The Book Eating Magician – Capítulo 155

Um Ano Depois #1

A cidade portuária representativa no Reino de Soldun, Piris…

Ela possuía o único porto internacional no continente que tinha navios que viajavam diretamente para o continente oriental, e era a salvação do reino costeiro. Portanto, o poder do Marquês Piris era único, já que ele estava no comando deste porto crucial. Havia piadas sobre como os pássaros tremeriam e voariam para longe dele.

No entanto, hoje até mesmo o Marquês Piris tinha que ser cortês. Isso porque o convidado que visitou a mansão era o príncipe herdeiro, o próximo rei do Reino de Soldun, Elsid.

– “Glória aos descendentes do Grande Rei das Ondas! Marquês Piris, David El Piris, cumprimenta o príncipe herdeiro.”

– “Já faz algum tempo, Marquês. Me desculpe por vir tão abruptamente.”

O príncipe herdeiro tinha os cabelos cor de limão e os olhos parecidos com o mar, características da família real de Soldun. Ele tinha a aparência de um príncipe dos contos de fadas, fazendo muitas jovens perderem o sono. Apesar de ter apenas 26 anos, ele estava destinado a ser o próximo rei das ondas do Reino de Soldun.

Marquês Piris disse com uma expressão complicada, – “Perdoe-me, Vossa Majestade. Mas eu não te disse para vir aqui discretamente?”

– “Não teve como evitar.” Elsid suspirou e balançou a cabeça algumas vezes. – “Assim que eu saí do palácio real, os homens do Duque Cornwall me perseguiram. Se os cavaleiros de escolta não os tivessem bloqueado, eu não teria conseguido esconder meus rastros.”

Marquês Piris rangeu os dentes e suas sobrancelhas se contraíram. Então seus olhos castanhos se encheram de uma raiva incontrolável. – “Cornwall… Aquele traidor certamente vai…!”

Desde os tempos antigos, o Reino de Sodun foi subserviente aos outros reinos devido à sua natureza geográfica única. Era difícil cultivar ao longo da costa, e a população do Reino de Sodun não era suficiente para manter as tropas nas fronteiras dos outros países.

Fazia apenas meio século que o comércio com o continente oriental se abriu pela primeira vez, mas os nobres com interesses em outros reinos estavam ocupados em manter a prosperidade do Reino de Soldun sob controle.

Duque Cornwall, que tinha parentes no Reino de Kargas, era o mais proeminente entre eles. Ele até se atreveu a rastrear as ações do Príncipe Elsid.

– “Bem, vamos parar com a história desagradável. Não há nada que possamos fazer neste momento. Não temos apenas que fazer o possível?”

– “…Hoo, as palavras de Vossa Majestade estão corretas. Eu me empolguei demais.”

Apesar das palavras do príncipe, o rosto do Marquês Piris ainda estava vermelho. As ações do Duque Cornwall sempre deixaram os lealistas furiosos. O Príncipe Elsid sabia disso e estava grato, mas a história que eles tinham que discutir agora não era sobre o traidor.

– “Em vez disso, Marquês, e sobre aquele assunto?” Elsid sussurrou em voz baixa.

– “Vossa Majestade, eu tenho boas notícias. O lucro foi grande.” Marquês Piris respondeu com um pequeno sorriso.

Alguns dos lealistas, incluindo o príncipe herdeiro, impulsionaram esse plano por 10 anos. Agora, eles finalmente conseguiram algo.

Era impossível para o povo do Reino de Soldun superar essas condições adversas com sua própria força. Os estados limítrofes do Reino de Kargas e do País de Lairon estavam ocupados em suprimi-los, e a única área sem obstáculos era o Sul, onde havia pântanos como barreira.

Portanto, o povo do Reino de Soldun voltou seus olhos para o continente além do mar.

– “Eu recebi uma promessa de uma família famosa da região Xia Ocidental no oriente dizendo que eles irão se mudar para Piris.”

– “Finalmente!” Pela boa notícia, o rosto do Elsid se iluminou como um sol nascente.

Se ele não podia cultivar sementes, então ele as importaria. Felizmente, o Reino de Soldun tinha um tremendo poder financeiro para compensar sua falta de poder militar. Eles prometeram um título nobre, terra fértil, ouro e objetos de valor.

– “Eles são a família Baek, e eles eram uma potência militar de prestígio na região Xia Ocidental.”

– “Oh, uma família de prestígio está migrando?”

– “Sim, eu investiguei.” Marquês Piris contou o conteúdo do relatório, – “Há 30 anos, houve uma batalha com as regiões centrais. A família assumiu a responsabilidade pela derrota e se demitiu dos deveres militares. O lugar ocupado pela Família Baek foi tomado por outras famílias, e agora eles estão economicamente e politicamente isolados.”

– “De fato, nossa oferta parece bastante atraente.”

– “Isso mesmo. Dizem que o chefe da Família Baek está trazendo todos os seus familiares e pertences para Piris. Eles provavelmente chegarão hoje ou amanhã.”

Elsid não pôde evitar em fechar os punhos. Devido ao fraco poder militar do reino, eles eram forçados a confiar em navios estrangeiros.

No entanto, a humilhação termina aqui. No continente oriental, o poder das artes marciais evoluiu à medida que o nível da magia diminuía. Se dois guerreiros estivessem no mesmo nível, o do oriente seria mais forte. Se houvesse duas pessoas do país, uma seria um espadachim.

Era o mesmo para a Família Baek que estava migrando.

– “No oriente, um mestre da espada é chamado de especialista.”

O mestre da Família Baek, Baek Jongmyung, era um especialista. Não se sabia por que ele foi punido na região Xia Ocidental, mas ele literalmente valia um exército de milhares.

A Família Baek tinha 100 usuários de aura, incluindo um mestre da espada. Isso era poder suficiente para mudar o equilíbrio em favor do príncipe herdeiro, mesmo que as tropas do Cornwall e seus aliados se combinassem.

– “…Você fez um ótimo trabalho, Marquês. Eu nunca vou esquecer o seu trabalho duro.”

– “É apenas natural, considerando o meu papel no reino, Vossa Majestade. Suas palavras são suficientes. O importante é o que acontecerá a partir de agora.”

Elsid assentiu para seu súdito leal. – “É claro. É meu dever abraçá-los como meu próprio povo e forjá-los na espada do Reino de Soldun.”

O jovem príncipe mais uma vez prometeu que o reino não permaneceria fraco em sua geração. Para esse objetivo, ele gastaria o quanto fosse necessário. Ele olhou para a luz do sol entrando pela janela, antes de olhar para o marquês novamente.

– “Isso me lembra, que tal dar a eles aquela mansão?”

– “Hã?”

– “Aquela. É um pouco cara, mas é uma mansão decente. Será bom para forjar o orgulho deles, bem como alojar todos que virão.” Elsid fez a sugestão depois de relembrar suas antigas lembranças.

A mansão que ele viu no passado era perfeita para esse propósito. Era uma mansão bem construída, mas a localização não era muito boa. Havia a desvantagem de ter sido construída em uma colina, e as áreas ao redor eram todas de mansões, fazendo o preço saltar exponencialmente. Isso era o suficiente para fazer as pessoas interessadas suspirarem e recuarem.

No entanto, seria uma história diferente se fosse dada como presente a alguém. Não podia ser vendida de qualquer forma, então era melhor usar a mansão para causar uma boa impressão. Como eles eram guerreiros, viver em uma colina não seria realmente uma desvantagem.

No entanto, Marquês Piris mostrou uma reação estranha. – “Hum, bem, isso é…”

– “Hã? Qual é o problema?”

Marquês Piris ficou em silêncio por um momento antes de explicar com uma expressão sombria, – “A mansão que Vossa Majestade está falando já foi vendida.”

– “Hã?” Elsid não conseguiu esconder sua descrença. – “Não custava 1.000 moedas de ouro? Quem seria louco o suficiente para comprar a mansão a esse preço? De acordo com a lei do reino, mesmo se o preço baixasse, não seria por menos de 800 moedas de ouro.”

– “Não baixou o preço. A pessoa pagou 1.000 moedas de ouro à vista.”

Portanto, Marquês Piris vendeu sem hesitar. Ele encolheu os ombros com um sorriso amargo. De fato, de sua posição, uma mansão não utilizada era um gasto inútil. Então, era natural querer descartá-la rapidamente.

Elsid não sabia como se sentia sobre isso ao estalar a língua. – “Tsk, eles são bem gastadores. Um nobre?”

– “Sim, talvez. Ele não confirmou com a boca, mas suas ações mostraram isso.”

– “Ações?”

Marquês Piris assentiu e explicou, – “Ele estava sendo escoltado por uma pessoa que parecia ser um guarda-costas. Mesmo que eu não seja um especialista em espadas, o guarda-costas parecia incomum. O comprador parecia ser uma pessoa escondendo sua identidade.”

– “Hum… Isso aconteceu há cerca de um ano. Como ele tem vivido?”

– “Há visitantes ocasionais, mas ele raramente sai da mansão. Ah! Ele é famoso por comprar livros mágicos originais por um preço caro, acho que cerca de três ou quatro vezes o preço normal? Então, às vezes as pessoas vêm de países estrangeiros.”

Enquanto o príncipe se preocupava com isso, o marquês se lembrou dos nomes das duas pessoas.

– “O jovem que comprou a mansão se chama Ted, e seu guarda-costas se chama Adolf. Esses são os nomes deles.”

– “Ted e Adolf…”

Era comum encontrar três ou quatro pessoas com os mesmos nomes das aldeias das partes norte e central do continente. Nesse caso, esses nomes provavelmente eram pseudônimos. Enquanto o Elsid olhava para a colina onde a mansão estava localizada, ele decidiu que era necessário visitá-la pelo menos uma vez.

Uma variável apareceu do nada, e não se sabia se era uma coisa boa ou não. Era algo que estava fora dos seus cálculos.


Kkiruruk-kirru kiruk-

Como sempre, as gaivotas gritavam no céu enquanto o vento carregava o cheiro do mar.

– “O tempo está bom hoje.” Theodore murmurou enquanto olhava para o livro grosso em sua mesa e fazia um carinho na Mitra, que estava agachada em um vaso de flores.

Um ano se passou desde que ele deixou o Arquipélago Pirata, e ele estava mais maduro do que antes. O rosto do Theo amadureceu cedo devido a várias dificuldades, e uma profundidade misteriosa era encontrada nos olhos claros do mago.

Mitra estava roncando enquanto dormia. [ Horororong… hororong… ]

Theodore sorriu por causa do ronco bonitinho e pensou em seus dias no Reino de Soldun.

Desde que o Theodore e o Randolph deixaram o Arquipélago Pirata, ninguém mais os perseguiu. Então, no ano que se passou, o Theodore e o Randolph se concentraram em melhorar suas habilidades. Randolph treinava sua Habilidade de Aura, enquanto o Theodore pesquisava como chegar ao próximo nível.

‘Meu progresso não é ruim, mas…’ Theodore olhou pela janela com uma expressão insatisfeita.

Ele ganhou muitas coisas durante esse período, mas ainda levaria mais tempo para alcançar a área alvo. Gula disse que meio ano seria o suficiente, mas era inevitável ele se sentir meio nervoso com o prazo se aproximando.

Atualmente, Theodore estava de frente para a barreira do 7º Círculo, a barreira de um mestre. Ele só precisava de mais um passo para escapar dos confins de um mortal. Era uma área transcendental que não podia ser superada facilmente, mesmo com o poder do Gula.

– “Eu tenho um ano e meio.”

Quase metade do prazo de três anos — que o Myrdal lhe deu na árvore do mundo — havia passado.

Claro, havia muito espaço sobrando devido a todos os livros originais que ele comeu. No entanto, a solução fundamental era o Theodore se tornar um mestre. Um mestre ia além dos limites de um “recipiente natural”, então não haveria necessidade de se preocupar com a sobrecarga do seu recipiente.

– “Hah…

No entanto, se fosse assim tão fácil, o continente estaria coberto de mestres.

Theodore suspirou e fechou os olhos, caindo em seu eu interior. Ele se concentrou nos círculos dentro do seu corpo. Um mago podia diagnosticar seu corpo, assim como um guerreiro podia fazer o mesmo com a aura. Os círculos logo apareceram diante do Theodore.

Como máquinas sofisticadas, os seis círculos giraram juntos. O sétimo círculo só tinha o contorno formado e não apresentava movimentos. Theodore simplesmente não conseguia descobrir o que estava faltando.

‘Uma oportunidade é necessária.’

Em última análise, ele precisava de uma oportunidade decisiva para superar essa estagnação.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar