Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Tales of Demons and Gods – Capítulo 490

Elevando o Moral

“Pai, eu sou Ye Zong”, disse ele ao colocar as mãos em formato de reverência para Ye Mo e sorrir amargamente.

“Ye… Ye Zong?” Ye Mo ficou atordoado por um momento e sua expressão ficou sombria. “Nie Li, será que você encontrou uma criança para me enganar?”

“Como isso seria possível? Como eu ousaria mentir para você!” Nie Li sorriu amargamente. “Ele é meu sogro!”

Ye Mo ficou olhando fixamente para Ye Zong por um longo tempo. Ele não conseguia entender como essa criança em sua frente era Ye Zong.

Ye Ziyun também não sabia o que fazer. Ela chamaria essa criança de “pai?” Isso era inacreditável ao extremo, não é mesmo?

Ao ver as expressões de Ye Mo e Ye Ziyun, Nie Li sorriu sem jeito, dizendo, “Eu não consegui fazê-lo crescer muito mais. O sogro usou a Fonte da Vida para reconstruir o seu corpo. Eu tinha uma quantidade limitada deste item, então eu só consegui ajudar o sogro a ter o corpo de uma criança. Quando ele chegar ao Reino Ancestral Marcial, ele naturalmente poderá mudar sua aparência e retornar à aparência original”.

“Este é realmente o caso.” Ye Zong sorriu sem jeito de forma irônica.

“Isso não é difícil de entender. O Lorde Demônio pode usar a Habilidade Divina do Consumo de Almas para parasitar alguém e tomar seu corpo. Quanto ao sogro, ele formou seu corpo a partir da Fonte da Vida. Gostaria de saber se você pode entender isso,” explicou Nie Li.

“Embora seja compreensível…” Ye Mo permaneceu em silêncio por um tempo. “Ainda não consigo acreditar que essa pessoa na minha frente é Ye Zong”.

Ye Zong parecia deprimido ao abaixar a sua cabeça. Junto com sua pequena estrutura, ele era de certo modo… adorável. Isso era algo que poderia ser imaginado. Pensando nisso com cuidado, Nie Li não pôde deixar de rir.

Ao ouvir sua risada, Ye Zong olhou para ele ferozmente.

“Seu pirralho, você ainda se atreve a se gabar da minha desgraça!” Ye Zong disse com raiva.

Nie Li reprimiu o riso e disse, “Sogro, me desculpe, eu realmente não consigo me controlar”.

“Vovô, acho que Nie Li não iria brincar sobre essa questão. Por que não testamos para ver se ele é realmente meu pai?” Ye Ziyun pensou por um tempo e disse ao olhar para Ye Zong. “Quando eu era jovem, minha mãe me deu um presente. O que foi que ela me deu?”

“Uma Flor Cravejada em forma de Borboleta Espiritual!” Ye Zong respondeu sem qualquer hesitação.

Ye Ziyun não pôde deixar de olhar para Ye Mo.

Ye Mo disse, “Muitas pessoas definitivamente sabem a resposta para essa pergunta. Vou fazer uma pergunta que ninguém além dele saberá a resposta. Se a resposta estiver correta, reconhecerei que você é Ye Zong!”

“Pai, por favor, pergunte”, disse Ye Zong, colocando as mãos no formato da reverência.

“Quando você tinha treze anos, eu bati em você uma vez. Por que eu fiz isso!?” Ye Mo disse, olhando para ele.

Ye Zong corou e perguntou, “Pai, por que você está me perguntando isso?”

Ye Ziyun e Nie Li não puderam deixar de focar sua atenção, afinal ficaram extremamente curiosos sobre qual seria a resposta para essa pergunta.

“Porque apenas Ye Zong e eu sabemos isso!” Ye Mo afirmou ao olhar para Ye Zong.

“Como eu poderia falar isso na frente das crianças?” Ye Zong disse, extremamente deprimido, “Pai, você pode perguntar qualquer outra coisa?”

“Não, esta é a pergunta!” Ye Mo disse, com uma expressão séria em seu rosto.

“Isso, isso…” Ye Zong estava extremamente envergonhado. Ele não conseguiu falar sobre isso quando lembrou o motivo.

“Parece que você não é Ye Zong…” Uma profunda decepção reluziu no olhar de Ye Mo, “Eu realmente esperava que você fosse!”

Ye Mo olhou para Nie Li e disse, “Nie Li, eu sei que você está tentando gentilmente me consolar. Eu aceito sua intenção, mas entendo que você não pode trazer de volta os mortos. Ai de mim, um velho homem de cabelos brancos, ter que comparecer ao funeral do seu filho!”

“Não…” Nie Li estava tão ansioso pela resposta que ele queria falar algo. Ele olhou para Ye Zong e disse tenso, “Sogro, por que você não está falando? Se você não disser, como o Senhor Ye Mo pode confirmar que é você! Você sabe claramente a resposta!”

A decepção apareceu na expressão de Ye Ziyun.

“Quando eu tinha treze anos…” Ye Zong parecia um pouco hesitante. “Se falar isso, que dignidade eu ainda terei?”

“A dignidade é realmente tão importante agora? Você tem coragem de deixar o avô tão triste?” Nie Li disse. revoltado.

Ye Mo parecia estar muito triste. Sua aparência envelhecida fazia o coração de alguém doer.

“Tudo bem, tudo bem, eu vou falar!” disse Ye Zong de forma sombria, “Nesse ano, eu fiz xixi nas calças! Isso é tudo!”

“Você se mijou?” Nie Li parecia ter ouvido algo incrível. “Você se mijou com treze anos?”

O rosto de Ye Zong ardeu devido a vergonha.

Ye Ziyun estava ansiosa enquanto ela olhava para Ye Mo com os olhos arregalados.

O olhar de Ye Mo se iluminou e ele apressadamente disse, “Continue!”

“Sogro, você não precisa se envergonhar. Todo mundo molha as calças quando é jovem. Embora seja verdade que treze anos é um pouco velho para um garoto… isso ainda é compreensível”, disse Nie Li com uma risada alta.

Ye Zong parecia desolado. Vendo a expectativa na face de Ye Mo, ele disse: “Quando eu tinha treze anos, eu esbarrei acidentalmente na mãe de Ziyun tomando banho e quase fui descoberto. Eu me escondi no armário por mais de seis horas. Não pude sair para…”

“Pai, você…” Ye Ziyun olhou para ele em choque. Ela nunca esperava que Ye Zong fizesse algo assim.

“Treze anos. Sogro, você era na real um pouco maduro para a sua idade.” Nie Li sorriu ao olhar para Ye Zong.

“Isso… foi acidental!” Ye Zong disse sombriamente.

“Um acidente? Você se escondeu acidentalmente dentro do armário? Para fazer isso por mais de seis horas? Tsk tsk.” Nie Li olhou para Ye Zong com grande interesse.

Ao seu lado, Ye Ziyun não pôde deixar de rir. Suas bochechas coraram e ela secretamente olhou para Nie Li.

“Eu…” Ye Zong não pôde deixar de inclinar a cabeça, devido ao desânimo.

“Você é mesmo Ye Zong?” Ye Mo parecia extremamente animado. Ele estava tão feliz que as lágrimas escorreram pelo seu rosto. Ele avançou e abraçou Ye Zong, erguendo-o para o alto.

“Pai, me coloque no chão!” Ye Zong não pôde deixar de gritar, mas seu corpo foi levado ao ar por Ye Mo e ele era incapaz de se mover.

“Pai”, Ye Ziyun estava muito feliz.

Vendo como Ye Mo e Ye Ziyun estavam felizes, Ye Zong não pôde deixar de se sentir comovido, lançando um longo suspiro.

Nesse momento, Nie Li olhou para Ye Zong e não pôde deixar de sorrir, “Sogro, não sei quantos anos se passaram desde que o Lorde Ye Mo o criou. É bom que você possa ter essa oportunidade novamente agora”.

Ao ouvir suas palavras, a expressão de Ye Zong ficou sombria instantaneamente.

“Nie Li! Isso não acabou entre nós!” Ye Zong estava com tanta raiva que estava prestes a explodir. Se não fosse pelo fato dele ter o corpo de uma criança agora graças a Nie Li, ele não estaria em um estado tão lamentável!

“Sogro, não fique com raiva. Eu lhe peço desculpas agora”, disse Nie Li com um sorriso.

Nesse momento, Ye Zong sentiu um pouco de dor e viu que era a barba de Ye Mo encostando nele, enquanto este lhe dava um beijo repentino em seu delicado rosto, deixando-o atordoado.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar