Participe do nosso novo grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx
Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação e veja os benefícios.

Second Life Ranker – Capítulo 403

Trono da Morte (3)

[Esse é o 36º andar, o portão da Ilha Azul.]

Algumas pessoas saíram do enorme portal azul. Kahn e os outros membros do grupo pareciam completamente exaustos. Desde a batalha no Tártaro até a aparição de Todos-por-um, eles tiveram que enfrentar eventos de larga escala consecutivamente que a maioria dos jogadores só veria uma ou duas vezes em suas vidas todas. Eles estavam se sentindo tontos.

“Cain!”

Mas eles não tiveram tempo de descansar. Assim que saíram do portal, Yeon-woo perdeu o equilíbrio e caiu. Kahn correu para segurar Yeon-woo. Era difícil de acreditar que a pessoa caída em seus braços era quem havia lutado contra Todos-por-um um momento atrás.

Uma névoa negra vazava de Yeon-woo como se fosse água. Sua temperatura estava tão alta que parecia que ele estava em chamas. Era febre divina. Kahn e Brahm tentaram curar Yeon-woo com Bian e magia, mas a febre só piorou. Não parecia que queria baixar.

Febre divina era o efeito colateral da manifestação de uma divindade. Já que superaquecia a alma, havia limites para o que o Bian podia fazer. Brahm uma vez fez parte do 98º andar, mas também era por isso que ele sabia ainda menos como tratá-la.

Naquele momento, uma voz afiada ecoou atrás deles.「Saiam da frente, seus idiotas.」

O grupo se virou para a voz e ficou paralisado. A Rainha do Verão estava caminhando de forma elegante na direção deles em sua forma humana. Ao invés dos cabelos vermelhos que a representavam quando ainda estava viva, agora ela tinha cabelos longos e pretos. A Rainha do Verão estreitou os olhos quando percebeu as expressões alertas de todos.「Eu sei o que estão pensando nessas suas cabeças estúpidas, mas isso não vai acontecer, então saiam da frente. Não gosto disso, mas tenho que ajudá-lo.」

Tinha sido o poder de Yeon-woo que invocou a Rainha do Verão. Se algo acontecesse com ele, as chances de ressurreição dela desapareceriam. Os companheiros de Yeon-woo concordaram que ela tinha um ponto, então se afastaram, apesar de continuarem em guarda. Eles sabiam como a Rainha do Verão era esperta.

Mesmo estando do mesmo lado agora, ela ainda deveria ter algum ressentimento em relação a Yeon-woo, que tinha praticamente a matado. No entanto, a Rainha do Verão bufou, despreocupada, e se aproximou de Yeon-woo. Mas alguém a impediu. Era Jeong-woo.

A Rainha do Verão parou. Sua rendição como um Dragão de Ossos era humilhante, mas ela só tinha aceitado porque ainda possuía um tipo de apego em relação a Jeong-woo.「O que foi? Você quer dizer alguma coisa, Asas Celestiais?」

Tecnicamente, a Rainha do Verão era um dos maiores inimigos de Jeong-woo. Assim como ele tirou o Coração Dracônico dela, ela havia tirado sua vida. Não seria estranho os dois serem hostis um com o outro, mas Jeong-woo simplesmente balançou a cabeça e disse com um pequeno sorriso,『Não. Por favor, cuide do meu irmão.』

A Rainha do Verão não disse nada.

『Por favor, Ismenios.』

「Hmph. Como eu disse, sou uma com ele mesmo que eu não goste dele. Então pare de me atrapalhar e saia da frente.」Os olhos da Rainha do Verão tremeram por um momento quando Jeong-woo disse seu nome, mas ela passou por ele andando de forma elegante. Jeong-woo ficou observando-a.「Idiota. Se quiser ser uma pessoa que consegue resistir contra mim mesmo que só um pouco, você deveria superar isso logo. Você ainda tem um longo caminho a percorrer.」A Rainha do Verão abriu sua mão enquanto olhava para Yeon-woo. Whoosh. Uma luz azul explodiu de sua palma.


Onde… ele estava?

『Achei que o receptáculo estava pronto, mas o conteúdo ainda está muito fraco. Não tem nada para comer.』

Tudo estava girando.

『Keekeekeek! Você vai ter que se esforçar mais. O tempo que eu te dei já está acabando.』

Do que ele estava falando?

『Você não acha que é o único que recebeu essa oportunidade, não é?』

Oportunidade? Yeon-woo recuperou a consciência. Ele mal conseguiu acordar depois de vagar por um oceano escuro. Fragmentos de memórias flutuavam em sua cabeça: dele se unindo com a Demonização, retornando as memórias de Boo, transformando a Rainha do Verão no Dragão de Ossos e escuridão queimando como fogo com um balançar de sua mão. Era como se ainda tivesse restos da escuridão nas pontas de seus dedos.

Tinha sido ele, mas também não. Era… algo grande. Era difícil de chamar essa coisa de Demonização agora. ‘Parecia como voltar para a origem…’

Era como se memórias esquecidas e egos enterrados em um abismo tivessem sido despertados. Era como… só a ponta de um iceberg. Yeon-woo era meramente a parte que podia ser vista na superfície e o resto estava nos fundos de sua consciência. Ele só esperava que a Demonização aparecesse e causasse alguns estragos, mas essa sensação era completamente inesperada. No entanto, como se não tivesse nenhuma intenção de satisfazer a curiosidade de Yeon-woo, a Demonização desapareceu depois de provocá-lo.

Yeon-woo o chamou várias vezes, mas a Demonização o ignorou e se escondeu dentro da Pedra Filosofal para dormir. Mas ainda assim, foi um alívio que ele o tinha ajudado a lidar com o Todos-por-um. Yeon-woo não podia imaginar o que teria acontecido sem a ajuda dele. Dis Pluto teria sido destruído e o trono da morte, roubado dele.

Mas claro que, considerando como Todos-por-um era perfeito e onisciente, era provável que ele conseguisse reassumir o controle de tudo. Porém, Yeon-woo concordava com a Demonização que Todos-por-um ficaria ocupado por um tempo. A pressão dos andares superiores provavelmente estava bem intensa no momento.

Com a Mãe-Terra embaixo e os deuses progenitores e criadores acima, as mãos de Todos-por-um estavam atadas. E mesmo se Todos-por-um conseguisse, de alguma forma, se livrar deles, ele provavelmente não teria a chance de ir atrás de Yeon-woo imediatamente.

Depois de ver Yeon-woo despertar os poderes do Rei Obscuro, Todos-por-um provavelmente tentaria pensar em um jeito de lutar contra ele primeiro. No fim, Yeon-woo precisava ficar o mais forte que pudesse antes que Todos-por-um interferisse de novo. ‘Além disso… você definitivamente tem ressentimento do Todos-por-um. Como vocês se conheceram?’

Os olhos de Yeon-woo se abriram lentamente depois de fazer essa pergunta para a Demonização. Ele viu uma mulher com cabelos longos e pretos conversando com alguém que parecia com ele. Era a primeira vez que ele via essa cor de cabelo, mas Yeon-woo reconheceu o rosto familiar imediatamente, especialmente já que ela estava conectada a ele espiritualmente. “Rainha do Verão.”

A entidade diante dele era a Rainha do Verão, mas ao mesmo tempo não era. A verdadeira Rainha do Verão tinha sido apagada e se tornado um suprimento para a alma de Yeon-woo. A Rainha do Verão diante dele era só a casca de sua antiga forma. Mas como seu eu original era hostil a ele, Yeon-woo sentiu como se estivesse olhando para um galho separado que tinha crescido da mesma raiz. Enquanto falava, a Rainha do Verão virou a cabeça para Yeon-woo. Ela confirmou que ele estava acordado, com seus olhos impassivos o examinando de cima a baixo. Então ela se endireitou com sua expressão elegante de sempre.「Parece que você está melhor, mesmo estando com essa aparência deplorável.」

『Você já está indo?』Jeong-woo deu um sorriso torto para a Rainha do Verão.

Ela bufou.「Eu já parti muito tempo atrás. Só estou aqui ainda por causa de um apego. Se os anciãos da minha espécie pudessem me ver, eles ficariam horrorizados.」A espécie Dracônica nunca ia contra as leis da natureza. Eles se moviam de acordo com ela e, às vezes, moviam as leis para manifestar sua vontade. Era por isso que eles eram abençoados pela mana.

Era algo impensável que a Rainha do Verão tinha ido contra as leis naturais da morte e havia renascido. Porém, como sempre, a Rainha de Verão não era alguém que se arrependia.「Eu já aproveitei o tempo que tinha e conversei com você. Isso é o suficiente.」

A conversa que ela teve com Jeong-woo foi só comentários sobre o passado, pois Yeon-woo tinha acordado mais cedo do que ela esperava. Mas ela estava satisfeita. Jeong-woo havia sorrido para ela, sua inimiga. Apesar do ressentimento que tinha em relação a ela e o fato de que não tinham mais nada entre eles, Jeong-woo disse que não tinha problema, porque seu irmão se vingaria por ele. Na verdade, ele até disse que já que os dois estavam mortos, eles deveriam tentar se dar bem e esquecer do passado.

Ela não sabia se ele era inocente, ingênuo ou simplesmente generoso, mas isso a tinha ajudado a se livrar de seu apego. Swoosh. A Rainha do Verão desapareceu com o vento.

Yeon-woo se virou para Jeong-woo. O corpo espiritual dele ainda estava transparente e era possível ver letras fluindo como se fossem sangue, mas ele parecia mais estável do que antes. No entanto, Yeon-woo sabia que isso era só temporário.

Assim que um corpo de vestígios percebia o que era, ele começaria a se dissipar. O conhecimento de sua inautenticidade fazia com que fosse difícil que ele mantivesse sua forma. Além disso, Jeong-woo havia usado muito poder da alma, então tinha ainda menos tempo.

“Está se sentindo melhor?”

『Sim, graças a você.』

“Então ainda bem.” Yeon-woo assentiu. Ele parecia tão sem emoção que era difícil de dizer se o que disse era verdade, mas como seu irmão, Jeong-woo sabia que Yeon-woo estava sendo sincero. Por causa disso, ele finalmente pôde dizer o que estava em sua mente desde que a batalha terminou.

『Hyung, você se lembra do que eu disse naquela vez?』

“O quê?”

『Que eu quero viver de novo.』

“Eu fui um filho terrível, mas quero ser um pai como a nossa mãe foi para nós. Então… eu quero viver de novo. Eu quero abraçar a Sesha como a nossa mãe nos abraçava. Você acha… que isso é possível?” Foi o que Jeong-woo disse quando acordou e depois que tiveram uma conversa séria. Ele queria abraçar Sesha com seus próprios braços e se desculpar. Ele também queria expressar sua gratidão a Ananta quando a visse de novo.

『Você consegue?』Jeong-woo olhou desesperadamente para Yeon-woo.

Yeon-woo assentiu de forma séria. “Vou fazer com que seja possível, custe o que custar.”

『Você sabe que ressureição está além do domínio da maioria dos deuses, não é?』

“Claro que sim.”

『Então você vai ter bastante trabalho.』Jeong-woo sorriu. Havia casos de jogadores que manipulavam corpos ou usavam almas, mas fazer com que uma pessoa morta voltasse às mesmas condições de quando estava viva nunca aconteceu na Torre antes.

Ressurreição estava além do território de habilidades e poderes normais. Era como um milagre. Só um deus conceitual ou um progenitor relacionado à criação ou à vida poderia fazer com que isso fosse possível. Além disso, já que era um território desconhecido, era só um palpite que esses deuses conseguiriam fazer uma coisa dessas. Afinal, ele nunca havia ouvido falar de alguém que conseguiu.

Isso significava que Yeon-woo não conseguiria mesmo depois de obter o trono do Submundo e adquirir divindade. Então só havia um jeito de Yeon-woo reviver Jeong-woo. Ele precisava chegar ao topo da Torre e se tornar um verdadeiro deus para que seu desejo fosse realizado. Ele tinha que alcançar o objetivo de todo jogador.

『Você vai ficar ocupado de novo.』Chegar ao 100º andar significava passar pelo 50º andar, a parede que os jogadores tinham dificuldades para superar, passar pelo Todos-por-um no 77º andar e pisar no 98º, onde os deuses e demônios viviam. Também havia o território misterioso que nenhum jogador ou transcendente conhecia: o 99º andar. Acima de tudo, seria quase que impossível encontrar uma alma que poderia não estar em lugar nenhum.

A determinação de Yeon-woo poderia parecer com uma desilusão, mas Jeong-woo sabia que seu irmão conseguiria, pois sempre foi assim. Com isso, Jeong-woo finalmente pôde cair em um sono pacífico. Seu corpo espiritual começou a desaparecer e letras vazaram como frases. Dessa vez, elas não saíram sem controle de seu corpo, ao invés disso, deslizaram de forma ordenada como se estivessem narrando o conteúdo do diário.

『Até lá…』Ele sorriu, seu corpo foi ficando cada vez mais indistinto.『…eu vou estar esperando aqui.』

Swoosh! Com essas palavras, Jeong-woo desapareceu com uma luz. As letras dançaram ao redor de Yeon-woo antes de serem sugadas para dentro do relógio de bolso.

Yeon-woo esfregou as palavras J. W. CAH gravadas nas costas do relógio e silenciosamente abaixou a cabeça.

Plop, plop. O chão ficou molhado com uma “chuva” que começou a cair de repente.


Gostaria de ter sua novel favorita em PDF ou algum outro formato digital para ler offline?? ACESSE AQUI e saiba como!!

Comentários

4.5 2 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
2 Comentários
Mais recente
Mais Antigo Mais votado
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Viny??
Visitante
Viny??
1 mês atrás

😥😥😥

Danilo Torres
Membro
Danilo Torres
1 mês atrás

aleluia

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar