Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx
Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Epic of Vampire Dragon: Reborn as a Vampire Dragon with a System – Capítulo 454

Amor e Paixão

“Abyss, você não deveria pensar assim…” Disse Chaos.

“Eu sei… eu confio no seu poder, e confio no meu próprio poder também, estou confiante em nós mesmos e em tudo… mas tudo sempre pode dar errado, naquela época, tudo deu errado quando pensávamos que tínhamos tudo planejado. ” Disse Abyss.

“Farei o meu melhor e treinarei o máximo possível, para ficar forte rapidamente e ajudá-lo o máximo que puder… Só quero o melhor para você… e para todos os outros.” Disse Abyss.

“Abyss…”

“Mas… Ainda assim, se isso acontecesse… eu não quero morrer com arrependimentos.” Disse Abyss, suspirando.

“Arrependimentos…?”

Chaos parecia um pouco confuso.

“Chaos … eu te amo … eu cresci para te amar mais e mais a cada dia, cada batalha, tudo o que fazemos juntos, ao ver você crescer como pessoa, eu também cresci, e não pude deixar de te amar ainda mais…” Disse Abyss. “Então eu…”

“Eu só… queria fazer isso…” Disse Abyss. “Quero dar-te todo o amor que sinto por ti… E também… quero ser abraçado pelo teu amor e paixão…”

“Ah…” Chaos de repente ficou mais vermelho.

Abyss segurou sua mão com força, enquanto ela se aproximava lentamente mais de seu rosto.

“Desde que fui convocada por você que sempre vivi feliz…” Ela disse.

“Desde que fui convocada que… descobri que havia algo maior lá fora…” Disse Abyss. “Servir você também me deixou feliz. Na minha vida anterior, eu estava sempre sozinha, não havia ninguém lá para mim, e ninguém em quem eu pudesse confiar, ninguém que eu pudesse ver nos olhos e pensar “É alguém com quem eu quero estar “… Não havia ninguém, mas você me convocou e me deu uma razão de ser, uma razão para continuar vivendo…”

“Peço desculpas por ter sido um pouco rude naquela época, talvez eu tenha sido um pouco selvagem demais, talvez infantil demais… Talvez chata demais, talvez demais… Mas você teve paciência comigo, me ensinou a me comportar, e aos poucos fui aprendendo o que era ser pessoa sobre…” Disse Abyss.

Abyss sorriu calorosamente para Chaos; seus brilhantes olhos dourados não eram tão bonitos como hoje.

“Eu te amo tanto… só quero te fazer feliz… quero fazer você se sentir bem e… também quero experimentar algo novo… Você está disposto?” Disse Abyss.  

Chaos não estava alheio, ele já percebeu do que Abyss estava falando. Fazer algo “novo” significava exatamente isso. Mas, além de sua luxúria, havia também muito calor e amor, tanto carinho e compaixão, tanta empatia e… fofura.

“Abyss… Você é meu tesouro mais precioso.” Disse Chaos.

“Eh?” Abyss ouviu as palavras de Chaos, já que seu belo rosto parecia bastante encantador.

“Eu também te amo… te amo mais que tudo… Claro, tudo bem… eu adoraria… fazer isso com você… Vamos experimentar essa nova sensação juntos… Vamos nos abraçar… Vou fazer com que você se sinta bem e feliz também.” Disse Chaos.

Chaos lentamente aproximou seu rosto de Abyss, enquanto os dois começaram a se beijar apaixonadamente, caindo sobre a cama. Chaos havia amadurecido o suficiente para saber tudo sobre isso. Ele já estava pronto para fazer isso, mas não queria incomodá-la, mas no final, parecia que Abyss queria ainda mais.

Os dois se abraçaram em um abraço apertado enquanto se beijavam, seus lábios se encontraram enquanto suas línguas dançavam em um beijo apertado e confuso, Abyss começou a gemer lentamente pelo quão apaixonado Chaos estava sendo… sem perceber, sua paixão rapidamente continuou a crescer e maior, como uma fogueira que está sendo alimentada com lenha velha e inflamável.

A chama de sua paixão continuou crescendo e ficando mais forte, enquanto os dois começaram a se beijar, amando e apreciando até o menor defeito um do outro. Rindo um pouco devido à experiência fofa e quente, e então… fazendo isso, mesmo que fosse um pouco áspero, mesmo que fosse um pouco apressado, eles aceitaram a inexperiência um do outro e abraçaram seu amor.

Depois de muita provocação, eles se conectaram, tornando seus corpos um só. A cama começou a tremer muito, pois os gemidos de Abyss não podiam ser contidos, a intensidade de Chaos era divina, e isso a fazia se sentir tão bem que ela não podia deixar de gemer, mostrando o quão feliz ela estava, o quão realizada ela se sentia, e como era maravilhoso.

“Ahhh~ C-Chaos! Eu amo… eu amo você! Aahhh~ Oohhh~!”

“Hahhh… Hahhh! Eu também te amo, Abyss!”

Suas respirações exaustas se encontraram enquanto eles se beijavam mais uma vez, enquanto as pernas de Abys envolviam o torso de Chaos, e ele continuava empurrando cada vez mais fundo em seu útero. A sensação envolvente e calorosa de seu interior fez com que Chaos se sentisse incrivelmente bem, uma sensação que ele nunca havia sentido antes. Isso o deixou tonto e confuso, mas também bom, feliz e tão realizado…

Quanto mais rápido ele ficava, mais exausto ele se sentia, mas melhor se sentia, e mais Abyss gemia. Ele estava feliz em vê-la desfrutar de seu próprio corpo sobre o dela, enquanto continuava a abraçá-la e beijar seu pescoço macio… E então, sentiu uma leve sacudida na espinha, ao sentir que algo estava saindo.

“Ngh…! Abyss… eu acho…!” Disse Chaos cansado.

“D-Dentro… Por favor…” Disse Abyss.

“Abyss!”

“Chaos!”

Ambos se abraçaram e se beijaram, enquanto Chaos liberava sua semente dentro de seu útero, o calor e a sensação envolvente faziam os corpos de ambos tremerem em alegria eufórica. O Chaos lentamente separou seu corpo do dela, enquanto uma pequena fonte saía dos lábios inferiores de Abyss.

“Oohhh… V-Você gozou tanto… Hahh… Foi tão bom…” Disse Abyss.

“Seu interior é tão quente e confortável…” Disse Chaos.

“V-vamos outra rodada!” Disse Abyss.

“Claro…” Disse Chaos.

E enquanto abusavam de seus corpos quase incansáveis, os dois pombinhos continuaram sua noite de paixão, por várias horas…


Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar