Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Genius Warlock – Capítulo 106

Capítulo 106

— Olá. Meu nome é Jane. É um prazer conhecer todos vocês. — Disse uma garota, uma linda garota de cabelo rosa que lhe caía muito bem, mas, como se não bastasse, enfeitava seu corpo com itens mágicos, que acrescentavam um charme a mais à sua beleza.

Na verdade, como para provar essa afirmação, os solucionadores, incluindo o Druida Scott, desenvolveram sentimentos por ela.

Especialmente no caso dos solucionadores, eles rapidamente se apaixonaram por ela, apesar de seu primeiro encontro.

Se fosse o Oliver normal, ele a teria achado interessante e teria tentado olhar para os itens mágicos que ela usava usando os olhos de Bruxo, mas aos olhos do Oliver atual, essas coisas não importavam. Agora, sua cabeça estava cheia de outra coisa, o Pilgaret [Presente].

Não importava o quanto ele olhasse para o [Presente], continha sua receita… Bem, mesmo que chamasse de sua receita, no final, era apenas uma mistura de duas emoções.

Era uma ideia muito simples. Quem quisesse podia fazer. Não precisava ser a receita dele.

Oliver ponderou.

“Ainda assim, acho que a proporção e o método de mistura são meus métodos…”

Oliver pensou em seu Pilgaret e com ele pensou nas pessoas da família Joseph, começando por Marie.

Em troca de ensiná-lo a ler, Oliver ensinou-lhe magia negra.

Ao ensinar, não significou que ensinaria grandes coisas sobre magia negra, apenas refinou sua falta de conhecimentos básicos, dava conselhos sobre alguns métodos de treinamento e, às vezes, ajudava indiretamente quando não conseguia manipular as emoções adequadamente.

Era como segurar uma bicicleta por trás quando alguém tentava aprender a andar de bicicleta.

Era algo que qualquer um poderia fazer.

Mais tarde, ele ensinou outros desde que se tornou seu dever quando assumiu o papel de chefe temporário da família em vez de seu mestre, Joseph.

A princípio, ele ensinou a todos um por um, mas depois o número de pessoas tornou-se tão grande que ele deixou para os discípulos mais antigos que tinham excelentes habilidades.

Ele sabia que não era bom deixar seu trabalho para os outros. No entanto, ao mesmo tempo, era inevitável. Porque queria que alguém assumisse seu papel de chefe da família o mais rápido possível.

Assim, como recompensa por isso, Oliver identificou as tendências dos discípulos seniores, dividiu-os em dois grupos e treinou-os em combate e fabricação de pilgaret, respectivamente.

Por exemplo, luta para Marie que queria ficar forte, e fazer pilgarets para o Peter que queria ganhar muito dinheiro.

E o pilgaret que ganhou de Nina era muito parecido com a receita que Oliver uma vez ensinou a eles.

“Então, parece que eles estão indo bem…”

Oliver concluiu seu pensamento.

Um fornecimento estável de bens significava que a organização também estava estável.

Mesmo pensando que todos ficariam bem, parte dele estava preocupada.

Olhando para o Pilgaret em suas mãos agora, ele soltou um suspiro de alívio.

Oliver estava muito feliz por eles.

Publicidade

No início, todos tinham uma forte vontade de assumir o controle de suas próprias vidas e serem pioneiros em suas próprias vidas, mas em algum momento esse tipo de emoção desapareceu e eles começaram a procurar por Oliver para tudo.

Este era particularmente o caso de Marie, que, como esperado, parecia ter retornado à sua forma original quando ele desapareceu.

Não havia notícia melhor do que está para Oliver.

“Saí há meio ano? Talvez um pouco mais? Mesmo que seja rápido, estou tão feliz… Devo visitá-los novamente mais tarde?”

— Com licença.

Naquele momento, alguém chamou Oliver. A pessoa que o chamou estava bem na frente dele.

Era a garota de cabelo rosa.

A garota inclinou o tronco e olhou para Oliver de cima a baixo.

Era a garota que Oliver foi contratado para proteger, Jane.

Quando Oliver olhou em volta, todos pareciam estar olhando para ele.

Em meio a tal atmosfera, Oliver, que permaneceu em silêncio por um tempo, abriu a boca.

— Perdão?

— Você parece estar pensando em outra coisa. No que está pensando tão profundamente?

— Hum… Me desculpe. Não é nada importante.

— Então, fico feliz.

Jane sorriu e colocou a mão no ombro de Oliver.

Ela era natural e, ao mesmo tempo, ao colocar o braço sobre ele, uma sutil Magia irradiava de seu bracelete.

Hum?”

Oliver olhou para a área onde Jane tocou, e não houve efeito.

Ele se perguntou se deveria perguntar a ela, mas deixou passar quando percebeu que a reunião estava chegando ao fim.

— Então, eu vou embora. Por favor, cuidem bem de mim nas próximas duas semanas.

Jane sorriu suavemente e acenou com a mão.

Quando saiu, Duncan se aproximou e abriu a boca.

— Ela é quem você tem que proteger. Como pode ver, ela é jovem, é ingênua, mas é uma boa menina.

“Ela é ingênua…?”

Publicidade

Oliver questionou as palavras de Duncan por um momento. Ao contrário de suas palavras, ela parecia inteligente.

— Espero que coopere bem. Nas próximas duas semanas, ela não deixará esta mansão. No máximo, andará cerca de uma hora por dia. Resumindo, será muito fácil proteger.

— Qual é o ponto?

— Tudo o que você precisa fazer é revezar e ficar do lado dela todos os dias.

No final das palavras de Duncan, um solucionador de meia-idade questionou.

— Então, devemos estar de plantão uma vez a cada cinco dias?

— Não, eu passo. — Disse Nina.

— Pela natureza das minhas habilidades, vou trabalhar com os funcionários daqui para monitorar todo o bairro.

— Habilidades?

— Uh, não seria mais rápido mostrar do que explicar? Duncan, posso tentar?

— Sim. Como quiser.

Nina começou a desfazer as malas na cintura assim que a permissão foi concedida.

A bagagem era bem grande, então todos se perguntaram o que era, e quando desfez as malas, apareceu uma pequena metralhadora.

— Essa… É a primeira vez que vejo uma desde que fui dispensado do serviço militar.

No entanto, a surpresa não parou por aí.

Quando Nina colocou seus óculos de proteção, seu corpo começou a irradiar Mana, uma quantidade bastante considerável.

— Todos, olhem pela janela. Está vendo aquela grande árvore ao longe?

— Oh, estou vendo.

— Espero que todos estejam assistindo.

Ela estalou a língua e pegou sua metralhadora. Então assumiu sua posição de tiro em direção à parede e imediatamente começou a atirar despejando mana na arma.

Uma visão incrível se desenrolou.

Um círculo mágico roxo se espalhou na frente do cano da metralhadora e o mesmo círculo mágico se espalhou do lado de fora da janela.

— Fogo.

Do-doo-doo-doo-doo-doo-doo-doo-doo-doo-doo

Uma enorme saraivada de tiros soou na sala e um grande número de balas mágicas voou pelo círculo mágico e atingiu a árvore do lado de fora.

Publicidade

Surpreendentemente, era bastante poderoso e em apenas alguns segundos comeu metade do tronco da árvore e o derrubou.

Todos não puderam deixar de se maravilhar com o poderoso poder de fogo à sua frente e, ao mesmo tempo, disse o solucionador de meia-idade.

— É uma arma mágica de verdade. Você é uma usuária mágica?

— Sim. Todo mundo entende por que eu quero passar?

Todos assentiram, e Oliver também.

Se você usa uma arma como essa, é mais eficaz apenas trabalhar sozinha do que proteger o alvo.

Enquanto Oliver se perguntava como fizeram tal arma, o solucionador de meia-idade murmurou como se soubesse bem sobre isso.

— Este é o mais recente produto da série SB criado pela Casa da Magia Espacial e Armas Mágicas da Torre Mágica. Armas que podem ser usadas por usuários mágicos não são adequadas para produção em massa, então todas devem ser produzidas em pequenos lotes.

— Recebi meu salário.

— Você não disse que seu salário é baixo?

Oliver, que estava ouvindo em silêncio, perguntou.

Houve um silêncio constrangedor por um momento, e então, Nina falou com seu característico sorriso alegre.

— Tenho colecionado bônus como uma louca.

— Hum… Entendo.

— Ei, você está arrumando briga comigo? Onde está o meu Pilgaret que te dei antes?

Nina parecia estar perguntando meio de brincadeira, mas Oliver viu um vislumbre de uma sutil emoção oscilante por baixo disso.

Era a emoção da raiva que aparece quando alguém toca uma área sensível.

Quando Oliver estava prestes a se desculpar apressadamente, um som de palmas foi ouvido.

Era Duncan.

— Vamos começar com o trabalho primeiro. Vou dividir os papéis de acordo com cada uma das suas características, então siga-os. Primeiro…


Depois disso, os papéis foram divididos.

Mesmo que fosse dividido, não havia nada particularmente complicado nisso.

Publicidade

Normalmente, Duncan, os funcionários de Edith Rock e Nina eram os responsáveis pela segurança da mansão.

O Druida Scott, lutador mágico Russell, solucionador veterano Godry e o Bruxo Oliver, quatro deles tinham que se revezar com os outros funcionários para proteger Jane em pares.

Nesse meio tempo, os solucionadores de folga só precisavam fazer uma pausa e se preparar para se mover, se necessário.

À primeira vista, parecia apertado, mas não era.

O lugar para descansar era dentro da mansão, e era muito confortável, porque os funcionários que trabalhavam na mansão davam o máximo de comodidade.

Um jornal foi fornecido a pedido, o que permitiu a Oliver passar o tempo lendo o jornal e as escrituras do Pater que recebeu de Joanna sem ter que trabalhar desde o primeiro dia.

Na verdade, o jornal era mais interessante do que Oliver esperava, mas as escrituras ainda eram difíceis de entender.

Havia muitas coisas que ele achava que deveria perguntar à Joanna quando a encontrasse mais tarde.

— É estranho… Que você leia as escrituras.

Enquanto Oliver se concentrava na leitura das escrituras, alguém se aproximou dele e disse:

Quando Oliver olhou na frente dele, era Jane, que usava roupas diferentes todos os dias.

As roupas que ela usava hoje eram aquelas que mostravam mais a pele.

À primeira vista, ela se parecia com as garotas que trabalhavam na casa do Anjo, onde Oliver foi atrás de Coco.

Oliver se perguntou se ela estava usando por causa do clima ou por outro motivo.

Logo, Jane, que leu o olhar de Oliver, virou o corpo com os braços estendidos.

Ela parecia uma garota que estava em um piquenique no Parque de Landa que Oliver visitou no passado, pelo menos na superfície.

— Huh-uh. Que tal? Minhas roupas são bonitas?

— Hum… Não sei.

— Ah, não combina comigo? Eu comprei com muito cuidado…

Jane fez beicinho, fingindo ser fofa, mas Oliver apenas respondeu como sempre.

— Não, eu realmente não sei como uma pessoa fica bem de roupa, nunca estudei sobre isso.

— Ah. É mesmo? Bem, então, estou feliz. Mas como um cavalheiro, quando uma mulher faz uma pergunta como essa, você deve dizer que ela é bonita.

— Incrível. A Senhora Coco disse a mesma coisa… Você a conhece?

— Bem, eu… Meio que a conheço… Você pode me dizer por que está lendo as escrituras? É um pouco estranho que um bruxo leia escrituras.

Jane sorriu suavemente como uma criança e aproximou seu rosto.

Publicidade

Ela parecia muito ingênua e suas habilidades de atuação eram muito boas, embora Oliver não soubesse por que ela estava atuando.

Oliver olhou para trás e perguntou.

— O que aconteceu com os guarda-costas?

— Oh? Estava tão frustrante que pedi a eles que me deixassem em paz por um tempo. Você não precisa se preocupar, porque eles estão por perto. A propósito, você não vai responder à minha pergunta?

Jane sorriu tenazmente, embora suas emoções fossem diferentes, mas Oliver respondeu graciosamente, sentindo que ela era essencialmente igual ao Edith Rock.

— Eu estava lendo, porque foi um presente.

— Um presente? Hmm… De uma mulher?

Oliver pensou por um momento.

— É… Sim. É de uma mulher.

— Oh! Sério?… Hmm, é a sua amante?

— Amante? Não, ela é minha benfeitora.

— Oh, certo? O que ela fez para você ser tão grato?

Jane fingiu estar interessada, pegou uma cadeira perto dela e sentou-se ao lado de Oliver, bem perto.

— Hum… Ela me deu conselhos pelos quais sou grato.

— Que conselhos?

— Hum… É um pouco difícil dizer.

— Oh, desculpe. Então, você pode me dizer por que lê tantos jornais? É a primeira vez que vejo um bruxo ler tanto.

Jane colocou a mão na mão de Oliver com essas palavras.

Era macia e quente. Não teve nenhum outro efeito em Oliver.

— Eu estava lendo, porque me faltava bom senso básico. A Sra. Coco me disse para ler um.

— Falta de bom senso? Bem, eles dizem que alguns bruxos ficam no subsolo ou em cavernas.

— Mas a Senhorita Jane parece saber muito.

— Sim? Ah… Fui educada por conta própria desde muito jovem e fui capaz de aprender ouvindo muitas pessoas falarem. Depois que conheci meu pai, recebi treinamento profissional. Ah…! Posso ajudar?

— O quê?

— Se você ler o jornal e encontrar alguma coisa que não entende ou acha difícil, eu te ensino. Que tal isso?

Publicidade

Em uma oferta inesperada, Oliver respondeu.

— Obrigado pela sugestão, mas tudo bem mesmo?

— Bem, eu também estou entediada. Agradeço também àqueles que me protegem. E acima de tudo.

— …?

— Você é meu tipo.

Jane sussurrou enquanto se inclinava para perto do rosto de Oliver como se sussurrasse em seu ouvido.

O cheiro de perfume cheio de poderes mágicos se espalhou perto do nariz de Oliver.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

5 1 voto
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar