Dual Cultivation – Capítulo 962

Também Sou um Médico!

“Mmmm~!”

“Aaaaah~!”

Mei Ying gemeu alto enquanto Su Yang massageava todo seu corpo, começando do pescoço e indo até os pés.

Uma vez que terminou de massagear as costas, girou o corpo dela para que pudesse massagear a parte da frente.

Mei Ying olhou com ânsia em seu lindo rosto quando Su Yang massageou seu corpo com respeito, permitindo-a sentir prazer extremo sem tocar em qualquer parte privada, mantendo as coisas puras para Mei Xing que estava assistindo do lado.

É claro, as expressões luxuriosas de Mei Ying não eram nada puras. No entanto, como alguém que nasceu na Cidade do Prazer, Mei Xing estava acostumada com este tipo de coisa, então permaneceu inalterada, agindo como se fosse normal.

Após trabalhar como uma anfitriã por vários anos, Mei Ying há muito se acostumou com a sensação do ‘prazer’ e até esqueceu o que era gemer genuinamente após passar vários anos fingindo seus gemidos para agir como se estivesse gostando do que o cliente estava fazendo com seu corpo entorpecido.

Porém, após experienciar as técnicas de mão de Su Yang, imediatamente começou a gemer genuinamente, parecia tão natural quanto respirar.

Su Yang continuou a massagear o corpo de Mei Ying até relaxar todos os seus músculos rígidos, permitindo-a finalmente se mover apropriadamente.

A massagem durou por mais de uma hora e no final, a cama estava encharcada de suor e Qi Yin de Mei Ying.

“Haaa… Haaa… Haaa…” Mei Ying finalmente teve a chance de respirara apropriadamente quando parou de gemer, porém, seu corpo continuou a tremer incontrolavelmente.

Su Yang removeu a formação um momento depois e disse a Mei Xing: “Terminei.”

Mei Xing assentiu e se aproximou da cama antes de perguntar a sua mãe com uma voz calma, mas curiosa: “Mãe, como foi a massagem do Gerente?”

“…”

Mei Ying olhou para sua filha que tinha um olhar atrevido e respondeu: “Posso ver o motivo de sua casa de massagem ficar tão popular em pouco tempo. Pensei que estava exagerando, mas após experienciar, entendi tudo.”

“Hehe…” Mei Xing riu após ouvir sua mãe elogiando as habilidades de Su Yang, agindo como se fosse aquela sendo elogiada.

“Como se sente?” Su Yang perguntou após um momento.

“Melhor que nunca.” Ela rapidamente respondeu.

E continuou: “Meu corpo está muito relaxado, mas também tão diferente que até estou duvidando se é realmente meu próprio corpo ou não.”

“Isso é bom de ouvir. Contudo, não importa quão efetivo a massagem seja, você ainda precisa descansar apropriadamente seu corpo, então deve passar os próximos dias descansando seu corpo.”

“Os próximos dias…? Mas e quanto ao meu trabalho? Não posso parar de trabalhar…” Ela disse com um olhar preocupado.

“Não se preocupe. Reservarei você pela próxima semana para não ver nenhum cliente.”

Contudo, a expressão preocupada em seu rosto permaneceu quando falou: “Por mais que aprecie… tenho muitos clientes aguardando por mim… Se eu não os atender…”

Su Yang notou um toque de medo na voz e em seus olhos.

‘Entendo…’ Ele instantaneamente entendeu o porquê Mei Ying estava nervosa sobre não trabalhar quando viu a reação dela.

Ele fechou os olhos e respirou fundo.

“Mei Xing, você pode nos deixar sozinhos por alguns minutos?” Su Yang pediu de repente.

“T-Tá bom.” Mei Xing assentiu e saiu do quarto no instante seguinte.

“H-Há algum problema?” Mei Ying perguntou pouco depois.

Su Yang criou uma formação em volta deles novamente e disse: “Sabe, não sou somente um massagista… Também sou um médico.”

“Eh?” Os olhos de Mei Ying arregalaram de surpresa.

“Quando massageei seu corpo, também dei uma olhada no interior e você… Está doente, não está?”

Mei Ying percebeu onde Su Yang queria chegar com isto e tremeu de medo.

“P-Por favor! Não diga a Mei Xing sobre minha condição! Farei qualquer coisa que peça!”

Su Yang estreitou os olhos e falou: “Se continuar trabalhando nessa condição… não viverá muito tempo. Na verdade, você provavelmente morrerá antes da Mei Xing chegar na maioridade.”

O corpo dela tremeu um pouco mais após ouvir as palavras frigidas de Su Yang.

Ela mordeu os lábios: “Eu sei, mas não acho que seja uma coisa ruim. Se eu morrer, Mei Xing não precisará se preocupar comigo e ela finalmente será capaz de sair da Cidade do Prazer. Contanto que eu esteja viva, ela não me deixará e não sou nada além de um fardo.”

Ouvindo aquelas palavras, Su Yang suspirou alto: “Sabe, já encontrei muitas mulheres como você ao longo da minha vida — mães que pensam que morrer é estar fazendo um favor aos filhos. Todavia, nenhuma destas mulheres sabe quanta dor e sofrimento as crianças tiveram que aguentar após sua morte porque, bem, elas estão mortas.”

“Por que sente que precisa morrer para dar uma vida melhor a sua filha? Qual sentido isso faz?” Su Yang perguntou.

“M-Mas se eu não morrer, como ela sairá do meu lado? Tenho sido um brinquedo para dar prazer a outro desde o primeiro dia da minha maioridade! Alguém como eu não sobreviverá muito tempo fora desta cidade, contudo, a Mei Xing é diferente! Ela tem muitas escolhas na vida! E com sua inteligência, será capaz de superar todos os obstáculos que surgirem! Tenho certeza disto!”

Su Yang então falou: “Honestamente, sua situação não é da minha conta, nem tentarei convencer você, porém, apenas informarei que a Mei Xing não agirá como pensa quando você morrer. Ela pode ser inteligente para alguém da sua idade, mas você deve se lembrar… Ela ainda é uma criança.”

Após um momento de silêncio, Su Yang retirou uma pílula da bolsa de armazenamento e colocou na cama.

“Essa pílula curará seu corpo, mas se vai aceitar ou não será escolha sua.”

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar