Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Reaper of the Drifting Moon – Capítulo 229

Capítulo 229

A família Jin ficou maravilhada.

Os guerreiros que lutaram contra os guerreiros da Mansão da Espada de Neve em Runan estavam sendo carregados em uma maca.

— Ugh!

— Merda…!

Alguns sofreram ferimentos graves a ponto de não conseguirem se mover, enquanto outros sofreram apenas um pouco e ainda conseguiam andar com os próprios pés.

Com tantas pessoas feridas, a família Jin rapidamente entrou em caos.

— Tenho certeza de que foi a Mansão da Espada de Neve quem começou primeiro!

— Se os deixarmos assim, a moral dos guerreiros diminuirá!

Os guerreiros que se juntaram à família Jin gritaram de raiva.

A raiva deles pressionou Jin Siwoo.

Jin Siwoo perguntou ao seu subordinado com uma cara rígida.

— Quantas pessoas estão feridas?

— São mais de setenta pessoas ao todo. Doze deles estão gravemente feridos e em estado crítico.

— Hoo

— Se permanecermos calados assim, é certo que o moral dos guerreiros que se juntaram à nossa família cairá por terra. Não devemos ficar parados.

Ao ouvir as palavras de seu subordinado, Jin Siwoo fechou os olhos.

Embora o confronto da família Jin com a Mansão da Espada de Neve estivesse piorando, Jin Siwoo ainda acreditava que era possível resolver o problema através do diálogo. É por isso que ele se absteve de usar a força tanto quanto possível. Mas não podia mais fazer isso.

Estava claro que muitos duvidariam de sua liderança se ele hesitasse ali.

— Envie um mensageiro para a Mansão da Espada de Neve e peça-lhe que peça desculpas.

— Mas eles nunca vão se desculpar.

— Não importa. É para construir uma causa.

— Ah!

— Independentemente da situação da família Jin, é fundamental que a nossa parte mostre a sua vontade de resolver o problema. Só isso fará com que os guerreiros de Jianghu torçam e apoiem nossa família Jin.

— Certo. Então, quem devo enviar como mensageiro?

— Envie o tio Yusang. Ele é uma pessoa que tem um julgamento claro. Ele sabe quando avançar ou recuar, então certamente saberá responder bem.

Jin Yusang pertence ao ramo da família Jin, em termos de relacionamento familiar, era tio de Jin Siwoo.

Embora parecesse ter uma personalidade branda e gentil, na verdade ele tinha uma personalidade forte e um cérebro excelente, por isso era bom em julgar situações.

Jin Siwoo o chamava de Tio, enquanto outros o chamavam de Ancião.

— Tudo bem.

O subordinado retirou-se após responder.

Deixado sozinho, Jin Siwoo suspirou.

— Ufa! Se ao menos meu irmão estivesse aqui.

Jin Siwoo pensou que se apenas seu irmão, Jin Geum-woo, ainda estivesse vivo e bem, então seu clã não teria ficado tão abalado.

Ele não conseguia se livrar da sensação de que não era suficiente para preencher o vazio que seu irmão deixou.

De repente, dois homens entraram em sua linha de visão.

Pyo-wol e Namgung Wol.

Os dois tinham um relacionamento próximo com seu irmão mais velho, Jin Geum-woo.

Namgung Wol observava os feridos sendo trazidos com uma expressão preocupada, enquanto Pyo-wol tinha uma expressão indiferente no rosto. Era difícil adivinhar o que ele estava pensando.

Vê-los aliviou um pouco sua frustração.

Pyo-wol virou a cabeça e olhou para ele, provavelmente sentindo o olhar de Jin Siwoo.

Seus olhos se encontraram no ar.

Pyo-wol não disse nada a Jin Siwoo. Apenas olhou para ele em silêncio. Mas mesmo isso foi suficiente para Jin Siwoo sentir seu coração ficar mais forte.

Foi uma experiência estranha.

“Era isso? Por isso que ele queria se aproximar dele?”

Jin Siwoo sempre pensou que seu irmão era o mais forte do mundo.

Jin Geum-woo nunca mostrou uma aparência cambaleante ou vacilante. Por causa disso, muitas pessoas acreditavam e confiaram nele.

Jin Siwoo achou que era natural. No entanto, agora que estava no lugar de seu irmão, ele parecia entender o quão solitário e difícil era o caminho que Jin Geum-woo havia escolhido.

Ele pensou que essa era a razão pela qual a curiosidade de Jin Geum-woo sobre Pyo-wol, em quem Jin Geum-woo tentava confiar, cresceu.

Eles poderiam ter conversado a noite toda, mas Jin Siwoo só tinha ouvido histórias sobre Jin Geum-woo e nada sobre Pyo-wol.

Jin Siwoo se virou, pensando que deveria conversar mais com Pyo-wol mais tarde.

* * *

Pyo-wol olhou para o guerreiro que gemeu com seus ferimentos graves.

Um médico veio correndo cuidar dele, devido ao seu estado crítico. O guerreiro havia perdido muito sangue.

— Seja paciente.

O médico aplicou remédio para estancar o sangramento e depois amarrou um pano branco no ferimento do guerreiro. Mas não foi suficiente.

O sangue ainda continuava a fluir, manchando o pano branco de vermelho. Eventualmente, o guerreiro que havia perdido muito sangue morreu.

— Oh, meu Deus!

O médico caiu e sentou-se enquanto observava o guerreiro morrer na sua frente, mesmo depois de tratá-lo.

Por mais familiarizado que ele estivesse com a morte, a visão de um jovem guerreiro morrendo deixou uma cicatriz profunda na mente do médico.

— Aqueles malvados desgraçados da Mansão da Espada de Neve! Eu nunca vou perdoá-los!

O amigo de um guerreiro morto gritou, as veias de seu pescoço saltando e latejando.

— Sangue por sangue, uma vida por uma vida…

— Sangue por sangue, uma vida por uma vida…

Os guerreiros próximos responderam ao seu chamado.

Seus gritos se espalharam por toda a mansão Jin.

Pyo-wol observou silenciosamente enquanto a loucura se espalhava.

A loucura fazia a pessoa perder a própria sanidade.

A loucura emitida pelo grupo apagava até mesmo o medo, tornando-os imprudentes.

Era assim que as coisas estavam agora.

As pessoas que se reuniram para ajudar a família Jin foram dominadas pela loucura. Eles estavam todos gritando que deveriam correr e lutar contra a Mansão da Espada de Neve imediatamente.

A loucura, uma vez irrompida, não desaparecia facilmente.

Quer sejam guerreiros jovens ou velhos, todos foram engolfados pela loucura.

Aqueles poucos guerreiros que mantiveram a razão apenas olharam para eles com uma expressão preocupada. Eles não conseguiram falar.

“Não apenas Runan, mas toda Henam pode ser engolida por essa loucura nesse ritmo.”

Criado como um assassino, Pyo-wol estava acostumado a ler o fluxo.

A atmosfera atual não era boa.

Esses guerreiros estavam com muita pressa.

As opiniões das pessoas eram muito unilaterais. Não havia objeções, e apenas vozes exigindo punir a Mansão da Espada de Neve podiam ser ouvidas.

Quando as opiniões eram desequilibradas assim, um grande acidente estava prestes a acontecer.

Pyo-wol balançou ligeiramente a cabeça e voltou para sua residência.

Mesmo com a porta fechada, os gritos enlouquecedores dos guerreiros continuaram a penetrar através das paredes de sua residência.

Pyo-wol optou por fechar os olhos e meditar.

Depois de mergulhar no Método de Cultivo Divisor do Trovão, ele conseguiu escapar da perturbação e enterrar-se em seu próprio mundo.

Pyo-wol passou a noite meditando assim. Ele só adormeceu ao amanhecer.

E acordou no momento em que o sol da manhã estava nascendo no céu oriental.

— O ancião voltou.

— Apresse-se e acompanhe-o até nosso lorde.

Uma voz urgente veio de fora.

Pyo-wol sentiu que algo havia acontecido novamente.

Ao abrir a porta e sair, viu um idoso sendo carregado em uma maca. Era o tio de Jin Siwoo que foi enviado como mensageiro para a Mansão da Espada de Neve.

Ele estava sangrando e respirando pesadamente.

— Tio!

Depois de ouvir a notícia, Jin Siwoo saiu correndo.

Jin Yusang respondeu à voz de Jin Siwoo,

— S-Siwoo!

— Sim estou aqui. Como isso aconteceu?

— Keurgh! Fui atacado por eles.

— Eles ousaram atacar um mensageiro?

— Não sei como, mas a Mansão da Espada de Neve tinha o IOU.

— IOU?

— A Mansão da Montanha Dourada entregou a nota promissória assinada pelo líder da nossa seita para a Mansão da Espada de Neve. Eles me forçaram a pagar o IOU.

— Não posso acreditar neles! A data de devolução do dinheiro emprestado é o último dia do mês que vem, mas já o entregaram à Mansão da Espada de Neve?

— Isso mesmo! Quando pedi desculpas, eles me mostraram o IOU e me forçaram a devolvê-lo. Então ocorreu um conflito.

— Hum

Jin Siwoo soltou uma voz baixa.

O acordo IOU com a Mansão da Montanha Dourada era o ponto fraco da família Jin.

Ele não sabia por que seu avô, Jin Wol-myeong, pegou emprestado dez mil moedas de ouro da Mansão da Montanha Dourada, mas ao pedir emprestado a eles, eles ficaram à sua mercê.

É claro que não havia garantia de que a nota promissória fosse genuína. Poderia ter sido forjada. Mas, a autenticidade da nota promissória era de pouca importância.

Contanto que Mansão da Espada de Neve tivesse o IOU da Mansão da Montanha Dourada, eles teriam uma desculpa para pressionar a família Jin.

— Merda!

Jin Siwoo praguejou sem perceber.

Ele não esperava que a situação acabasse assim.

Não importava o quanto a Mansão da Montanha Dourada fosse cega pelo dinheiro, eles não esperavam que realmente entregassem o certificado IOU para Mansão da Espada de Neve, mesmo quando a data de devolução ainda nem havia chegado.

Jin Siwoo tentou controlar sua expressão e disse a Jin Yusang:

— Eu cuidarei disso. Você deve ir em frente, tio, e fazer algum tratamento.

— Não sei nem como posso encarar você. Voltar de mãos vazias e ferido assim, sem sequer receber um pedido de desculpas.

— Não. O tio fez o melhor que pôde. Cuidarei de tudo de agora em diante—

— Keugh!

— O que você está fazendo? Apresse-se e leve o tio para dentro.

Por ordem de Jin Siwoo, os guerreiros da família Jin levaram Jin Yusang às pressas para dentro para ser tratado.

Pyo-wol testemunhou toda a cena.

Namgung Wol e Oh Jugang logo se aproximam dele.

— O ambiente não é bom.

— O fluxo está ruim.

Todos foram diplomáticos, visto que estavam entre os melhores guerreiros de Jianghu. Eles já sentiram que a atmosfera havia mudado.

— Tiveram grande dificuldade para pedir dinheiro emprestado à Mansão da Montanha Dourada? Mesmo assim, por que eles pegaram emprestado da Mansão da Montanha Dourada?

Era um fato conhecido por toda a província de Henan que o líder da seita da Mansão da Montanha Dourada era um inseto financeiro sem sangue ou lágrimas.

Ele era o tipo de pessoa que exigiria grandes juros daqueles que lhe pedissem dinheiro emprestado. Ele espremeria até as pessoas mais pobres até que elas secassem para conseguir o que queria no final.

Por esse motivo, era uma regra não escrita que, por mais desesperada que uma pessoa estivesse por dinheiro, ela não deveria procurar a Mansão da Montanha Dourada.

Embora a família Jin tenha se tornado um pouco carente ultimamente, não era ao ponto de procurarem a Mansão da Montanha Dourada.

— Existe algo que não sabemos?

— Eles estão realmente passando por momentos difíceis?

Aqueles que vieram para a família Jin para ganhar fama começaram a fofocar.

Eles naturalmente pensaram que a família Jin venceria, então se ofereceram para ajudá-los. Mas isso não significava que eles sentissem um senso de dever ou lealdade para com eles.

Não foi estranho que seus corações tenham ficado abalados quando souberam que a mansão Jin estava passando por momentos difíceis.

Foi então.

— Venha aqui.

Uma voz cheia de energia interna soou na entrada.

— Keugh!

— Heuk!

Guerreiros com energia interna fraca sentiram como se seus tímpanos estivessem sendo dilacerados depois de ouvirem a voz cheia de energia interna poderosa.

— Que diabos—

— Quem é ele—?

Guerreiros com grande resistência e força correram em direção à entrada.

Um homem e uma mulher estavam parados na entrada da família Jin.

Um era um homem velho carregando uma grande lança no ombro e a outra era uma mulher esbelta.

A lança que o homem segurava era grande e grossa o suficiente para caçar o dragão lendário.

A voz que atingiu os tímpanos das pessoas reunidas na família Jin anteriormente veio do homem idoso.

Embora numerosas pessoas os cercassem, o homem e a mulher não se sentiram intimidados. Pelo contrário, eles até olharam em volta com um sorriso nos lábios.

Jin Siwoo rompeu entre as pessoas e se aproximou deles.

— Quem é você?

— Somos da Mansão da Espada de Neve, meu jovem!

— Mansão da Espada de Neve?

— Sim. Meu nome é Jang Gwang-san. Já ouviu falar?

— O assassino de dragões?

— Hehe! Então você já ouviu falar de mim. Isso mesmo! Sou Jang Gwang-san, o assassino de dragões.

O homem olhou em volta com uma expressão louca no rosto.

O assassino de dragões.

Era um apelido que significava literalmente uma pessoa que caçava dragões.

As pessoas não tinham certeza se Jang Gwang-san realmente havia caçado um dragão. Afinal, um dragão é uma fera lendária, então não se sabia se ele realmente havia feito isso.

Jianghu só lhe deu esse apelido por causa de sua aparência de usar livremente uma enorme lança grande o suficiente para caçar um dragão.

O olhar de Jin Siwoo se voltou para a mulher ao lado de Jang Gwang-san.

— Então você deve ser a bruxa da manifestação?

— Isso mesmo. Eu sou Sa Ok-yeon.

Sa Ok-yeon, a bruxa da manifestação.

Ela era conhecida por ser implacável a ponto da palavra bruxa ser seu apelido. Mais do que tudo, o que a tornou famosa foi que ela e Jang Gwang-san eram marido e mulher.

Os dois sempre estavam juntos como um par. Aonde quer que iam, sempre causavam confusão, para deixarem claro que estavam lá.

Jin Siwoo perguntou:

— Por que vocês dois vieram para nossa mansão? Estão aqui para apoiar a família Jin?

— Sem chance.

Jang Gwang-san sorriu, mostrando os dentes amarelos.

Em contraste, os olhos de Jin Siwoo ficaram profundamente fundos.

— Então com que propósito vieram aqui?

— Estou aqui para arrecadar dinheiro.

— Dinheiro?

Jang Gwang-san tirou um pedaço de papel do peito e gritou:

— Isso é a prova de que a família Jin só pede dinheiro emprestado e não paga!

O que ele tirou foi uma nota promissória claramente assinada por Jin Wol-myeong.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar