The Book Eating Magician – Capítulo 211

Próxima Batalha #2

– “Irmãozão!”

De fato, a previsão do Theodore estava correta. Baek Dongil estava esperando por ele na torre central da Sociedade Mágica, responsável por todo o trabalho administrativo.

Embora o Baek Dongil parecesse um pouco mais maduro do que há alguns meses, ele ainda tinha o mesmo cabelo preto e olhos brilhantes. O brilho em seus olhos não era diferente daquele nas lembranças do Theodore.

Theodore cumprimentou o Baek Dongil com um sorriso, – “Já faz algum tempo, Dongil.”

– “Sim, Irmãozão! Você passou bem nesse meio tempo?”

Baek Dongil pareceu ter aprendido a etiqueta ocidental, como mostrado na maneira como ele cumprimentou o Theodore. Ele estava mais maduro do que antes. Sua cabeça alcançava os ombros do Theodore e havia alguns pelos em seu queixo. Estava evidente que esse garoto estava se tornando um jovem.

O encontro deles no Reino de Soldun parecia ter sido ontem, mas o tempo voava como uma flecha que nunca olhava para trás.

Além disso, Theodore olhou no interior do Baek Dongil. Depois de descartar o método dos três reinos, Baek Dongil dominou três círculos com o grande sistema mágico. Era um progresso notável, mesmo que o talento do Baek Dongil fosse excelente.

‘Este é um desenvolvimento tremendo em um curto período de tempo. Não é um nível que possa ser alcançado apenas com talento. Ele provavelmente dormiu o mínimo possível todos os dias.’

Seria melhor aprender como uma lousa em branco. No entanto, Baek Dongil começou usando o método errado, então obviamente seus estudos seriam duas vezes mais difíceis que os dos outros. Ele precisava entender a teoria mágica que era completamente separada do xamanismo.

Um grande mestre disse uma vez, É mais fácil ensinar um iniciante do que uma pessoa instruída.

Apesar de tais condições adversas, Baek Dongil foi além dessa dificuldade. Foi apenas um relacionamento curto, mas foi uma conquista gratificante para o Theodore, que o ensinou por um tempo.

– “Você melhorou muito. Eu pensei que levaria um ano, mas você já dominou três círculos?”

– “Ainda falta muito, Irmãozão.”

– “Não há falhas no idioma, exceto pela pronúncia, e você conseguiu chegar aqui em menos de meio ano. Muito bom.”

– “I-Irmãozão.” Baek Dongil ficou vermelho com o elogio direto. Ele nasceu em uma família de guerreiros de prestígio, mas não tinha talento e não conseguia aprender aura. Então, essa foi sua primeira vez sendo reconhecido e elogiado. Baek Dongil inclinou a cabeça para esconder os olhos molhados. Theodore entendeu seus sentimentos e se virou primeiro.

– “Você acabou de chegar, então não sabe o caminho, não é? Vamos para o meu quarto.”

– “…Sim, Irmãozão.”

– “Deixe-me ouvir sua história no caminho. Estou bem curioso para saber se o Mestre Baek está indo bem.”

– “Sim, eu farei isso.” Baek Dongil respondeu com uma voz alta enquanto enxugava as lágrimas secretamente com as mangas e depois seguia o Theodore. – “No mês passado, o Pai foi nomeado marquês pela família real de Soldun. Ele ia começar como conde, mas o príncipe herdeiro ajudou muito meu pai.”

– “De fato, ele recebeu a posição de marquês logo após a naturalização.”

Os nobres não podiam exercer grande poder em Meltor, mesmo se fossem marquês. No entanto, em outros países, um marquês tinha uma divisão de cavaleiros, tropas e vários territórios, lhes dando poder equivalente ao rei de um país pequeno. No máximo, um conde só podia liderar 1000 soldados. No entanto, um estrangeiro conseguiu subir para a posição de marquês.

‘Mas há poucos que terão a coragem de enfrentar um mestre. As reclamações continuarão se acumulando até explodirem…’

O príncipe que naturalizou o Baek Jongmyung seria responsabilizado por tudo isso. Theodore se lembrou do príncipe que conheceu. Qual seria o motivo para ele seguir com tal fardo político assim tão cedo?

‘Talvez…’ Uma possível especulação entrou na mente do Theodore.

Talvez o príncipe herdeiro Elsid estivesse no meio de uma guerra civil! Se fosse uma guerra civil, o uso das forças armadas seria o julgamento correto. A diferença de poder militar entre o que um conde e um marquês podia mobilizar era enorme.

Fraqueza política? Isso era irrelevante. Uma vez iniciada a guerra civil, a política cairia no esquecimento e o vencedor decidira o certo e o errado.

‘Então, o fato do Dongil ter sido enviado para Meltor neste momento… Provavelmente é para protegê-lo até o final da guerra civil. Eu não sei se foi ideia do Mestre Baek ou do príncipe, mas foi uma boa ideia.’

Mesmo se todo o Continente Central estivesse em desacordo, o norte não seria afetado. Não havia país cuja lâmina pudesse alcançar o Baek Dongil aqui, no centro de Mana-vil. Qualquer ato hostil contra o Baek Dongil seria uma declaração contra o Theodore Miller, que era considerado um herói.

A promessa do passado se tornou o escudo do Baek Dongil.

‘Bem, a parte envolvida não parece saber disso.’

Theodore não conseguiu encontrar nenhum sinal disso no rosto do Baek Dongil, que ainda estava fungando. Além disso, não era fácil enganar o Theodore, cujos sentidos se tornaram mais aguçados desde o florescimento da Mitra.

Enquanto caminhavam pelo corredor, Theodore se perguntou como ele deveria tratar o Baek Dongil. Ele chegou a uma conclusão mais facilmente do que pensava.

– “Dongil.”

– “Sim, Irmãozão.”

– “Você não precisa me dar uma resposta definitiva, mas… você quer se tornar um discípulo do meu mestre?”

– “…Hã?” Baek Dongil pareceu surpreso.

Enquanto isso, Theodore pensou sobre sua decisão.

Ele não tinha tempo para ensinar, então isso foi descartado diretamente. Além disso, agora ele era o capitão da Quattro e não tinha tempo para se encarregar de um discípulo. Acima de tudo, Theodore não tinha o dom de ensinar. Podia ser devido ao hábito de estudar sozinho na biblioteca da academia, ou talvez porque sua mente era muito boa.

‘Eu não sei como fazer as outras pessoas entenderem algo.’

Era uma história de antes de ele conhecer o Gula. Os professores o ignoraram devido à sua baixa sensibilidade de mana e os alunos odiavam até estudar com ele. Ele precisava pensar e perceber as coisas sozinho. Assim, as habilidades de pensamento do Theodore se desenvolveram de maneira anormal.

Theodore conseguia encontrar respostas para suas próprias perguntas, mas não conseguia simpatizar com as perguntas que os outros tinham. Portanto, Theodore pensou em pedir ao seu mestre, Vince Haidel, para desempenhar o papel de mentor.

Vince não tinha ideia do pedido que logo receberia, mas ele aceitaria com entusiasmo. Um aluno com o talento e a sinceridade do Theodore era algo que qualquer mago desejaria. No entanto, os olhos de Baek Dongil ficaram vermelhos enquanto ele respondia, – “Eu me tornarei um discípulo do mestre do Irmãozão?”

– “Se você não quiser, eu posso sugerir outras—”

– “N-Não! Não precisa! Eu me tornarei um colega de classe seu, não importa o quê!”

– “S-Sim. Então eu direi a ele.” Theodore deu um passo atrás pela reação entusiasmada.

No entanto, Baek Dongil apenas sorriu para ele. – “Eu me tornarei um mago que não envergonhará a nossa facção!”

– “H-Hum… magos não possuem o conceito de facção…”

– “Ah, e Irmãozão. O Pai me disse para lhe entregar esta carta.”

– “Carta?”

Baek Dongil assentiu e pegou um envelope. Era luxuoso. O “Baek” carimbado no envelope provavelmente era um selo. Theodore recebeu o envelope com uma expressão confusa e retirou a carta cuidadosamente.

Depois de um tempo, o rosto do Theodore ficou tenso.


Em outro lugar, as pessoas influentes do palácio estavam reunidas para uma reunião.

O tema da reunião era “medidas e justificativas para intervir na guerra civil de Soldun”.

Não era o Reino de Kargas, mas sim o Reino de Soldun, que estava mais próximo do sul do que do norte. Para despachar tropas de Meltor para Soldun, levaria um mês por terra. Mesmo com o apoio da Torre Branca, levaria mais de duas semanas.

No entanto, era uma invasão não autorizada.

– “Melhor despachar um mensageiro secretamente!” A pessoa que insistiu nisso foi o Robert, o ministro das Forças Armadas. – “Envie um agente da Torre Branca— não, o Mestre da Torre deve se mover diretamente para entrar em contato secretamente com o príncipe. Se os nobres se uniram com o Reino de Lairon, o príncipe Elsid estará disposto a aceitar nosso apoio!”

– “Não, essa conclusão é muito precipitada.” Por outro lado, o ministro das Relações Exteriores refutou essa ideia. – “Nós sabemos que a inteligência da Torre Branca é credível, mas no caso de Soldun, existe a possibilidade de criar o mal-entendido de interferência estrangeira. Nós devemos esperar que o Reino de Lairon ou as Sombras de Andras tomem alguma ação.”

Robert bateu no peito e gritou como se o ministro das Relações Exteriores estivesse sendo ridículo, – “Então será tarde demais! Você não sabe o quão perigoso é chegar atrasado a um campo de batalha!”

– “Ministro! Você não pode ignorar o departamento de relações exteriores!”

– “Você está sendo ridículo! Estamos falando da guerra civil de Soldun!”

Kurt estava apenas observando, em vez de participar do debate. Era fatal se atrasar para uma guerra, mas o ministro das Relações Exteriores estava certo de que eles não deveriam ser apressados. Ambos os lados tinham razão, por isso era difícil escolher um.

Enquanto pressionava a mão na têmpora, Kurt continuou pensando, ‘É complicado. Os nobres de Soldun já entraram em contato com o governo de Lairon e montaram uma estrada sombria. Quanto mais tempo adiarmos o contato com o príncipe herdeiro, mais prejudicial se tornará e nossas chances cairão para menos de 2%.’

O príncipe pode ter trazido um mestre da espada do Oriente, mas as forças especiais de Lairon não seriam pequenas. A situação não podia ser revertida com apenas um mestre da espada.

Elsid perderia. Ainda assim, o príncipe não estava ciente disso, e Andras certamente faria de tudo para impedir que Meltor entrasse em contato com ele. Suas mãos e pés seriam amarrados.

‘Droga, esta é uma situação realmente irritante.’

Era possível enviar o Mestre da Torre Branca para se infiltrar, mas o Império de Andras provavelmente enviaria as Sete Espadas do império para bloquear a infiltração. Inevitavelmente haveria uma batalha em larga escala e maior vigilância contra as potências do norte.

Andras era um amigo próximo do Reino de Lairon, então eles não tinham nada a perder. No entanto, Meltor sofreria uma grande perda por nada.

Foi nesse momento que…

– “O Capitão da Quattro, Theodore Miller, chegou!” As vozes dos guardas na entrada soaram de repente, fazendo todos ficarem em silêncio. Agora o valor do nome do Theodore era muito maior.

Veronica piscou de onde estava protegendo o trono e se virou para os outros mestres de torre.

A túnica vermelha do Theodore se agitou suavemente enquanto ele entrava e dizia, – “Vossa Majestade, eu vim porque preciso falar com você com urgência.”

– “Com urgência?”

Theodore tinha a mesma autoridade de um mestre de torre, então ele podia pular as formalidades se houvesse uma situação urgente. No entanto, esse direito era apenas um ato cerimonial, e o Kurt não esperava que o Theodore o usasse. O que era tão urgente para fazer com que um estudante modelo ignorasse as formalidades?

No entanto, a atmosfera aquecida da sala esfriou imediatamente com as palavras de Theodore, – “Hoje, um convidado veio me encontrar e eu recebi uma carta dele para entregar para Vossa Majestade.”

– “Uma carta?”

– “Sim, o remetente é…” Theodore parou por um instante antes de jogar uma bomba sobre todos. – “O Príncipe Herdeiro Elsid do Reino de Soldun.”

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar