The Book Eating Magician – Capítulo 101

Grande Floresta #3

No dia seguinte, após passarem quase a noite inteira sem dormir, eles entraram na Grande Floresta ao nascer do sol. A visão das árvores e arbustos que excediam muito a altura de um humano era realmente fantástica. Enquanto entravam na floresta, os raios de sol desapareciam, deixando apenas algumas faixas de luz.

No entanto, essa não foi a única coisa que mudou.

– “Será mais rápido se seguirmos pela direita.”

– “Ah, é mesmo?”

Ao contrário de ontem, quando o Mestre da Torre Branca estava no comando, agora era o Edwin e o Theo que lideravam o grupo. Além do Edwin que conhecia a floresta, por que o Theodore assumiu esse papel? Foi por causa de ontem à noite. Sua habilidade de detecção permitiu que ele notasse as criaturas mais rápido do que qualquer outra pessoa, então era inevitável que ele possuísse a confiança total do Mestre da Torre Branca.

Como resultado, ele era o segundo guia nesta missão.

‘Bem, para ser mais preciso, esse papel é da Mitra.’ Theodore estava consciente do peso da garotinha em sua cabeça.

Toda vez que ele dava um passo, o broto da Mitra girava como um cata-vento. A voz brilhante e alegre soou acima de sua cabeça, combinando com a batida do giro. Ele não sabia se era porque ela gostava do ambiente da Grande Floresta ou por algum outro motivo, mas a Mitra ficou realmente animada após entrar na floresta.

– “Mitra.”

– Heeeee— …Woong?

– “Eu terei que depender de você mais uma vez.”

Como se ela tivesse esperado, Mitra abriu os braços. – Hoing!

Agora ela estava acostumada com a forma de usar o poder, então o broto brotou naturalmente. A luz verde misteriosa se espalhou e o cenário foi sendo transmitido na cabeça do Theo. O caminho se dividia para a esquerda e direita, então ele checou todas as possibilidades. Theodore descobriu que não tinha nada no caminho da esquerda, depois ele olhou para a direita.

No entanto, logo uma expressão sutil apareceu em seu rosto.

– “Sr. Edwin.”

– “Sim, Benfeitor.”

– “Esta floresta possui lobos com chifres na testa? Se percorrermos três quilômetros pelo caminho à direita, nós vamos encontrá-los.”

– “Lobos com chifres na testa… Talvez seja o lobo dos chifres de trovão.”

Edwin aceitou as palavras do Theo sem duvidar, já que o Theo provou suas habilidades várias vezes. Em uma floresta onde eles não conseguiam ver nada além de 100 metros, a habilidade de detecção do Theo era extremamente útil. Graças a isso, eles não encontraram nenhuma criatura e conseguiram atravessar a Grande Floresta sem interrupções.

– “Então nós devemos evitá-los. Vai ser chato se eles nos incomodarem.”

– “Eles são perigosos o suficiente para nos causar danos?” O Mestre da Torre Branca perguntou de onde estava ouvindo a conversa.

– “Não, eles não são perigosos. Não é uma criatura que pode sobreviver nas profundezas da Grande Floresta. A maior ameaça do lobo dos chifres de trovão não é o seu poder de combate, mas seu barulho.”

– “Barulho?”

– “Um raio emergirá dos chifres em sua testa e produzirá uma explosão sonora exatamente como um trovão real. Isso atrairá todas as criaturas do ambiente e ele fugirá para sobreviver.”

De fato, era melhor evitá-los. A delegação assentiu pela explicação facilmente compreensível.

Os magos especializavam em campos específicos, mas eles não conheciam a maioria das criaturas que viviam na Grande Floresta. Então, o conselho do Edwin, que viveu lá por centenas de anos, era mais confiável do que qualquer diretriz.

Graças à orientação dos dois, o grupo conseguiu reduzir qualquer atrito desnecessário. Quando havia ocasiões em que eles encontravam criaturas…

Piing!

Edwin só precisava disparar sua flecha uma vez para as criaturas desocuparem o local.

Era diferente da flecha de tempestade que causava uma destruição enorme. Esta era uma flecha rápida e translúcida que se dividia em dezenas ou centenas de pedaços e perfurava as cabeças das criaturas. Era uma técnica que se encaixava perfeitamente com o termo “chuva de flechas”.

Dezenas de corpos sem cabeça rolavam para o chão instantaneamente.

‘Incrível. Esta é a força de um mestre.’ Theo admirava o Edwin interiormente enquanto olhava para os cadáveres. Era incrível que o poderoso Edwin fosse tão educado com ele.

Independentemente de serem trolls ou ogros, todos que eram atingidos pela flecha morriam. Apesar de ser mais fraca que a Bala Mágica do Theodore, a velocidade da flecha e sua trajetória extraordinária eram realmente assustadoras. Mesmo se o Theo previsse com seu sexto sentido, ele poderia não ser capaz de evitar ou se defender.

Não, considerando que agora o Edwin não estava agindo seriamente, sua flecha era possivelmente mais ameaçadora que a Bala Mágica.

– “…Estou muito feliz por ele ser amigável, não é mesmo?”

– Hoi? Mitra fez um som de questionamento, mas o Edwin terminou de resolver a situação e retornou. Ele apontou para o espaço vazio onde dúzias de criaturas estavam anteriormente e disse, – “Benfeitor, faremos uma pausa aqui.”

– “Aqui?”

– “Sim. No futuro, haverá muitos habitats de criaturas poderosas e é provável que não possamos evitá-los completamente, mesmo com as habilidades do Benfeitor. Este é o último lugar onde podemos descansar adequadamente.”

Theodore estava convencido e olhou para o Mestre da Torre Branca.

Orta levantou a mão em concordância e disse, – “Faremos uma pausa aqui. Nos moveremos em duas horas, até lá vocês têm permissão para agirem de forma autônoma. Comer, dormir, faça o que precisar. Se alguém causar algum distúrbio desnecessário, será punido severamente.”

Os olhos dos magos brilharam pelas palavras “agir de forma autônoma”. Por que eles vieram aqui? Foi para descobrir os segredos da terra misteriosa chamada Grande Floresta. Eles não se importaram com o cansaço acumulado nos últimos dois dias enquanto pegavam qualquer material que chamava a atenção. Alguém até mesmo pegou uma pá e começou a cavar no chão. A imagem de um mago elegante desapareceu.

Edwin olhou para a cena com uma expressão confusa. – “…Benfeitor, hoje em dia os magos humanos são muito mais ativos do que eu pensava.”

– “Haha…

Até mesmo a Sylvia estava colocando algumas garrafas de água corrente em seu bolso dimensional. Era impossível se reconciliar com as imagens dos magos retratados nas histórias. O único que não se moveu foi o Theodore. O Mestre da Torre Branca também estava parado.

Orta se aproximou do Theo e do Edwin e abriu a boca para dizer, – “Sr. Edwin, posso fazer uma pergunta?”

– “Fale.”

– “Para nós humanos, os elfos são conhecidos como os guardiões das florestas. Eu gostaria de saber se essa atividade de coleta é rude?”

– “Este rumor está meio certo e meio errado.”

Elfos eram tradicionalmente conhecidos como uma espécie que defendia as florestas. Mas na verdade, eles queimavam frequentemente as florestas, matavam os animais impiedosamente e atacavam aqueles que os invadiam.

Apesar disso, Edwin não hesitou em dizer que esse rumor era apenas meio certo. – “Nós defendemos a ordem do ecossistema, não simplesmente as árvores, plantas e animais. Sua coleta de amostras não é nada comparada a essa vasta floresta, então não há motivos para eu pará-la.”

– “Oh, então que tal criar uma estrada com magia de ataque? Com a vitalidade da floresta, não seria difícil restaurar o dano.”

As sobrancelhas do Edwin se contorceram pelas palavras. – “…Suas palavras não estão erradas. Mas não há motivo para criar confusão desnecessária. Eu não acredito que seja certo fazer isso só para acelerar um pouco nossos passos.”

– “Estes são os valores de um elfo. Você não sente a necessidade de quebrar o quadro geral por progresso?”

– “Esse quadro é o que devemos proteger.”

Ambas as vozes estavam calmas. No entanto, Theo podia sentir a tensão entre os dois. A discussão começou de uma história trivial e mudou para uma área que era complicada para o Theo entender. Humanos e elfos… Seria possível que espécies diferentes vissem panoramas diferentes ao pisarem na área da transcendência?

Theodore decidiu apenas ouvir em silêncio o diálogo entre os dois mestres. Então a Mitra surgiu repentinamente.

– Hoiiit?! Mitra, que tinha adormecido em sua cabeça, de repente levantou a voz e olhou em volta.

Os dois mestres ficaram impressionados com o som e olharam ao redor com pressa, mas não conseguiram sentir nada. Só tinha a floresta se estendendo, assim como o som dos pássaros. Apenas o Theo, que compartilhava seus sentidos com a Mitra, foi capaz de ouvir.

– Com licença, quem é você?

…A voz de alguém estava perguntando. Não era um som físico, mas uma voz transmitida através de uma conexão mental, como o Gula.

A voz foi transmitida através de sua conexão com a Mitra. Ele lembrou que a Ellenoa falou com ele dessa forma. No entanto, antes que o Theo pudesse reagir, ele ouviu alguém falar novamente. Era uma pessoa diferente desta vez.

– Por que é tão barulhento… A voz soava sonolenta, como se a pessoa tivesse acabado de acordar.

– O que, algo interessante aconteceu? A próxima voz ressoou como um sino.

– Não fale comigo sem motivo. Depois foi uma voz baixa, como uma besta rosnando.

– Não, eu ouvi claramente! Agora foi a primeira voz que o Theo ouviu.

As quatro vozes desconhecidas tocaram a cabeça do Theo, e ele não pôde deixar de perguntar, ‘…Quem é você?’

Naquele momento, sua cabeça de repente ficou quieta. No entanto, esse silêncio não durou muito tempo.

– O que?! Alguém realmente se conectou à rede neural?

– Quem? Revele sua verdadeira identidade!

– Tita! Você acha que aquela garota está de brincadeira?

– Sem chance. Já era para ela ter chegado nos campos nevados.

– Então quem acabou de falar?

Theo teve uma dor de cabeça devido a todas as vozes. Foi uma dor de cabeça que ele nunca sentiu ao falar com o Gula, a Mitra e a Ellenoa. Será que aconteceu por ele não estar acostumado a falar dessa forma? Por agora, parecia necessário acalmar as vozes agitadas.

Theo agarrou a testa inconscientemente e disse, ‘Meu nome é Theodore.’

– Theodore.

– Eh, eu acho que já ouvi esse nome antes…?

– Eu não tenho certeza.

Finalmente, o dono da voz mais baixa mudou a atmosfera. – Ah, eu me lembro! O humano que salvou a Ellenoa! Estou certo? Me responda!

‘I-Isso mesmo.’

– Com licença, quanto progresso foi feito? Aquela garota ainda é neutra, certo? Você a pegou? Kyah, um romance entre um humano e um elfo após tanto tempo! Se minha memória está correta, já faz 1.500 anos!

Foi a primeira vez que o Theo ouvia uma pessoa que falava tanto, então ele ficou perplexo. Ele não era antissocial, mas a outra pessoa não lhe dava espaço para conversar. Apesar de apenas uma pessoa conversar, sua testa começou a formigar novamente.

Felizmente, a voz da salvação veio rapidamente.

– T-Theodore?! Como você está…?

– “Ah, Ellenoa!”

Ele ficou tão feliz em ouvir a voz que gritou o nome dela. Edwin estava observando o Theo e mostrou uma reação assustada, mas o Theo não podia se dar ao luxo de prestar atenção nele. Ouvindo a voz de um conhecido, Theo perguntou apressadamente sobre esse fenômeno sem precedentes.

Ellenoa respondeu com uma voz surpresa, – Theodore acessou a rede neural da Yggdrasil, chamada Ratatoskr. Apenas os descendentes diretos de Arv podem tocá-la.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar