Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Super Detective in the Fictional World – Capítulo 165

Psicanalista e Observação

Após o almoço, Grissom ficou e conversou com Luke ao invés de ir embora.

Luke achou isso estranho: — Está tudo bem você ficar aqui quando está numa viagem de negócios?

Grissom olhou para o céu e respondeu: — Está tudo bem. Se alguém tiver um problema, posso voltar para Las Vegas. Não gosto de viagens de negócios mesmo.

Luke ficou bem impressionado. Os maiores especialistas eram todos seguros de si?

Contudo, era verdade que tinham todos os motivos do mundo para ser.

Os maiores especialistas de qualquer ofício eram ocupados e não podiam ser incomodados com qualquer um que não estavam felizes com eles — eles não tinham tempo para todos mesmo.

O Velho Grissom, por exemplo, tinha uma dezena de casos enviados a ele de todo o país todo dia.

Era totalmente com ele se quisesse pegar um caso ou não.

Se sentisse vontade, poderia ir numa viagem de negócios; se não fosse, poderia simplesmente rejeitar o caso.

Luke sabia que provavelmente poderia alcançar o nível do Velho Grissom após trabalhar como um detetive por alguns anos.

Até então, em vez de receber casos, ele poderia escolher.

Eles conversaram por tanto tempo que ainda estavam lá quando Selina chegou em casa do trabalho.

Após Luke contar a ela que Grissom era primo de Robert, Selina o chamou respeitosamente de tio.

Grissom assentiu com uma expressão insondável. Olhou para Luke, mas não disse nada.

Então, era jantar para três.

Selina propôs que ter comida chinesa, então Luke decidiu arroz frito Yangzhou, costelinha de vaca assada com tomates e carne de porco mu shu, que eram os pratos mais populares na América.

É claro, eram versões modificadas que se adequavam mais ao paladar americano.

Assim, não havia fungo preto na carne de porco mu shu e nenhum camarão no arroz frito de Yangzhou.

Grissom ficou realmente surpreso desta vez.

Fazer frango assado e filé não era nada surpreendente.

Qualquer americano que sabia cozinhar poderia fazer esse tipo de comida, embora a qualidade certamente variasse de pessoa para pessoa.

No entanto, a maioria dos americanos era impaciente demais para fazer o tipo de prato chinês que Luke estava fazendo, e os achava complicado e desnecessário.

Após provar todos, a expressão de Grissom ficou mais estranha.

Mesmo que mal tivesse comido comida chinesa antes, podia dizer quão bom os pratos eram da aparência, cheiro e gosto.

Luke não estava exatamente no nível de um chefe, mas para uma pessoa comum, era um ótimo cozinheiro e poderiam trabalhar completamente como um.

Após jantar, Grissom até conversou com Selina por um tempo, antes de finalmente ir embora.

Quando Grissom foi embora, Selina perguntou: — Hã? Por que seu tio apareceu de repente?

Era incomum para americanos visitarem parentes cujo não estavam familiarizados.

Luke deu de ombros e respondeu: — Pedi a Elsa para investigar meu amado tio de tarde. Aconteceu de ser um especialista forense, um zoologista e um patologista, ele também é um especialista em psicologia.

Havia um sorriso misterioso quando falou.

Talvez, o Velho Grissom fosse o habilidoso e confiável psicanalista que Robert continuava mencionando.

Grissom, por sinal, também estava pensativo.

Após observar Luke por uma tarde inteira, seus sentimentos estavam bem complicados.

Luke era um homem de contradições.

Era jovem, mas bem maduro.

Era fisicamente robusto, porém, tinha uma maneira composta.

Matara muitas pessoas, só que não era como os sociopatas que Grissom encontrou.

Após Grissom retornar ao seu alojamento, ligou para Robert: — Sou eu.

— Como foi? — Robert perguntou tensamente.

Após um breve silêncio, Grissom respondeu: — Bem, precisarei de mais tempo para fazer uma checagem apropriada, mas por enquanto, não vejo nada de errado com ele. Ele é perfeitamente normal.

Robert sorriu amargamente: — Gil, ele só tem dezoito, contudo, matou quase cem pessoa em meio ano. Você sabe quanto tempo levei para me recuperar após matar um terrorista pela primeira vez?

Grissom certamente sabia. Ele foi parcialmente envolvido na terapia de Robert após o último se aposentar do exército.

Ninguém sabia melhor que Grissom quão traumatizado Robert estava naquela época.

Após outro breve silêncio, Grissom acrescentou: — Arriscando ferir seu ego, gostaria de apontar que ele é muito mais maduro que você, mesmo que só tenha dezoito anos. Você só não pode compará-lo com você. Além disso, você sabia que ele é um bom cozinheiro? Ele não é uma destas pessoas que segue uma receita ou coloca os ingredientes no forno, ou micro-ondas e a comida está pronta para comer. O que ele fez é uma comida chinesa decente. Vi como ele usou a panela com muita habilidade. Uau. Todavia, ele me disse ser apenas o básico para uma culinária chinesa. O que você poderia fazer quando tinha dezoito anos? Leite quente ou pizza no micro-ondas?

Robert ficou com raiva: — Você poderia fazer comida chinesa quando tinha dezoito? O que mais pode fazer além dos seus insetos frios sangrentos?

Grissom contra-argumentou: — Insetos fritos são deliciosos; você só não tem coragem para aproveitá-los. Tudo bem. Deixando isso de lado, só queria dizer que seu filho adotivo é diferente de nós. Talvez ele seja um detetive natural!

Robert suspirou: — Então, tudo bem.

Grissom acrescentou: — Ficarei de olho nele. Se possível, o checarei a cada poucos meses. Você pode confiar em mim. Sou um profissional.

Robert proferiu: — Tudo bem, você é o melhor. Mas… não deixe nada acontecer com ele.

Após um breve silêncio, Grissom falou: — Não vou.

Naquele momento, Selina já tinha dormido.

No dia seguinte, Selina levou Luke para o departamento de polícia.

Elsa perguntou casualmente: — Como foi com seu tio?

Luke pensou por um momento e respondeu: — Ele é um sênior esperto. Você pode dizer a ele todas as suas preocupações.

Elsa olhou para ele: — Sério? — Os seniores em sua família eram todos irritantes.

Luke assentiu com um sorriso, mas acrescentou secretamente. É claro, se ele tiver paciência o bastante para você; caso contrário, ele apenas te mandará para o inferno.

— Como vai com o caso da Sheerah? — Ele mudou de tópico, pois estava relutante em falar sobre sua família.

Elsa também não era uma pessoa curiosa: — Temos algumas pistas, mas ele está escondido ao sul de USC. Não conseguimos localizá-lo agora.

Luke perguntou: — Você tem um suspeito?

Elsa deu um arquivo.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar