Martial World – Capítulo 1908

Amor e Dor

“Um pouco mais… apenas… um pouco mais…”

Lin Ming cerrou os dentes, incapaz de usar qualquer movimento para limpar as gotas de suor que escorriam pelo rosto. Era uma situação em que ele estava ignorando completamente qualquer possível dano que pudesse causar ao mar espiritual do Empíreo Primordial, tentando despertar aquelas longas memórias adormecidas.

Sob o envoltório da luz divina do ‘Cubo Mágico’, um brilho raro apareceu nos olhos do Empíreo Primordial.

No entanto, essa clareza apareceu por apenas um breve momento antes de ser novamente submersa pela luz vermelha como sangue.

Duas mentes diferentes alternavam para frente e para trás. O corpo de Primordial tremeu violentamente quando uma dor surgiu em sua alma.

Primordial começou a lutar. Aquele corpo duro e de ferro continha um nível de força incompreensível!

Por um tempo, sons de crepitação encheram o ar enquanto as algemas de energia, que o velho Deus Soberano colocou no Empíreo Primordial para acalmá-lo, começaram a emitir sons de quebra, incapazes de suportar a pressão.

A expressão do velho Deus Soberano mudou.

“Lin Ming! Tenha cuidado!”

Uma vez que Primordial ficasse fora de controle, o dano seria incalculável. Com o atual nível de cultivo e defesa corporal de Lin Ming, Primordial só precisaria de um único golpe para desintegrar seu corpo!

“Lin Ming, recue, não posso segurá-lo por muito mais tempo!”

A testa do velho Deus Soberano estava molhada de suor. No entanto, neste momento, a força da alma de Lin Ming foi completamente derramada no ‘Cubo Mágico’ enquanto ele tentava se conectar com o mar espiritual do Empíreo Primordial.

Roar!

Primordial uivou, de modo que o som dessa fúria ecoou tão turbulento quanto um tsunami ou montanhas desmoronando. Se um Lorde Sagrado comum enfrentasse tal rugido, sua cabeça explodiria e ele morreria onde estava.

Peng!

O braço do Empíreo Primordial tremeu. As algemas de energia que o prendiam foram rasgadas!

Este processo não foi nada difícil. Era como se Primordial tivesse quebrado um pequeno galho ao meio.

O velho Deus Soberano ficou pálido. Sem se importar com mais nada, ele agarrou o ombro de Lin Ming e lançou seu poder, combinando as três fontes de energia, ao limite. Ele estava pronto para puxar Lin Ming de volta a toda velocidade no momento em que o Empíreo Primordial enlouquecesse.

Não seria fácil para Lin Ming despertar a consciência de Primordial. Isso porque arrancar partes da psique de um indivíduo inevitavelmente causaria uma dor agonizante para a alma, o suficiente para fazer o Empíreo Primordial perder todo o controle.

Roar!

Este uivou descontroladamente. Uma terrível tempestade de energia atingiu a energia protetora do velho Deus Soberano, fazendo com que suas roupas balançassem imprudentemente no ar e seu cabelo branco voasse para trás.

Nesse momento, algo apareceu e começou a emitir uma fraca luz azul diante do Deus Soberano.

Esta luz azul era suave e imperceptível. Na tempestade de energia selvagem, era quase indetectável. No entanto, no momento em que esta luz azul fraca refletiu nos olhos brutais do Empíreo Primordial, seu corpo tremeu de repente e ele imediatamente se acalmou.

Esta luz azul estava enevoada, como se fosse a única de seu tipo no mundo. Ela flutuou lentamente para fora do peito do velho Deus Soberano, flutuando em direção ao Empíreo Primordial.

Quando Lin Ming e o Deus Soberano viram isso, ambos ficaram perplexos. Essa luz azul era a ‘Corrente da Calamidade’!

A ‘Corrente da Calamidade’ era um Artefato Espiritual de Nível Divindade Verdadeira, usada na abertura da ‘Terra Proibida Asura’. A parte principal dela já havia sido usada pela Imperatriz Celestial Xuanxing e, depois que ela morreu, a ‘Corrente da Calamidade’ foi sepultada com ela. Quando Lin Ming encontrou sua tumba, foi quando ele a pegou.

Podia ser…

Lin Ming prendeu a respiração. Ele olhou impotente enquanto o tom de azul ficava cada vez mais forte ao redor da ‘Corrente da Calamidade’. Esta luz azul enevoada finalmente se reuniu fracamente, formando a imagem de uma mulher.

A imagem desta mulher tornou-se cada vez mais clara, quase parecendo que se manifestaria na realidade física. Sua aparência era tão bonita quanto a lua brilhante e seu cabelo preto caía pelas costas, como uma cachoeira de tinta.

Seus pés estavam descalços. Sua pele era brilhante e cristalina, como se fosse formada pela essência das estrelas e da lua. Suas sobrancelhas eram como uma pintura e seus olhos eram tão brilhantes quanto o céu da manhã. Ela era como uma deusa dos mais altos céus que havia sido exilada para o mundo mortal.

Imperatriz Celestial Xuanqing!

Lin Ming ficou chocado. Aparentemente, pouco antes da morte da Imperatriz Celestial Xuanqing, ela selou um fragmento de sua alma no Artefato Espiritual, com o qual ela compartilhava as origens, e dormiu profundamente dentro dele desde então.

Na verdade, desconsiderando um artista marcial que era poderoso quanto ao ‘Caminho Marcial de Refinamento da Alma’, mesmo para um mortal, depois de morrer, seus pertences pessoais poderiam desenvolver um senso espiritual. Em certos momentos, esses itens poderiam manifestar a aparência de seu mestre antes de sua morte.

E a Imperatriz Celestial Xuanqing estava originalmente em um nível extremamente alto. Neste Artefato Espiritual, que ultrapassava o Nível Empíreo, ninguém percebeu que uma fração de sua alma estava dormindo dentro da ‘Corrente da Calamidade’.

Não até um momento atrás, quando Lin Ming tentou despertar a consciência do Empíreo Primordial, que a aura liberada por este Empíreo Primordial finalmente reacendeu a alma da Imperatriz Celestial Xuanqing.

Este fragmento já não tinha muito tempo. Despertar também significava sua quase morte…

Ao lado de Lin Ming, o velho Deus Soberano tremia. De seus olhos enrugados e incrédulos, lágrimas começaram a cair.

Quanto ao Empíreo Primordial, ao ver a Imperatriz Celestial Xuanqing, seu corpo estremeceu violentamente. Dentro de seus olhos, confusão e loucura lutavam uma contra a outra. Era como se ele estivesse sentindo uma dor enorme, insuportável.

Roar –

O Empíreo Primordial gritou de dor. Uma tempestade de energia atacou violentamente como uma chuva de lâminas. Lin Ming e o velho Deus Soberano empalideceram. Este tipo de tempestade de energia podia matar instantaneamente um Lorde Sagrado. Quanto ao fragmento da alma da Imperatriz Celestial Xuanqing, ele absolutamente não seria capaz de suportar!

No entanto, quando eles estavam prestes a se mover, eles descobriram que toda a tempestade havia evitado completamente a Imperatriz Celestial Xuanxing, sem nada chegar perto dela.

“Primordial…”

Os olhos da Imperatriz Celestial Xuanqing revelaram uma profunda tristeza. Sua voz estava fraca, como se suas palavras fossem uma ilusão…

Suavemente, ela voou em direção ao lado do Empíreo Primordial. Ela lentamente estendeu a mão e acariciou levemente seu peito…

Ela era apenas uma forma de alma e não podia tocar fisicamente em nada. Mas o Empíreo Primordial imediatamente se acalmou ainda mais.

Dentro de sua alma, mesmo que duas consciências diferentes estivessem atacando uma à outra como antes, causando uma dor infinita dentro dele, o Empíreo Primordial ainda conseguiu suprimir tudo isso. Seu corpo não se moveu nem uma polegada enquanto ele permitia que a Imperatriz Celestial Xuanqing o tocasse levemente.

Isso porque …

Não importava o que ele experimentasse, não importava o que ele se tornasse, se fosse no passado ou no futuro, ele nunca poderia machucar essa mulher…

“Se você não consegue se lembrar, então não pense nisso…”

A Imperatriz Celestial Xuanqing sussurrou, incapaz de suportar a visão diante dela. Se separarem por cem mil anos e, ao se encontrarem mais uma vez nessa situação, as coisas realmente acabaram assim.

Ele havia se transformado em um demônio, perdendo sua sanidade. Ela tinha morrido em outro lugar, deixando para trás apenas um fiapo de sua alma. Mesmo que sua dor tivesse atingido o auge, ela não conseguia chorar…

Uma alma não iria derramar lágrimas, mas sentiria os limites da dor.

Eles gentilmente se apoiaram. Mesmo que não houvesse nenhum toque físico real, neste momento seus corações ainda estavam conectados. Isso porque… dentro dos corações e mentes, eles haviam se marcado para sempre, uma marca que nunca seria esquecida.

O Empíreo Primordial já havia se acalmado completamente. As duas personalidades diferentes dentro dele não estavam mais em conflito.

Dentro de seus olhos, um brilho puro apareceu.

Ele olhou para a Imperatriz Celestial Xuanxing, parecendo se lembrar de tudo.

Ele não falou, porque depois que se tornou um abissal, parecia que ele não conseguia dizer palavras…

Então, ele olhou para o velho Deus Soberano.

O velho Deus Soberano tinha rios de lágrimas escorrendo pelo rosto e seus lábios tremiam.

Embora o Empíreo Primordial não tivesse recebido uma explicação, era como se ele já entendesse tudo o que havia ocorrido.

Havia chegado finalmente, o momento final.

As obsessões de seu coração logo seriam resolvidas. E ele também viu sua amada mais uma vez.

Uma curta felicidade. O brilho final da vida. Tudo queimaria como um meteoro pelos céus, tornando-se um instante de glória magnífica.

“Pai…”

A Imperatriz Celestial Xuanqing voltou-se para o velho Deus Soberano, cujas costas estavam curvadas pelo tempo. Ela queria chorar, mas nenhuma lágrima escorreu.

Os lábios do velho Deus Soberano estremeceram. Ele queria estender a mão para acariciar a bochecha de sua filha, mas não conseguia senti-la.

O velho Deus Soberano suspirou profundamente. Aquela que estava na sua frente era sua filha, que morreu cem mil anos atrás, bem como sua única descendente direta.

Para a Raça dos Deuses Primordiais, que raramente tinham filhos, estes eram tudo.

Sua filha era orgulhosa, poderosa e bonita, tendo a vida de alguém que alcançaria o ‘Reino Divindade Verdadeira’. Mas, em sua velhice, quando seu tempo estava chegando ao fim, ela já havia dado um passo à frente e deixado-o para trás. Para o velho Deus Soberano, a magnitude desse ataque ao seu coração podia ser imaginada.

“Não há tempo…”

A Imperatriz Celestial Xuanqing balançou a cabeça. Ela parecia entender o que estava acontecendo.

Ela voou para longe do Deus Soberano e pousou no ombro sólido do Empíreo Primordial.

O imponente Empíreo Primordial era como uma torre de ferro, a encarnação de um demônio. E acima do ombro desse demônio estava a perfeitamente bela e elegante Imperatriz Celestial Xuanqing. Sua graça e presença eram como as de uma fada efêmera.

Quando esta imagem caiu nos olhos de Lin Ming, ela se tornou eterna…

O velho Deus Soberano silenciosamente pegou o decreto. Neste momento, este decreto parecia frio e impiedoso.

O coração do velho Deus Soberano quase parou de bater devido a tensão.

Se o Empíreo Primordial e a Imperatriz Celestial Xuanqing teriam que queimar suas vidas na batalha, então que fosse ele quem pessoalmente acendesse a chama…

Encarando o velho Deus Soberano, o Empíreo Primordial já havia se recomposto e esperava calmamente por esta batalha final. Nesse momento, havia uma sensação de satisfação em seus olhos.

No momento final, ele foi capaz de se reunir com seu amor. Sua vida seria capaz de queimar brilhantemente no escuro antes de desaparecer. Com isso, as obsessões e a teimosia, às quais ele se agarrou por cem mil anos, já haviam desaparecido.

Então, ele olhou para Lin Ming. O Empíreo Primordial não sabia exatamente quem era Lin Ming, mas ele podia sentir sua própria aura no corpo de Lin Ming.

Sem dúvidas, Lin Ming era seu descendente.

Ele podia sentir a grande força de Lin Ming. Dentro do corpo deste jovem parecia haver um Dragão Verdadeiro profundamente adormecido! O potencial desse jovem era inesgotável!

Com uma pessoa tão notável herdando seus desejos finais e legado, mesmo se ele morresse em batalha, ele não teria arrependimentos…

O Empíreo Primordial não disse nada, mas o velho Deus Soberano pareceu entender seus pensamentos.

O velho Soberano de Deus começou a cantar baixinho. As ‘Leis do Dao Celestial Asura’ começaram a se reunir. Feixes de luz divina brilharam no corpo do Deus Soberano. Gotas de essência sanguínea escorreram por entre as sobrancelhas dele e continuamente afundaram no decreto.

O velho Deus Soberano estava queimando sua própria vida.

A palavra ‘Fé’. Ele tinha que derramar sua vida para acendê-la e só ele era o mais adequado para fazer isso!

De seu corpo murcho, uma força vital incomparável e potente começou a surgir. Vastas ondas de energia precipitaram-se como um rio furioso, fundindo-se ao decreto.

O decreto tornou-se cada vez mais brilhante até que se consumiu completamente, transformando-se em incontáveis runas que convergiram para o corpo do Empíreo Primordial.

Nesse momento, o Empíreo Primordial sentiu uma força infinita se agitar em seu corpo. Seu enorme corpo cresceu mais uma vez. Uma força terrível emanou dentro dele como um vulcão que explodiria a qualquer momento, uma força que não podia ser suprimida, apenas liberada!

Seus olhos brilharam, emanando seu espírito de luta. Seus sentidos estavam tão aguçados quanto um animal selvagem enquanto ele avançava para fora do navio espiritual e focava ‘Fome’ e o Soberano Santo da Boa Sorte!

O Empíreo Primordial nunca havia entrado em contato com o Soberano Santo da Boa Sorte antes. Mas, neste momento, o Empíreo Primordial sabia que o Soberano Santo da Boa Sorte era o maior inimigo de sua vida.

Apenas um deles poderia viver sob os céus!

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar