Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Monarch of Evernight – Capítulo  35

Flor da Outra Costa

Imagem

“As forças expedicionárias, huh… tudo bem. Eu só vou dar uma olhada”. Uma voz limpa e clara seguiu logo depois. Era incrivelmente suave e melodiosa, muito parecida com o som de um carrilhão de vento cristalino depois de ser sacudido por uma brisa suave durante uma tarde de verão.

“Se você insiste, dê algum tempo a esse velho servo para limpar todas as forças expedicionárias e escravos de sangue dentro deste lugar antes de entrar”.

“Não! Estou apenas dando uma olhada, não há necessidade de matar tantas pessoas!”

“…Tudo bem.”

A porta do bar se desintegrou silenciosamente e a temperatura dentro da sala caiu dezenas de graus. Todos, incluindo os soldados das forças expedicionárias, agora se viram perdendo a capacidade de se mover. Seus olhos eram a única coisa que podiam se mover.

Uma garota entrou no bar.

Sua figura era um pouco magra e delicada, e sua capa preta e fina acentuava seu rosto pequeno e sua aparência deslumbrante para parecer como se houvesse um brilho suave ao seu redor. Sua pele era como porcelana da mais alta qualidade. Ela tinha grandes olhos redondos que eram elegantes e puros. Era um par de olhos que não parecia pertencer a este mundo caótico, sangrento e imundo.

Quando ela entrou no bar, foi como se todo o Lírio da Aranha Vermelha tivesse subitamente se transformado em um paraíso humano que não estava mais frio nem imundo. Todas as mudanças foram trazidas pela misteriosa jovem, pois ela parecia ter o poder incrível de limpar a alma.

Ela parecia imensuravelmente poderosa, mas também parecia incomparavelmente fraca. Era como se uma leve brisa fosse suficiente para derrubá-la, quebrando-a em pedaços. No instante em que a viram, a multidão realmente sentiu uma indescritível sensação de dor no coração. Era como se essa garota pura e delicada pudesse perecer a qualquer momento.

Seu olhar varreu lentamente todas as pessoas e todos os cantos do bar, sem deixar de fora os mínimos detalhes. Quando ela olhou para Qianye, seus olhos brilharam um pouco e exalaram uma pitada de surpresa agradável. No entanto, rapidamente desapareceu no momento seguinte, após isso ela soltou um suspiro suave.

Ela disse suavemente: “Eu pensei que um lugar chamado Lírio da Aranha Vermelha seria mais ou menos diferente dos outros… Suspiro! Talvez eu tenha pensado demais. Vamos embora, tio Wang”.

Atendendo à ordem da jovem, um homem velho com cabelos brancos prateados apareceu silenciosamente ao lado dela. Na verdade, ele estava parado ao lado da jovem o tempo todo. Só que todo mundo tinha subconscientemente ignorado sua existência.

O velho olhou para Qianye e disse à garota: “Este é apenas um bar normal, abriga o mal e oculta a sujeira como todos os outros. Ele pode ter tropeçado nesse termo por coincidência, mas não sabia nada sobre seu verdadeiro significado”.

A jovem puxou a capa e suspirou suavemente. “Possivelmente! Ainda assim, é uma surpresa pequena e agradável ver esse termo nesta terra abandonada”.

Tio Wang soltou um sorriso “É raro de sua parte demonstrar alegria, minha jovem senhorita. Por que não compartilhamos com ele um pouco da sua alegria? Ele é um garoto de sorte, hoho”.

“De fato, ele é um sujeito de sorte!” A jovem disse suavemente.

A jovem deixou o bar, enquanto o velho pegou um pequeno saco de veludo preto e o colocou no balcão. Ele disse a Qianye com um tom significativo: “Desde que você fez a jovem mestre ficar feliz, você merece uma recompensa, não importa o que você fez. Isso é seu”.

Foi só depois que o velho saiu que as pessoas dentro do bar recuperaram a capacidade de fazer qualquer coisa. No entanto, elas continuaram imóveis, até esquecendo de se mexer ou falar. A experiência deles de imobilidade e silêncio antes era como um pesadelo, e aquela jovem era o único brilho nela.

O rosto de Qianye estava pálido quando sua mão pressionou o saco de veludo preto que o velho havia deixado para trás. Depois de muito tempo, ele finalmente abriu e deu uma olhada.

Era um saco inteiro de moedas imperiais de ouro!

Essas dezenas de moedas imperiais de ouro significavam uma riqueza tão tremenda que deixaria qualquer um na terra esquecida louco!

Nesta terra sem lei, três moedas de prata eram suficientes para comprar a vida de uma pessoa, e cinco moedas de prata podiam fazer quase qualquer mulher levantar as saias por vontade própria. Mas uma moeda de ouro imperial… que poderia ser trocada por uma soma total de cem moedas de prata. A própria moeda imperial de ouro não podia ser gasta, porque não havia nada nesta terra que valesse sequer uma única moeda.

As moedas de ouro não deslumbrou Qianye, no entanto. Em vez disso, seu olhar estava firmemente preso à caixa cristalina, meio enterrada dentro do saco de moedas de ouro. A caixa cristalina tinha apenas três dedos de largura e sua superfície estava gravada com uma flor rosa, de artesanato requintado. Pela tampa da caixa, ele podia ver que havia três balas de prata dentro dela.

As cabeças dessas três balas eram todas feitas de cristal transparente. Um líquido branco prateado fluía dentro dele, e a mesma flor rosa como antes estava gravada na carcaça prateada da concha.

Essas balas de prata não padronizadas eram obviamente balas de origem criadas privadamente por uma das grandes famílias imperiais. Seus efeitos prejudiciais sobre as raças sombrias eram extraordinários e eram especialmente letais contra os vampiros.

A expressão de Qianye ficou pálida como papel quando ele viu as três balas. Suor frio brotou de seus poros e encharcou toda sua roupa.

Muitas pessoas dentro do bar estavam curiosas sobre o conteúdo do saco de veludo preto, cutucando a cabeça para dar uma boa olhada. Aparências de avareza apareceram no rosto de muitas pessoas, mas nenhuma delas se atreveu a se aproximar mais para conseguir uma boa aparência. A curiosidade e a ganância podem deixar muitas pessoas destemidas e loucas, mas diante da força absoluta, os humanos escondem adequadamente essas emoções por trás de suas máscaras.

Enquanto isso, os soldados imperiais largaram a comida da qual comeram apenas metade e silenciosamente entraram em formação, escoltando os escravos de sangue para longe do bar.

Um soldado imperial entrou ao longo do bar e disse friamente: “Rapaz, sua sorte é ótima, mas o que aquele velho…”

Ele estava prestes a dizer “O que aquele velho deu a você, poderia nos mostrar?”, Mas ele estava no meio da frase quando Liu Jiang o interrompeu.

O tenente-coronel havia realmente colocado uma moeda de ouro imperial no bar!

Ele disse solenemente: “Isto é para a refeição. Sua sorte é realmente impressionante para conseguir o favor desta pessoa. Mas se você mudar de ideia, sempre poderá ir à fortaleza do exército expedicionário. Lembre-se do meu nome, eu sou Liu Jiang. Você pode procurar eu ou Chu Xiong.”

Pensando profundamente, Qianye respondeu lentamente: “Obrigado. Eu vou… considerar.”

Liu Jiang assentiu e cumprimentou “Estou indo embora!” Antes de escoltar as forças expedicionárias para longe do bar.

No portão da cidade, o xerife careca já havia se arrastado para fora das ruínas. Todo o seu rosto estava manchado de sangue, mas ele não o limpou. Em vez disso, ele simplesmente se sentou em cima de uma rocha enorme e olhou para o céu, murmurando consigo mesmo: “Eu sabia que não era pacífico ultimamente, eu sabia…”

Até então, já era noite, e a enorme lua redonda pendurada no céu estava tão vermelha quanto sangue!

Qianye fechou o bar mais cedo e isentou todo mundo de suas contas naquela noite. As pessoas estavam assustadas e também desejavam voltar para suas casas mais cedo do que normalmente para descansar e superar o choque.

Entre as pessoas, o tópico central da discussão ainda era a quantidade de dinheiro dentro do pequeno saco. Além disso, muitas pessoas também estavam discutindo o que exatamente “Lírio da Aranha Vermelha” realmente significava. No entanto, poucas pessoas nesta cidade eram alfabetizadas, portanto, por mais vivas que fossem suas imaginações, era um esforço infrutífero.

Dentro do bar, Qianye olhou para a flor dentro da caixa de bala cristalina e não se mexeu por muito tempo. A flor não era na verdade uma rosa, mas uma flor lendária chamada Lírio da Aranha Vermelha.

Nas lendas, dizia-se que o Lírio da Aranha Vermelha, também conhecida como a Flor da Outra Costa, só crescia nas profundezas do Rio Infernal, guiando almas para o outro lado da costa.

A noite aumentou gradualmente, e a cidade se acalmou lentamente quando as pessoas começaram a entrar em suas terras dos sonhos, uma após a outra. O próprio xerife careca também voltou para sua casa e bebeu exageradamente com um mal-humor enorme. Então ele adormeceu, roncando alto.

O enorme portão da cidade ainda estava em ruínas. Levaria alguns dias para consertá-lo. De fato, a única coisa que as muralhas da cidade podiam defender agora eram bestas normais e escravos de sangue.

Mas eles não precisariam se preocupar com isso esta noite. As forças expedicionárias obviamente haviam feito uma grande varredura pela área e, esperançosamente, as coisas ficariam pacíficas por pelo menos meio mês.

Aos olhos dos catadores, pioneiros e aventureiros mais poderosos, uma cidade farol intacta não era diferente de uma cidade farol sem nenhuma defesa, sem mencionar que as forças expedicionárias e os soldados regulares poderiam facilmente erradicar esse lugar do resto do continente. No entanto, essas não eram coisas em que o xerife careca precisava pensar. O xerife sempre podia olhar para o lado positivo quando se tratava de coisas que excederam suas capacidades. Mesmo que ele não pudesse fazê-lo, ele ainda não tinha a capacidade de alterá-lo.

Qianye também adormeceu. Através da névoa dos sonhos, ele de repente se viu localizado em um bairro calmo e morto.

Não havia luzes nem pessoas. Seus passos solitários eram a única coisa que ressoava pelas ruas vazias. Havia uma enorme lua de sangue no céu que ocupava uma pequena parte do céu noturno.

Ele instintivamente sentiu que uma enorme crise estava se aproximando dele, mas ele não conseguiu encontrar nenhuma arma em seu corpo nem em seus arredores. Na pressa, ele correu para a beira da estrada e tentou puxar um cano de ferro preso no chão, mas assim que ele agarrou o cano, inúmeros escravos de sangue saltaram de repente da escuridão circundante e atacaram-no enquanto uivavam!

Qianye sentiu que seu corpo estava subitamente incrivelmente pesado, e cada movimento que ele fazia eram várias vezes mais lento que o normal. Ele não conseguiu se defender antes que um escravo de sangue o empurrasse ao chão e mordesse seu pescoço. Seus dentes afiados afundaram profundamente em sua carne!

Qianye pulo abruptamente do chão!

Ele ofegou por um longo tempo antes de finalmente reconhecer que estava dentro de seu próprio quarto. O que aconteceu agora foi apenas um pesadelo.

Mas o pesadelo era muito real e claro. A sensação das presas sugadoras de sangue afundando em seu pescoço parecia exatamente a coisa real. Era real a ponto de, embora Qianye soubesse que era apenas um sonho, ele não conseguia se prevenir de segurar seu pescoço.

A pele naquela área era lisa. Somente pressionando o dedo sobre ele, seria possível perceber que havia dois solavancos fracos na área. Era o ferimento deixado para trás pelo vampiro.

O peito de Qianye se levantou rapidamente e o suor cobriu todo o corpo.

Ele não se deitou na cama e, em vez disso, se enrolou em um cobertor e se ajeitou em um canto. Esse era um hábito que ele havia desenvolvido no Continente Noite Eterna para evitar ser emboscado pelos inimigos enquanto dormia. Além disso, ele poderia até surpreender seus emboscadores dessa posição e matá-los antes que eles pudessem reagir.

Qianye se levantou e sentiu uma onda de fraqueza e tontura, quase tropeçando de volta no chão. Ele se recompôs e chegou ao armário ao lado da parede. Ele então pegou o saco de veludo preto novamente e pegou a caixa de bala cristalina de dentro. Após um momento de hesitação, ele finalmente abriu a caixa.

Sob a luz fraca, a cabeça das três balas de prata emanavam um brilho extremamente bonito e fraco. No momento em que a caixa cristalina foi aberta, uma rica onda de poder de origem correu imediatamente para seu rosto.

Qianye sussurrou baixinho para si mesmo: “Como esperado, elas são… todas balas de origem.”

Ele estendeu a mão para tocar as balas de prata. A ponta de seu dedo tinha acabado de tocar em uma das balas antes que uma pequena parte de seu dedo imediatamente se queimasse, deixando escapar um som crepitante. Dentro da cabeça, o poder de origem que foi condensado em um líquido também começou a vibrar intensamente como se pudesse explodir a qualquer momento.

Qianye imediatamente retirou a mão e a reação da bala de origem prateada retrocedeu lentamente, já que ele não a tocava mais. Ele sabia que essas três balas não eram balas comuns de origem prateada. Eles eram Balas de Exorcismo de Mithril, feitas sob medida contra vampiros e, a julgar pela ressonância e intensidade do poder de origem, o criador dessas três balas definitivamente não era um elite ordinária.

Enquanto Qianye olhava para as mãos, a mão esquerda brilhava com fraca luz divina, enquanto a direita estava enredada com uma forte energia sanguínea.

Os olhos da garota tinham o poder terrível de ver através de todas as falsidades, e o tio Wang ao lado dela era um elite ainda mais aterrorizante. O poder de origem que ele possuía era bem controlado e ele era um dos especialistas mais poderosos que Qianye já havia visto.

O fato de o homem ter deixado a caixa de Balas de Exorcismo de Mithril especialmente criadas dentro do saco de moedas de ouro imperiais obviamente significava que ele já havia visto o segredo de Qianye. Só que ele não o expôs, pelo que parece, foi por seu bar se chamar Lírio da Aranha Vermelha.

No entanto, o que mais poderia ser tão especial sobre o Lírio da Aranha Vermelha além do fato de ser a arma mais famosa do império? Que outros segredos continha o velho que planejará limpar todos no bar, acabar por deixar Qianye, uma pessoa potencialmente contaminada pelo sangue negro assim?


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar