Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Super Detective in the Fictional World – Capítulo 120

Acidente de Carro e Garotas Sensuais

Luke parou apressadamente quando a luz ficou vermelha em uma intercessão.

Naquele momento, um jovem gordo avançou nele pelo outro lado da rua e mostrou seu distintivo: — NYPD! Eu preciso da sua…

Crack! Boom! Bam! Bam! Bam!

Luke ficou atordoado pelo jovem oficial e os carros não muito atrás dele.

Assim que o cara que falou NYPD tentou parar Luke, o primeiro carro atrás dele brecou abruptamente, e o segundo carro depois disse girou o volante para o lado apressadamente, somente para capotar.

Os carros atrás colidiram um no outro como dominós. Luke estimou que pelo menos vinte carros foram envolvidos. Dois até voaram antes de cair, como na cena de um filme.

Luke olhou para o jovem oficial em choque. Qual era o problema deste cara?

O policial também ficou atordoado por um momento enquanto olhava para a bagunça que causou. Porém, guardou o distintivo de repente e fugiu, como se nada tivesse a ver com ele.

Este homem era um verdadeiro gênio!

Achando graça, Luke olhou para o acidente de novo, só para ficar atônito.

Ninguém foi gravemente ferido, mesmo que tantos carros tivessem colidido um no outro. Até os motoristas dos dois carros arremessados no ar se arrastaram para fora e estavam fazendo ligações freneticamente.

Luke deu de ombros. A luz ficou verde e ele pedalou.

Dez minutos depois, viu várias viaturas patrulhando as ruas. Pareciam estar procurando por algo. Luke parou de repente a bicicleta, porque viu quatro garotas gatas não muito longe.

Quatro mulheres maravilhosas numa BMW 760LI azul estava sendo interrogadas por um policial.

Então, a garota no assento do motorista saiu.

Luke não pôde deixar de exclamar de espanto.

Uma perna linda, estonteante estendeu do carro e parou no chão, seguida por outra perna que era ainda mais linda. A garota ficou não muito longe de Luke.

Também, já era novembro. Nova York estava fria por causa das chuvas ou os ventos.

Contudo, a mulher de pernas longas estava usando meias de seda lisa e uma saia curta.

Ela quase se elevava acima do oficial em seus salto-salto que tinham mais de vinte centímetros.

Luke não pôde deixar de assobiar com um sorriso.

O oficial não prestou muita atenção nele. Afinal, assobiar não era contra a lei.

Outra mulher saiu do carro. Também estava usando meias de seda e uma saia curta, bem como um casaco colorido que a fazia parecer com uma turca.

Suas pernas compridas também eram mais apelativas.

Enquanto a segunda mulher respondia às perguntas do policial, a garota que estava no assento do motorista olhou para Luke.

Este que ficou atônito. Finalmente entendeu o significado de olhos eletrizantes!

Em termos de aparência, a motorista não era a mais bonita — seu rosto era até um pouco masculino. Seus olhos e seu leve sorriso, no entanto, eram os mais enfeitiçantes.

O oficial que estava interrogando-as gaguejou quando viu o sorriso: — Ah, bem, abra, quero dizer, podem abrir o porta-malas? — Ele só conseguiu dizer uma sentença inteira quando afastou o olhar da motorista.

Luke fechou os olhos e respirou fundo, o que fez a garota olhar para ele de novo.

Luke sorriu secretamente. Esta era a mesma fragrância.

Ele pedalou a bicicleta lentamente para o carro.

O oficial viu suas malas prateadas quando a segunda garota abriu o porta-malas. Recusou ansiosamente: — Por favor, abra.

Ele colocou a mão na arma, porque os assaltantes guardaram o dinheiro em malas exatamente iguais.

A motorista disse com o mesmo sorriso suave: — Tenho mesmo, oficial?

Sua voz era fria, e não deveria ter soado fofa, mas Luke se sentiu eletrificado novamente.

Naquele momento, encarou as malas prateadas de onde estava na calçada, não muito longe do carro.

Obrigado, o oficial insistiu: — Madame, por favor, abra-as imediatamente.

A garota finalmente riu com zombaria e desdém. Pressionou um botão com seu longo dedo e as malas abriram lentamente.

O polícia ficou perplexo.

Luke riu de novo: — Uau! Essa definitivamente é a coisa mais fascinante que já vi!

A mulher olhou para ele e perguntou: — Sério?

Luke respondeu: — Sim. Obrigado, policial, por satisfazer minha curiosidade e olhos. Adeus. — Ele foi embora na bicicleta após isso.

Envergonhado, o policial balançou a mão e disse: — Tudo bem, senhoras, estão livres para ir.

Ele vinha procurando por assaltantes de banco, só que encontrou duas malas com lingeries sexy no lugar. Isso era… estimulante demais. O homem não estava nenhum pouco errado — isso definitivamente foi a vista mais fascinante.

O oficial estava muito animado para lembrar que dirigir usando salto-alto também era uma violação.

Um momento depois, a BMW azul partiu novamente.

Luke, por outro lado, carregou sua bicicleta recém-comprada no metrô com um sorriso, e voltou ao departamento após isso.

Elsa ficou atordoada ao ver Luke com uma bicicleta: — Você comprou isto?

Luke assentiu: — Sim.

Elsa ficou sem palavras: — … É de segunda mão, não é? Hm, pertence a um Sam Cage?

Luke perguntou: — Hã? O quê?

Elsa apontou para uma parte da bicicleta: — Esse não é o nome escrito ali?

Só então que Luke descobriu a assinatura na bicicleta, o que parecia ter sido esculpida com uma lâmina. Provavelmente era o nome do garoto.

Luke deu de ombros e disse: — É mais barato e conveniente para mim andar por aí com uma bicicleta.

Elsa não podia se importar menos com dinheiro. Perguntou: — Você encontrou algo?

O olhar no rosto de Luke era incompreensível. Olhou em volta e viu que havia algumas pessoas próximas, então sentou e sussurrou: — Eu encontrei algo, mas não sei se está relacionado ao Sergei.

Elsa se animou: — O que você encontrou?

Luke perguntou: — Lembra das quatro mulheres que Sergei recebeu no porto dois dias atrás?

Elsa respondeu: — Claro que lembro.

Luke disse: — Vi as quatro numa BMW 760Li nas ruas hoje.

Elsa ficou confusa: — Hã? Qual é o problema com isso?


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar