Leveling With the Gods – Capítulo 124

Capítulo 124

“Aqueles são os Cavaleiros da Távola Redonda?” Mamos tinha uma expressão divertida no rosto.

Armadura e cavalos brancos. Eles definitivamente pareciam a lendária “Távola Redonda”.

“Nem todos.” YuWon olhou para o primeiro cavaleiro do grupo que se aproximava deles. “Um deles é.”

Pelo menos um deles era um Ranker digno o suficiente para se sentar na Távola Redonda. E só de poder se sentar na Távola Redonda, essa pessoa estaria entre os cem membros mais fortes do grupo.

Clip, clop-

Os cavalos se aproximaram.

YuWon viu o rosto do cavaleiro na frente e tentou se lembrar dele.

‘Quem era…’

Um rosto que fez cócegas em sua memória. Era alguém que ele definitivamente tinha visto pelo menos uma vez antes.

Enquanto examinava suas memórias, um nome veio à mente.

‘Cavaleiro Percival. O 31º Cavaleiro da Távola Redonda.’

Mas por que ele viera aqui pessoalmente?

A distância entre eles foi rapidamente reduzida e Percival falou ainda em seu cavalo: “Foram vocês que passaram no teste dessa vez?”

Um Cavaleiro da Távola Redonda estava perguntando a eles pessoalmente. Era algo que um jogador comum nem poderia sonhar em vivenciar.

Não havia nenhuma guilda tão descolada que as pessoas quisessem entrar tanto quanto a Távola Redonda.

“Sim!”

“Meu nome é Tual.”

“Eu sou Oren.”

“Eu sou Ellie Rosamond. Sendo um sangue puro…”

Eles se agitaram, tentando se apresentar. Era uma reação compreensível.

‘Se eu conseguir me aliar a um Cavaleiro da Távola Redonda aqui…’

‘Poderei me tornar um membro da Távola Redonda.’

‘Se eu conseguir me tornar um Ranker da Távola Redonda, poderei entrar em qualquer uma das Grandes Guildas. E como a Távola Redonda é uma das guildas que mais cresce no momento, também pode ser bom ficar aqui para sempre.’

Estavam todos presos em seus próprios sonhos.

No entanto, o atual Cavaleiro da Távola Redonda realmente não prestou muita atenção a eles.

“E quanto a vocês dois?”

Sua atenção se voltou para YuWon e Mamos.

Eles realmente não podiam se esquivar daquela pergunta, já que estava sendo feita a eles de forma tão direta.

“Eu sou Kim YuWon.”

“Mamos.”

YuWon pensou que Mamos era um medroso, mas ele respondeu friamente.

Percival olhou para Mamos um pouco e depois desceu do cavalo.

“Eu sou Percival. Bem-vindos”, e cumprimentou os jogadores que chegaram ao 25º andar.

Uma atitude educada e cortês era uma característica incomum para um Ranker que havia subido ao topo da Torre. Ainda mais se fosse de uma guilda famosa como a Távola Redonda.

No entanto, essa era a mentalidade natural dos Cavaleiros da Távola Redonda – cavalheirismo. Essa também fora a mentalidade do primeiro monarca da Bretanha, Arthur.

“Percival?”

“Já ouviu falar dele antes?”

“Ele faz parte da metade superior dos Rankers da Távola Redonda. Já ouvi falar dele algumas vezes antes.

“Oh…”

Vendo que seu nome era conhecido pelos jogadores dos andares inferiores, ele também tinha alguma influência dentro da própria Távola Redonda. Se encontrasse alguém de quem se afeiçoasse, essa pessoa provavelmente seria capaz de entrar na Távola Redonda imediatamente, sem muitos problemas.

“É bom ver todo mundo. Talvez por terem acabado de chegar aqui, mas todos se sentem como jovens recém-nascidos. Hahaha.” Depois de rir muito, Percival olhou para os dez jogadores. “Vim aqui por ordem de Sua Majestade. Ele está procurando um jogador entre os que escalaram desta vez para preencher a vaga na Távola Redonda”.

Um lugar vazio na Távola Redonda. Isso foi o suficiente para colocar os jogadores em estado de choque.

‘Um lugar vazio na Távola Redonda…’

“Ele quer dizer um Cavaleiro da Távola Redonda?”

‘Ele está dizendo que vai escolher alguém para a guilda? Dentre nós?

‘Como Kim YuWon já é conhecido por não se juntar a nenhuma guilda, poderia ser eu…’

Todo mundo estava pensando a mesma coisa. Embora a Távola Redonda tenha se mobilizado para recrutar YuWon, a chance de que a guilda falhasse era decentemente alta desta vez também. Então havia a possibilidade de que o assento vazio pudesse ser preenchido por eles.

Apenas por fazer parte da Távola Redonda, uma pessoa seria capaz de exercer uma quantidade incrível de influência e autoridade.

“Bem, falaremos sobre os detalhes depois. Primeiro, não estão cansados depois de terminar o teste? Embora a Bretanha não esteja longe daqui, vamos juntos.”

“Tudo bem!”

“Vamos!”

“Eu sempre quis vir para a Bretanha.”

Essa era a reação normal, mesmo que eles não estivessem tentando entrar na Bretanha. Como a Bretanha controlava metade do mundo que controlava todo o 25º andar. Querer visitar um lugar assim estava naturalmente na lista de desejos de muitas pessoas.

Os únicos que não aceitaram imediatamente a oferta foram duas pessoas.

“Mano, o que você vai fazer?”

Um deles era Mamos. Ele estava um pouco incerto sobre a situação atual.

“Isso me parece suspeito.”

“Vamos lá.”

“Acho que eles vão tentar te atrair para o lado deles. É até meio óbvio.”

Um Ranker veio pessoalmente para guiar os jogadores. Mesmo que fosse um Cavaleiro da Távola Redonda que desse importância ao cavalheirismo, isso ainda era uma ocorrência rara.

Podia-se supor que eles tinham um certo objetivo com isso, como observar um jogador específico.

“Me atrair…”

YuWon olhou para Percival com olhos duvidosos. Ele certamente parecia um dos ‘Cavaleiros da Távola Redonda’ de renome mundial ao responder gentilmente a todas as perguntas que os outros jogadores lhe faziam.

Não era estranho que a Távola Redonda quisesse YuWon para sua guilda, já que guildas ainda maiores do que elas haviam tentado recrutá-lo antes.

“Vamos lá. Quem sabe o que vai acontecer.”

Mas ele não podia pensar muito sobre isso.

“Porque aquele lugar é uma ‘rede’ gigante feita para te pegar.”

Hargaan disse a ele para ter cuidado com a Bretanha. Ele recomendou que YuWon não permanecesse lá depois de chegar no 25º andar e fosse direto para o 26º, se possível. A Bretanha com certeza lançara uma rede para capturar YuWon.

Talvez…

“Mamos.”

“Sim?”

“Isso é apenas um ‘e se’…”

Yuwon então falou sobre algumas situações que vieram à mente.

“Não, de jeito nenhum.”

“É por isso que é apenas um ‘e se’.”

“Hmm, entendo. Vou manter isso em mente por enquanto.”

Quando Percival começou a guiar os outros, Mamos olhou para as costas de Percival com uma expressão duvidosa.

“Eu realmente não acho que eles serão tão desonrosos.”


Click, clop-

Os jogadores, incluindo YuWon e Mamos, seguiram os passos dos três cavalos.

A Bretanha não ficava muito longe. Desde o início, o ponto em que os jogadores chegaram após a conclusão do teste foi na fronteira entre a Bretanha e outro país.

Eles logo chegaram a uma cidade cercada por altos muros.

A capital da Bretanha, Camelot.

Depois de caminhar por algumas horas, eles chegaram às muralhas que eram guardadas por muitos cavaleiros e soldados enfileirados.

“Chegamos.”

Relincho-

Percival virou-se, parou o cavalo e olhou para Mamos.

“Mas há um problema…”

Mamos olhou ao redor. Então percebeu um segundo depois que Percival estava olhando para ele.

“Eu?”

“Sim. Você.”

Mamos ficou curioso sobre o que ele quis dizer e Percival falou em tom penoso: “Infelizmente, a Bretanha restringe severamente a entrada de demônios. É difícil para um demônio cuja identidade ainda não confirmamos entrar.”

“O que? Em que ano estamos? Isso não é racismo?”

A expressão de Mamos ficou muito sombria. Mesmo que ele ainda tivesse o rosto de um garoto de dez anos, a energia demoníaca fluía do Mamos emocionalmente ferido.

Os jogadores que vieram com ele eram companheiros de equipe que lutaram ao seu lado. Ao vê-lo ficar furioso, eles ficaram tensos. Se uma luta acontecesse agora, eles não poderiam garantir que sairiam ilesos mesmo sendo espectadores.

“A Bretanha tinha uma lei dessas?”

Essa era uma lei que até mesmo YuWon não conhecia.

Realisticamente, a menos que fosse em circunstâncias especiais, como uma guerra, não era permitido restringir uma raça específica na Torre. Se isso acontecesse, seria impossível resistir às críticas.

Não era um lugar, mas a Bretanha estava se esforçando para restringir uma raça de jogadores. Pelo menos na memória de YuWon, isso nunca havia acontecido antes.

“Este é um projeto de lei que foi implementado após o súbito desaparecimento do primeiro rei da Bretanha. Como este é um assunto delicado, espero que entenda.” Depois de dizer aquilo, Percival virou-se para YuWon em silêncio. “Claro, a história mudaria se você atestar a favor desse homem.”

“O que? Porra! Ei, você sabe quem é meu pai?”

Era uma declaração tão infantil quanto parecia. Já que ele não poderia vencer uma luta contra um Ranker, ele mencionou seu passado e linhagem.

Mas o adversário era um dos Cavaleiros da Távola Redonda. Ele era alguém que poderia simplesmente ignorar a maioria dos antepassados.

“Naturalmente, não sei. No entanto, não importa quem seja seu pai, as leis da Bretanha não mudarão.”

“Meu pai é Belial! Seu desgraçado!”

Ao ver os gritos furiosos de Mamos, Percival pareceu surpreso pela primeira vez.

O “Monarca das Mentiras” Belial. Um dos Sete Lorde Demônios que liderou a grande guilda Lordes Demônios. Ele também foi um dos High-Rankers no top 100, então o poder que ele possuía era comparável ao da Távola Redonda.

E esta criança era o filho de Belial.

“Você ousa duvidar da minha identidade?”

“Isso…”

“Quer que eu conte para o meu pai? Hein?”

Realmente era extremamente infantil. YuWon estava ficando constrangido só por ouvir aquilo.

No entanto, Percival, que estava realmente sendo confrontado por Mamos, estava suando por causa dessa situação.

Era compreensível, já que aquele ‘pai’ dele era um dos Sete Lordes Demônios.

“Você provavelmente não terá que se preocupar com a identidade dele.”

Com as palavras de YuWon, Percival rapidamente acenou com a cabeça. “P-Parece que não.”

“Então vamos entrar. Acho que não preciso atestar a favor dele mais do que isso.

“…Sim. Vamos.”

Depois de hesitar por um segundo, Percival voltou a virar o cavalo.

Agora, realmente não havia necessidade de verificar a identidade de Mamos. Se ele continuasse a ter problemas com sua raça e perseguisse Mamos, isso poderia se transformar em uma briga entre o Monarca das Mentiras e a Távola Redonda.

Boom-

O portão do castelo se levantou lentamente.

No interior, a capital da Bretanha, Camelot, revelou-se.

E enquanto o portão do castelo se abria…

Vwing-

O kit de jogador de YuWon tocou.

Virando-se para o lado, ele pode ver que Mamos estava movendo seus dedos e enviando algumas mensagens para YuWon.

[Mamos: É como você disse. Eles não podem fazer muito depois que mencionei o nome do meu pai.]

YuWon digitou em seu kit de jogador e respondeu.

[YuWon: Sim.]

[Mamos: Eu realmente não pensei que falariam da minha raça. Haah, fiquei realmente chateado…]

Ele parecia ter ficado muito chateado, pois sua velocidade de digitação estava bastante rápida.

[Mamos: Mas mano, como você sabia que ia acontecer uma coisa dessas? Você estudou as leis da Bretanha ou algo assim?]

[YuWon: Essa é uma lei que nem existia. Não dava para aprender sobre ela estudando.]

[Mamos: O quê? Sério? Bem, algo como discriminação com base na raça faria o rei morto deles, Arthur, se debater no túmulo.]

[YuWon: …Sim.]

[Mamos: Então como você sabia?]

[YuWon: Foi só um palpite.]

Depois de responder vagamente, YuWon imediatamente colocou seu kit de jogador de volta no bolso interno.

O portão do castelo estava completamente aberto.

Ele podia ver muitas pessoas se movendo lá dentro. Entre os prédios compactados, YuWon podia ver um castelo alto que parecia tocar o céu.

Eles haviam chegado.

Passo-

E assim, YuWon deu um passo para o “Coração da Grã-Bretanha”, Camelot.

E naquele momento…

[O Ovo de ? está mostrando seus dentes.]

[O Ovo de ? está implorando por comida.]

O ovo do Deus Externo de YuWon reagiu.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar