Swordmaster’s Youngest Son – Capítulo 93

A Arena Cosmos (4)

Jin se encolheu.

‘Merda. Mas que diabos? Por que as pessoas já sabem?’

Jin nunca teria pensado em ouvir esse tipo de boato assim que chegou ao público. Ele se sentou sorrateiramente perto dos dois nobres e escutou a conversa deles.

“Um porta-bandeira provisório dos Runcandel? Haha, seu tolo. Por que alguém tão incrível viria aqui? Este lugar está cheio com os mais baixos dos baixos.”

“É apenas algo que ouvi, enquanto bebia com os Piratas Executivos do Cosmos. Eles disseram que há um jovem talentoso entre os combatentes, e tinham certeza de que era um dos porta-bandeiras provisórios dos Runcandels.”

“Hmmm sério? Vamos ver… No momento, os três porta-bandeiras provisórios ativos do Clã Runcandel são Daytona, Haytona e Jin Runcandel. Então é um desses três.”

“Jin Runcandel realmente abalou o público no ano passado. Cada imprensa falou sobre sua conquista das cinco estrelas. Enfim, o executivo tinha certeza. Um desses três deve ter entrado.”

Jin achou interessante que estivesse ouvindo de perto os nobres discutindo esse novo boato.

‘Acho que a fama e o poder do clã são bem conhecidos. Meu nome foi escrito em comunicados de imprensa muitas vezes, mas eles até sabem os nomes dos gêmeos Tona.’

Os gêmeos Tona estavam prestes a se tornar porta-bandeiras provisórios. Antes da regressão de Jin, eles começaram suas missões provisórias de porta-bandeiras por volta de 1796 ou 1797.

Pensando no ambiente e clima da ‘Arena Cosmos’, bem como os gêmeos sendo considerados os Maníacos abomináveis Homicidas em sua vida passada, Jin inferiu que era completamente possível que eles se juntassem à arena.

Claro, nesta vida, os gêmeos Tona foram abusados ​​por Jin desde a juventude. Comparado com sua vida passada, eles ficaram significativamente mais mansos.

‘Se os gêmeos entraram, então é ótimo para o meu caso. Posso trazê-los para o meu quarto e usá-los como guardas. Fazer eles realizarem todo o trabalho sujo também.’

Depois, os nobres debateram sobre qual Runcandel entrou na competição.

Não só isso, mas outros nobres também começaram a sussurrar sobre o mesmo assunto.

‘Agora que penso nisso, a maioria dos espectadores são nobres. Bem, as pessoas ricas estão sempre procurando algum entretenimento.’

Creaaaaak!

Uma enorme porta de aço em um lado do estádio circular de repente começou a se abrir.

Um homem então surgiu e caminhou até o meio da arena, o Rei Pirata, Cosmos. Assim que apareceu, o público foi à loucura. Cosmos parecia ser muito popular com a multidão.

“Obrigado por esperarem!”

“COSMOS! COSMOS!”

Ao redor dele havia nobres que gritavam e aplaudiam empolgados por criminosos descarados. Era bizarro testemunhar as mesmas pessoas que desprezavam as pessoas comuns de repente torcerem por infratores da lei.

“Senhoras e senhores. Bem-vindos à Arena Cosmos. Eu, o Rei dos Piratas, Cosmos, agradeço a todos por virem aqui. Hahaha! Desta vez, há significativamente mais pessoas do que no ano passado. Mal posso esperar para ver as lutas!”

Clap!

Cosmos bateu algumas palmas e fogos de artifício foram lançados ao ar, colorindo o céu em cores brilhantes. À medida que as explosões aconteciam, o ar ao redor deles aquecia.

“Tudo bem, tudo bem. Então, vamos para as lutaaaaaas! Hehe, galera! Traga dois caras do grupo um! Soem os trompetes!”

Toooooooooo~! Toooooooooot!

Os piratas na borda da arena tocaram suas trompas. As portas de aço de ambos os lados da arena se ergueram e os competidores se revelaram.

Cada grupo tinha quatorze pessoas, e como havia treze grupos, tinha cento e oitenta e dois competidores que entraram naquela competição imunda. Não havia outra competição de luta que tivesse tantas pessoas.

“O sortudo por lutar na primeira e honrada rodada… Qualificado na décima sexta rodada do ano passado e queridinho dos Piratas Tubarão! Louva a Deus! E o adversário!”

Os olhos de Cosmos se estreitaram e ele aproximou seu rosto da lista. Suas expressões implicavam que algo estava errado.

“Ah porra. Vou ser xingado pelo capitão dos caras do Tubarão. E vou afogar o cara que planejou as partidas. Bem, aqui está ele de qualquer maneira! Paul Mick!”

“Quem é Paul Mick?”

“Nunca ouvi falar. Vendo a reação do Cosmos, acho que ele é um cara especial.”

Enquanto os nobres conversavam com espanto, o Louva a Deus entrou na arena primeiro.

Com um físico enrugado e uma distinta tatuagem de tubarão nas costas, ele fez uma postura desajeitada com cimitarras na mão. O epítome de um pirata.

“Hoho, Cosmos. Que tipo de cara é Paul ou Mick ou algo assim? Me deixando todo nervoso. Estou um pouco decepcionado, me fazendo parecer mal.”

Cosmos ignorou a brincadeira do Louva a Deus.

Paul Mick saiu da sala de espera e o público começou a tagarelar.

“Essa aí é uma criança.”

“O que é isso…? Sei que havia muitas crianças neste concurso, mas isso é demais.”

“Se ele dobrasse um pouco os joelhos, a espada em suas costas se arrastaria no chão. Hoho.”

Jin também ficou um pouco surpreso.

Esse Paul Mick não parecia ter mais de quinze anos.

‘Treze? Quatorze? Eles deixam uma criança entrar aqui? Isso é insano!’

Ele teria saltado para a arena sem hesitação. Não podia simplesmente deixar a criança morrer ali.

Se Cosmos não tivesse uma reação estranha, claro.

‘Espere… Aquele garoto é Dante Hairan? Não, Dante Hairan é três anos mais velho…’

A próxima série de eventos foi muito surpreendente.

Notificando o início da batalha, Cosmos saiu do ringue e o Louva a Deus deu de ombros em confusão.

No entanto—

Slash!

Aconteceu em um instante.

O pescoço do Louva a Deus foi cortado.

“Hã?”

“O que é que foi isso?”

“Alguém viu o que aconteceu?”

O público não conseguiu identificar exatamente quando a cabeça do pirata caiu.

Era óbvio. O movimento foi tão rápido que Jin — que estava prestes a atingir seis estrelas — mal viu o que aconteceu.

‘Foi um corte crescente. Ele instantaneamente fechou a distância entre eles e, quando estava a apenas cinco passos do pirata, usou um corte crescente para cortar sua cabeça. Porra, aquele cara…’

Não, não havia dúvida sobre isso.

Entre os competidores, não havia ninguém além de Dante Hairan que poderia fazer isso.

A plateia ficou quieta. Aqueles que estavam falando até um minuto atrás agora estavam sem palavras.

Tum!

O corpo do Louva a Deus caiu no chão.

E Cosmos deu um tapa na testa, estupefato.

“Uau, puta merda. O Louva a Deus foi finalista da décima sexta rodada, então poderíamos ter lucrado com sua popularidade. E agora, ele simplesmente morreu… Bem, de qualquer maneira. É a vitória de Paul Mick!”

Cosmos anunciou o vencedor, mas o público permaneceu em silêncio. Enquanto todos ainda estavam chocados, um homem nos assentos VIP do lado oposto do assento de Jin se levantou e começou a bater palmas.

“A partir de agora, vou apostar todo o meu dinheiro no Paul Mick. Paul Mick! Paul Mick! Incrível!”

E surpreendentemente, era alguém que Jin conhecia bem.

‘O quê…? Beradin Zipfel?! Por que ele está aqui?!’

Os olhos de Jin se arregalaram e ele teve que reconfirmar que o rosto que viu era Beradin Zipfel. A plateia começou a aplaudir tardiamente.

Beradin veio por ordem dos anciãos dos Zipfel. Como o sucessor do Clã Hairan estava crescendo rapidamente, eles ordenaram que Beradin viesse ver por si mesmo.

“Uauuuu!”

“Este jovem é incrível!”

“Eu também vou apostar em Paul Mick desta vez! Tudo!”

E os dois nobres do Império Bellard na frente de Jin começaram a sussurrar com certeza.

“Estão vendo? Minhas informações alguma vez estavam incorretas? É ele, o porta-bandeiras provisório dos Runcandel!”

“Uau… Isso é uma surpresa. Bem, se ele não fosse um porta-bandeiras provisório dos Runcandel, não conseguiria fazer isso nessa idade. Tenho certeza de que é Jin Runcandel.”

“Eu também. Ele é muito jovem para ser um dos gêmeos Tona.”

Os outros nobres próximos acenaram com a cabeça em aprovação.

Claro, ninguém gritou seu nome em voz alta. Eles sabiam que tagarelar sobre um porta-bandeiras provisório resultaria em uma caçada.

E era por isso que estavam sussurrando entre si. Paul Mick é Jin Runcandel, Paul Mick é o porta-bandeiras provisório!

Ouvindo tudo isso, Jin zombou.

‘Enfim… É a primeira vez que vejo Dante tão jovem. Na minha vida passada, tinha ouvido da imprensa que ele parecia bem, mas nem parece ter dezenove anos.’

Jin olhou para Paul Mick — não, Dante e depois para Beradin, que ainda estava batendo palmas.

‘Beradin provavelmente veio, porque seu clã mandou. Ele também está me dando nos nervos, assim como Dante. Definitivamente vai me notar… E se notar, vai ser um pé no saco.’

Suas previsões ansiosas não podiam estar erradas.

E, infelizmente, naquele momento, Beradin viu Jin que o olhava atentamente.

“Oh? Uau!”

Beradin acenou loucamente com o braço para Jin.

Claro, Jin o ignorou e olhou para Dante. Divertidamente, Dante virou a cabeça e olhou para Beradin.

‘Esse é… Beradin Zipfel. Ele está agindo como se me conhecesse? Eu só o conheci no banquete dos Zipfel e, no entanto, ele está me cumprimentando com entusiasmo. Tudo bem, eu também vou cumprimentá-lo, Beradin!’

Entendendo errado a situação, Dante acenou com a mão para Beradin. Jin caiu na risada. Ele não conseguia ler a mente de Dante, mas podia supor o que estava pensando.

‘Que pessoal mais engraçado.’

Os subordinados de Cosmos correram e retiraram o cadáver do Louva a Deus.

“Tudo bem, tudo bem. Senhoras e senhores, parece que o Louva a Deus teve um contratempo. Vamos ouvir algumas palavras do nosso vencedor. Senhor Paul Mick, como se sente?”

“Sinto que me livrei de outra escória imunda. Rezo para que ele não se torne um pirata em sua próxima vida.”

Embora sua aparência fosse infantil, sua voz era comparativamente mais profunda. E com isso, ele repreendeu os piratas em um covil de piratas.

Muitos deles rangeram os dentes, mas não conseguiram atacar Dante. A hesitação deles era esperada depois de testemunhar sua esgrima.

Cosmos soltou uma risada estranha e assentiu.

“Heheh, ser pirata não é um trabalho para recomendar a crianças. Mas lembre-se de que é um ótimo começo para aqueles encurralados na parte inferior da escada social.”

Dante caminhou silenciosamente em direção à sala de espera e Cosmos continuou com as batalhas.

Jin então pensou consigo mesmo enquanto observava as costas de Dante.

‘Aquele cara… Consigo vencê-lo?’

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar