Dual Cultivation – Capítulo 541

Aniversário de Su Yin

Aviso de isenção de responsabilidade e conteúdo: Este capítulo é puramente fan service para o Su Yang e a Su Yin. Não terá nenhum efeito na trama e você nem vai perder nada se decidir pular o capítulo por causa do conteúdo. De novo, se você não quiser ver tal conteúdo, apenas pule.



“Haaaa… haaaa… Irmão mais velho…” Su Yin ofegou enquanto afastava lentamente as cobertas e olhou para o rosto de Su Yang, seu olhar estava cheio de afeição e luxúria.

Alguns momentos depois, começou a remover as roupas.

Sob circunstâncias normais, Su Yang imediatamente notaria seus movimentos não naturais e acordaria, mas como usou a maioria de seu Qi Profundo para massagear Qiuyue, estava dormindo profundamente de exaustão.

Enquanto isso, Su Yin continuou a remover as roupas, pensando que ele só estava fingindo dormir para deixá-la fazer o que quisesse.

Assim que Su Yang foi totalmente despido, Su Yin levou um longo momento para admirar sua aparência linda antes de começar a tocar toda parte do corpo dele.

“Irmão mais velho, seus músculos ficaram muito robustos e você não parece mais tão frágil como costumava.” Ela murmurou com uma voz gentil enquanto aproximava seu corpo com a boca arregalada e começou a lamber com sua língua macia.

“Mmmm…” Su Yin também começou a se tocar enquanto lambia todo o corpo de Su Yang.

Alguns minutos depois, quando chegou na área da virilha, encarou o dragão adormecido com um sorriso.

Ela cutucou a cabeça do dragão e disse: “É hora de acordar, Irmão mais velho…”

Um momento depois, como se reagisse ao seu toque brincalhão, o dragão adormecido ficou animado.

“Uau…” Su Yin observou com os olhos arregalados enquanto o dragão adormecido se levantava, transformando em uma espada que queria perfurar os céus.

“Permita-me agradar você, Irmão mais velho…”

Su Yin abriu a boca e engoliu a coisa toda de uma vez e apesar de sua boquinha, conseguiu capturar completamente o dragão em sua boca.

Um momento depois, começou a mover sua boca, chupando a vara de uma maneira experiente, quase como se estivesse acostumada.

Barulhos de sucção encheram o quarto silencioso e sob o luar, Su Yin saboreou a vara grossa de Su Yang por vários minutos até ficar satisfeita.

No meio do boquete de Su Yin, o prazer vindo de seu irmãozinho fez a consciência exausta de Su Yang estremecer.

“…?”

Su Yang abriu os olhos lentamente alguns momentos depois e quando viu Su Yin desfrutando de seu corpo, seus olhos arregalaram de choque, fazendo sua sonolência desaparecer instantaneamente.

Su Yin rapidamente notou que Su Yang havia acordado e quando viu seu rosto surpreso, disse com um sorriso: “Você finalmente acordou, Irmão mais velho. Consegui te dar prazer? Embora já tenha passado algum tempo desde a última vez, minhas técnicas não devem ter caído muito, certo?”

Su Yang esfregou as têmporas e suspirou: “Você não poderia ter esperado até o amanhecer para fazer isso?”

“Não.” Ela rapidamente balançou a cabeça e continuou: “Tenho esperado isso por muitos anos e agora que finalmente sou uma adulta, quero dar minha virgindade a você assim que possível. Embora quisesse perder ao mesmo tempo que você, por causa da intervenção de nosso Pai, isso não é mais possível.”

Depois de dizer aquelas palavras, Su Yin removeu suas roupas e revelou a ele seu corpo pequeno, mas lindo.

“O que você acha, Irmão mais velho? Meu corpo pode não ser maduro ou amadurecido como algumas das mulheres neste local, mas tentarei ao máximo satisfazer você.”

“…”

Porém, Su Yang permaneceu em silêncio.

Vendo o silêncio de Su Yang, Su Yin ficou desanimada: “Você está com raiva de mim…? Ou você ainda é incapaz de me aceitar por causa do nosso relacionamento?”

Lágrimas começaram a fluir de seus olhos.

Su Yang suspirou e disse: “Nunca olhei ou julguei uma mulher puramente por causa de sua origem ou relacionamento. Não importa se você é minha irmã ou não, porque, antes de tudo, você é uma mulher em meus olhos.”

“Embora pareça meio estranho, não sou alguém que se incomoda com moral se não tocar na minha linha de fundo.”

Na sua vida anterior, ele dormiu com várias esposas, algumas vezes até com suas filhas ao mesmo tempo, então pode-se dizer que o status ou origem de uma mulher não importava para Su Yang enquanto estivessem dispostas a dormir com ele e o mesmo não se importasse com sua companhia.

Além disso, como suas memórias como um Imortal ofuscavam em muito suas memórias desta vida, não conseguia ver Su Yin como sua irmã mesmo que compartilhassem o mesmo sangue. Na verdade, ele só se vê no papel de um irmão para Su Yin.

“Então… Então você não está me rejeitando?” Su Yin perguntou com a voz trêmula.

Su Yang limpou as lágrimas nos olhos com um sorriso no rosto e perguntou: “Você realmente está bem com alguém como eu? Mesmo que eu não possa estar contigo para sempre?”

Su Yin assentiu: “Sei que você já tem uma parceira e não posso competir com alguém como ela, mas amarei você para sempre, Irmão mais velho…”

Su Yang assentiu e alguns momentos depois, deitou Su Yin na cama e esfregou sua espada contra a pequena fenda entre suas pernas.

“Vou colocar agora.” Ele avisou.

Su Yin assentiu com um olhar apaixonado.

Alguns segundos depois, Su Yang empurrou a ponta dentro da caverna dela.

“Ahhhn~!” Su Yin gemeu alto de dor. Mesmo que fosse só a ponta, por causa de seu buraco, a caverna estendeu ao seu limite e ela podia sentir seu interior rasgando.

“Você quer que eu alivie sua dor com uma técnica?” Su Yang perguntou depois de ver sua expressão de dor.

“N-Não… dói, mas consigo aguentar…” Su Yin rejeitou sem hesitação: “Essa dor é prova que não estou sonhando.”

“Muito bem.” Ele assentiu antes de empurrar sua vara grossa ainda mais fundo na caverna.

“Ahhhhh~!”

Fluxos de sangue fluíram da caverna de Su Yin quando o hímen foi rasgado pela espada de Su Yang, manchando o lençol branco.

Alguns momentos depois, quando a vara grossa de Su Yang foi totalmente inserida em sua caverna apertada, Su Yin mostrou uma expressão feliz, apesar da dor intensa.

“Eu… Eu consegui… Meu corpo finalmente está conectado com meu Irmão mais velho…” Ela murmurou e continuou: “Por favor, Irmão mais velho… me torne uma mulher… sua mulher…”

Em resposta a sua voz suplicante, Su Yang começou a mover seus quadris, enfiando sua grande vara no corpo pequeno dela, sentindo como se estivesse tentando cavar uma caverna que era muito pequena para sua utilidade.

“Ahhhn~ Ahhhhn~ Ahhhhhn!” Su Yin gemeu alto enquanto sua parte inferior ardia com paixão.

Muito rapidamente, a dor não foi mais notável e seu corpo não conseguia sentir nada além de prazer.

“Estou tão feliz agora, Irmão mais velho!”

“Ahhh!”

“Ahhhhh!”

Meia hora depois, Su Yin conseguiu sentir a haste batendo em seu corpo ficar ainda maior dentro e gritou: “Libere dentro de mim! Quero aceitar tudo do Irmão mais velho!”

Alguns momentos depois, Su Yin conseguiu sentir algo quente apressar em seu corpo, enchendo sua pequena caverna num instante.

“Haaa… Haaa… Haaaaaa…” Su Yin arfou pesadamente logo após isso.

Assim que recuperou o fôlego, ela disse a Su Yang: “Vamos continuar, Irmão mais velho. Até eu não conseguir mais mover meu corpo, não quero parar de fazer amor com você.”

“Não se preocupe, não planejo parar tão cedo.” Su Yang respondeu com um sorriso.

Por causa da luxúria acumulada de massagear Qiuyue, ele tinha muito estresse para liberar.

Alguns momentos depois, começaram a se mover de novo e continuaram a se abraçar pelo resto da noite, até Su Yin literalmente não conseguir mover mais seu corpo de exaustão.

“Esse é o melhor aniversário de todos.” Su Yin disse logo depois: “Realmente amo você, Irmão mais velho.”

“Você pensou sobre o que quer de presente?” Su Yang perguntou.

Depois de um momento de silêncio, ela falou: “Me dê um beijo, Irmão mais velho.”

Su Yang assentiu e a beijou nos lábios com gentileza.

“Hehe… obrigada, Irmão mais velho… Vamos fazer isso de novo… esta noite…” Su Yin disse a ele baixinho antes de adormecer rápido.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar