Participe do nosso novo grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx
Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação e veja os benefícios.

Omniscient Reader’s Viewpoint – Capítulo 219

O Verdadeiro Revolucionário (8)

O corpo do soldado gigante apareceu com um rugido barulhento. Na novel original, era a arma do Rei do Submundo, mas na segunda metade, Yoo Jonghyuk começou a usá-la da melhor forma. A última arma que atacou os gigantes nos mitos foi invocada na minha frente pela probabilidade que eu compartilhava com o Grande Sábio Equivalente ao Céu.

Sangue escorria conforme eu olhava o Pluto com uma visão embaçada e trêmula.

[Seu corpo de encarnação chegou ao seu limite!]

[Seu corpo de encarnação chegou ao seu limite!]

Cala a boca. Eu tinha que manter minha consciência. Pelo menos, até eu dar um comando a ele.

[O quê? Onde é isso?]

Então eu escutei uma voz. Era obviamente uma você que eu já escutei antes. Esse cara usou sua ‘alma’ como o último ingrediente. Eu chamei o nome desse cara: “Kim Namwoon.”

Então o largo corpo de Pluto olhou nessa direção.

[… Grilo do metrô?]

“… Isso aí.”

Kim Namwoon riu como se ele tivesse percebido algo.

[Hahaha! O que, você realmente usou aquelas palavras iniciais?]

As palavras iniciais para invocar o soldado gigante foram entregues para mim pelo Kim Namwoon.

— Entendeu? Eu irei usar essas palavras iniciais então lembre bem delas. Se você puder repeti-las corretamente, talvez eu te ajude uma vez.

Eu não sabia se ele iria realmente usar essas palavras como palavras iniciais. Porém, sua personalidade não mudava só porque ele já tinha morrido.

“Você as colocou diretamente.”

[Hahaha, é claro! Eu gosto desse sentimento!]

Originalmente, todas as almas plantadas no soldado gigante eram observadas pelo sistema principal. Agora Kim Namwoon tinha plantado sua própria alma no software do soldado gigante.

[Okay, isso é um serviço especial. Olhe bem Ahjussi. Eu irei lhe dar um bom show.]

“Me perdoe, mas eu não tenho força para isso…”

[O quê? Por quê?]

Eu levantei meu dedo sem forças e apontei para outro lugar. Os olhos de Pluto o seguiu e sua boca se moveu curiosamente. Eu abri minha boca: “Acabe com ele.”

A probabilidade permitia que eu invocasse o soldado gigante por menos de um minuto. Existia probabilidade o suficiente para somente 30 segundos faltando.

O Duque acertado pelo medo estava movendo a Fábrica nessa direção. [I-isso é impossível! P-Porque o verdadeiro soldado gigante…!]

O furioso triturador giratório acertou a casca externa de Pluto.

[O que é esse brinquedo de merda?]

O triturador que o duque estava tão orgulhoso foi destruído com um simples balançar de uma mão.

Era um leve balançar de mão como a ação de rasgar papel.

[Você realmente me chamou para destruir algo assim? É realmente muito.]

… Só tinha 25 segundos até a invocação ser cancelada.

[Que irritante.]

Pluto estava se movendo estavelmente mesmo com as reclamações.

20 segundos. Esmagou os braços da Fábrica com um punho esticado.

15 segundos. A mão segurando uma espada completamente paralisou as operações da Fábrica.

10 segundos. Um simples chute esmagou o poder principal da Fábrica.

A assustadora Fábrica que comeu uma quantidade tremenda de histórias afundou. Era impossível saber se o duque que estava dentro da Fábrica estava vivo ou morto. O corpo de Pluto virou para mim.

[Acabou? Haha, e agora?]

“…”

[Ahjussi. Agora você está preso comigo…]

Houve uma tremenda tempestade de probabilidade que passou pelo Pluto. A voz do Kim Namwoon foi enterrada por um som de rugido que parecia cortar o tempo-espaço. O corpo do Soldado Gigante Pluto começou a desaparecer em poeira, como se estivesse evaporizando. A probabilidade tinha se exaurido e tinha forçado seu retorno.

… Um segundo.

[Merda. Submundo, eu…]

Esse maldito de merda. Eu não iria voltar lá, seu idiota.

[A invocação do ‘Soldado Gigante Pluto’ foi liberada.]

O soldado gigante desapareceu, mas as pessoas ainda não conseguiam reagir. A maioria da população estava paralisada pelo choque e aqueles que conseguiram abrir os olhos já eram loucos. Era natural. As encarnações aqui já tinham presenciado o maior deus da morte nesse mundo.

Eu virei minha cabeça e olhei para os restos da Fábrica. A casca exterior que não tinha sido danificada pela minha Eletrificação estava agora uma bagunça, como se tivesse sido atacada por uma besta feroz. Não havia movimento vindo da Fábrica, já que as juntas estavam quebradas e a parte do poder destruída. Ela foi obliterada pelo soldado gigante em menos de 30 segundos.

Eu subi lentamente a Fábrica e achei a pessoa sentada na cabine. A tampa da cabine estava rachada e o demônio sentado nela estava sangrando.

“Coff, Coff!”

Era o Duque Syswitz. O duque me encarou com olhos cheios de descrença. “V-você. O que você…”

A Fábrica era a história principal do duque. A história estava em ruínas e o duque não estava mais a salvo. Eu mirei a Fé Inquebrável para ele. O duque abriu a boca: “Do povo encaroçado… Eu ouvi sobre você.”

O duque previu o seu fim e começou a conversar. “Constelação infortuna, você nunca irá sobreviver se me matar… Porque você—”

Eu perfurei seu coração sem hesitação. Não havia energia restante, então eu caí da Fábrica junto com seu corpo. Houve uma dor terrível e eu me engasguei olhando para céu. Aileen veio correndo para me dar suporte.

“… O duque?”

“Ele está morto.”

Então as mensagens do sistema apareceram.

[O Duque Demoníaco Syswits foi derrotado.]

[200,000 moedas foram adquiridas.]

Eu ri fracamente. Porém, ainda não era hora de relaxar.

[Você derrotou o ‘governante’ do complexo industrial.]

[Você não é o ‘revolucionário’.]

[Um caminho normal do cenário não foi seguido e a transferência de ‘governante’ foi cancelada.]

[A transferência é automática para a pessoa mais prestigiosa no cenário atual.]

[O atual ‘cenário escondido’ está em progresso.]

[Mate o ‘verdadeiro revolucionário’ para entrar no cenário principal.]

… Como esperado. Matar o duque não me permitia entrar no cenário principal. Eu vendi o nome do Yoo Jonghyuk então talvez ele tenha recebido os direitos sobre o complexo industrial.

“… Qual é minha situação?”

Aileen mordeu seus lábios conforme ela analisava minha história. “Está tudo bem. Eu posso arrumá-lo.”

“… Quanto tempo eu tenho?”

Aileen não respondeu.

“Me diga logo.”

“10 minutos. Não… 5 minutos.”

Meus cinco sentidos ficaram paralisados. Meus lábios não obedeciam aos meus comandos e as sensações nas pontas dos meus dedos sumiram. Eu não conseguia ouvir as mensagens do sistema mais. Talvez meu corpo esteve quebrado o suficiente ao ponto que não poderia mais ser reparado. Eu não sabia o porquê deu estar sofrendo assim apesar de ter vindo até o Mundo Demoníaco.

A voz da Aileen tremia. “Você disse que estava procurando pelo revolucionário…”

“Sim.”

“Por quê?”

“Eu tenho que matá-lo para entrar no cenário principal.”

Não havia motivo para esconder, então eu respondi honestamente. Aileen me encarou. “Entendo…”

Aileen parecia que tinha feito sua mente.

“Você irá viver. Porque eu…”

“O revolucionário estava no grupo mais cedo. Não é isso?”

Eu cortei as palavras difíceis de Aileen: “Você queria se esconder e também queria fugir.”

“…”

“Ainda assim, você veio e deu seu melhor.”

Aileen me observou por um momento antes de virar sua cabeça. Eu sabia que expressão ela estava fazendo sem olhar.

“Não chore. Eu não irei morrer.” Eu ri sem forças.

「Kim Dokja pensou: Se eu matar o revolucionário aqui, as histórias que eu acumulei serão inúteis. 」

Existe uma forma mesmo que eu não me torne o ‘revolucionário’. Sempre foi assim até agora. “Aileen. Você não tinha perguntado antes? Aquilo que eu pedi para você fazer…”

Aileen puxou algo. Era um aparelho de comunicação retangular equipado com um painel. Era o celular que eu pedi para ela fazer.

“O ligue por favor…”

O painel ligou e uma mensagem apareceu automaticamente.

[Você adquiriu um novo aparelho. A sincronização começou.]

A sincronização terminou e como esperado, o arquivo foi criado na área de trabalho. Meus olhos ainda estavam embaçados e eu não conseguia ver direito. Mas era obviamente o texto de Maneiras de Sobreviver.

「Kim Dokja pensou: Eu sou um ‘leitor’. Todas as respostas estão aqui. 」

De alguma forma eu abri meus olhos e olhei para o texto. Porém, minha visão estava muito embaçada e eu não conseguia enxergar. Eu tinha que achar uma forma de burlar essa situação lendo Maneiras de Sobreviver, mas comicamente, eu não conseguia ler.

「Kim Dokja pensou pela primeira vez. 」

… Merda.

「Esse era o fim. 」

Por fim, até mesmo o rosto da Aileen estava embaçado.

[O cenário escondido ‘Autoproclamado Revolucionário’ foi concluído.]

Era uma alucinação auditiva. 

[Você se tornou o revolucionário.]

Eu definitivamente pensei que era uma alucinação.

[Parabéns. Você entrou oficialmente no cenário principal.]

[A penalidade de exilado acabou.]

[Seu corpo de encarnação começou a se recuperar automaticamente.]

[Suas histórias ruídas estão se recuperando.]

Era impossível. Meus cinco sentidos estavam retornando e minha visão apagada começou a voltar. Eu olhei em volta com olhos largos. Aileen estava bem. Jan Hayoung e Mark também. Nenhum deles estava morto. Então como…?

Esse não era o fim.

[O nome ‘Kim Dokja’ está sendo espalhado pelo 73º Mundo Demoníaco.]

[Todos os demônios do Complexo Gilobat estão com medo do seu nome.]

[A população do Complexo Industrial Gilobat se uniu à sua revolução.]

Eu pensei que tinha ouvido errado por um momento.

… O Complexo Industrial Gilobat? Esse… não era o Complexo Industrial Syswitz?

[Um grupo de pessoas que consideram ‘Kim Dokja’ um herói apareceu no Complexo Industrial Gilobat.]

O Complexo Industrial Gilobat estava a uma boa distância do Complexo Industrial Syswitz. Não tinha como meu nome ecoar até lá. Eu escutei as mensagens explosivas e pensei em algumas leves possibilidades. Mesmo assim, as chances eram muito rasas.

[Alguém matou o ‘governante’ no Complexo Industrial Gilobat!]

[Você é atualmente a pessoa mais prestigiosa no Complexo Industrial Gilobat.]

[Devido às possibilidades do cenário, você se tornou o dono do Complexo Industrial Gilobat.]

Isso era impossível. Era algo que não podia acontecer.

“Haha…”

Era uma risada frustrada, como se alívio se espalhasse no fundo do meu coração. Eu me pergunto o porquê. Eu olhei o relógio de pulso de Ailee por um tempo.

O relógio não tinha voltado no tempo. O tempo estava avançando de forma estável sem recuar. A agulha poderia até voltar, mas o tempo não.

“… Ele veio.” Eu estava tão feliz que queria chamar o seu nome.

“Huh? Do que você está falando?”

Eu sorri e disse: “O verdadeiro Yoo Jonghyuk veio.”

Eu não conseguia ver ou ouvir, mas podia sentir. Aquele cara definitivamente estava nesse mundo. Um cara que obliterou um demônio poderoso com a Espada Agitadora de Céus chegou do além do horizonte. Eu estava perdido nesses sentimentos e esqueci sobre meu celular.

「Talvez Kim Dokja deveria verificar o seu celular primeiro. 」

Eu escutei as palavras da Quarta Parede e peguei o celular caído no reflexo. Como sempre, o título de arquivo de texto apareceu na tela. Então eu percebi algo e um canto do meu coração ficou com medo. Alguma coisa tinha sido alterada. Para ser mais preciso, existiam palavras estranhas vinculadas ao título do arquivo de texto.

— Três Maneiras de Sobreviver em um Mundo Apocalíptico (1ª Revisão).txt


Gostaria de ter sua novel favorita em PDF ou algum outro formato digital para ler offline?? ACESSE AQUI e saiba como!!

Comentários

5 2 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Chris Bang ChanD
Membro
Chris Bang Chan
16 dias atrás

Eita nois… 1°revisão… n sei… mas eu to amando isso aqui…

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar