Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx
Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Kono Subarashii Sekai ni Shukufuku wo! – Capítulo 94.03

Disputa decisiva com este monstro sem escrúpulos! (Parte 3)

《Parte 3》

 Dentro de uma pequena floresta a oeste de Axel, cresce uma grande árvore.

 Esta árvore é famosa entre os aventureiros e funcionários da guilda. Embora a área ao redor seja um território proibido, turistas de outras cidades ainda a visitam constantemente.

 Por que as pessoas visitariam aquele lugar específico?

 Porque sob a enorme árvore vive um monstro.

 Chamado de Princesa da Tranquilidade.

 Provavelmente uma classe superior da Garota da Tranquilidade que destruí há um tempo── Link

   

「── Olha, Kazuma, por que não desistimos dessa missão? O inimigo é uma Princesa da Tranquilidade. Você sabe como ela conseguiu ficar enraizada lá por tanto tempo sem ser destruída?」

 A caminho da floresta onde fica a Princesa da Tranquilidade.

 Aqua estava fazendo barulho atrás de nós agora.

「Kazuma Kazuma, na verdade não me sinto motivada a destruir a Princesa da Tranquilidade…」

 Até Megumin estava tentando me fazer desistir.

「Vocês não deveriam colocar toda a culpa no Kazuma. A Princesa da Tranquilidade é de fato uma existência muito benigna para algumas pessoas. Por exemplo, aqueles que são atormentados por doenças terminais podem ir até ela e morrer em paz. Isso realmente conta como mal? Embora, também devido à sua existência, os suicídios tenham se tornado galopantes naquela floresta. Sim, isso conta como suicídio. Como um serva da Deusa, eu desaprovo o suicídio. Mesmo que o sujeito tenha boas intenções, ainda não posso tolerar o suicídio assistido.」

 A julgar pela desculpa que Darkness me deu, ela também não entendeu a situação.

 Larguei minha mochila e olhei para elas.

「Como você ainda não se decidiu. Você realmente acha que eu destruiria a Princesa da Tranquilidade por riqueza e fama?」

「Claro, você não é o homem que extermina brutalmente fadas inocentes e fofas por sua experiência e dinheiro? Da última vez, você assassinou o Espírito da Neve que eu peguei e nomeei. Eu ainda não te perdoei!」

 Esta vaca até desenterrou os velhos rancores.

 Eu dei um longo suspiro.

「Eu não fiz nada, ok? Deve ter derretido quando você o colocou perto do aquecedor.」

 Na época em que exterminamos monstros chamados Espíritos da Neve, ela queria manter um como animal de estimação.

 O Espírito da Neve que ela pegou se foi no dia seguinte, então ela acreditava firmemente que eu era o culpado.

「Quando fomos à Vila dos Demônios Carmesins, encontramos uma Garota da Tranquilidade, não? Esse monstro não é nada bonzinho, na verdade, eles são bastante tortuosos.」

 Na época, elas me culparam por ser tão profano. Tive que me explicar por um longo tempo.

 E aqui eu pensei que havíamos chegado a um entendimento…

「Ainda estou cética depois de tudo o que aconteceu. Já que o oponente era tão malévolo, como então ele poderia passar despercebido pelos meus olhos que tudo veem?」

「Tem certeza de que seus olhos não são bolas de gude?」

 Eu imediatamente retruquei. Aqua estufou as bochechas de raiva. Então, tirei um certo item da minha mochila.

「Hm… Kazuma, isso é…」

 É o item mágico detector de mentiras que foi usado em mim inúmeras vezes.

 Se as coisas continuassem assim, Aqua e suas amigas definitivamente me impediriam de destruir a Princesa da Tranquilidade.

 E assim, é hora deste item mágico brilhar.

 Usando-o, pude expor as mentiras da Princesa da Tranquilidade e corroborar meu relato.

「Então, olhem de perto, todas vocês. Estou dizendo que estou certo.」

 Aqua mostrou um olhar suspeito ao ouvir minha declaração confiante.

    

 ── Fizemos todo o caminho através da densa vegetação rasteira e chegamos à árvore gigante.

 Não havia muitos monstros.

 Rumores dizem que aventureiros se ofereceram para limpar a área para proteger a Princesa da Tranquilidade dos monstros.

 Quanto tempo realmente passamos caminhando por esta floresta?

 Da mesma forma que me preocupava em ter trilhado o caminho errado.

「Ei, Kazuma, não é ali? Eu vejo luz ali.」

 Eu olhei para onde Aqua estava apontando e vi uma clareira brilhante entre a floresta escura.

 Aproximando-me, pude ver uma árvore gigante e um pequeno vapor.

 As árvores eram escassas ao redor do riacho que brilhava à luz do sol, perfurando a escuridão circundante.

 De repente, alguém falou conosco.

「Olá aventureiros, vocês vieram em busca de um fim pacífico, ou estão simplesmente perdidos?」

 A voz soou calmante, suave como a seda, mas clara como gotas de chuva na água.

 Quando me virei para procurar a origem da voz,

「Ou talvez você tenha vindo me ver…?」

 Uma mulher elegante cuja metade inferior era uma árvore sorriu timidamente para nós com familiaridade.



Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar