The Book Eating Magician – Capítulo 175

Retorno à Torre Mágica #2

Foi bom imaginar que receberia as boas-vindas. No entanto, a partida do Theo foi estritamente confidencial, ele não era ingênuo o suficiente para esperar uma reunião com as outras pessoas observando. Não, era questionável se a Sylvia sabia das ações do Theodore.

Enquanto o Theodore estava cheio de tais dúvidas, Orta lhe entregou uma mensagem usando magia, [ Ela sabe. Ela é neta do Blundell, então pode descobrir facilmente se quiser. ]

‘De fato.’ Theodore concordou internamente.

Blundell era um mestre de torre, não outra pessoa qualquer. Então, era desnecessário dizer que a Sylvia podia descobrir as informações relacionadas ao Theodore. Claro, ele tinha certeza de que a Sylvia não vazaria as informações, mas poderia haver situações imprevisíveis. Portanto, Theodore não sabia ao certo como começar a história.

No entanto, Sylvia foi quem fez o primeiro movimento. – “Theo.”

– “S-Sim?” Talvez tenha sido porque o tom da voz dela estava diferente de um ano atrás, mas a resposta do Theodore ao chamado da Sylvia foi um pouquinho atrasada. Ao contrário de antes, agora a Sylvia tinha uma voz clara e ressonante.

Enquanto o Theodore ficava tenso sem motivos, Sylvia pegou os livros que tinham caído.

– “Parece que você terminou de resolver seus assuntos.” A voz dela estava mais calma do que ele esperava. Ela fez uma breve reverência ao Mestre da Torre Branca e segurou seus livros enquanto perguntava ao Theodore, – “Você está ocupado agora?”

– “…Sim, acho que ficarei ocupado até a noite.”

– “Entendo.” O tom dela era compreensivo. Sylvia sorriu e se dirigiu para os dois. Então, quando ela passou pelo Theodore, ela sussurrou, – “Eu ainda não estou totalmente preparada, então vejo você depois.”

Theodore se virou para ela pelas palavras estranhas, mas a Sylvia já estava subindo a escada em direção à Torre Azul. Ficava na direção oposta da Torre Vermelha, então seria embaraçoso perseguir alguém que já havia se despedido para perguntar o que ela queria dizer.

Com perguntas sem resposta, Theodore e Orta subiram as escadas que levavam à Torre Vermelha.

A reunião com seu professor, Vince Haidel, foi bem rápida.

Durante o ano em que o Theodore saiu, o quarto privado do Vince recebeu uma placa de identificação gravada com o símbolo de um “Primordial”. Theo ficou surpreso por um momento, mas não era difícil entender o porquê.

Graças à restauração da linguagem do antigo Império de Balcia e seu sistema mágico, não era estranho que seu professor se tornasse um Primordial.

– “Mestre!” Theodore abriu a porta com uma voz contente.

– “The— cof cof!” Vince cuspiu a xícara de café recém-preparada que ele acabou de colocar na boca. Foi um encontro entre um professor e um discípulo depois de um ano, e esse encontro tocante começou com café cobrindo o rosto do Theodore.

– “I-Isso… Theodore, você está bem?”

– “Sim, eu estou bem.”

Felizmente, Theodore não podia ser queimado pelo café quente, pois ele era resistente ao calor. Ele não tinha as habilidades físicas de um usuário de aura, mas o corpo de um mago era diferente dos corpos dos seres humanos normais de várias maneiras.

Claro, Vince se desculpou muito por jogar café em seu discípulo que ele não via há um ano.

– “Então, vamos começar a história.” Depois que a confusão diminuiu e o café foi preparado, Vince abriu a boca primeiro, – “Em primeiro lugar, bem-vindo de volta. Eu não vejo nenhum ferimento, mas e quanto ao problema que discutimos antes de você sair?”

– “Está bem acima das expectativas.”

– “Isso é bom.” Vince sorriu brilhantemente depois de ser tranquilizado. A notícia de que o Theodore tinha viajado era conhecida por algumas pessoas, mas apenas o Vince sabia que o Theodore tinha um prazo.

Orta inclinou a cabeça, mas ele não interferiu na história entre os dois.

Então a história das aventuras do Theodore começou.

O ataque durante a passagem da fronteira para Sipoto, a placa da companhia comercial, o leilão secreto de Sipoto, a suspeita de que a Companhia Orcus usava magia negra… Havia material suficiente para conversar o dia todo.

A princípio, o Mestre da Torre Branca ouviu com indiferença, mas depois ele se inclinou para ouvir mais de perto as palavras do Theo, fazendo comentários à medida que a história avançava.

– “Um cavaleiro da morte e um navio fantasma… Preciso aumentar o nível de perigo em dois estágios.”

– “O Arquipélago Pirata. Eu pensei que era apenas um grupo de piratas. Eu nunca imaginei que eles teriam um dragão do mar como suporte.”

– “O Reino de Soldun está fazendo uma grande jogada. Talvez haja uma guerra civil no leste deste continente…”

…Era o mesmo padrão. Havia algumas coisas menores, mas todos os eventos eram grandes demais para não se prestar atenção. Quando a história alcançou o pico onde o Hyde foi derrotado, os dois magos seniores esqueceram sua dignidade e aplaudiram.

– “Excelente! É apenas o meu julgamento, mas essas conquistas são suficientes para lhe dar a posição de marquês.” Vince comentou.

– “Você está me elogiando demais.” Theodore respondeu.

– “Não, é difícil discordar das palavras do Primordial Vince. Chegar ao 7º Círculo nessa idade e derrotar uma das Sete Espadas do império? Mesmo se você examinar toda a história de Meltor, será difícil encontrar outra pessoa como você.” Orta também elogiou o Theodore.

Theodore não tinha ideia do que fazer ouvindo os elogios dos dois magos.

Vince Haidel e Orta… Ambos eram pessoas que contribuíram para Meltor e praticaram magia por muito mais tempo que o Theodore. Ele não queria que eles ficassem descontentes com as rápidas conquistas de um júnior, mas ele não viu nenhum sinal disso em seus rostos.

Theodore abraçou os sentimentos de intensa alegria e admiração e sentiu seu coração bater mais rápido.

‘Eu conheci pessoas muito boas.’

Talvez esse sentimento de pertencimento fosse o verdadeiro poder de Meltor. Eles não monopolizavam o conhecimento, ensinavam seus companheiros magos e não tinham a mentalidade invejosa. Era como o paraíso em comparação com o Império de Andras, onde havia uma ordem estrita entre professor e discípulo.

– “Ah, isso me lembra, Mestre.” Naquele momento, uma pergunta sobre a Sylvia surgiu na mente do Theodore, que estava se sentindo melhor. – “Estou curioso sobre o que aconteceu na capital durante o ano em que estive fora. Por exemplo, Sylvia estava ciente de que eu saí…”

– “Hum.” Talvez esse fosse um assunto mais pesado do que o Theo pensou, enquanto o Vince resmungava antes de abrir a boca para falar, – “Certo, deixe-me explicar o que eu sei.”

A história que surgiu foi mais surpreendente do que o Theodore esperava. Sylvia descobriu sobre a partida do Theodore um tempo depois que ele partiu. Então ela ficou no quarto dela por uma semana. Uma semana depois, as mudanças dela começaram silenciosamente.

Sylvia lia livros o dia inteiro ou praticava nas salas de treinamento. Ela se tornou mais quieta, mas mais violenta do que nunca. Enquanto ela mergulhava na magia, ela nem se importava em machucar o seu corpo.

Não seria grande coisa para outra pessoa, mas a partida do Theodore causou mudanças na Sylvia. Ela tinha mais talento e aptidão do que os outros, mas cresceu sem conhecer o desespero.

Mesmo com o Theodore, ela tinha apenas o desejo infantil de competir com ele. No entanto, agora, Sylvia afastou sua percepção da magia desses desejos infantis.

– “Você já percebeu, não é?”

– “Sim, definitivamente.” Theodore assentiu enquanto recordava o choque daquele momento. – “Ela já concluiu o 6º Círculo.”

Sylvia tinha um talento chocante e assustador. Theodore sofreu bastante, mesmo usando o Gula. A “barreira”, que era difícil de superar mesmo com um talento superior, foi penetrada pela Sylvia depois de uma mudança de mentalidade.

No entanto, não era isso que o Vince estava tentando dizer. Ele olhou para o Theodore e declarou, – “Aquela garota quer seguir você.”

– “Hã? Eu?”

– “Sim. Assim como um pintinho que pensa na primeira pessoa que vê após nascer do ovo como mãe, você se tornou uma presença parecida para ela.”

Pela primeira vez na vida dela, ela conheceu um garoto que combinava com ela, e um com quem ela se aventurou. Era natural que o Theodore se tornasse uma grande existência para a Sylvia, que era como um pedaço de papel em branco.

No entanto, aquele garoto saiu e andou sozinho. A garota, que não estava acostumada a pedir ajuda a outras pessoas, encontrou sua própria resposta: por ser fraca, ela se tornou seu fardo. Portanto, Sylvia decidiu ficar mais forte. Ela se tornaria mais forte do que o garoto que a derrotou, ou pelo menos o suficiente para ficar lado a lado com ele.

Theodore não percebeu isso até ouvir essas palavras. Foi então que ele finalmente entendeu o que a Sylvia quis dizer com “estar preparada”.

Enquanto tomava seu café em estado de choque, Vince assentiu e o aconselhou, – “Eu não vou pedir que você a encontre imediatamente, mas você não deve esquecer disso.”

– “…Sim, eu manterei isso em mente.”

Theodore já tinha excluído “qualificações” e “idade” como desculpas. Ele esvaziou sua xícara enquanto mais uma vez percebia sua própria imaturidade que o teste do Seimei lhe mostrou. Podia ser a atmosfera, mas o sabor residual do café doce estava levemente amargo.


Depois de terminar sua história, Theodore foi convocado para o palácio real por volta das 21h. Talvez fosse porque a reunião da tarde demorou muito, ou talvez fosse para evitar os olhos dos outros.

Sem ousar adivinhar o motivo, Theodore passou pelo jardim central do palácio enquanto as estrelas brilhavam acima de sua cabeça. Ele caminhou por mais de cem passos além do jardim e chegou ao seu destino.

Era um lugar que ele visitou algumas vezes no passado. O guarda diante da porta reconheceu o Theodore e falou educadamente, – “É uma honra. Vá em frente e entre.”

Theodore devolveu levemente a saudação antes de respirar fundo e entrar. Em geral, os guardas abriam a porta enquanto chamavam o nome da pessoa que estava entrando, mas a natureza dessa reunião era um pouco diferente.

O guarda não precisava explicar como era diferente. Theodore percebeu assim que as portas se abriram.

O Mestre da Torre Azul, Blundell Adruncus…

O Mestre da Torre Branca, Orta…

O Ministro das Forças Armadas, Robert Oppenheimer…

E o Ministro dos Assuntos Internos, Jerome Violeta…

Além da Veronica, que estava ausente por algum motivo, os principais poderes do Reino de Meltor estavam sentados ao redor de uma mesa circular e olhando para ele. Claro, no centro havia um homem de olhos roxos sentado em um belo trono, Kurt III.

Quando a porta se fechou atrás dele, Theodore se curvou para o rei. – “Um Primordial da Torre Vermelha, Visconde Theodore Miller cumprimenta o Grande Sol de Meltor.”

– “Você pode parar de se curvar agora.”

– “Sim, Vossa Majestade.” Theodore se levantou e encontrou os olhos de um Kurt sorridente.

Então o Kurt III falou em um tom malicioso, – “Já faz algum tempo, herói que saiu de casa. Para onde você foi e o que aconteceu?”

– “Graças à preocupação de Vossa Majestade, eu voltei com segurança.”

– “É mesmo? Mas eu não acho que você tenha aproveitado uma viagem sem nenhum incidente. Se não se importar, conte sua história para as pessoas reunidas aqui.”

– “Sim, Vossa Majestade… Ah.” A expressão do Theodore mudou enquanto surgia algo em sua cabeça. – “Antes de começar a falar, tenho que me desculpar com Vossa Majestade.”

– “…Hoh? Por quê?” Kurt III perguntou com uma expressão confusa.

Theodore mostrou o pulso em branco e pediu desculpas, – “Durante uma batalha, eu perdi a pulseira que Vossa Majestade me emprestou. Por favor, perdoe-me por ter sido inadequado.”

– “Hã? Aquela pulseira resistente? Como você conseguiu fazer isso?”

– “Não teve como evitar. Eu estava lutando com uma das Sete Espadas do império.”

Apesar de seu tom despreocupado, a atmosfera da sala mudou imediatamente. Algumas pessoas na sala sabiam disso com antecedência, mas as pessoas que não sabiam ficaram chocadas. Para Meltor, uma batalha com seu maior inimigo, as Sete Espadas do império, não poderia terminar sem derramamento de sangue. Nesse caso, Theodore de pé neste lugar significava…

Enquanto todos estavam cheios de expectativas, Kurt III levantou a mão. – “Certo, comece a história nesse ponto. Independentemente de quando o incidente ocorreu, eu gostaria que você relatasse na ordem dos mais importantes.”

– “Eu seguirei as palavras de Vossa Majestade.” Theodore respondeu às expectativas, abrindo a boca e contando sua história, – “Foi logo depois que eu vi a devastação na Guilda de Informações…”

Era uma história que ele já havia contado para o Mestre da Torre Branca e o Vince, então ele foi capaz de tornar o contexto mais interessante. Às vezes furioso, às vezes calmo, a voz do jovem ressoou na sala.

Todas as pessoas mais importantes do Reino de Meltor ficaram em silêncio enquanto a história do herói era contada…

E ninguém foi capaz de abrir a boca até a história terminar.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar