The Book Eating Magician – Capítulo 219

Guerra Total #3

‘A maneira mais rápida de acabar com a guerra civil é assassinando o Duque Cornwall.’

Assim como o centro da facção real era o Príncipe Elsid, o centro da facção dos nobres era o Duque Cornwall. Ele também era o responsável pelas negociações com Lairon e aquele que tinha um relacionamento com o Fergana.

Em outras palavras, tudo acabaria se o Duque Cornwall morresse. Além disso, não havia outros nobres que pudessem tomar o assento do rei, considerando que eles seriam despedaçados pelas lutas internas. O problema era se seria possível assassinar o Cornwall.

– “Será difícil. Eu precisarei escolher a magia correta.” Theodore estalou a língua e murmurou.

Havia cerca de cem cavaleiros e 30 magos do 4º Círculo nas proximidades do homem idoso que parecia ser o duque. Além disso, o homem da armadura prateada provavelmente era um cruzado.

Para lidar com essa situação, ele precisaria de um feitiço como Abraxas. No entanto, o processo não passaria despercebido devido à quantidade enorme de poder mágico que seria gerado.

Acima de tudo, o poder do cruzado era desconhecido.

Como resultado da observação através dos olhos do Hugin, Theodore descobriu que o cruzado se chamava Ruben. Havia uma espada longa em sua cintura e um escudo impressionante em suas costas. Era difícil para alguém encontrar armas adequadas depois de atingir o nível de um mestre.

Era porque a maioria das armas não suportavam o poder destrutivo de um mestre, a menos que fossem de classe lendária.

Eles batiam sem receber dano…

E cortavam sem serem cortados.

Para isso, era mais útil que os mestres se movessem com rapidez e flexibilidade, em vez de usar uma armadura grossa e um escudo. Escudos de aura de classe baixa deixaram de existir em Andras.

‘Talvez essa seja a diferença entre um cruzado e um mestre da espada…?’

A diferença entre os dois estilos — um mestre da espada que usava apenas a Habilidade de Aura e o cruzado que usava poder divino — podia ser maior do que ele pensava. Theodore não sabia se seu palpite estava correto e continuou observando o Ruben.

Foi a primeira vez que ele viu um cruzado, e a presença do cruzado era diferente da ferocidade da aura e da grandeza da magia. Seria algo como “languidez”? O cruzado parecia alcançável, mas ao mesmo tempo inalcançável, como se estivesse próximo e distante. De certa forma, essa podia ser a essência de um “deus”.

Theodore sentiu um anseio da Dmitra e do Aiolos dentro dele.

– “Hum, o cruzado…” Theodore murmurou quando ouviu uma voz.

– Um cruzado, onde?! Gula acordou e exclamou. – Não é possível que uma nova divindade nasça após o colapso do Panteão, então como um cruzado ainda poderia existir?

– “Panteão? O que é isso?”

– O berço dos deuses. É um templo fixo para os deuses que se tornaram muito próximos dos humanos. Eu ouvi dizer que foi destruído no final da Era da Mitologia… O Gula frustrado falou palavras incoerentes ao Theodore.

A existência de um “cruzado” era inesperada de várias maneiras, mas o Theodore podia sentir uma conexão com a consciência do Gula. No entanto, essa consciência instável não durou muito e o motivo logo se tornou conhecido.

– …O quê? Portador, você está dizendo que aquele “meio lixo” ali é um cruzado?

Se a pessoa envolvida tivesse ouvido, ficaria furiosa com o insulto.

– “Meio lixo?”

– Não, erro meu. Eu falei demais. Gula relaxou e escolheu as palavras com cuidado. – Eu quis dizer que aquele “meio homem” é um lixo. Se ele visse um cruzado “real”, cometeria suicídio de vergonha.

– “Espere, então aquele homem chamado Ruben é uma farsa?”

– É claro. Um verdadeiro cruzado é um agente dos deuses, um super-humano que é um semideus.

Desta vez, foi o Theodore quem parou de respirar. Um semideus era como o Paracelsus, que foi um grão-mestre durante a Era da Mitologia. Os semideuses eram transcendentais que podiam esmagar uma montanha com um só golpe e virar o céu de ponta-cabeça.

Se o Gula estivesse certo, não apenas o Ruben, mas todos os cruzados seriam farsas. Se eles possuíssem um número tão grande de transcendentais, todo o continente já teria sido unificado pelo Reino de Lairon.

Ao pensar nisso, Theodore percebeu, ‘Não, a autenticidade do cruzado não importa no momento.’

Era certo que um cruzado podia exercer o poder de um mestre, independentemente de serem genuínos ou falsos. No momento, Theodore precisava pensar em como ele poderia liderar este campo de batalha em favor da facção real.

– “Devo esperar a batalha começar antes de emboscar por trás?”

Não era uma tática ruim. Um mago do 7º Círculo sozinho tinha o poder para derrubar um exército. Sem falar que aquele exército não estava familiarizado com formas de se enfrentar um mago mestre. No entanto, Theodore balançou a cabeça e rejeitou a ideia. Foi graças à experiência do Alfred Bellontes que permaneceu em sua cabeça.

– “O poder militar é grande demais para mim sozinho. É difícil seguir com um ataque dentro da propriedade, e o duque provavelmente estará cercado mesmo na retaguarda… Não dará certo.”

Além disso, seus sentidos estavam avisando que havia outro perigo além do cruzado. Theodore ainda não percebeu o motivo, mas seus instintos inconscientemente o filtraram. Ele passou pelo procedimento padrão, pensando em como derrotar o máximo de pessoas possível e como mitigar o máximo de dano possível…

Então, naquele momento…

– “…Hã?” Uma curta pergunta surgiu da boca do Theodore enquanto ele observava os dois campos. Uma pessoa familiar pulou das paredes da Propriedade Atron no momento em que o cruzado saiu do lado do Duque Cornwall.

– “Um confronto individual nesta situação?”

Baek Jongmyung e Ruben, um mestre da espada e um cruzado… Os mestres dos dois campos se encontraram exatamente no ponto médio. No começo, ele não conseguia entender a situação, mas o Theodore logo percebeu os pensamentos dos dois comandantes.

‘O príncipe está com um exército limitado, então ele não quer desperdiçar suas tropas. Enquanto isso, o duque não quer perder tempo.’

Se o cruzado vencesse, o Duque Cornwall não precisaria mais lutar e venceria a guerra. Além disso, havia uma diferença no número de mestres. Mesmo se o cruzado perdesse, o Duque Cornwall tinha o Marquês Fergana, então ele ainda estaria equilibrado com o Príncipe Elsid.

– “Essa pode ser uma boa chance para mim.”

Enquanto o confronto entre os dois mestres ficava mais violento, Theodore se afastou de seu lugar. Ele precisava mudar de posição para implementar seu método previsto.

…Como ele poderia deixar o pai de seu colega discípulo morrer?


Baek Jongmyung, agora Marquês Atron, parecia um pouco diferente de antes. Ele usava um peitoral de um material semelhante ao mithril, bem como todos os tipos de artefatos para melhorar seu corpo. Baek Jongmyung não gostava de aparecer, mas sabia que não podia lutar “desarmado”.

Então, Baek Jongmyung puxou sua espada com um leve suspiro.

– “Eu não gosto de competir em um lugar como este… mas vou duelar de acordo com a vontade do meu mestre.” Baek Jongmyung cumprimentou seu oponente primeiro, – “Prazer em conhecê-lo, guardião religioso estrangeiro. Na minha cidade natal, havia pessoas como você que defendiam as doutrinas de Deus.”

– “O quê?” Ruben proferiu.

Foi falado sem nenhuma malícia, mas atiçou o fanatismo de Lairon. Eles não admitiam a existência de nenhum deus além de Lairon. As pessoas que não cumpriam a vontade de Lairon eram julgadas. Era uma blasfêmia que um herege do Oriente, uma terra de selvagens não registrados no templo, ousasse se referir a um “Deus”.

A expressão do Ruben ficou séria. – “Herege da terra dos bárbaros… Você se atreve a mencionar a existência de Deus com essa boca imunda? Um infiel ousa falar tais bobagens comigo, Ruben? Eu te despedaçarei mil vezes!”

Woong, woong, woong, woong!

Devido à sua fúria, poder se elevou de seu corpo como vapor. O poder branco era diferente da aura ou magia. Era o poder de um deus que há muito desapareceu do mundo material. O poder se tornou uma névoa dourada que tingiu a armadura, espada e escudo do Ruben. Era realmente uma visão fantástica.

– “Primeiro, eu cortarei essa língua!” Os olhos do Ruben ficaram vermelhos.

– “…Hum, ele é insano.” Enquanto ele observava o Ruben raivoso, Baek Jongmyung estalou a língua. Ele não sabia que erro cometeu, mas o Ruben não parecia estar em um estado normal. Era parecido com o estado demoníaco da loucura, que às vezes aparecia nas artes marciais orientais.

Kakiing! Baek Jongmyung começou a usar sua Espada Suave.

– “Pague com sua vida, herege!” Simultaneamente, Ruben pulou para frente.

Hwaaak!

As correntes de ar explodiram e uma onda de choque ocorreu, causando a dispersão do solo no chão.

O princípio por trás dessa habilidade era desconhecido, mas o Ruben iniciou uma aceleração divina com apenas um único passo. Sua velocidade era mais rápida que a de uma flecha e era mais próxima da de um raio, fazendo a armadura dourada parecer um cometa.

Sua investida continha poder destrutivo suficiente para esmagar um portão! Em resposta, Baek Jongmyung ficou parado enquanto levantava a espada. Ele apontou a ponta da espada na direção do Ruben, como se estivesse respondendo a um confronto frontal. Ele fechou os olhos e murmurou, – “Estilo Perfurador de Lua.”

Uma aura prateada se reuniu como o luar em um ponto e então…

Chaaeng! Um som metálico soou.

– “Ugh?”

– “Cof cof.

Duas pessoas emitiram um som quase ao mesmo tempo. Ruben, que efetuou a aceleração misteriosa, também recebeu um choque correspondente da espada do Baek Jongmyung. Provavelmente foi uma coincidência, mas os dois incidentes coincidiram.

Eles não foram capazes de superar a defesa um do outro?

Ruben era alguém que destruía muros fortificados de uma fortaleza com um único ataque, enquanto o Baek Jongmyung era alguém que matava seus inimigos com um único golpe. Ambos ficaram em choque por terem seus ataques bloqueados porque estavam confiantes em suas próprias forças.

Baek Jongmyung lutou contra vários mestres em sua cidade natal, então ele se recuperou do choque primeiro.

‘Se ele bloqueou meu primeiro golpe, que tal isso?’

Houve uma chuva de energias de espada. Assim que a espada tremeu, um confronto prateado entre os dois mestres começou.

Pipipipiping!

Havia barras horizontais e verticais.

36 golpes perfuraram com a precisão de uma linha passando pelo buraco de uma agulha. A técnica foi mais poderosa do quando ele usou contra o Theodore no passado. Quando ele ativava sua Habilidade de Aura, essas perfurações eram quase invencíveis.

Elas estavam mais rápidas e afiadas do que antes. A técnica de espada assustadora continha a essência da Família Baek. Parecia que o Ruben seria transformado em uma colmeia. No entanto, em vez de mostrar um sorriso triunfante, a expressão do Baek Jongmyung era sombria.

‘…Por quê?’

Apesar de atacar incansavelmente, foi ele quem recuou.

Era como ele disse.

Ruben avançou um passo de cada vez enquanto enfrentava a chuva mortal, e o Baek Jongmyung teve que recuar. Devido à natureza de sua Espada Suave, era necessário que ele assegurasse uma certa distância do Ruben.

Kaaang!

Mais uma vez, as perfurações do Baek Jongmyung foram bloqueadas pelo escudo dourado do Ruben. Eram perfurações que continham o poder de um mestre, mas não puderam perfurar o metal. As sobrancelhas do Baek Jongmyung se contraíram enquanto ele era forçado a ficar na defensiva.

‘Aquele escudo é um problema!’ Ele podia perceber com seus olhos perspicazes.

Baek Jongmyung foi capaz de dizer com um olhar que todo o equipamento do Ruben era incomum. O equipamento devia fazer parte do corpo do Ruben. Caso contrário, não seria capaz de defender contra sua Habilidade de Aura.

– “…!”

Podia ser uma coincidência ou uma armadilha… mas o escudo que defendia o corpo inteiro do Ruben foi momentaneamente empurrado para o lado em alguns centímetros. A abertura era de apenas alguns dedos e não podia realmente ser chamada de abertura, mas era uma boa presa para o Baek Jongmyung.

Baek Jongmyung ficou perturbado por um momento. Ele se perguntou se deveria tirar proveito dessa abertura e se isso o faria ganhar ou perder.

‘Eu consigo.’

Ele sentiu uma ansiedade instintiva e uma confiança que foi acumulada ao longo das décadas. No final, a confiança venceu. Baek Jongmyung respirou fundo e juntou impulso para um golpe mortal.

Piii-ik. O som atravessou o ar. A uma velocidade que não era visível nem pelos olhos de um mestre, um único fio de prata atingiu a abertura entre o escudo dourado e a espada longa do Ruben. Foi um golpe que ele treinou por meio século.

Baek Jongmyung pensou reflexivamente sobre sua vitória, considerando a precisão de seu ataque. Então a espada do Ruben brilhou em dourado pouco depois.

*Clarão*

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar