Super God Gene – Capítulo 625

Caçando Aves no Mar de Nuvens

Chen Ran ficou surpreso que foi Han Sen quem avançou para caçar os Falcões Celestiais em vez da Rainha.

Xu Dongjin e os demais olharam para Han Sen, como se estivessem ficando confortáveis para um espetáculo malsucedido, mas hilário. O Go Celestial da Rainha era infame, por isso pensaram que, se ela fosse a única a ir, poderia ser capaz de subir a árvore, matar o pássaro que procurava e voltar inteira.

Nenhum deles tinha ouvido falar do nome “Han Sen” antes, então pensaram que foi uma ideia tola, quando este proclamou sua intenção de caçar sozinho o Falcão Celestial. Imaginaram que era uma ação impossível para ele e que teria um destino triste.

A Rainha assentiu: — Ok. Vou te esperar aqui.

Inesperadamente para Xu Dongjin, a Rainha concordou ao invés de impedi-lo de ir sozinho.

Han Sen invocou suas asas e decolou para o céu, então circulou a árvore e subiu ao topo.

Quando observou Han Sen voando direto para o topo para matar o Falcão Celestial, Chen Ran negou com a cabeça e confessou: — Esse Han não tem paciência. É uma idiotice entrar assim, e temo que ele será morto antes mesmo de chegar ao topo. O que esse garoto imprudente está fazendo?

Em silêncio, a Rainha olhou para o topo da árvore e observou Han Sen voando. Ela estava ansiosa para ver como ele derrotaria qualquer pássaro que ousasse atacá-lo no ar.

Era possível usar as asas para voar, mas o nível de velocidade de um par de asas não tinha correlação com o corpo do usuário. Ele não podia simplesmente ir com tudo sempre que quisesse, como na terra. Lidar com esses pássaros no ar era de fato bastante perigoso, e provavelmente não seria capaz de competir com eles, como resultado.

Chen Ran observou a silhueta do Han Sen. Só que, mesmo sendo da família Chen e um praticante das Sete Sinuosidades, até mesmo ele não ousaria provocar um bando de aves tão perigosas. Do seu ponto de vista, Han Sen parecia um suicida.

Quando ficou a cem metros do topo, os pássaros na árvore o notaram. Todos os tipos de aves voaram para fora da árvore, todas visando Han Sen. Foi uma visão aterrorizante de testemunhar.

Havia tantos pássaros que o céu ficou preto, apagando o Sol e cobrindo a área em escuridão.

Foi fascinante observar devido ao tamanho dos pássaros também. Cada um deles era bem pequeno e o maior tinha aproximadamente o tamanho de um grou branco. A maioria deles tinha apenas o tamanho de corvos ou pardais.

Mas o tamanho não importava, já que a cena era horripilante mesmo assim. Não importava o quanto tentasse, uma pessoa com braços e pernas não poderia fazer muita coisa para desviar do enxame de criaturas.

Xu Dongjin já estava esperando esse tipo de situação, mas ainda foi um choque testemunhar um homem ser atacado por tantos pássaros furiosos.

Han Sen, que estava no céu, ainda não tinha reagido. Ele permaneceu destemido e se concentrou em analisar os bandos de pássaros para descobrir quais eram os Falcões Celestiais que procurava.

De acordo com as informações que obteve, os Falcões Celestiais pareciam corujas; apenas um pouco mais magros. A cor deles era azul-esverdeada, e eles voavam bem rápidos.

Han Sen sabia onde os Falcões Celestiais viviam e continuou observando o topo da árvore enquanto voava, para que pudesse vê-los no momento em que emergissem.

Assim como as informações que obteve sugeriam, os Falcões Celestiais eram mais rápidos do que qualquer outro pássaro. De repente, vieram com tudo para o centro do bando de aves atrás do Han Sen.

Mas, no grupo de Falcões Celestiais que veio atrás dele, Han Sen não conseguiu vislumbrar o rei Falcão Celestial supergrande no meio deles, o que o intrigou.

Em um piscar de olhos, um grande grupo de inimigos estava diretamente na frente do Han Sen, que invocou a espada antiga e a espada da cobra prateada, bateu suas asas e desafiou os pássaros de frente.

— Quanta coragem. — Xu Dongjin acabou soltando esse comentário ao ver Han Sen enfrentando os pássaros com uma agressão igual.

Essas palavras não foram ditas para elogiar Han Sen, mas sim para enfatizar sua imprudência. Ir com tudo assim era maluquice, e mesmo que tivesse desbloqueado seu bloqueio genético, realizar essa ação de tal maneira certamente resultaria em sua morte.

Afinal, abrir o bloqueio genético não tornava o usuário invencível. Tudo era limitado e medido pela aptidão do indivíduo. Como sempre, era dificílimo sobreviver a uma situação na qual estava cercado.

Contudo, no segundo seguinte, Xu Dongjin e seus companheiros ficaram sem palavras e de queixos caídos. Eles testemunharam Han Sen emergindo do outro lado do véu negro do céu, com alguns Falcões Celestiais mortos explodindo em plumas de penas vermelhas. Em seguida, esticou as asas e escapou do bando de pássaros que agora não conseguiam alcançá-lo.

— Como ele é tão rápido? — Xu Dongjin disse em choque absoluto.

Han Sen era como um relâmpago, ziguezagueando no meio do ar. Ele era muito mais rápido do que os pássaros que tentavam cercá-lo, também se afastava e ganhava uma certa distância do bando, toda vez que matava alguns Falcões Celestiais. Até mesmo as Criaturas de Linhagem Sagrada em perseguição não conseguiam pegá-lo.

— Asas de Linhagem Sagrada de Variante Furiosa?! — Chen Ran semicerrou os olhos quando de repente gritou, agitado.

Xu Dongjin e os demais acharam plausível assim que ouviram, só que ficaram ainda mais estarrecidos com essa descoberta.

Era raro ver uma Criatura de Linhagem Sagrada de Variante Furiosa, muito menos uma Alma de Besta. Quanto mais uma do tipo Voadora. Comprar uma asa desse nível faria muitos evoluídos e vendedores entrarem em falência.

Han Sen estava rodopiando no ar e matando o que desejava com pouco ou nenhum esforço. Incapazes de alcançá-lo, os pássaros não podiam fazer nada.

Do outro lado do mar de nuvens, Han Sen abriu caminho, matando e se esquivando de todos os inimigos que queria. Penas cortadas estavam começando a mascarar os céus, conforme o sangue pintava o chão abaixo.

Enquanto Han Sen estava indo com calma, uma luz azul-esverdeada brilhou e um Martim-pescador azul apareceu, do mesmo tamanho da palma de uma pessoa. Batendo as asas com raiva, ele disparou para fora da árvore. Sua velocidade não era inferior às Asas de Linhagem Sagrada de Variante Furiosa dele; na verdade, talvez fosse até mais rápido.

O Martim-pescador azul podia ser pequeno, mas não era menos intimidante, e seu rosto mostrava uma intenção assassina destacável. Ele disparou no Han Sen como um falcão, tentando o seu melhor para bicá-lo.

Esse é o Rei Falcão Celestial? Han Sen olhou para o rosto do Martim-pescador e notou que era parecido com um Falcão Celestial, mas um pouco menor. As penas dele pareciam esculpidas em jade e seu bico era como um gancho de cristal.

Aconteça o que acontecer, Han Sen queria matar esse novo desafiante, então pegou a espada da cobra prateada e atacou o Martim-pescador como um raio prateado.

Só que, naquele momento, a barriga do Martim-pescador rolou para o lado e se esquivou do ataque dele. O pássaro circulou e voltou para ir atrás dele.

Han Sen viu o bando de pássaros vindo na sua direção e bateu as asas para tentar evitá-los, já que não queria lutar contra eles.

Só que o Martim-pescador era muito rápido e o alcançou, antes que pudesse ganhar uma certa distância.

Han Sen executou a habilidade Dupla Esvoaçada e tentou matar o Martim-pescador de novo. Contudo, esse inimigo era muito mais rápido e ágil do que as suas Asas de Linhagem Sagrada de Variante Furiosa. A espada dele não conseguiu acertar o pássaro devido à sua incapacidade de se concentrar. Mas não podia ficar parado, porque seria devastado pelo bando de pássaros; assim, situação estava indo rapidamente de ruim a pior.

— Seu parceiro é talentoso. Ele é tão talentoso que conseguiu atrair a ira do rei Falcão Celestial. — Chen Ran semicerrou os olhos ao ver Han Sen, dizendo a si mesmo que seria bom se familiarizar melhor com o jovem quando voltasse.

Ele não conhecia alguém assim que acompanhava a Rainha. Com um poder tão impressionante, valeria a pena ficar de olho nele.

Zhu Ting costumava enviar informações para a família Chen, mas raramente suas palavras chamavam a atenção. Assim, pouquíssimas pessoas estavam familiarizadas com o nome dele.

Han Sen continuou lutando enquanto recuava, pouco a pouco. A perspectiva de ganhar contra o rei falcão no mar de nuvens parecia improvável. Xu Dongjin e os outros se inclinaram para frente a fim de assistir a batalha com maior intensidade, ainda presos em admiração pelas Asas de Linhagem Sagrada de Variante Furiosa dele.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar