Full Marks Hidden Marriage: Pick Up a Son, Get a Free Husband – Capítulo 761

Você Ficaria Com Ela?

Tarde da noite, no Palácio Platina

Depois que Lu Tingxiao deixou Ning Xi no apartamento dela, ele recebeu uma ligação de Mo Lingtian no momento em que chegou em casa.

Pela voz dele dava para perceber que ele havia bebido muito. Ele estava arrastando a voz ao gritar com ele para ele ir tomar uma bebida em sua casa. No meio do caminho, um som alto de “bam” pode ser ouvido. A ligação ficou silenciosa depois disso; parecia que ele tinha caído.

Lu Tingxiao franziu a testa. Ele não teve escolha senão pegar as chaves do carro e dirigir até a casa de Mo Lingtian.

No momento em que ele chegou à porta de Mo Lingtian, ele o viu esparramado na neve em frente a porta…

Se ele não tivesse ido, ele provavelmente ficaria lá a noite toda.

Lu Tingxiao beliscou a testa e carregou o amigo.

Assim que Mo Lingtian foi levantado, a boca dele que cheirava a álcool se inclinou na direção de Lu Tingxiao. “Ziyao…Ziyao…”

Antes que Mo Lingtian pudesse beijá-lo, Lu Tingxiao disse: “Você quer morrer?”

Quando ele ouviu aquela voz implacável ameaça-lo, Mo Lingtian instantaneamente recuperou a consciência. “Jesus! O que você está fazendo aqui?”

Ele parecia estar infeliz enquanto murmurava: “É só um beijinho. Você precisa parecer tão humilhado? Eu não sou uma mulher…”

Lu Tingxiao afrouxou o colarinho e parecia impaciente enquanto o ajudava a entrar na casa.

Mo Lingtian caiu no sofá como um peixe morto, seus olhos apáticos encaravam o candelabro acima dele. “Lu Tingxiao, você sabe, eu gosto da Ziyao…”

Lu Tingxiao olhou para ele, sem dizer nada.

“Hah, isso é um absurdo… naquele ano, eu sai do exército mais cedo por ela, com medo de que, quando eu não estivesse por perto, ela se interessasse por você. Infelizmente, a verdade é que, mesmo que eu nunca saísse do lado dela por um segundo, mesmo que eu a seguisse por todo o país, ela ainda não seria minha…”

Naquele ano, quando Guan Ziyao foi para o exterior com sua família, ele imediatamente organizou uma transferência e ficou três anos inteiros no exterior. Ele só voltou quando sua família o obrigou e durante esse período, ele a visitou com frequência no exterior, nunca deixando de manter contato com ela.

Ela finalmente havia retornado ao país e, no entanto, o que ele conseguiu foi um desespero total.

Mo Lingtian divagou por um longo tempo, então ele finalmente olhou para Lu Tingxiao e perguntou: “Você já gostou de Ziyao? Se a coelhinha não existisse, você se casaria com ela?”

A expressão de Mo Lingtian mostrava seu nervosismo.

“Não.” Lu Tingxiao não pareceu hesitar.

Mo Lingtian fechou a mão em um punho. “Sério? Você se atreve a dizer que nunca gostou de Ziyao? Vocês dois são tão compatíveis em todos os sentidos!”

“Antes de conhecê-la, nunca gostei de ninguém.”

Quanto aos sentimentos dele em relação a Guan Ziyao e Mo Lingtian, não havia nenhuma mudança.

“Seu bastardo, você é muito cruel…”

Ziyao concentrava toda a sua atenção nele, então ele o tratava como seu maior rival, mas esse cara sempre foi um estranho…

No entanto, a atitude de Lu Tingxiao despertou uma esperança dentro dele.

Assim como Mo Lingtian estava em transe, Lu Tingxiao pegou um caderno de couro preto do tamanho da palma da mão e jogou para ele. Então, ele se virou e foi embora.

“O que é isso?” Mo Lingtian pegou o livro e o abriu para estuda-lo.

No segundo seguinte, seus olhos se arregalaram e ele segurou aquele livro como se estivesse segurando a Bíblia…

Seu interior estava cheio da caligrafia familiarmente rabiscada de Lu Tingxiao.

E seu conteúdo estava repleto de detalhes dos grandes erros que Mo Lingtian havia cometido todos esses anos em sua jornada atrás de Guan Ziyao.

“Merda, esse bastardo nunca deixou escapar. Quando ele fez isso?”

É claro que ele não achava que ele havia feito isso apenas pela amizade deles…

Ele mesmo acabou com os rivais românticos da coelhinha…

Isso era muito cruel…

“Caramba! Seu pestinha, por que você não me deu essas dicas antes??!!”

Mo Lingtian podia ser ouvido gritando a plenos pulmões dentro da casa …

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar