Supreme Magus – Capítulo 1083

Convocação Real (1)

A segunda tentativa de Lith foi usar o Construtor apenas como um exoesqueleto para que, ao despejar mais mana na Matéria, ele aumentasse sua densidade.

Manter a Matéria sem forma, semelhante à água enchendo o recipiente moldado pela mana, aliviou o estresse que o método anterior infligia em sua mente e permitiu que ele se concentrasse em tornar o exoesqueleto o mais duro que pudesse.

Lith então jogou seu mármore contra a parede mais próxima, observando-o quicar e rolar no chão em vez de se espatifar.

“Eu consegui! Nalrond, eu consegui!” Toda a sua alegria e entusiasmo não podiam passar do Domo, não importa o quanto o Rezar desejasse uma pausa.

“Cale a boca. Ainda estou trabalhando.” A voz de Faluel estava aguda desde a primeira vez desde que a conheceram.

A Hydra era uma boa amiga de Scarlett, a Escorpião, uma das três Mestres da Luz conhecidas em todo o Reino. Ainda assim, as duas bestas não trocaram seus segredos e Faluel nunca tinha visto um Mestre da Luz em ação.

No entanto, ser espancada por um jovem e um de seus aprendizes a irritou além da conta.

Solus ignorou as palavras de Lith e se concentrou apenas no problema em questão.

‘Quando desviamos o raio de calor de Nalrond, conjuramos gelo para neutralizar o elemento fogo e usamos a armadura Skinwalker para receber o golpe. O raio acumulou calor e energia cinética, mas apenas a última veio do elemento luz.

‘Uma construção é semelhante a uma ferramenta. Pode ser usado indefinidamente. Em vez disso, um raio é semelhante a uma bala e só pode ser usado uma vez. Provavelmente porque se estilhaça com o impacto.

‘A questão é se os raios de calor são o equivalente a camadas de um a três, então isso não significa que estamos realmente tentando reproduzir com a primeira magia um feitiço de nível quatro, se não um feitiço de nível cinco?’

Flecha de Praga era um dos feitiços de escuridão mais simples e úteis que Lith criou quando criança, que consistia em uma massa de elementos de escuridão altamente condensados. Chamado da Morte, em vez disso, criou quatro membros sombrios que Lith poderia moldar e mover à vontade.

‘A luz é apenas o outro lado das trevas, então os mesmos princípios devem ser aplicados.’ Em vez de criar um esqueleto dentro de seu constructo, Solus usou mana para formar uma rede de canais dentro da Matéria, semelhante a uma corrente sanguínea.

Algo que não foi fixado nem duro, apenas denso o suficiente para não quebrar e se espalhar uniformemente pela construção de luz dura. Dessa forma, isso transmitiria sua vontade ao longo do tempo e permitiria que ela remodelasse suas criações como ela achasse adequado de acordo com as circunstâncias.

“Acho que também fiz isso.” A construção de Solus não só não se quebrou uma vez lançada, mas também voltou para sua mão e então se transformou em uma pequena moeda.

“Como você fez isso?” Lith tentou e falhou em fazer o mesmo.

“Responda a sua pergunta e eu vou chutar seus traseiros.” Faluel disse no momento em que Solus abriu sua boca. “Nalrond, venha aqui! Meninas, levem cinco.” Sua voz rugiu pelo covil e fez a maioria de seus discípulos cair no chão.

“Por favor, pare. Minha força vital está prestes a se quebrar.” A boca de Quylla tinha gosto de terra e a lama que cobria seu corpo estava encharcada de suor.

Nalrond tentou falar, mas seus pulmões queimavam demais. Ele se sentou para recuperar o fôlego e desmaiou na mesa de Faluel com um baque surdo.

“Fracos. Eles relaxaram por anos e depois reclamaram por apenas seis horas de exercícios.” A Hydra respirou fundo para se revigorar, mantendo a mana para si e dando vitalidade a Nalrond.

“Por favor, não! Deixe-me ir para casa ou você vai viver com a vergonha de obrigar um homem adulto a chorar.” Nalrond disse no momento em que acordou, com medo de que o pesadelo estivesse prestes a recomeçar.

“Relaxe, terminamos por hoje. Não posso mais usar o Revigoramento e suas forças vitais estão realmente prestes a quebrar. Basta nos dizer qual de nós fez isso certo e por quê.” Faluel voltou à sua forma humana enquanto todos os golens deixavam suas vítimas livres antes de se desligarem.

Nalrond acenou com a cabeça e segurou o mármore de Lith entre o indicador e o polegar.

“Perto, mas sem charuto. Isso não é uma construção, apenas a base para um raio elemental. Estou muito cansado para explicar, então vou mostrar a você.” O Rezar o apertou entre os dedos até que o exterior rígido rachou.

Sem um esqueleto, a Matéria desapareceu no ar tão rápido que Lith não conseguiu economizar uma partícula de energia.

“Você precisa colocar algo no interior, ou uma vez dada a forma, o constructo não pode mudar de forma nem conservar mana.”

Então, ele fez o mesmo com o mármore de Solus, quebrando-o. Solus conseguiu reformá-lo algumas vezes antes de perder o controle sobre o mana acumulado.

“Excelente resultado para uma primeira tentativa. A camada de controle interno não foi distribuída uniformemente, então cada vez que destruí seu constructo, ele vazou mana. Trabalhou nisso. Faluel?” Ele disse.

“Sim?” Ela tinha um sorriso caloroso.

“Onde está sua construção?”

“Você quer dizer isso?” Ela criou uma pérola dourada que rapidamente se transformou em uma pequena flor de lótus.

“É simplesmente perfeito!” Nalrond estava pasmo. Ele nunca tinha visto alguém ter sucesso tão rápido. A flor e suas pétalas dobrariam sob a pressão, em vez de serem esmagadas. “Como você fez isso?”

“Eu trapaceei, mais ou menos. Concentrei-me todo esse tempo em controlar os feitiços, mas não consegui fazer um. Depois de colocar minhas sete cabeças para trabalhar juntas no que descobri e dar sentido aos seus comentários anteriores sobre os construtos de Lith e Solus, descobrindo o o descanso foi fácil. ” Ela disse.

“Calma minha bunda!” Lith e Nalrond disseram em uníssono.

Lith ainda não tinha ideia do que tinha feito de errado e Nalrond precisou de mais de uma lição para chegar ao mesmo ponto de Faluel, mesmo depois de ver a Maestria da Luz praticada diariamente em sua aldeia.

“Eu disse a vocês. A experiência atropela tudo, até o talento.” Apesar de sua atitude brilhante, Faluel parecia muito cansada.

Aprender um ramo desconhecido da magia enquanto lutava contra dois oponentes do calibre de Phloria e constantemente usando Revigoramento para reabastecer quatro pessoas com vitalidade por seis horas tinha cobrado um grande tributo, mesmo em alguém tão poderoso.

Quando as meninas finalmente se juntaram a eles, seu estado lamentável comoveu até mesmo Lith. Tista e Phloria ainda estavam pretas e azuis de suas últimas sessões de sparring. Eles tinham todo o cabelo cheio de sujeira, eles respiravam como um fole em vez de respirar, e a luz em seus olhos era fraca como se eles pudessem desmaiar a qualquer momento.

As roupas de Quylla estavam encharcadas de tanto suor que nem mesmo as propriedades de autolimpeza da armadura Skinwalker não conseguiam acompanhar, fazendo-a grudar em seu corpo junto com seu cabelo.

Seus olhos se encheram de desespero e saudade de casa e a faziam parecer um cachorrinho abandonado sob forte chuva.

“Eu tenho boas notícias, pessoal. Sem aulas amanhã.” Disse Faluel.

O grupo de treinamento físico teria dançado de alegria se apenas seus corpos permitissem. Eles expressaram sua aprovação fechando os olhos e cerrando os punhos.

“Como já expliquei Nalrond, meu método de ensino não depende de instruções detalhadas. Vou te dar o básico para cada disciplina e então depende de você desenvolver por conta própria.

Comentários

  1. Random disse:

    Obrigado pelo cap

  2. Wellington disse:

    Mais capítulos pfvr 🙏🙏

  3. Jhenifer v disse:

    Não tem mais e ele ainda nem é um mago supremo aaaa volto aqui depois de uns 6 meses pra ver se ter capítulo novos obrigada, história interessante,um pouco cansativa em algumas partes… Um ponto notável é que quero saber porque a mãe planeta que que ele seja o senhor da destruição pessoal dela,porque ele também quer ser o seu senhor da destruição pessoal dela … sinto que pra isso acontecer pessoas vão tem que morrer,mas quem? Está é a questão (não acho que seja a morte de Solus na minha opinião ou pode ser porém séria muito óbvio )

  4. Jhenifer disse:

    Não tem mais e ele ainda nem é um mago supremo aaaa volto aqui depois de uns 6 meses pra ver se ter capítulo novos obrigada, história interessante,um pouco cansativa em algumas partes… Um ponto notável é que quero saber porque a mãe planeta que que ele seja o senhor da destruição pessoal dela,porque ele também quer ser o seu senhor da destruição pessoal dela … sinto que pra isso acontecer pessoas vão tem que morrer,mas quem? Está é a questão (não acho que seja a morte de Solus na minha opinião ou pode ser porém séria muito óbvio )

  5. Peixoto disse:

    obg pelo cap. … realmente melhor novel manda mais cap😊❤❤😘

  6. Cris disse:

    Melhor novel

    1. leo disse:

      pode ser
      mas como assim já estou no lançamento?
      o mundo não pode ser tão cruel

      1. Bryan disse:

        Não está no lançamento, supreme magus ainda está lançando e tem mais uns 800 capítulos para serem traduzidos

      2. Alan disse:

        O foda que ele tá longe de ser o mago supremo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar