Estamos testando algumas plataformas de anuncios, caso notem links suspeitos e direcionando forçadamente para páginas indesejadas nos avise através do formulário de contato.

Dual Cultivation – Capítulo 608

Dando Prazer à Seis de Uma Vez

“Não há necessidade de ir uma vez porque posso satisfazer três de uma vez.” Su Yang disse a elas com um sorriso confiante.

“Três de uma vez?” As discípulas trocaram olhares atordoados.

Algum tempo depois, após as discípulas decidirem quem iria primeiro, três se aproximaram de Su Yang, que estava na cama que fez.

“Por favor, cuide de nós, Su Yang.”

As discípulas se curvaram para ele com respeito antes de afrouxarem as vestes.

Su Yang assentiu e também removeu as roupas, mostrando-lhes seu corpo perfeito e a poderosa fera entre suas pernas.

“Oh meu deus…”

As discípulas ofegaram com as mãos cobrindo as bocas de choque, pois nunca viram tal espada bestial, mas linda antes.

“Como esperado de você, Su Yang. Não só suas mãos são grandes, mas até seu irmãozinho é enorme.”

As três discípulas não conseguiram se conter para tocar na vara de Su Yang e se aproximaram com expressões famintas.

Enquanto isso, as outras sete discípulas observaram o cenário com as bocas cheias de saliva e olhos arregalados.

“Desacelere, não vou a lugar nenhum.” Su Yang riu depois de ver seus movimentos apressados e ele ainda permaneceu com as mãos atrás das costas, parecendo com um herói no campo de batalha. Todavia, ao invés de enfrentar guerreiros, ele tinha três lindas jovens senhoritas lutando pela espada entre suas pernas.

Vários minutos depois, assim que as três discípulas tiveram a chance de sugar sua haste, Su Yang disse a elas: “Se alinhem uma ao lado da outra e fiquem de quatro.”

As discípulas assentiram antes de ajoelharem uma ao lado da outra na cama na posição de cachorrinho, parecendo com três cadelas prontas para passear.

Su Yang então ficou atrás da discípula no meio e como a caverna inferior dela já estava encharcada, não se incomodou com preliminares e enfiou sua haste grossa no buraco dela.

“Ahhhhh!”

A discípula gemeu alto quando sentiu sua vara divina massiva abrindo sua caverna até o limite.

“E quanto a nós, Su Yang?” As duas discípulas ao lado dela perguntaram com expressões luxuriosas.

“Não se preocupem, será a vez de vocês mais tarde. Por enquanto, vou satisfazer vocês com minhas mãos.” Disse Su Yang ao estender suas mãos livres para as flores delas.

“Aaah~!”

“Aaaahhn!”

Agora que estava totalmente ocupado, Su Yang começou a mover o quadril e as mãos ao mesmo tempo, dando prazer às três discípulas de uma vez.

“Aaah~”

“Mmmmm~!”

“Aaaahn~!”

As três discípulas gemeram juntas enquanto Su Yang satisfazia seus buracos.

Alguns minutos depois, Su Yang liberou seu líquido na discípula do meio, enchendo o estômago dela com Qi Yang.

Uma vez que a discípula do meio ficou cheia, Su Yang enfiou sua haste na outra discípula e continuou a satisfazer as outras duas com as mãos.

Su Yang continuou a satisfazer as três discípulas dessa maneira até estarem completamente exaustas e satisfeitas.

“Isso foi incrível, Su Yang.”

“É outro nível comparado às suas massagens.”

“Estaria disposta a pagar até 1.000 pontos especiais se você oferecesse esse tipo de serviço antes.”

Algum tempo depois, Su Yang se virou para as outras sete discípulas e disse: “Quais de vocês são as próximas?”

Imediatamente, as seis se levantaram ao mesmo tempo, com a única exceção sendo a Discípula Xiao.

“Hahaha, tudo bem. Satisfarei todas vocês ao mesmo tempo.” Su Yang riu.

E sem hesitar, as seis irmãs removeram suas roupas e as jogaram para o lado antes de correrem para a cama.

Su Yang então deitou de costas na cama e disse: “Posso satisfazer uma com cada membro, uma com a boca e uma com minha espada.”

“Você consegue até satisfazer às pessoas com os pés?” Às garotas olharam para ele com os olhos arregalados.

“Veja por si mesma o que posso fazer com meu pé.” Ele disse com uma expressão confiante.

Algum tempo depois, Su Yang começou a dar prazer às seis garotas simultaneamente com o corpo inteiro. Havia duas garotas recebendo prazer pelas suas mãos, outras duas pelos pés, uma com a língua e a última com sua vara. Era uma cena absurda que chocou a Discípula Xiao até o âmago, pois nunca viu nada tão ridículo assim antes.

“Ahhh~!”

“Aaaah!”

“Aaahn~!”

“Oooh~!”

A sala ficou repleta com os gemidos das seis discípulas, parecendo como se houvesse um grupo de pássaros cantando juntos.

Duas horas depois, quando todas as seis discípulas deitaram na cama com aparências exaustas e ofegantes, Su Yang olhou para a Discípula Xiao, que observou em silêncio o tempo todo.

“Você é a única que falta.” Ele disse a ela.

A Discípula Xiao assentiu e começou a caminhar com passos pequenos e lentos.

Assim que estava na cama, afrouxou as vestes, revelando seu corpo pequeno e esguio a ele.

Su Yang então a agarrou e puxou para o seu abraço.

“Obrigada por me aceitar, Su Yang.” Ela disse a ele baixinho.

“Eu que deveria estar agradecendo por finalmente confiar em mim.” Ele disse.

“Por favor, cuide de mim.”

“Eu vou, mas como você nunca teve a chance de experimentar minha massagem, por que não começamos com isso primeiro?”

“Okay.” Ela assentiu com antecipação.

A Discípula Xiao deitou na cama de bruços.

Alguns momentos depois, Su Yang começou a esfregar as costas dela com as mãos.

“Aaah~!” A Discípula Xiao gemeu alto. A massagem mal havia começado e já ficou chocada por quão incrível era.

‘Não consigo acreditar que recusei algo tão incrível quanto isso! Não admira que as outras sempre estejam em cima dele! Eu fui uma tola!’ Ela gritou internamente enquanto Su Yang continuava a acariciar o corpo dela com suas técnicas habilidosas.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar