Summoning the Holy Sword – Capítulo 83

Mudança

Uma chama ardente passou rugindo.

Então, uma explosão irrompeu entre os Mortos-Vivos, enviando ondas de calor abrasador se espalhando em todas as direções. Qualquer coisa que a chama tocasse instantaneamente se transformava em cinzas.

Marlene abaixou a mão, ela não conseguia se lembrar de quantos Mortos-Vivos ela já havia aniquilado. No entanto, nunca em sua vida ela ficou tão feliz ao lançar um feitiço. Cada movimento de sua mão erradicaria centenas de Mortos-Vivos. Isso deu a ela aquela sensação incrível de ‘Eu posso destruir qualquer coisa!’ Ela tinha visto sua professora exercer o mesmo tipo de poder, mas a Magia que ela usava eram feitiços de alto nível que Marlene não conseguia lançar. Agora, Marlene estava se deleitando com a mesma sensação que sua professora, a única diferença era que ela estava usando um feitiço básico de baixo nível.

Enquanto isso, além de Marlene, as outras Clérigas também mergulharam em seu papel. Sob a orientação de Rhode, elas lançaram o Brilho Divino um após o outro, levando sua Luz Sagrada para todos os cantos e enfraquecendo os Mortos-Vivos. Marlene, Rhode e Sereck então aproveitariam sua vulnerabilidade para matar.

O velho Walker ficou no meio do grupo e gritou em várias direções de vez em quando, antecipando o grupo de qual direção o morto-vivo estava se aproximando.

Anne também revelou seu lado confiável.

Com o canto do olho, ela viu vários esqueletos arqueiros lançando uma rajada de flechas Chamas-azul em direção a eles.

Anne reagiu rapidamente.

O escudo em sua mão direita se estendeu quando ela correu para um dos lados da Clériga. Ela ergueu o escudo em tempo hábil e bloqueou algumas das flechas de Chama-azul. Então, ela se virou, torceu o corpo e jogou o escudo no ar.

O escudo grande e espesso girou no ar, circulando no céu em um arco que varreu a maioria das flechas que estavam caindo em sua direção. Depois disso, o escudo circulou automaticamente de volta para Anne, que o pegou facilmente com a mão direita. O enorme impacto só a fez perder um pouco o equilíbrio.

Rhode não convocou seus espíritos. Neste lugar, a força dos Mortos-Vivos dependia fortemente de seu número, sua força individual não era nada. Mas se era ‘ele’ antes, ele poderia ter que lutar muito amargamente aqui. Agora, com a ajuda de todos, as coisas ficaram muito mais fáceis. Depois de serem suprimidos pelo Elemento Sagrado, os Mortos-Vivos eram tão bons quanto galinhas de granja enviadas para o matadouro. Como se costuma dizer, por que usar uma espada para matar uma galinha? Rhode não planejava desperdiçar seu precioso Energia da Alma com essas bostinhas de nada.

Enfim, como aquele Líder da ‘Vinhos Vitoriosos’ cruzou esse caminho traiçoeiro com seu grupo?

Se não fosse por ter recebido a localização exata do sobrevivente, ele poderia pensar que estava se gabando. Se fosse apenas um Ladrão solitário, talvez não fosse muito difícil deixar este lugar, mas trazer um grupo de pessoas? Esse era um assunto totalmente diferente. Ainda assim, Rhode achava que aqueles tinham muita sorte em conseguir cruzar aquele lugar.

Infelizmente, nem sempre a sorte ficou com eles.

“Para a esquerda!”

Rhode sacou sua espada e apontou naquela direção. Todos imediatamente se viraram. Ele não escolheu a linha reta mais curta entre dois pontos porque sabia que essa pradaria era um campo de batalha e, no centro, havia tipos mais fortes de Mortos-Vivos. Não, não eram apenas aqueles esqueletos arqueiros ou cavaleiros da morte, Rhode estava se referindo aos espíritos que se transformaram em feras mágicas! Rhode não queria provocar essas criaturas desnecessariamente, por isso escolheu circular em torno do centro. Assim, ele teria menos chance de atrair a atenção da fera.

Ninguém falou, nem mesmo Sereck. Todos se viraram rapidamente, Anne mudou sua posição da esquerda para a direita enquanto as Clérigas também se mudaram para outro local sob a liderança de Lize. Durante a mudança de formação, as Clérigas tiveram que suspender temporariamente o lançamento do Brilho Divino, fazendo com que o Elemento Sagrado diminuísse ligeiramente. Nesse momento, uma horda de Mortos-Vivos saiu da escuridão e se lançou sobre o grupo.

Uma espada brilhou na escuridão.

O flash de luz formou uma parede de espadas, e quando os Mortos-Vivos colidiram com a parede, todos eles pararam completamente de se mover. Quando a luz desapareceu, o que restou no chão eram cadáveres incompletos.

A boca de Sereck se contraiu enquanto ele recuperava sua espada.

Sua admiração por Rhode cresceu ainda mais. Ele não tinha escolha a não ser admitir, Rhode era muito mais jovem do que ele, mas ele podia comandar os mercenários para lutar com tanta eficiência com sua experiência. No início, ele pensou que iria utilizar o mesmo método novamente para lidar com os Mortos-Vivos, mas no meio do caminho, sua forma de lutar mudou de repente.

Sereck pensou que Rhode gritaria com as Clérigas para lançar Brilho Divino, mas ele estava errado. Em vez disso, ele mergulhou direto na horda e lidou com os Mortos-Vivos mais fortes que poderiam representar uma ameaça para as Clérigas, deixando os menos ameaçadores para o resto.

Não foi como se Sereck não tivesse pensado nisso, pelo contrário, foi que não podia tomar uma decisão tão brilhante e administrar minuciosamente os seus recursos no meio da batalha. Ao contrário dele, Rhode parecia estar familiarizado com todas as Classes. Ele tomou as decisões e ordens certas no momento certo. Assim, o grupo pôde compreender as suas ordens em alto e bom som. Sereck podia até sentir a insatisfação das Clérigas gradualmente desaparecer à medida que tentavam completar o seu papel.

Agora, já estavam a dois terços da sua jornada.

“Ei, vocês quatro. Quanto tempo mais você consegue aguentar? ”

Rhode disse enquanto olhava para a floresta escura que estava ao longe.

“Eu ainda posso lançar pelo menos mais quatro Brilho Divino.”

“Provavelmente mais três vezes?”

“Ainda consigo lançar quatro a cinco vezes.”

Ao ouvir a resposta, Rhode franziu a testa. A velocidade era muito lenta. Não foi nenhuma surpresa, afinal, havia apenas cinco Clérigas … esse número era claramente insuficiente para dominar os incontáveis ​​Mortos-Vivos.

“Todos se reúnam! Nós vamos nos apressar! Preste muita atenção ao seu redor – Anne, priorize as Clérigas, não deixe nenhuma delas ficar para trás. As quatro de vocês! Espere pelo meu comando e observe onde peço que mire o Brilho Divino. Agora … três, dois, um … CORRE! ”

Ao ouvir ‘correr’, todos correram rapidamente e seguiram Rhode o mais perto possível.

Depois que o campo de Elemento Sagrado se dispersou, os Mortos-Vivos que antes eram suprimidos, de repente recuperaram sua agilidade e imediatamente os perseguiram. Eles correram em direção ao grupo de Rhode em todas as direções. Algumas das Clérigas não conseguiram acompanhar e olharam para os Mortos-Vivos que estavam rapidamente as alcançando. Felizmente, Lize e o Velho Walker ficaram de olho nelas, então não foram deixadas para trás.

“AGORA!! ATIREM!”

Um flash de luz branca varreu a horda de Mortos-Vivos de quatro a cinco vezes consecutivas. Os Mortos-Vivos que estavam próximos foram forçados a recuar por Rhode. Sua espada cortou a cabeça de um guerreiro morto-vivo que estava bloqueando seu caminho, então ele sacudiu sua espada e a balançou para frente. Seguido por um som agudo e zunido, uma luz prateada emergiu da espada de Rhode, que envolveu o campo de batalha em um instante. Em um piscar de olhos, um grande número de Mortos-Vivos foi imediatamente destruído, deixando um enorme espaço em branco no meio do campo de batalha.

Enquanto isso, o feitiço de Marlene estava finalmente completo. Um aglomerado de poder magico se reuniu em torno da ponta de sua varinha, a início faiscou, mas logo se transformou em um terrível furacão.

O furacão limpou outro enorme bando de Mortos-Vivos que bloqueou seu caminho. Por um momento, o morto-vivo só pôde olhar para a terrível torrente mágica que apareceu de repente. Aproveitando a oportunidade, Rhode finalmente se dirigiu à orla da pradaria – que era o ponto de encontro.

“Entre na floresta, rápido!”

Rhode parou e apontou para a floresta densa. Embora a escuridão dentro da floresta não parecesse segura, era pelo menos muito melhor do que ser perseguido por ondas de Mortos-Vivos.

No entanto, nem todos tinham a resistência e velocidade de Rhode.

“Ah!”

Uma Clériga escorregou e caiu no chão. Quando a outra Clériga a viu cair, ela também parou de avançar rapidamente e recuou para ajudá-la. Mas ela não esperava que suas pernas cedessem também. Desde o início, essas Clérigas não eram adequadas para atividades físicas extremas. Tendo caminhado por tanto tempo e enfrentando várias horas de batalhas intensas, essas Clérigas já estavam no seu limite.

“Depressa!! Levante-se!”

Sereck, que estava seguindo logo atrás delas, se virou rapidamente e formou uma barreira de espada que impedia o avanço dos Mortos-Vivos. Ele não tinha outra maneira de lidar com os Mortos-Vivos sem fim enquanto protegia as quatro Clérigas.

“E-eu não consigo ficar de pé !!”

A Clériga que caiu gritou com a voz trêmula e começou a chorar. Ela podia ver que os Mortos-Vivos estavam quase em cima dela, e embora seus instintos de sobrevivência lhe dissessem para se levantar o medo acabou por fazer com que as suas pernas desobedecessem à sua vontade. A garota entrou em pânico e usou as mãos para se forçar a rastejar para frente. Ela queria fugir dos Mortos-Vivos, mesmo que apenas um pouco …

Nesse momento, uma mão podre de repente emergiu do chão e agarrou sua perna. Em outra direção, o morto-vivo finalmente quebrou a barreira e avançou.

“Não!!”

Quando os dois gritaram, uma sombra apareceu de repente.

Anne avançou como uma chita. Ela expandiu seu escudo e se chocou contra os Mortos-Vivos como um trem. Enquanto isso, do outro lado, uma espada vermelha perfurou a escuridão e cortou em linha reta. A mão que segurava a Clériga foi imediatamente cortada ao meio. Ao mesmo tempo, a voz de Rhode berrou.

“Lize, remova o feitiço!”

A luz branca desapareceu imediatamente.

Tudo se transformou em escuridão.

Os Mortos-Vivos também desapareceram.

– Suspiro*…

Desde o início, tudo correu bem … até agora. Mesmo assim, Rhode se sentiu aliviado. Ele baixou a espada e olhou em volta.

“Vocês estão bem? Alguma de vocês estão feridas? ”

“E-estamos bem.”

As duas garotas que quase morreram tremiam enquanto se abraçavam com força. Eles nunca estiveram tão perto da morte antes, era como se elas fossem morrer assim que fechassem os olhos.

“Anne?”

“Anne ainda tem energia de sobra! Não há problema!”

“Sr. Sereck? ”

“Estou bem, não estou ferido.”

“Vocês dois podem se levantar?”

“Umm…”

Embora a escuridão ocultasse suas expressões, a julgar por sua voz hesitante, Rhode já conseguia adivinhar a resposta.

Realmente problemático.

“Sr. Sereck, você e eu cuidaremos de uma. ”

“Tudo bem.”

Ao terminar de falar, Rhode curvou o corpo para carregar uma das garotas. Isso a assustou, mas Rhode não se importou.

“Devemos deixar este lugar imediatamente. A jornada pela frente ainda é longa … não podemos nos dar ao luxo de atrasar mais. ”

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar