sobre a Sala Escura e o fantasma. Ele entendeu por que Carmen, Gilead e Gion não explicaram nada em detalhes. Saber com antecedência poderia ter feito com que ele abordasse o desafio com menos determinação, o que poderia ter tirado o significado do julgamento.

— Mas não se aplica a mim. — Eugene deu de ombros mentalmente.

Simplesmente empunhar sua espada de revestimento triplo uma vez colocou uma enorme tensão em seu corpo. Eugene forçou seu corpo rangente para frente, e o fantasma atacou Eugene em resposta. A espada de Eugene praticamente roçou o chão enquanto avançava, e a Espada Vazia condensada explodiu quando cortou para cima. Isso foi a Explosão do Dragão, mas não foi muito eficaz. O fantasma suprimiu o golpe cortando para baixo momentos antes da explosão. Eugene reagiu imediatamente. Puxou sua espada para o lado para evitar ser esmagado pelo golpe do fantasma, e mesmo que seus ombros e braços gritassem de dor insuportável, ele permitiu que sua espada seguisse um caminho que havia criado em sua mente.

A Fúria Asura causou linhas de devastação que destruíram o espaço. O fantasma deu alguns passos para trás, então começou a cortar o ataque de Eugene da borda externa sem ser alcançado.

Craaaack!

Metal colidiu contra metal, e a Espada Vazia foi quebrada. Brasas brilhantes floresceram e os olhos de Eugene brilharam logo atrás do sinalizador.

Ele seguiu com o Fim da Linha.

As linhas de devastação criadas pela Fúria Asura eram fios desvendados da Espada Vazia. Uma vez que Eugene puxou sua lâmina para trás, os fios da Espada Vazia moveram-se em uníssono e prenderam o fantasma. Inicialmente, o simples contato com os fios teria resultado no corpo do oponente sendo cortado como pedaços de carne, mas o Escudo de Aura do fantasma, ou melhor, A Égide Poltergeist, estava restringindo o Fim da Linha. Mesmo assim, Eugene não hesitou em vincular mais técnicas. Era um padrão que ele preferia em sua vida anterior; ele levaria o inimigo até o limite usando a Fúria Asura, os confinaria usando Fim da Linha e, finalmente, puxaria sua espada para trás com seus passos antes de conduzi-la para frente. Mas não seria uma simples estocada.

Uma pequena camada da Espada Vazia condensada ao seu limite foi formada no final da lâmina. No momento em que estocou, a camada condensada começou a inchar e explodiu ao fazer contato. Este era o final, Purgatório Infinito, uma bomba devastadora formada a partir do ajuste fino da Espada Vazia até seu limite. Toda a energia de Eugene foi reunida em um único ponto, explodida, reunida novamente e explodida repetidamente. Eugene ficou bastante insatisfeito com isso quando o mostrou a Genos no Castelo dos Leões Negros, mas o Purgatório Infinito atuou usando as seis estrelas da Fórmula da Chama Branca, e a Ignição literalmente apagou qualquer coisa dentro de seu raio, ou pelo menos, ele esperava.

— Ha. — Eugene zombou enquanto desembainhava sua espada. Ele tinha visto como o fantasma destruiu o Purgatório Infinito usando o Aparar do Estilho Hamel e o Contra-ataque Relâmpago. O fantasma havia liberado o espaço de todos os ataques indiscriminados. No entanto, não saiu ileso, pois um ataque dessa escala era muito poderoso para alguém que era apenas um pouco mais forte e mais rápido do que o eu atual de Eugene anular perfeitamente.

No entanto, embora o fantasma estivesse coberto de sangue, se saiu muito melhor do que Eugene. Eugene não conseguia mais reunir forças para levantar um único dedo. Seu braço esquerdo havia sumido e ele estava mancando. A dor que acompanhava cada respiração agora estava fora de controle e estava ficando cada vez mais difícil respirar.

— Ótimo. — Disse Eugene enquanto jogava fora sua espada sem hesitar. O fantasma sangrento caminhou até Eugene com passos largos.

— Voltarei em breve. — Eugene prometeu enquanto o fantasma cortava a cabeça de Eugene com um golpe rápido.


Comentários

5 2 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar