Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx
Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Lord of Mysteries – Capítulo 128

O Louco Pobre

Depois de almoçar, Klein descansou apenas meia hora antes de correr para o Clube de Tiro para praticar com o revólver. Ele não se atreveu a relaxar, nem um pouco.

Depois de praticar suas habilidades de tiro dia após dia e gastar mais de mil balas, ele finalmente conseguiu atirar bem o suficiente para obter a aprovação básica de Dunn Smith. Ele era muito bom em tiro a alvo fixo.

Depois de praticar por um tempo, ele guardou o revólver e pegou uma carruagem pública para perto da casa de seu professor de combate, Gawain. Então, ele caminhou por dez minutos antes de chegar à porta.

Ele trocou para o traje de treino que havia sido deixado secar ao sol. Depois de correr, pular corda, levantar pesos, agachar-se e outros exercícios, para não mencionar o trabalho com os pés e o treinamento de socos, ele estava coberto de suor e se sentia exausto.

— Faça uma pausa de quinze minutos.— Os cabelos brancos loiros de Gawain e as profundas linhas faciais o fizeram parecer duro e severo. Ele pegou o relógio de bolso e o abriu para olhar a hora.

Desde que começaram o treinamento, ele manteve o silêncio, e só falava com Klein quando havia necessidade de mudar os métodos de treinamento ou corrigir algum erro sempre que surgia.

Klein ofegou por ar, mas não se atreveu a descansar imediatamente. Ele andou de um lado para o outro devagar. O feedback mais direto de seu treinamento de combate foi que sua pele ficou bronzeada pelos exercícios sob o sol.

Gawain guardou o relógio de bolso e ficou ao lado do bruto campo de treinamento atrás de sua casa. Ele cruzou os braços enquanto observava Klein esfriar, tão quieto quanto uma estátua de mármore.

— Professor, além de lutar com as mãos, você irá me ensinar a usar espada, espada larga, rapier e lança? — perguntou Klein proativamente. Ele estava de bom humor, pois havia acabado de digerir a poção Vidente.

Ele havia visto armas como a espada e a rapier na sala de coleção de Gawain. Havia também armadura de peito e armadura de corpo inteiro. Ele sabia que Gawain não era bom apenas em lutar corpo a corpo.

Banhado pela luz do sol, Gawain olhou para Klein. Ele abaixou a voz e respondeu:

— É inútil aprender qualquer uma delas. Essas armas são agora obsoletas e seu único lugar é em museus ou em coleções particulares de colecionadores…

Ele ficou em silêncio por alguns segundos antes de acrescentar com uma voz que havia experimentado as vicissitudes da vida:

— Elas foram eliminadas… Você deve se concentrar em armas de fogo; mesmo o combate é apenas suplementar.

Klein olhou para o professor apático e riu enquanto falava.

— Acredito que não.

— Todo ministro, todo membro do Parlamento, todo general, todos pensam assim — disse Gawain, cerrando os dentes.

Klein parou e agiu como se ele fosse um verdadeiro guerreiro do teclado. Ele respondeu com facilidade e fluência:

— Não, elas apenas recuaram da linha de frente de um campo de batalha. Eles ainda têm seus usos em outros lugares.

— Por que em combate deve ser usado apenas armas de fogo? Podem ser usados ​​juntos. Acredito que uma pessoa mais flexível, mais rápida em ação e mais rápida em resposta possa usar armas de fogo de maneira mais eficaz.

Quando viu os olhos de Gawain subitamente afiarem, Klein ficou convencido e continuou:

— As outras armas também não são eliminadas. Elas só precisam de aprimoramentos para serem mais portáteis…

— … Poderíamos formar um esquadrão com alta capacidade de movimento. Um grupo projetado para contornar as linhas de frente e lançar um ataque por trás do inimigo e lutar até o âmago. Em um ataque surpresa de pequena escala, um guerreiro excepcional em combate corpo a corpo e familiaridade com vários tipos de armas pode desempenhar um papel importante. Você pode imaginar uma cena dessas…

Klein usou toda a sua habilidade de saber um pouco de tudo. Ele misturou e combinou todas as táticas de combate das forças especiais da Terra e as descreveu ao seu professor.

Ele não tinha certeza de quando a respiração de Gawain ficou mais pesada. Ele ficou lá sem se mexer um centímetro, aparentemente sem vontade de quebrar as cenas que imaginou.

Klein deu uma olhada na reação do homem. Ele se sentiu convencido enquanto limpava a garganta e dizia de maneira contida:

— Professor, o que você acha do meu plano? Há alguma possibilidade de concretizá-lo?

O corpo de Gawain estremeceu como se tivesse acabado de acordar de um sonho. Ele olhou profundamente nos olhos de Klein e disse:

— Seu descanso está te fazendo bem. Repita todo o conjunto de exercícios dez vezes.

Huh? — Klein parecia perdido.

Muito em breve, ele começou a correr e voltou à realidade. Ele gritou em seu coração: — Dez vezes? Professor, não!

Não quero comemorar minha digestão completa da poção Vidente assim!

Hey, você não ficou nem um pouco inspirado?

Olhando Klein correndo em direção ao outro lado do campo de treinamento, Gawain subitamente descruzou os braços e cobriu o rosto com uma mão.

Ele fechou os olhos com força, suas rugas no rosto eram profundas e óbvias.

Depois de quase vomitar de exaustão, Klein tomou banho, trocou de roupa e deu um adeus ainda silencioso a Gawain. Ele pegou a carruagem pública e saiu.

Ele não voltou diretamente para casa, mas foi ao Bar Dragão Maligno, perto do porto. Ele planejava perguntar sobre o preço dos ingredientes Beyonder e comprar itens para fazer charms.

No caminho, Klein manteve a mente no pequeno estoque que estava carregando consigo. Ele se forçou a ficar alerta e chegou ao seu destino com grande dificuldade.

— Preciso guardar quatro libras para o restante que devo à companhia de detetives. Só posso gastar três libras e cinco soli hoje à noite… — Ele tocou as notas de papel no bolso antes de pegar a bengala e sair da carruagem.

Naquele momento, o sol já havia começado a deslizar para baixo do horizonte. Todas as casas foram gradualmente contaminadas com um brilho crepuscular. As lutas de boxe e as apostas de cães e ratos já estavam esquentando no Bar Dragão Maligno.

Depois de atravessar a sala de bilhar e algumas outras salas, Klein finalmente entrou no mercado clandestino.

Ele olhou para a esquerda e para a direita, mas não viu o Monstro Ademisaul, que sempre estava ativo por lá.

Velho Neil não disse que Ademisaul só conseguiu sobreviver porque o chefe do Bar Dragão Maligno o alimenta? — Klein se perguntou com curiosidade.

Como Falcão Noturno, ele permaneceu vigilante em assuntos como esse. Se aproximando do homem musculoso que guardava a porta, ele perguntou:

— Onde está Ademisaul?

O homem musculoso respondeu sem um sorriso:

— Eu não tenho ideia de onde ele está dormindo. Ele tem estado assim ultimamente; ele se deita em calafrios e canta “Mortos, mortos, todos cadáveres, todo mundo tem que morrer”.

Que cenas ele viu dessa vez? O que desencadeou esse comportamento, agora? — Klein franziu levemente as sobrancelhas e pediu mais detalhes. Ele queria saber onde Ademisaul estava dormindo, mas o guarda também não sabia.

Quando terminar, vou procurá-lo por meio de divinação para ver o que aconteceu… — Depois de tomar nota disso, Klein caminhou em direção a uma das duas salas no final do mercado.

Segundo Velho Neil, a sala à esquerda destinava-se a empréstimos e pagamentos, enquanto a sala à direita destinava-se à compra e venda de itens preciosos, incluindo ingredientes Beyonder.

Quando ele abriu a porta para entrar na sala à direita, Klein percebeu que havia uma divisória que a separava em dois espaços, o interior e o exterior. Havia mais três clientes esperando do lado de fora.

Ele abaixou a cartola de seda e se enfileirou atrás dos três clientes. Ele inclinou o corpo para a frente e se sustentou com a bengala enquanto esperava em silêncio.

Logo, a porta da divisória se abriu e um cliente, de uniforme cinza-azulado, apareceu. Ele manteve a cabeça baixa e saiu com pressa.

Klein bateu os molares esquerdos levemente duas vezes e olhou para o homem com Visão Espiritual, e depois olhou para os outros três clientes. Não havia nada de errado com eles fora as pequenas doenças usuais que as pessoas tinham.

Depois de mais dez minutos, finalmente chegou a sua vez.

Ele abriu a porta e entrou na sala iluminada por uma lâmpada de querosene.

Ele trancou a porta e ocupou o lugar que pertencia ao cliente. Ele olhou para o velho usando um chapéu de feltro preto à sua frente.

— Gostaria de saber quais ingredientes Beyonder você possui e a que preços eles estão sendo vendidos.

Os músculos das bochechas do idoso estavam caídos e as rugas no canto dos olhos eram profundas, mas seu corpo estava bem construído. Ele não achou a solicitação de Klein estranha, porque muitos clientes não estavam dispostos a deixar outra pessoa saber o que queriam comprar antes de confirmarem que o vendedor o tinha disponível. Geralmente, eles desejavam ser apresentados a todas as opções.

O velho virou-se para as páginas mais recentes do caderno, olhou de relance para Klein e tomou um gole de hidromel antes de dizer:

— O tecido cerebral de um Fantasma de Água custa de três a quinze libras, dependendo de quão intacto está. Cristal Estelar, 150 libras por 50 gramas. 200 libras por uma Grama Abelha Rainha. 170 libras por um sapo manchado de preto adulto… 280 libras pela Rosa com Rosto Humano, mas há apenas uma…

Klein controlou sua resposta emocional. Depois de ouvir a apresentação do velho, ficou surpreso que um local de comércio clandestino como esse tivesse menos de trinta ingredientes Beyonder.

Enquanto tocava as notas no valor de sete libras no bolso e pensava na atitude da senhorita Justiça em relação a mil libras, ele suspirou.

— Infelizmente, não há nada que eu queira.

Sem esperar que o ancião fizesse mais perguntas, ele rapidamente se virou para abrir a porta e saiu.

Ele voltou ao mercado subterrâneo e olhou em volta, inexpressivo. Ele ficou lá por um tempo e suspirou com um sorriso amargo.

Sou provavelmente o chefe mais pobre de todas as organizações secretas… — Isso apenas fortaleceu sua determinação de obter os ingredientes internamente dos Falcões Noturnos ou através de trocas com a srta. Justiça ou o Enforcado.

Depois de circular o mercado duas vezes, Klein pegou e comprou ingredientes para fazer charms, como uma peça de prata parcialmente acabada, pós de ervas necessários para rituais e minérios naturais. Ele gastou uma libra e quinze soli no total.

Meu estoque particular de dinheiro tem apenas cinco libras e dez soli. Excluindo o pagamento final ao detetive, ainda tenho uma libra e dez soli… — Depois que Klein silenciosamente fez as contas sobre sua situação financeira, ele se sentiu impotente.

Claro, ele sabia muito bem que só começou a trabalhar há pouco mais de um mês. Se o prazo fosse estendido para um ano, ele poderia economizar mais de cem libras.

Dentro de mais duas semanas, terei que dizer a Benson e Melissa que recebi um aumento para três libras. Podemos contratar uma criada, mas não vou ter mais meu estoque particular… — pensou Klein enquanto caminhava em direção à saída do mercado subterrâneo.

Nesse momento, ele viu o Velho Neil em seu clássico manto preto entrando lentamente.

— Conseguiu comprar tudo? — Velho Neil cumprimentou com uma risada.

— Sim — respondeu Klein francamente.

Velho Neil “tsked” imediatamente. — Você veio muito cedo.

— Isso é porque eu ainda estou com fome, mas você já jantou. — Klein conversou casualmente com Velho Neil.

Depois de um tempo, o chefe do Bar Dragão Maligno, Swain, entrou com seu uniforme de oficial da marinha pendurado sobre ele. Ele se aproximou dos dois com uma expressão de solenidade e abaixou a voz.

— Preciso de sua ajuda.

— O que aconteceu? — Velho Neil de repente ficou sério, e Klein não pôde deixar de sentir um puxão em seu coração.

Os cabelos castanhos de Swain estavam bagunçados, e havia um forte cheiro de álcool em seu hálito. Ele respondeu em voz baixa:

— Um membro dos Punidores a Mandato perdeu o controle nas proximidades. Temos que acabar com ele antes que prejudique os cidadãos!


Comentários

5 3 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
4 Comentários
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Denis
Visitante
Denis
1 mês atrás

Também queria economizar Klein

Café-444D
Membro
Café-444
2 meses atrás

Sei como é a sua dor em relação ao dinheiro Klein

Unknown
Visitante
Unknown
4 meses atrás

Ih…. Vai ter ação no próximo capítulo.

Harpócrates
Visitante
Harpócrates
3 meses atrás
Resposta para  Unknown

Positivo

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar