Omniscient Reader’s Viewpoint – Capítulo 149

Banquete das Constelações (5)

No início da Sucessão de História, seis salas pequenas foram criadas no final do palco. O número de salas era exatamente igual ao número de encarnações participantes da Sucessão de História.

-Todas as encarnações, dirijam-se imediatamente para a Sala dos Segredos!

O sistema da Sucessão de História era simples. As encarnações se comunicariam com as constelações por meio da Sala dos Segredos e ouviriam todas as condições delas. Posteriormente, subiriam ao palco e anunciariam a história aceita.

Havia uma placa de identificação que dizia “Encarnação Kim Dokja”. Falei com Yoo Jonghyuk: — Te vejo mais tarde.

Yoo Jonghyuk não respondeu e desapareceu na sala dele. Entrei na sala e me sentei a uma mesa, enquanto os sons externos eram completamente interrompidos. Parecia que o espaço estava distorcido.

A Sala dos Segredos era um dos lugares mais confidenciais da Transmissão Estelar. As coisas que aconteciam aqui não podiam ser vistas nem pelos Dokkaebis do canal.

Você se tornou o mestre da Sala dos Segredos por uma hora.

Você recebeu os direitos administrativos da Sala dos Segredos.

O tempo máximo que você pode usar a Sala dos Segredos é de uma hora.

Entre em contato com o maior número possível de Constelações neste tempo.

Olhei para a porta com antecipação. Certo, quem seria o primeiro convidado? Alguém entrou pela porta neste momento; um livro amarelo e flutuante com sânscrito sagrado.

『Encarnação Kim Dokja. Selecione a Festa da Ressurreição.』

O primeiro olheiro pertencia à mitologia indiana…


A constelação “Fundador da Humanidade” está te observando.

O negociador de Vedas era a constelação “Manu”, que tinha o modificador de “Fundador da Humanidade”. Eu também conhecia a história de Manu. Claro, não era porque conhecia a mitologia indiana, mas por causa de Maneiras de Sobreviver.

De acordo com o épico indiano, Manu foi o sobrevivente do grande dilúvio. Em troca de salvar um peixe, ele foi capaz de escapar para o topo das montanhas da Malásia em um navio preparado pelo peixe…

Lembrei-me… dessa história e sabia por que ele tinha vindo negociar. Manu era uma constelação que frequentemente discutia sobre os direitos autorais da narrativa “Mestre da Arca” com as constelações de Éden. Em outras palavras, era um especialista em disputas de direitos autorais entre as constelações de Vedas.

— O Mestre de 25 de dezembro… não veio diretamente?

『Você acha que ele tem tanto tempo livre assim? Responda direto. Você aceitará a Festa da Ressurreição?』

Ele veio com essa atitude? Além disso, a pessoa responsável pela história, Mitra, não veio.

『Se você tem ouvidos, saberá que Vedas é uma das maiores nebulosas. Uma miríade de mitos nasce em Vedas e muitas nebulosas plagiam nossos mitos. Especialmente aqueles do Éden…』

— Essa é uma história pessoal. Se eu aceitar a Festa da Ressurreição, o que Vedas pode me dar?

『A proteção do deus do sol estará com você.』

— Qual é a bênção do deus do sol?

『Preciso mesmo explicar? Mortal insignificante…!』

— Pois bem, tenho uma pergunta.

『O quê?』

— Você não acha que é um clichê antiquado me chamar de mortal insignificante? Até quando as constelações, que gostam de contar histórias diferentes, vão desdenhar dos humanos com esses clichês?

Manu arregalou os olhos e me encarou.

『Como você se atreve a dizer tal absurdo…!』

— É o que penso.

Você usou os direitos administrativos da Sala dos Segredos.

A constelação “Fundador da Humanidade” foi expulsa da sala!

Ao meu comando, o Fundador da Humanidade foi cercado por uma luz clara e desapareceu com um grito. Ele deveria ter feito direito quando teve a chance.

Eu não seria suprimido à força, mesmo que a outra pessoa fosse uma constelação narrativa. Pode ser diferente após a Sucessão da História, mas agora eu era o único com a vantagem.

— Próximo. — Acabei de falar quando um andarilho com uma coroa velha abriu a porta. Quem era esse?

『Encarnação Kim Dokja, junte-se ao Olimpo.』

Esses idiotas leram um manual de “Encarnação Kim Dokja” ou coisa do tipo?

A constelação “Arrancou os Próprios Olhos” está rindo.

Arrancou os Próprios Olhos…?

『Parece que você me conhece.』

— Ouvi sua história na universidade.

『É mesmo? Que inesperado. Um país minúsculo e oriental…!』

“Arrancou os Próprios Olhos” era o Édipo Rei que era ensinado nas aulas de artes liberais. Uma pessoa odiada por Sófocles.

N/T: A tradução oficial é Édipo Rei mesmo.

— A propósito, já ouvi a proposta do Deus do Vinho e da Libido. Você está aqui para tentar me convencer a me juntar à facção do Baco?

『Baco? Parece que ele já se aproximou.』

Algo parecia estranho. Perséfone participou do banquete em nome do “Olimpo”, enquanto Dionísio me disse para não acreditar em ninguém. Ambos não me disseram para me juntar ao Olimpo. No entanto, o Édipo Rei abriu esta porta desde o início.

『Não estou aqui por causa de Baco. Eu nem sequer vim para exercer os direitos autorais para a história da ressurreição.』

Em outras palavras, o Édipo Rei me visitou por uma razão completamente diferente das outras constelações.

Sera… que ele era o representante do “verdadeiro” Olimpo?

『A história que o Olimpo te oferece é o Festival de Relâmpagos.』

— Hã?

Fiquei estarrecido. O Festival de Relâmpagos era a história de Zeus, um dos três líderes. Édipo viu minha expressão e sorriu estranhamente.

『Parece que você também conhece essa história. Sim, você está certo. A história que estamos sugerindo é diferente das de ressurreição das outras nebulosas.』

— Por que… estão me oferecendo isso?

『É porque as três deusas do destino tiveram um vislumbre do seu destino.』

Meu destino…

『Mais cedo ou mais tarde, você será elegível para herdar o Festival de Relâmpagos. É claro que pode herdar minha história e ficar com o “Profeta Cego”, mas… há rumores de que você já é um profeta e não herdará minha história.』

— Espera aí. O que quer dizer? Por que meu destino…

『A decisão é sua. Só que você precisará definitivamente do Olimpo. Bem, até a próxima.』

Édipo desapareceu da sala. Meu coração ficou um pouco perturbado. Eu não sabia como era o “destino” mencionado pelo Édipo, mas se as três deusas do destino estavam envolvidas, algo semelhante ao que elas viram aconteceria no futuro.

A propósito, por que eu era adequado para herdar a história de um deus grego? As histórias delas eram inevitavelmente…

『Oi?』

Estava pensando numa ideia quando uma pessoa entrou na minha sala. Surgiu um aroma fresco e doce, quando o rosto de um anjo belo apareceu na minha frente. A anjinha se parecia com um demônio pequeno.

Parecia que era a vez do Éden.

— Pensei… que o Mestre da Arca viria, mas foi você quem veio pessoalmente.

『Está chateado por eu ter vindo?』

Meu coração bateu forte depois que ouvi a voz.

Uriel… era uma fofura.

— Pelo contrário, gostei.

『Eu queria te ver! Kim Dokja.』

Uriel me puxou para um abraço surpresa. Nossos braços se tocaram, de modo que pude sentir a pele dela por meio da seda fina. Um demônio… este era o toque de um demônio. Seu vestido era aberto nas costas, então não havia lugar para colocar minhas mãos. Suspirei, quando Uriel esfregou seu cabelo no meu ombro com todo o carinho.

— Eu também… queria te ver.

『Sim, sim!』

Foi um pouco embaraçoso, mas fiquei feliz em conhecê-la. Uriel era uma constelação que estava comigo desde o início do cenário.

— Você está aqui para me oferecer o Caminho do Messias?

『Ah… sim! Vim por causa disso!』

Uriel ergueu a cabeça com surpresa; sua expressão mostrava que não se lembrava por qual motivo veio aqui. Parecia que ficou muito satisfeita em me conhecer.

『Deve ser porque você é muito bonito.』

— Suas palavras são convincentes.

Uriel sorriu e disse:

『Kim Dokja, você aceita a história de Éden?』

— Bem… Preciso pensar um pouco.

『Por quê? Nossa história é a melhor! Não é comparável a de outros lugares!』

Sem dúvidas era verdade. O Caminho do Messias era a melhor história no sistema de ressurreição, só que existia um problema.

— Perderei algo precioso se aceitar essa história.

『Hã? Ah. É-é verdade. Se escolher nossa história, você se tornará um eunuco… Isso não pode acontecer.』

Eu esperava ser persuadido, mas foi inesperado, porque Uriel tremeu toda agitada. Eu não me tornar um eunuco era tão importante para Uriel? Por quê?

『O-o que fazer? Se eu não levar Kim Dokja para Metatron, ele não me deixará usar a Internet por um mês… mas se aceitar, Kim Dokja se tornará um eunuco… e se isso acontecer… Ó, espere um pouco. E se ele mudar de posição…?』

Que… posição?

『O-ok! Kim Dokja! Não se preocupe muito com isso. De um jeito ou de outro…!』

Uriel parecia toda determinada por conta própria, mas neguei firmemente com a cabeça. — Não quero isso.

『Sim! Tudo bem se você for um eunuco…!』

— Próximo.


Depois disso, muitas constelações me visitaram. Havia lugares como Tamna e Guiok, bem como as independentes.

Em particular, as constelações históricas da Península Coreana me deram muito incentivo e não queriam que eu estabelecesse uma relação com uma nebulosa em particular.

『Você é a esperança do nosso mundo.』

『Por favor, não se sucumba à vontade dos outros.』

Os desejos deles eram compreensivos. As constelações históricas, que sofriam nas mãos das narrativas, ficaram com inveja de mim.

O tempo de negociação logo terminou. As encarnações subiram ao palco uma a uma. Era hora de revisar as histórias propostas e determinar quais elas herdariam.

-Agora, vamos anunciar o resultado da Sucessão de História! Primeiro, Selena Kim dos Estados Unidos!

Dokkaebi no palco tinha a atmosfera de um apresentador de programa de compras, o que era natural. Por meio deste banquete, a Agência lucraria uma enorme quantia de moedas.

-Selena Kim decidiu herdar a história da Égide Indomável dada pela constelação “Última Consciência”!

Selena Kim escolheu o Olimpo… “Égide Indomável” era uma história apropriada para ela como Guardiã do Rei.

Meu cérebro fritou mais com o passar do tempo. Não importava a decisão tomada, alguém se tornaria meu inimigo. Se eu não escolhesse ninguém, haveria ainda mais inimigos.

‘Pense com cuidado. A questão é quem exatamente eu deveria transformar em um inimigo.’

Agora entendi melhor o significado das palavras da Perséfone. Talvez as palavras dela fossem para todas as histórias de ressurreição.

Eu não tinha apenas uma vida, e tinha aqueles que queriam que eu tivesse sucesso na história deles na próxima ressurreição.

Mas ainda existia um problema. Éden e Vedas definitivamente não abririam mão da “primeira ressurreição”, e certamente haveria restrições de subordinação ao herdar a história deles.

Era inevitável. Desde o início, a relação entre encarnação e constelação era injusta. Espere um minuto, “justiça”…?

Chegou finalmente a vez do Yoo Jonghyuk subir no palco.

-A próxima pessoa é o Rei Supremo de Seul…

A plateia engoliu em seco enquanto Yoo Jonghyuk se movia. Em particular, os olhos das constelações narrativas eram estranhos. Eles eram aqueles que queriam obtê-lo. Por outro lado, havia aqueles que mostraram medo…

Foi então que tive uma ideia, quando Yoo Jonghyuk abriu a boca: — Eu…

Dionísio me disse para não confiar em ninguém, só que isso era apenas se o oponente fosse uma constelação. Existia, pelo menos, uma pessoa em quem dava para confiar neste lugar.

Pulei rumo ao palco. Peguei a mão confusa do Yoo Jonghyuk e a levantei para o alto.

— Preciso contar algo a vocês.

Falei enquanto olhava para o público. As constelações pareciam surpresas. Pude ver a expressão da Uriel, que parecia à beira de desmaiar. Olhei de relance para os rostos das Constelações.

A Sucessão de História não era justa, porque a sucessão de uma história era feita na forma de “patrocínio” unilateral. A relação entre constelação e encarnação nunca foi igual.

A constelação “Deus da Guerra Naval” está prestando atenção nas suas palavras!

A força das constelações narrativas diferencia das históricas. Aqueles que estavam em uma nebulosa desprezavam os outros.

A nebulosa “Vedas” está prestando atenção nas suas palavras!

— Decidimos não herdar suas histórias.

Um enorme silêncio desceu sobre a plateia. Muitos globos oculares saltaram quando a pressão jorrou no Yoo Jonghyuk, que olhou para mim enquanto eu segurava sua mão.

Sorri para ele e falei com as constelações: — Vamos “comprar” suas histórias.

Era necessário se igualar aos adversários a fim de tornar um jogo injusto como justo.

— Faça um acordo com a nossa nebulosa, quem quiser vender a história para a gente.


N/T: Mitra é um deus com muitas origens diferentes (indiana, persa, romana etc). Aqui mitra é da versão Védica, ou seja, dos Vedas. Também é dito que nasceu em 25 de dezembro, e é por isso que ele é o Mestre de 25 de dezembro nesta história.

Link da Wiki

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar