Dual Cultivation – Capítulo 651

Nova Técnica de Zhu Mengyi

*Slurp* *Slurp* *Slurp*

Wu Jingjing balançou o pescoço para frente e para trás de forma gentil, mas intensa, dando um boquete apaixonado na haste de Su Yang e olhos cheios de corações.

“Mmm…”

Enquanto Wu Jingjing trabalhava habilmente na lâmina da espada com a boca, Zhu Mengyi usou sua língua para massagear a área abaixo, lambendo gentilmente o saco de joias.

“Hmm… vocês duas ficaram muito melhores em usar a boca que antes. Vocês devem ter praticado muito entre si.” Su Yang falou com um sorriso gentil.

“Cultivamos juntas quase todos os dias antes de darmos à luz.” Zhu Mengyi respondeu: “Porém, mal fazemos isso hoje em dia, pois estamos muito ocupadas com nossas filhas e chances como esta são raras.”

Alguns minutos depois, Su Yang disse a Wu Jingjing que tinha trabalhado duro para agradá-lo: “É a minha vez de alimentar vocês com meu leite — se preparem.”

“Un!”

Wu Jingjing assentiu antes de enfiar a haste toda bem no fundo da garganta e aguardou pacientemente pela erupção.

Alguns segundos depois, o vulcão entrou em erupção e o Qi Yang quente explodiu da montanha de Su Yang, esguichando diretamente na boca e descendo pela garganta de Wu Jingjing.

“Mmmmmmm!”

Os olhos de Wu Jingjing arregalaram de surpresa para o volume de Qi Yang que era muito mais do que esperava. Porém, ela tentou ao máximo não bloquear a passagem de sua garganta e deixou tudo fluir para o estômago, sentindo como se estivesse bebendo água sem nenhum movimento de engolir.

Algum tempo depois, Wu Jingjing removeu o bastão de carne de Su Yang da boca e falou com um sorriso sexy: “Estou tão cheia que sinto que vou engravidar de novo…”

Su Yang riu para suas palavras e disse: “Se quiser outro filho, ajudarei alegremente.”

“Manterei isso em mente para o futuro quando eu for mais experiente como mãe, pois já estou sobrecarregada com um filho…” Wu Jingjing disse.

“É a minha vez de provar seu leite, Su Yang!” Zhu Mengyi envolveu a boca na haste de repente e começou a sugar com a intenção de espremer tudo para fora.

Vendo sua agressividade, Su Yang lembrou da vez com ela na sala do caldeirão, onde cultivaram juntos por dias com quase nenhuma pausa entre cada cultivo.

Após sugar por alguns minutos, Zhu Mengyi parou de repente e disse: “Vou tentar algo novo, Su Yang. Não se assuste se nunca tiver experimentado antes.”

“Hahaha! Assustado? Eu? E duvido muito que esteja prestes a fazer algo que se tornará uma nova experiência para mim.” Su Yang riu alto.

“Veremos…” Zhu Mengyi sorriu misteriosamente por um breve momento antes de continuar a sugar a haste de Su Yang.

‘O que ela vai fazer?’ Wu Jingjing se perguntou enquanto olhava intensamente para Zhu Mengyi.

Alguns momentos depois, Zhu Mengyi colocou as mãos bem embaixo dos sacos de joias antes de repente-

“Ah!? O que está fazendo, Irmã Mengyi!?” Wu Jingjing gritou de choque quando Zhu Mengyi convocou suas Chamas Alquímicas Azure e as usou para envolver o saco de joia de Su Yang como se fosse um caldeirão.

“Se acalme, Irmã Jingjing. Não vai machucá-lo.” Zhu Mengyi disse a ela.

“O que você acha, Su Yang? Você já teve suas bolas aquecidas pelas Chamas Alquímicas? E é bom?” Ela perguntou.

“Hmmm…” Su Yang ponderou com os olhos fechados, parecendo como se estivesse tentando julgar suas técnicas.

“É bem esperto da sua parte usar Chamas Alquímicas de tal forma, mas infelizmente, não é minha primeira vez experimentando isto. Com isso dito, seu controle sobre a temperatura e chamas está muito bom e o sentimento é bom no geral. Posso dizer que você continuou trabalhando duro mesmo depois que parti.”

“Eh? Não sou a primeira a pensar nisto? Quem mais teria pensado em usar as Chamas Alquímicas de tal forma escandalosa?” Zhu Mengyi perguntou com uma voz levemente surpresa e desapontada.

“Muitas Alquimistas com que cultivei na minha vida anterior começaria a usar Chamas Alquímicas para me agradar depois da segunda ou terceira vez juntos.” Ele disse.

“Nem pensar.…” Zhu Mengyi murmurou.

“Como disse — não há quase nada que não tentei depois de viver por milhares de anos. Se conseguir me dar uma ‘nova’ experiência, vou recompensar você.”

“Sério? Que tipo de recompensa?”

“Não seria divertido se você soubesse.” Su Yang disse com um sorriso.

Zhu Mengyi assentiu com uma expressão séria e resoluta.

Ela voltou a sugar a vara de carne com a boca pouco depois e continuou a usar suas Chamas Alquímicas para massagear as joias.

Alguns minutos depois, o vulcão de Su Yang entrou em erupção de novo, disparando lava branca na boca de Zhu Mengyi.

“Mmmm…” Zhu Mengyi fechou os olhos porque finalmente podia aproveitar totalmente este momento e sabor do líquido branco antes de engolir sem hesitação.

‘Ahhh… Estive ansiando por muito tempo esta doçura e espessura na minha boca desde a primeira vez que provei…’ Zhu Mengyi pensou consigo, se sentindo incrivelmente satisfeita.

Assim que Su Yang removeu sua vara de carne da boca dela, Zhu Mengyi abriu a boca e mostrou o pequeno lago branco em sua boca por um momento antes de engolir tudo com um movimento.

“Ahhh… tão gostoso…” Zhu Mengyi suspirou feliz e com uma expressão encantada no rosto.

Quando Su Yang viu sua expressão maravilhada, sua espada tremeu antes de enrijecer ainda mais.

Ele então agarrou Zhu Mengyi pelos ombros e a deixou gentilmente na cama. Vendo a ânsia nos olhos de Su Yang, Zhu Mengyi riu para si mesma antes de abrir as pernas para ele, revelando sua caverna molhada.

Su Yang esfregou a vara contra sua fenda rosada por um momento antes de inserir.

“Ahhhh~!” Zhu Mengyi gemeu alto enquanto suas paredes internas eram abertas pelo monstro serpente que invadiu sua caverna, sentindo como se tivesse entrado no paraíso.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar