Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Super Detective in the Fictional World – Capítulo 249

Desaparecimento do Verdadeiro Assassino

Luke estreitou os olhos.

O garoto na cama era Billy.

O homem parado na janela, por outro lado, era Stu.

Coberto de sangue, segurava uma faca no pescoço de Sidney.

A garota estava nua e coberta de sangue, medo era explícito em sua expressão. Stu, porém, olhou para Billy com um sorriso assustador: — Billy, seu pai é uma puta também. Você acha que ele é algo bom? Ele seduziu minha mãe quando Maureen partiu. Vocês dois devem morrer!

Stu ficou atordoado por um momento quando viu Luke. Ele então gritou: — Você não vai me pegar de novo! — Então, moveu a faca, pronto para cortar o pescoço de Sidney.

Luke zombou e empurrou a arma de Selina para baixo antes de arremessar a bola de beisebol de novo.

Bang!

Stu caiu contra a janela e Sidney se lançou para frente, livre dele.

Luke riu: — Eu já não te peguei?

Porém, ele e Selina ficaram chocados no momento seguinte.

O corpo de Stu no chão torceu de repente, como algum tipo de efeito especial, antes de desaparecer como fumaça, deixando nada além das roupas manchadas de sangue no chão.

O que exatamente estava acontecendo?

Luke imediatamente percebeu que era uma super habilidade!

Ele não sabia como Stu conseguiu esta habilidade de desaparecer no ar, só que agora sabia com certeza que ele não poderia ser uma pessoa normal.

Contudo, Luke ficou levemente confuso. Por que o sistema não reconheceu que ele derrotou Stu quando nocauteou duas vezes com a bola de beisebol?

Dewey e Tatum finalmente chegaram. Luke deixou Dewey passar, mas parou Tatum. Ele então falou: — Dewey, assegure a área, depois tire sua namorada repórter aqui.

Dewey respondeu: — Okay. Espera… Você…

Luke já havia desaparecido, mas Dewey ainda perguntou subconscientemente: — Quem é você para me dar ordens?

Em seguida, notou Selina, que estava segurando uma arma. Ele sacou sua própria arma e comandou: — Largue sua arma.

Selina revirou os olhos e colocou a arma no coldre antes de mostrar seu distintivo: — LAPD.

Dewey não sabia o que dizer.

Levando Tatum escada acima e bloqueando a reportar de fazer o mesmo, Luke sussurrou para a jovem sobre o que aconteceu.

Tatum achou difícil de acreditar: — Como… Como isso é possível? Stu…

Luke cobriu a boca dela e disse em voz baixa: — Há uma repórter aqui. Não diga nada.

Tatum conseguiu se controlar, mas suas lágrimas continuaram a fluir: — Stu… Ele é realmente…

Luke assentiu: — Não fique triste demais.

Alguns minutos depois, Burke chegou em pessoa com outras duas viaturas, cujas luzes e sirenes estavam desligadas.

Ao todo, seis policiais, incluindo Burke, entraram na casa e fizeram todos saírem.

Alguns dos policiais os levaram à delegacia para pegar seus depoimentos, enquanto Burke cuidaria da investigação aqui.

Isto foi o que Luke e Burke concordaram mais cedo, para que a sua e a identidade de Selina não fosse exposta.

Ele certamente não queria que seu rosto aparecesse para todos os criminosos e assassinos em série do país.

Afinal, Luke aceitou este caso como um favor do Vice-diretor Condra, e não era como se a delegacia de Woodsboro pudesse lhe dar uma promoção ou algo assim.

Meia hora depois, Burke voltou com um olhar estranho, e Luke e Selina o encontraram em seu escritório.

Fechando a porta, Burke disse após um breve silêncio: — Recebemos a mensagem que o Stu foi à casa do Billy com seus colegas de casa agora há pouco. Ele não estava em casa.

Selina ficou pensativa.

Burke perguntou: — Tem certeza que você viu Stu matar o Billy?

Luke retrucou: — E quanto ao Neil? Ele não viu o Stu?

Franzindo a testa, Burke assentiu lentamente: — Neil disse que o Billy sequestrou e o aprisionou. Foi o Billy que o levou naquela noite também. Ele não viu o Stu.

Luke expressou: — Apenas traga o Stu e o interrogue. Você descobrirá tudo que precisa saber.

Burke balançou a cabeça: — Ele desapareceu. Stu saiu após chegarmos em sua localização.

Luke e Selina se entreolharam. Isso não foi por volta de quando Stu desapareceu diante de seus olhos?

No entanto, Luke e Selina permaneceram calados.

O sumiço de Stu era bizarro demais para qualquer um acreditar. As chances era de que Burke suspeitasse que algo estava errado com suas cabeças se contassem o que aconteceu.

Burke falou com eles no privado para verificar os detalhes.

Luke pensou por um momento, então deu os cartões de memória de suas câmeras. É claro, ele já havia copiado os arquivos dos cartões para seu laptop mais cedo.

— Burke, aqui tem um vídeo que gravei. Com este vídeo, você pode emitir um mandado de prisão mesmo que o Billy e o Stu tenham álibis. Além disso, o Billy e o Stu estão envolvidos nos assassinatos — explicou Luke.

Burke ficou atordoado: — Hã?

Luke deu de ombros: — Você sabe que evidência é a prova mais primordial para nós. Desde que não temos câmeras corporais, eu preparei as minhas próprias.

Burke aceitou os dois cartões de memória de Luke.

Se o vídeo fosse útil, ele seria capaz de resolver o caso ao dizer que Stu matou todas as vítimas, incluindo Billy. Se Stu sentisse que fora injustiçado, poderia se entregar para a polícia poder investigá-lo.

Burke, entretanto, tinha a sensação de que Stu não estaria mostrando as caras de novo.

Guardando os cartões de memória num lugar seguro, Burke falou: — Outra novidade. Hank, pai de Billy, morreu em sua própria casa da mesma maneira que as vítimas anteriores.

Pensando por um momento, Luke perguntou: — Por que os alunos fugiram naquela hora?

Burke respondeu: — A casa do vizinho de Billy pegou fogo e todos foram assistir. Então, viram que a porta da casa do Billy estava escancarada e que havia sangue nela. Eles chamaram a polícia e encontramos Hank morto.

Luke percebeu que foi uma distração criada por Stu.

Era impossível dizer se Billy sabia disto, já que ele morreu.

Luke falou: — O pai do Billy e a mãe do Stu provavelmente tiveram um caso, é provável que o Stu tenha o matado.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar