Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx
Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Leveling With the Gods – Capítulo 159

Capítulo 159

Tump, tump, tump!

Cada uma das pegadas dele fazia todo o chão ao redor tremer.

Mas era natural.

O peso das árvores que Hércules carregava devia estar na casa das dezenas de toneladas.

Era incrível ver como ele conseguia levantar tantas árvores só com uma mão.

“Por que precisamos de tantas árvores assim? Não me diga que é tudo para fazer fogo?”

Rankers, ou melhor, jogadores acima de um determinado nível raramente sentiam frio por causa do clima.

Era muito raro ver alguém acendendo uma fogueira para se aquecer nos últimos tempos. Até mesmo cozinhar na fogueira estava se tornando um costume pouco comum.

“Provavelmente sim.”

“Como assim?”

“Nós podemos não precisar, mas tem alguém que ainda precisa. Os únicos que não sentem frio são os jogadores.”

Ou seja, Hércules estava dizendo que aquela lenha não era para uso próprio.

‘Parece que ele vai levar para alguém.’

Nesse caso, era como se ele estivesse prestando uma espécie de serviço.

Coletar madeira e levar para aquecer alguém. Era só isso o que Hércules fazia naquele lugar.

“Você está se saindo muito bem.”

“Não muito.”

Como se estivesse envergonhado, Hércules caminhou em silêncio por um tempo.

E então, eles chegaram em uma cabana.

Um alojamento rústico feito com madeira.

Mas parecia ser um espaço bem amplo. Grande demais para uma pessoa morar sozinha. Também parecia haver pelo menos mais de um quarto.

‘Esse lugar não mudou nada.’

Uma cabana que permaneceria igual, mesmo em um futuro distante.

Vê-lo novamente encheu Yuwon de emoções.

“A porta está aberta, pode ir lá para dentro. Vou fazer algo para comermos e já levo lá.”

“Além de me oferecer abrigo, ainda vai querer cozinhar?”

“Você não disse que estava cansado?”

“Todo mundo precisa dar um jeito de se virar.”

“…”

Hércules ficou sem palavras por um momento devido ao tom de voz amigável.

Yuwon acendeu uma fogueira como se estivesse na sua própria casa, pegou uma panela que estava para ao lado e a encheu de água.

Hércules começou a cortar a lenha que havia trazido enquanto observava Yuwon preparar um cozido de carne seca e legumes.

Taak!

Crack, crack!

As árvores eram cortadas pelas mãos nuas de Hércules que trabalhava em uma velocidade assustadora.

Depois que terminou o processo, Hércules empilhou as árvores cortadas ao seu lado.

Enquanto isso, o sol já estava se pondo.

Tak, tak, tak

Crepitava a fogueira acesa em frente à cabana.

Depois de terminar seu trabalho, Hércules sentou-se em frente à fogueira. Yuwon entregou uma tigela de madeira cheia do seu cozido.

“Qual é o seu nome?”

“Demorou para perguntar, hein?”

Yuwon respondeu enquanto levava uma colherada do cozido até a boca.

“Kim Yuwon.”

“Kim Yuwon… É a primeira vez que ouço esse nome. Você não é um ranker, né?”

“Ainda sou só um jogador. Mas já estou bem famoso lá fora.”

“Já faz muito tempo que vim ficar aqui sozinho.”

Hércules não tinha muita interação com rankers externos.

Ele raramente usava o kit de jogador e tinha poucas amizades com rankers do Olimpo. Talvez por isso Hércules tivesse pouco conhecimento do que andara acontecido nos últimos anos.

“Mas ainda saio de vez em quando. Ficar isolado do mundo não é uma coisa boa.”

“Mas você também não parece estar muito próximo do mundo.”

“É assim que me vê?”

“Sim.”

“Então você está certo.”

Após a breve conversa, as expressões nos rostos dos dois ficaram iguais. Hércules sorria pela primeira vez em muito tempo e estava com uma sensação estranha.

“Que estranho.”

“O quê?”

“Tenho certeza que estou te vendo pela primeira vez hoje, mas você me parece estranhamente familiar.”

Uma conversa que fluía naturalmente como a água.

Era como reencontrar um velho amigo das antigas.

“Também não sou uma pessoa muito sociável.”

“É mesmo?”

“Sim.”

“Parece que pessoas parecidas costumam se dar bem.”

A refeição durou bastante.

Enquanto isso, Yuwon e Hércules contavam suas histórias um ao outro.

“Eu sou Hércules.”

“Ah, Hércules.”

“Já ouviu falar de mim?”

“Com um ranking como o seu, teria sido impossível não ouvir.”

“…Não fico surpreso.”

“Uau.”

Vendo a reação exagerada de Yuwon, Hércules sorriu.

Ele não era muito confiante, mas não era estúpido a ponto de não saber o seu lugar.

Hércules.

Um high ranker do Olimpo, com influência abaixo apenas dos Três Deuses.

Mesmo assim, no ranking de jogadores, ele só ficava atrás de Zeus.

Um ser capaz de destruir uma guilda média sozinho.

Mas Yuwon não parecia se importar muito com isso.

“Mas…”

Crack…

Hércules olhou para Yuwon enquanto quebrava galhos secos em chamas.

“É só questão de tempo até você também chegar lá.”

Hércules tinha notado algo incomum em Yuwon.

Pelo que ele acabara de ouvir, Yuwon não era um ranker, mas sim um jogador que ainda não havia chegado ao topo da torre.

No entanto, a energia que ele passava não era algo que jogadores comuns tivessem.

Parecia que Hércules estava de um ranker experiente.

Foi a primeira pessoa que o fez se sentir assim.

“Gostei da nossa conversa. Agora que terminei os trabalhos de hoje, acho que deveríamos dormir.”

Depois de guardar a louça, Hércules pisou no fogo para apagá-lo e entrou na cabana.

Yuwon seguiu atrás e foi levado a um dos quartos vagos.

Lá, havia uma grande cama de madeira.

Estar deitado em uma cabana em uma floresta tranquila fez Yuwon se sentir confortável.

Mesmo que fosse ser só por um momento.

Pega…

Enquanto segurava o colar no inventário, muitos pensamentos complicados lotaram a mente dele.

‘De alguma forma, nos encontramos novamente.’

Hércules.

Um high ranker que foi citado como um dos candidatos a retornar ao passado, assim como Son Wukong.

Além disso, ele era o herói que Yuwon mais admirava.

E agora estava ali sozinho, travando uma luta sem sentido.

“…Vou deixar para pensar nisso mais tarde.”

Yuwon colocou o colar de volta em seu inventário.

E, no momento seguinte, fechou os olhos.

Embora não fosse tão grande e forte como um castelo, aquele lugar era mais seguro do que qualquer outro lugar naquela enorme torre.

E, pela primeira vez em muito tempo, Yuwon caiu em um sono profundo.


Três dias se passaram.

Durante esse tempo, Yuwon seguia Hércules e o ajudava a cortar árvores.

“Você trabalha duro.”

“Isso é mais difícil do que imaginei.”

“Ainda assim, você as levanta muito bem. As árvores nesse andar são mais duras e pesadas que ferro. Também servem muito bem como reagentes.”

Yuwon sentiu um peso considerável ao amarrar várias árvores nos ombros.

Era incrível como Hércules carregava tanta madeira todos os dias sem usar nenhuma ferramenta.

‘Ouvi dizer que em termos de força, ele é o top 1 da torre.’

Mesmo naquela situação, Hércules nem sequer estava usando a sua forma gigante.

Além disso, ao contrário de Yuwon, a Gigantificação de Hércules já tinha visto a luz do mundo inúmeras vezes e, por isso, deveria ser muito mais forte.

“Mas por que você ainda não foi embora? Me lembro de ter dito que faria só uma pequena pausa.”

“Pensei que morar aqui não fosse tão ruim assim.”

“Ainda falta muito tempo até o seu próximo teste?”

“Tempo o bastante.”

A conversa continuou fluindo naturalmente.

Nos últimos três dias, Yuwon conversara bastante com Hércules.

Que tipo de vida ele viveu, que tipo de pessoas conheceu e pelo que passou? Todos foram tópicos de conversa entre os dois.

Como já haviam sido amigos, não foi tão difícil se tornarem amigos novamente.

Mas…

“Mas vá embora hoje…”

Tuuum

Hércules não conseguia dizer o que realmente precisava dizer.

“Antes que a noite caia.”

Hércules largou a pilha de madeira que carregava no ombro e olhou para Yuwon.

Os olhos gentis deram lugar a um semblante diferente.

Embora parecesse com raiva, Yuwon conhecia bem aquela expressão no rosto do Hércules.

‘Essa é a expressão que ele faz antes de lutar.’

Então estava começando.

Yuwon estava se perguntando até quanto teria que ficar coletando madeira, mas parecia que o momento de parar enfim chegara.

“Por que hoje?”

“Porque este lugar vai ficar perigoso em breve.”

“Confio que posso me proteger.”

“Ainda assim, vá embora.”

Hércules estava uma expressão dolorosa no rosto.

“…Por favor.”

Mesmo aquele sendo seu lar, ele estava pedindo que Yuwon partisse.

E esse pedido tinha sido feito por dois motivos.

O primeiro era porque ele estava muito preocupado com a segurança do Yuwon.

‘Acho que ele não quer ser visto lutando.’

A imagem de Hércules agarrando a capa com as próprias mãos e a jogando no chão ainda estava bem viva nos olhos de Yuwon.

Mas pelo que havia ouvido, Hércules era um pouco diferente em sua época como matador de gigantes.

“Eu perdia o controle quando lutava naquela época.”

‘Hércules sem controle…’

Era uma cena que Yuwon não conseguia imaginar bem.

Por mais que fosse normal sentir medo durante uma luta, Hércules nunca parecera prestes a perder o controle.

Ele até sobrevivera a várias lutas contra os Deuses Externos.

Tuuum

Ao chegarem na cabana, Yuwon colocou no chão a madeira que vinha carregando.

“Obrigado pela ajuda, mas agora vá embora mesmo.”

Hércules, que observava o sol se pôr, falou como se estivesse com pressa.

Mas Yuwon, que não tinha intenção nenhuma de obedecer, ignorou suas palavras e disse:

“Antes disso, quero te perguntar uma coisa.”

“O quê?”

“Sua personalidade é muito diferente do que ouvi falar por aí.”

Matador de Gigantes.

O mundo o chamava de herói do Olimpo, mas na perspectiva dos gigantes, Hércules nada mais era do que um demônio que dizimara sua espécie.

No entanto, Hércules não concordava com a opinião do Olimpo.

Como filho de Zeus, ele participou da guerra, mas…

Pelo menos no início da Gigantomaquia, Hércules foi contra a ideia de matar os gigantes.

No entanto.

“Por que você odeia tanto os gigantes?”

Um certo dia, quando Hércules viu os gigantes, ele perdeu o controle e começou a massacrá-los.

E isso também não mudara.

“…Pare de falar besteira.”

“Vocês se davam bem, não era? O Surtur, por exemplo…”

“Você—”

Hwaaah!

Uma mana pesada pressionou todo o corpo de Yuwon.

Por um momento, ele sentiu como se seu corpo fosse explodir. Foi tão ruim que sua habilidade foi ativada sozinha.

[A ‘Bênção do Mar’ habita em seu corpo.]

‘Teria sido melhor ser perfurado por uma espada.’

Felizmente, graças à sua habilidade, Yuwon conseguiu se livrar do peso da mana em seu corpo. No entanto, aquele foi apenas o poder que Hércules liberou inconscientemente.

“O que exatamente você sabe?”

“…Não sei.”

Yuwon soltou um suspiro longo de frustração e voltou a abrir a boca.

“É por isso que estou perguntando. O que foi que aconteceu?”

Mas, na verdade, ele já sabia de tudo.

Mesmo assim, ele ainda queria ouvir.

Hércules.

A mesma história que ele contara ao seu ídolo e amigo Yuwon, sendo contada agora de novo.

Mas….

“Não aconteceu nada.”

Yuwon não obteve a resposta que desejava.

Talvez seja algo natural.

A forte conexão de anos de amizade era algo que só Yuwon sentia naquele momento.

Para Hércules, Yuwon nada mais era do que um ‘estranho’ com quem conversara brevemente nos últimos dias.

‘Mesmo assim, estou feliz.’

Brrrrrr…

O chão começou a tremer.

Naquele instante, assim como Hércules avisara que aconteceria, o sol se pôs.

‘Já estava na hora.’

Aquele andar originalmente era um mundo onde humanos e gigantes coexistiam.

Embora os gigantes tivessem se separado dos humanos após a Gigantomaquia e desaparecido no subsolo, eles ainda viviam ali.

38º andar.

Uma terra de humanos e gigantes.

E o palco da sangrenta guerra que ficou conhecida como Gigantomaquia.


Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar