Second Life Ranker – Capítulo 139

Nascimento, (5)

Yeon-woo inventou uma desculpa e disse estar deixando a vila para treinar. O que ele estava prestes a fazer tinha que ser feito da forma mais secreta e cuidadosamente possível.

Esse era o momento que ele mais esperava.

— Agora tudo o que resta é interrogar Leonte e Bahal.

Yeon-woo se perguntou como eles estavam indo em sua coleção de cerca de 1000 soldados espirituais. Eles provavelmente tinham alguma consciência sobrando por serem excelentes altos rankers, então deveriam estar frustrados no mundo das almas. Talvez ainda estivessem lutando um contra o outro lá dentro. Claro, eles não seriam capazes de afetar um ao outro fisicamente.

Yeon-woo acenou com a mão no ar.

Uma névoa cinzenta se reuniu e dois Espíritos Familiares apareceram. Como eles eram alto rankers, foram capazes de evoluir rapidamente com apenas um pouco de energia negra.

[— Esse lugar é…]

[— Estamos do lado de fora…?]

Bahal e Leonte olharam em volta após recuperar suas consciências.

Swoosh!

Sombras no chão os envolveram como videiras para que eles não pudessem se mover. Eram os Monstros Espirituais que estavam esperando de antemão.

[— Grrr.]

[— Merda! O que diabos é isso?]

Os dois gritaram após perceberem o que aconteceu.

Eles resistiram o máximo que puderam, emitindo vestígios como fizeram. Especialmente o fogo vindo de Bahal tentou queimar todos os Monstros Espirituais perto dele. Sempre que ele resistia, as sombras tremiam e o envolviam ainda mais.

[— Como ousam… Essas coisas inúteis se atrevem!]

Yeon-woo estalou a língua olhando para os Monstros Espirituais cansados.

“Como imaginei. Isso não é o suficiente.”

Ele estava pensando que algo assim poderia acontecer.

Altos rankers eram pessoas que estavam no ápice da Torre. Suas almas só podiam ser extraordinários. A razão pela qual Yeon-woo conseguiu Bahal foi porque Bahal estava cansado, não por ser mais forte do que ele. Então, obviamente, os Monstros Espirituais não seriam capazes de contê-lo.

A única razão pela qual eles foram capazes de durar muito tempo foi devido à diferença de rank entre os Espíritos Familiares e os Monstros Espirituais, mas se continuassem assim, provavelmente se desgastariam. No entanto, Yeon-woo queria verificar o quão forte Bahal era.

E o resultado… Foi pior do que ele esperava. Seria difícil falar com ele assim.

Eventualmente, Yeon-woo estalou os dedos mais uma vez, como se não pudesse ser evitado. Nesse momento, todos os Monstros Espirituais em sua coleção foram invocados. Um número maior de sombras cobriu Bahal como uma múmia.

[— Ahhhh!… Cha Jeong-woo! Cha Jeong-woooooo! Você ousa! Contra mim?! Seu puto!]

Bahal cuspiu enraivecido.

Parecia que fogo voariam de seus olhos furiosos, mas o terror neles de sua morte não tinha desaparecido completamente.

[— O quê? Cha Jeong-Woo?]

Leonte, que não tinha visto o rosto de Yeon-woo, olhou para ele surpreso. Seu vestígio tremeu. Ele não sabia o que estava acontecendo.

Olhando para a confusão deles.

Yeon-woo lentamente tirou a máscara.

Quando o viram, seus rostos se encheram de choque. Bahal ficou ainda mais zangado e temeroso, já Leonte se abraçava a si mesmo, tremendo e ofegante.

Yeon-woo aceitou seus vestígios confusos.

— Vocês…

Ele falou com uma voz fria.

— Tudo sobre a ‘pedra’, o motivo pelo qual o Dragão Vermelho atacou Cheonghwado. Vocês devem me dizer agora e não deixem de me contar os mínimos detalhes. Tudo, entenderam?

[— Como você está aqui? Você deveria ter morrido… Com certeza. Eu definitivamente perfurei seu coração!]

Leonte começou a murmurar confuso. Parecia que ele queria fugir, mas ele não podia se mover devido às sombras.

Bahal era diferente mas, de repente, ele parou de resistir. Ele sabia muito bem que não poderia escapar, não importa o quanto ele tentasse.

Em vez disso, ele olhou para Yeon-woo e murmurou como se tivesse descoberto algo.

[— Você… Você se parece com Jeong-woo, mas não é ele. Apenas quem é…!]

Cof…Cof..

Mas Bahal não conseguiu terminar. Os Monstros Espirituais o envolveram completamente, o impedindo de respirar.

Yeon-woo falou olhando friamente para eles.

— Espero que você não me entenda mal. A pessoa que faz perguntas agora sou eu, não você. Tudo o que precisa fazer é responder às minhas perguntas.

[— Não me faça rir…..ack!]

Bahal gritou enquanto tentava resistir.

As sombras os apertaram ainda mais enquanto um fogo azul surgia entre elas.

O Fogo Sagrado os queimou. Bahal tremia ainda mais com a dor, pois essas chamas tinham propriedade completamente oposta em comparação com a propriedade das trevas. Bahal sentiu como se seu corpo estivesse sendo rasgado ao meio pelo fogo do inferno.

Leonte, por outro lado, não gritou como Bahal. Sua alma já estava tremendo, consumida pelo medo.

Yeon-woo cancelou o Fogo Sagrado, pois havia ficado mais calmo e perguntou de novo.

— Conte-me tudo sobre a pedra e tudo sobre o Dragão Vermelho.

[— HaHa… Não… Ahhh!]

Vendo que Bahal estava prestes a resistir novamente, Yeon-woo ativou seu Fogo Sagrado. Dessa vez, ele aumentou sua intensidade, sua cor azul ficou amarelada enquanto rasgava a alma de Bahal.

[— Ackk… Ackkkkkk!]

Mesmo alguém com uma mentalidade forte se tornaria apático à dor contínua. Além disso, embora os corpos pudessem bloquear a dor momentaneamente, as almas não podiam. Ele teve que suportar a dor em sua forma mais pura. Não havia como se acostumar.

Então…

Quando a energia de Bahal estava quase esgotada, ele lhe deu energia negra novamente o curando, apenas para tortura-lo novamente com Fogo Sagrado.

[— Por favor! Por favor! Eu falo, por favor! Pareeeeeeeeeeee! Eu disse para paraaaarrr!]

Bahal não resistiu mais e se rendeu. Ele não queria reviver a experiência dolorosa de sua alma rasgando e se reconstituindo incontáveis vezes seguidas.

Mas Yeon-woo o ignorou.

Ele simplesmente continuou o processo até que ficasse satisfeito. Bahal estava no inferno agora.

[— Ackkk! Ackkkkk!]

Leonte não conseguiu encontrar os olhos de Yeon-woo e tentou virar a cabeça. Mas devido às sombras, ele não conseguia se mover.

[— Eu… Eu…]

Yeon-woo caminhou devagar e sem dizer nada na direção do cara que tremia de medo.

Leonte foi o cara que cravou a espada no coração de seu irmão. Ele era o amigo mais querido de seu irmão, mas a resposta ao seu afeto foi traição.

Yeon-woo não perguntou por que ele fez isso.

Por que ele fez essa escolha? Por que ele havia traído seu irmão mais novo? E por que ele havia ido para o Cheonghwado.

Era óbvio o que ele iria fazer. Provavelmente ele teria uma desculpa que Yeon-woo não queria saber. Tudo o que ele queria era dar o mínimo de paz ao seu irmão… Mas havia uma coisa que ele queria saber.

— Espero que você saiba mais do que Bahal.

Ele queria saber tudo sobre a pedra.


— Então, você está dizendo que a pedra que você fez se chama ‘Pedra do Sábio’?

[— Sim! Então… Por favor… Me… mate!]

Yeon-woo sentou-se em cima de Leonte que estava arruinado e organizou seus pensamentos.

Ele recebeu muitas informações dele.

“A Pedra do Sábio. Nunca pensei que realmente existia.”

Era um dispositivo mágico que qualquer jogador que escalasse a Torre queria. Era um item capaz de fornecer poder mágico infinitamente e realizava milagres. Havia muitos rumores sobre a Pedra do Sábio. Mesmo seu irmão chegou mencioná-los no diário de forma brusca.

“Pedra do Sábio? Se existisse, Allforone já teria concluído a Torre. Não faz sentido!”

Outros altos rankers, incluindo seu irmão, acreditavam firmemente que a pedra não existia. Havia apenas rumores sobre. Na verdade, ninguém nunca havia visto. Se existisse, essa informação já teria se espalhado por todos os lugares.

Além disso…

A Torre fornecia desafios infinitamente aos jogadores e os incentivava a superá-los. Se a pedra realmente existisse, tudo isso seria em vão.

Mesmo que existisse, talvez poderia ser encontrada no 98º andar, onde deuses e demônios viviam. Não seria algo que pudesse existir abaixo do 77º andar. E também, pensava-se que ninguém poderia fabricá-la, mas mesmo assim, várias pessoas assumiram o risco e apostaram suas vidas. Alquimistas, magos das trevas e outras pessoas tentaram fazer a Pedra do Sábio, ou algo que era semelhante a ela. De todos eles, Leonte foi o que chegou mais perto.

『Com as informações adicionais recebidas, uma parte das qualidades ocultas está sendo revelada.』

『??? Pedra do Sábio』

『Categoria: ???』

『Rank: ???』

『Resumo: A forma mais pura de energia no mundo é a alma de uma pessoa. Esta pedra foi criada no local que as Inscrições Esmeralda indicaram.』

『???』

『Não está completo. (Selado)』

『Este artefato é ‘Único’. Apenas 1 existe na Torre, e está vinculado ao seu proprietário. Não pode ser dado aos outros.』

『Este é um artefato incompleto. Por favor, complete o artefato. Só então, você será capaz de acessar suas informações e opções seladas.』

Informações sobre a pedra ainda estavam ocultas.

Mas Yeon-woo sabia que isso era um progresso.

Só é difícil fisgar um peixe. O resto é fácil.

Agora que ele havia encontrado um caminho, o progresso seria suave.

“E eu ainda posso acessar o Conhecimento do Dragão, caso necessário.”

Yeon-woo estreitou os olhos.

Ele sentiu entender por que Leonte se esforçou tanto para criar esse dispositivo mágico, mas ele ainda tinha dúvidas.

— Mas como você começou a fazer isso? Onde conseguiu as informações necessárias?

Ele estava curioso como Leonte conseguiu acesso a algo tão raro.

Outros pareciam pensar ser possível com experimentação, mas Yeon-woo não concordava. Se este fosse um item que pudesse ser criado com tentativa e erro, o Dragão Vermelho já o teria feito. Até mesmo clãs de alquimia e clãs de magos teriam conseguido.

Mas Leonte não tinha a capacidade de fazer isso. Ele não tinha as habilidades ou os talentos necessários.

“Então, como ele fez isso? Há mais alguém por trás disso. Tenho certeza.”

Yeon-woo pensou que alguém havia incentivado Leonte a fazer isso. Eles o controlavam pelas sombras e tentavam pegar o resultado.

“Claro, ele ficou de mãos vazias por minha causa. E provavelmente está extremamente arrependido agora.”

Yeon-woo pensou que poderia ser alguém que ele conhecia e como esperado.

[— Isso é… Eu roubei… as… Inscrições… Esmeralda…!]

— Inscrições Esmeralda? O que é isso?

Os olhos de Yeon-woo brilharam com um nome que ele não tinha ouvido falar antes.

[O que Vie… tinha…]

— Vieira? Vieira Dune?

[— Cor…..reto.]

Yeon-woo riu e estalou a língua.

— Você foi enganado por uma bruxa.

A bruxa das estrelas, Vieira Dune.

Ela era a chefe do clã ‘Walpurgisnacht’.

Não era um dos Oito Clãs, mas ainda era forte.

E também…

“Ela foi uma das fundadoras de Arthia, bem como amante de Jeong-woo.”

O mundo conhecia o rosto de Vieira Dune.

Com seu rosto jovem, ela fazia o coração de qualquer homem bater mais rápido e outras vezes, com seu jeito sedutor, inocente e útil, ela atraia e hipnotizava as pessoas. Essas eram as várias faces de Vieira Dune.

Mas os talentos que ela tinha, que não eram conhecidos pelo resto do mundo, eram a Sedução e a Manipulação. Seu irmão percebeu tarde demais que todos haviam sido usados por ela.

Só depois que ele se foi, a verdade foi descoberta.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar