Estamos testando algumas plataformas de anuncios, caso notem links suspeitos e direcionando forçadamente para páginas indesejadas nos avise através do formulário de contato.

Dual Cultivation – Capítulo 559

Encharcado de Qi Yin

“De qualquer forma, vamos ao seu alojamento.” Su Yang disse a Fang Xiaoru logo depois.

“Irmão mais velho, você deveria ter cuidado. Quem sabe o que ela ou a Família Fang pode estar planejando. Poderia ser uma armadilha.” Su Yin sussurrou em seus ouvidos antes deles saírem do Pavilhão Yin Yang.

“Manterei isso em mente.” Ele assentiu com um sorriso.

Depois de sair do Pavilhão Yin Yang, Su Yang seguiu Fang Xiaoru até seu alojamento.

Uma vez dentro, Su Yang entregou a técnica marcial da qual seu Punho da Montanha Sublime se originava.

“Há um total de seis técnicas marciais que você pode aprender desta técnica, o Punho da Montanha Sublime é a mais fraca entre as seis. É claro, esta ainda é apenas metade da técnica total, que tem um total de doze técnicas marciais.”

Fang Xiaoru olhou para a técnica marcial em silêncio, antes de perguntar um momento depois: “Você não está preocupado que eu esteja mentindo para você? Que posso fugir com essa técnica marcial? Que posso compartilhar essa técnica com a Família Fang?”

Su Yang sorriu e disse: “Porque estou confiante que posso recuperá-la independente para quem você decida dar.”

“Entendo…” Fang Xiaoru aceitou a técnica alguns momentos depois.

Depois de guardar a técnica em seu anel de armazenamento, ela se virou para ele e disse: “Como prometido, agora oferecerei a você esse corpo…”

Ela começou a remover suas vestes no local, revelando seu corpo lindo e esguio.

“…”

Su Yang olhou para seu corpo inigualável em silêncio e como esperado da irmã mais nova de Fang Zhelan, ela era tão linda quanto sua Irmã mais velha.

“Nunca fiz isso antes, então precisarei que você lidere…” Ela disse um momento depois com uma voz baixa e tímida.

Su Yang assentiu e a levou para um dos quartos, antes de deitá-la na cama.

“Ahhh… isso é mais embaraçoso do que pensei que seria…” Ela murmurou enquanto sentia o olhar afiado de Su Yang em todo seu corpo nu.

“Deixe-me relaxar você primeiro.” Su Yang disse antes de aproximar dos lábios inferiores dela com sua boca.

“Ahhhn~!” Fang Xiaoru gemeu alto quando sentiu a língua de Su Yang em suas pétalas macias.

Alguns segundos depois, Qi Yin esguichou de seu buraco, encharcando todo o rosto de Su Yang.

“Ah! M-Me desculpe… só saiu de repente…” Ela se desculpou logo em seguida.

“Não precisa se desculpar. Eu poderia evitar porque sabia que estava saindo, mas considero uma honra ficar encharcado em Qi Yin.” Su Yang disse enquanto lábia o Qi Yin em seu rosto com uma expressão encantadora.

O rosto de Fang Xiaoru corou com vermelhidão depois de ver suas ações.

Um momento depois, Su Yang removeu suas vestes, exibindo seu corpo lindo para ela.

“Tão grande…” Fang Xiaoru cobriu a boca de choque após ver a vara grande e intimidadora que estava entre as pernas dele.

“Vou colocar agora.” Ele avisou.

“Vá em frente.” Ela assentiu.

Su Yang começou a empurrar a ponta de sua espada na fenda entre suas pernas, rasgando seu pequeno buraco.

“Mmmm!” Fang Xiaoru mordeu os lábios para aguentar a dor, ela podia sentir seu buraco ardendo de paixão.

Uma vez que a espada inteira entrou no corpo dela, Su Yang começou a mover seus quadris, enfiando e esfregando sua vara grossa contra sua caverna interna.

“Ahhhm~”

“Ahhhhhhhn~”

“Ahhhhh!”

Fang Xiaoru gemeu alto enquanto Su Yang martelava seu buraco apertado com intensidade, sentindo como se seu corpo estivesse cercado pelo fogo. Era uma experiência celestial que não podia ser descrita em palavras.

“Mmmm~”

“Ooooh!”

“Ahhhhn~!”

“E-Está saindo de novo!”

O corpo de Fang Xiaoru tremeu violentamente e um momento depois, outra onda de Qi Yin esguichou de seu buraco inferior.

Porém, Su Yang não parou de mover os quadris e continuou estocando em seu corpo enquanto ela liberava Qi Yin, fazendo ainda mais Qi Yin esguichar.

“Ahhhhn! Não consigo impedir de sair!” Fang Xiaoru exclamou com uma voz nervosa enquanto seu corpo continuava a liberar Qi Yin sem parar, mesmo depois de vários momentos.

“Não precisa ter medo. Deixe tudo sair.” Su Yang disse a ela enquanto continuava a estocar no buraco apertado na frente dele.

Em apenas alguns minutos, Fang Xiaoru chegou ao clímax mais de dez vezes e se sentiu exausta, quase como se tivesse acabado de terminar uma maratona ao redor do mundo.

“Isso foi… incrível…” Fang Xiaoru disse a ele com uma voz baixa e ofegante.

Su Yang sorriu e disse: “Seu esguicho também é incrível. Estou encharcado com seu Qi Yin.”

O rosto de Fang Xiaoru ficou todo vermelho depois de ouvir suas palavras. Olhando para a aparência agora de Su Yang, parecia que acabou de tomar um banho, pois o corpo dele foi encharcado pela sua água sagrada.

“Você quer continuar? Temos muito tempo hoje.” Su Yang perguntou um tempo depois.

“Un.” Ela assentiu lentamente.

Alguns momentos depois, Su Yang inseriu sua espada na caverna dela e começaram a cultivar de novo.

Pelas próximas horas, Su Yang e Fang Xiaoru cultivaram entre si inúmeras vezes e Fang Xiaoru liberou seu Qi Yin tantas vezes que perdeu a conta.

“Obrigada, Su Yang, por essa experiência maravilhosa. Me lembrarei disso pelo resto da vida…” Ela disse a ele depois.

Su Yang apenas sorriu e disse: “Você pode me procurar sempre que sentir vontade de cultivar. Vou entreter você se tiver tempo.”

“Não vou ser humilde então…” Ela disse e continuou: “Definitivamente alcançarei a Irmã mais velha.”

“Fang Zhelan?” Su Yang riu: “Então você tem muito que fazer para ‘alcançá-la’.”

“Sério…?” Ela olhou para ele com uma expressão atordoada.

“Isso é esperado, pois ela tem sido uma discípula aqui por muito mais tempo que você e cultivamos quase todos os dias por meio ano direto, até mesmo fazendo várias vezes em um dia.” Ele disse.

“Entendo…” Ela assentiu um momento depois, seus olhos estavam cheios de determinação para ‘alcançar’ Fang Zhelan.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar