Participe do nosso novo grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx
Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação e veja os benefícios.

Lord of Mysteries – Capítulo 1082

Mudança repentina de eventos

Rua Böklund, nº 160, dentro da mansão de Dwayne Dantès.

Depois de teleportar de volta, Klein não demorou nem um pouco. Imediatamente montou um altar e realizou um ritual para orar à Morte.

— Você é a essência da morte;

— Você é o senhor dos mortos;

— Você é o lar final para todos os seres vivos.

— Eu rezo por sua ajuda. Oro para que você saiba como resolver o problema do espírito maligno do Anjo Vermelho. Ele possuiu o corpo de um Porteiro e está cooperando com o Sumo Sacerdote do Episcopado Numinoso, Haiter. Ele veio para Backlund e foi nomeado assistente de Patrick Bryan…

Com relação a este assunto, não havia realmente outra escolha senão procurar a ajuda da Deusa da Noite Eterna.

Ignorando a possibilidade de procurar a líder asceta, Arianna, em um esforço de cooperação, ou se ele tinha a capacidade de acabar com Sauron-Einhorn-Medici, mesmo que pudesse, uma vez que o espírito maligno do Anjo Vermelho desaparecesse, a facção da Morte Artificial do Episcopado Numinoso e o Sumo Sacerdote entenderia imediatamente que algo importante havia acontecido aqui. Ele poderia então conectá-lo a outras anormalidades e determinar que havia algo errado com a condição da Morte Artificial. Então, usando Seu próprio nível e status, possíveis Artefatos Selados e Sua familiaridade com o caminho, Ele poderá ser capaz de criar atos de destruição mutuamente prejudiciais.

E se ele ignorasse o Anjo Vermelho, esse espírito maligno que já foi um Conspiracionista1 não demoraria muito para detectar algo anormal com Patrick Bryan. Com Seu conhecimento e inteligência, não era difícil adivinhar a natureza do problema.

“Não importa como eu lide com isso, será um problema. Como esperado de um anjo no domínio da guerra. Mesmo que Ele seja um Corpo Espiritual três em um, ainda pode criar problemas insolúveis para outros. Esta deve ter sido realmente uma ideia que Ele deu a Haiter…”

“Na verdade, tenho uma ideia extrema; isto é, deixar o espírito maligno do Anjo Vermelho ser morto por outras Igrejas, organizações oficiais ou organizações secretas por outro assunto totalmente diferente. Em suma, qualquer coisa relacionada à Deusa não pode ocupar o centro das atenções. As coisas devem ficar bem claras…”

“A dificuldade com essa abordagem é como deixar um membro extremamente experiente e de alto escalão do caminho do Caçador cair em uma armadilha… Se eu não lidar bem com isso, o tiro pode sair pela culatra para mim…” Depois que a oração terminou, Klein casualmente deixou seus pensamentos vagar enquanto ele esperava pacientemente que a Deusa da Noite Eterna lhe desse uma resposta.

Depois de mais de dez segundos, os resíduos de ervas que agradavam a divindade foram varridos por um vento invisível. Eles voaram e pousaram na mesa, formando palavras:

— Sua vinda significa o levantamento dos braços.

“O que isso significa?” Olhando para a frase que lhe deu uma sensação de déjà vu, ele franziu ligeiramente a testa.

Como Vidente, ele habitualmente interpretou:

“Devido ao problema do rei, Loen caiu nas sombras da guerra. Daí veio o Anjo Vermelho que simboliza a guerra.”

“Isto significa que poderá já não ser possível parar a guerra.”

“Ao atingir a Sequência 1, alguém se tornaria um símbolo de certos fenômenos.”

À medida que esses pensamentos passavam pela mente de Klein, o vento invisível parou. O altar que estava completamente isolado pela parede da espiritualidade ficou extremamente silencioso.

“Não há outras revelações?” Depois de esperar um pouco, Klein confirmou que isso era tudo, então encerrou o ritual e limpou o altar.

Ele então caminhou até o sofá da sala e sentou-se para ver se mais alguma coisa aconteceria.

Depois de quinze minutos completos, não houve a chegada da matrona do claustro da Meia Noite, a líder dos treze arcebispos, anjo da Ocultação, Arianna.

“Eu não tenho que lidar com o espírito maligno do Anjo Vermelho e devo simplesmente deixar Ele em paz? Ou há outra solução, mas meu envolvimento não é necessário? Em essência, ele não era um crente devoto de Meia Noite.” Já que a Deusa disse que ele não precisava se preocupar com isso, ele naturalmente não se incomodaria em fazê-lo. Afinal, esse assunto não era apenas extremamente problemático para ele, mas também extremamente perigoso.

Balançando a cabeça, Klein tirou papel e caneta do bolso e começou uma adivinhação por sonhos.

O que aconteceu esta noite o fez sentir que não poderia perder tempo. Ele teve que digerir a poção de Feiticeiro Bizarro o mais rápido possível.

Acima do Mar Névoa, dentro de um navio mercante movido a vapor que estava extremamente próximo de um navio pirata.

Um por um, os homens e as mulheres mais velhas foram amarrados e empurrados para a beira do convés. Então, os piratas usaram as mãos ou as pernas para jogá-los ao mar.

Os sons de respingos não afetaram em nada os piratas, que riram desse massacre sem derramamento de sangue.

Depois de libertar os cativos, eles carregaram suas armas e lanternas para o navio, preparando-se para aproveitar a luta dos lamentáveis sobreviventes.

Porém, sob a luz, o mar azul escuro ao lado do barco ondulava silenciosamente. Ninguém estava lá.

— Eles afundaram tão rapidamente, — um pirata deixou escapar, surpreso.

O líder desta tripulação pirata franziu a testa. Depois de olhar por um tempo, ele disse: — Talvez alguns monstros marinhos tenham passado e tratados aqueles que ousaram resistir a nós como alimento concedido pelos deuses.

— No momento ideal. Se os alimentarmos, eles não nos atacarão…

Ao dizer isso, o líder acenou com a mão.

— Todos, divirtam-se!

Sendo um pirata bastante experiente, ele sabia que havia muitas coisas estranhas no mar. Era melhor não procurar o motivo e tentar descobrir a verdade. Como isso não prejudicou ele ou sua tripulação, agradeceria ao Senhor das Tempestades por suas bênçãos, fazendo-o como se nada tivesse acontecido.

Depois de se certificarem de que havia gente de plantão, os piratas começaram a engolir grandes quantidades de álcool, comeram enormes pedaços de carne, cantaram alto e lutaram pelos direitos das jovens cativas.

Na atmosfera barulhenta e animada, o líder pirata conduziu uma bela passageira de quem ele gostava há muito tempo para a cabine do capitão. Ele ansiosamente iniciou o processo final daquela noite de folia.

No meio da noite, o cansado líder pirata estendeu a mão direita e tocou em algo frio.

Ele acordou de repente. Através do luar carmesim que brilhava pela janela, viu um pedaço de madeira áspera em seus braços.

Uma série de galhos com folhas verdes cresceu do bloco de madeira, abraçando-o como membros de um humano.

Pa!

As pupilas do líder pirata dilataram-se rapidamente. Enquanto ele afastava a madeira, pulou da cama e tropeçou para trás.

“Eu estava com tal coisa anteriormente?” Sua mente estava cheia de terror. Ele não se importava com suas roupas, pegando uma pederneira e um cutelo antes de sair do quarto imediatamente.

Lá fora, havia um pirata de plantão.

— O que aconteceu?… — Quando o pirata viu seu líder abrir a porta, ele perguntou rapidamente.

O líder pirata originalmente queria repreender a outra parte por beber secretamente, resultando em sua incoerência. No entanto, quando olhou para cima, viu que a boca de seu subordinado e os arredores estavam cheios de grãos dourados. Até a superfície de sua língua estava coberta de aglomerados caroços.

O couro cabeludo do líder pirata se enrijeceu quando ele sentiu um arrepio entorpecente percorrer sua espinha.

Neste momento, a porta do outro lado do corredor também se abriu. Um pirata gritou em tom soluçante: — Ah, não! Chefe, eu tenho muitos cogumelos crescendo em mim!

Enquanto ele falava, o pirata saiu correndo.

Ao mesmo tempo, sentiu coceira nos olhos. Ele ergueu a mão e esfregou o olho direito.

Enquanto ele esfregava os olhos, uma videira verde cresceu lentamente nas lacunas entre a órbita ocular e o globo ocular. Havia uma uva vermelha escura no final.

A polpa ao redor da uva era um borrão.

O corpo do líder pirata congelou ao ver isso. Ele perguntou com uma voz que não pertencia a ele: — O que… vocês encontraram…

Enquanto esfregavam os olhos, os piratas que não perceberam o problema disseram sem qualquer lembrança: — Uma sombra parecida com um poste me atingiu!

— E… Ei, você… — O pirata cuja língua estava coberta de trigo dourado ecoou.

Ele foi bloqueado por seu líder e não viu a aparência aterrorizante de seu companheiro de tripulação.

As pernas do líder pirata começaram a tremer incontrolavelmente. Ele instintivamente se virou e saiu correndo.

Neste momento, viu uma longa parede que parecia uma sombra de um poste vir rapidamente em sua direção antes de atacá-lo.

A sombra brilhou e logo desapareceu. Era como se fosse um pesadelo surreal.

O líder pirata foi apenas um pouco mais lento antes de inconscientemente levantar a mão para bloquear. Obviamente, isso não foi eficaz.

Então, ele se olhou em pânico e não encontrou nada de incomum.

— Felizmente, felizmente… — O líder pirata não pôde deixar de soltar um suspiro.

Antes que pudesse terminar, de repente ouviu uma voz ligeiramente abafada:

— Felizmente, felizmente…

Essa voz parecia vir de seu corpo!

As pupilas do líder pirata dilataram-se ao extremo quando ele levantou involuntariamente as roupas.

Ele então viu três rachaduras aparecerem entre seu peito — uma grande e duas pequenas.

Duas fileiras de dentes brancos estavam ordenadamente dispostas na grande fenda, e no meio da pequena fenda havia dois globos oculares vivos e ágeis embutidos nelas.

Era uma boca e dois olhos!

O líder pirata tinha uma boca e dois olhos no peito!

— Não!

Um grito ecoou do barco, cheio de terror indescritível.

Nos quinze minutos seguintes, alguns piratas enlouqueceram e mataram seus companheiros. Alguns escaparam com sucesso de volta para seu próprio navio, apenas para descobrir que as pessoas nele também haviam sofrido mutação. Por isso, eles pularam no mar em desespero.

Quando tudo se acalmou, havia apenas cerca de dez piratas normais caídos no convés e escondidos em seus quartos. Havia um fedor ao redor deles.

Depois de um tempo, os passageiros saíram dos quartos um após o outro.

Eles olharam para a cena à sua frente, incrédulos. Eles agradeceram aos deuses ou ficaram ali atordoados.

Era de manhã cedo. Klein saiu da cama e começou a se lavar.

No momento em que trocava de roupa com a ajuda de seu valete, Enuni, ele viu o Mordomo Walter, que acabara de voltar de uma licença, caminhar até a porta e dizer: — Senhor, o bispo Elektra está aqui para fazer uma visita. 

— … Deixe-o esperar por mim na sala de atividades, onde poderá desfrutar de um charuto. — Klein hesitou por um momento antes de dizer.

Ele suspeitava que esta fosse uma resposta tardia da Deusa.

Walter imediatamente se virou e desceu para fazer os preparativos. Em pouco tempo, voltou e disse: — Senhor, o bispo Elektra já se despediu e foi embora. Ele queria que eu lhe dissesse que você deveria ir à Catedral do Santo Samuel pela manhã. Ele disse que a Igreja e o governo vão realizar juntos um exercício de ataque aéreo.

— Exercício de ataque aéreo? — Klein franziu a testa.

Naquele momento, sua percepção espiritual foi acionada. Ele se virou e olhou pela janela.

No ar, havia fileiras de aeronaves de cor marrom escuro se aproximando.

Essas aeronaves tinham padrões inclinados de emblemas vermelhos, brancos e amarelos. Esta era a bandeira de Feysac!

Ao ver esta cena, Klein de repente entendeu o que havia esquecido.

A guerra pode não ser iniciada pelo Reino Loen!

Uma organização antiga e oculta definitivamente tinha membros de alto escalão em outros países. Caso contrário, não teria sido capaz de afetar a situação mundial!


Nota:

[1] sequencia 6 do caçador.


Gostaria de ter sua novel favorita em PDF ou algum outro formato digital para ler offline?? ACESSE AQUI e saiba como!!

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar