The Book Eating Magician – Capítulo 254

Montanhas de Baekun #3

A atmosfera da batalha anterior desapareceu enquanto os dois espíritos agarravam as mãos do Theodore simultaneamente. Cada um deles pesava mais de 100 quilos, então a força de seus punhos não era brincadeira. Não estava em um nível que pudesse ser suportado.

Em vez de recuar, Theodore alternou o olhar entre os dois espíritos. Então ele exigiu uma explicação, – “Expliquem o que aconteceu. Eu não posso responder ao pedido de ajuda se não souber do que se trata.”

Com base na maneira como os espíritos da montanha olhavam para a Mitra, parecia ser algo relacionado a um espírito da terra, mas parecia muito complicado para adivinhar.

Por que os dois espíritos chefes das Montanhas de Baekun inclinaram a cabeça sem hesitar? Talvez eles estivessem enganados ou talvez a Mitra realmente tivesse uma pista para resolver esse incidente.

O meio humano, meio urso piscou e largou a mão esquerda do Theodore. Parecia que o Urso Branco agiu rudemente porque não estava ciente das cortesias do mundo humano. – “Hum, me desculpe. Minha mente está acelerada porque a situação é urgente. Eu ainda nem me apresentei. Por favor, seja tolerante comigo. Eu sou o Urso Branco, o chefe da floresta branca.”

– “Eu sou o Theodore Miller, que veio aqui a pedido da Seol. Se a pronúncia for difícil, você pode me chamar de Theo, pronunciando Tae-oh.”

Enquanto os dois estavam trocando cumprimentos, o Rei Tigre continuou segurando a mão direita do Theodore e interrompeu, – “Theo como Tae-oh, que significa Preguiça? Pode significar algo diferente em outro lugar, mas esse nome não é muito adequado para você. Eu prefiro pronunciar como Tao-oh, que significa Grande Corvo.”

– “Bem, eu não odeio corvos.” Theodore assentiu com um sorriso.

Os habitantes do Oriente frequentemente tratavam os corvos como um mau presságio. No entanto, no Ocidente, especialmente para os magos, os corvos eram sinônimo de ave sábia. Diziam que havia um deus antigo que tinha dois corvos que se sentavam em seus ombros e observavam o mundo… Além disso, Theodore também tinha um contrato com um corvo chamado Hugin.

Quatro pessoas — mais exatamente, duas pessoas e duas bestas — começaram a se mover dentro do cânion. Foi para ver uma das duas árvores sagradas, a que pertencia ao Rei Tigre.

– “Macho— não, Theo. Você fez um contrato com a Divindade da Montanha?”

– “Divindade da Terra, Rei Tigre.”

– “Cale a boca, Urso. De qualquer forma, foi isso mesmo?”

Theodore ignorou os dois espíritos brigando e acariciou a Mitra, que estava em seu ombro. Então ele perguntou a ambos os espíritos, – “Certo, por que vocês acham que ela é uma divindade da montanha ou da terra?”

– “Eu conheci uma no passado. É um pouco diferente, mas eu nunca esquecerei aquela presença estranha.” O Rei Tigre respondeu casualmente e olhou para ele. Ela era mais alta do que o Theodore, então naturalmente ela teve que abaixar o olhar. Talvez ela estivesse olhando para o topo da cabeça da Mitra?

No entanto, ela não se atreveu a estender a mão e falou com um pouco de admiração, – “Já se passaram mais de 500 anos, mas foi ele que trouxe as árvores sagradas para as Montanhas de Baekun. Foi ele que me transformou em um espírito inteligente quando eu era apenas uma besta normal.”

– “Aconteceu o mesmo com este corpo.” O Urso Branco adicionou.

Raros sentimentos humanos de nostalgia emergiram nas expressões dos dois espíritos.

O Rei Tigre e o Urso Branco não nasceram espíritos. Eles eram bestas que nasceram como animais e conseguiram se tornar espíritos depois de acumular muito carma.

A probabilidade de isso acontecer era de uma em mil— não, talvez de uma em um milhão.

As Montanhas de Baekun eram uma área especial, mas só isso não afetaria tão drasticamente os animais da área. Havia outro motivo além da energia das Montanhas de Baekun.

– “Agora restam duas árvores sagradas, portanto, elas são indispensáveis em nossas vidas.” O Urso Branco disse em voz baixa enquanto dava um passo à frente. – “A veia de dragão está concentrada perto das árvores sagradas, maximizando nossa vitalidade. Plantas raras crescem como ervas daninhas, e as crianças que as consumirem todos os dias se tornarão espíritos em uma década. Mas agora uma das árvores sagradas está piorando. As crianças que ainda não se tornaram espíritos voltarão a ser bestas comuns.”

– “Apenas uma árvore sagrada não é suficiente?”

– “Não, não é suficiente.”

De fato, Theodore se convenceu pela explicação. Por que o Rei Tigre e o Urso Branco brigaram por causa de uma árvore sagrada? Eles fizeram isso considerando o que era o melhor para os espíritos que lideravam. Apesar da discussão, o relacionamento entre eles não era ruim. O equilíbrio foi mantido porque a personalidade livre do Rei Tigre e a personalidade madura do Urso Branco eram totalmente opostas.

Pouco depois, eles chegaram em frente à árvore sagrada.

– “Ohh…” Apesar da Lee Seol ter visto a árvore algumas vezes no passado, ela não pôde deixar de fazer um som de admiração junto com o Theodore. O topo da árvore nem podia ser visto. Ela tinha aproximadamente pouco mais de 100 metros de altura. Não podia ser comparada à árvore do mundo de Elvenheim, mas esta árvore foi cultivada a partir de uma veia de dragão. A árvore sagrada era grande e linda.

‘Mas definitivamente algo está acontecendo. As bordas das folhas estão desbotadas. Apesar do mana denso… os movimentos são surpreendentemente fracos.’ Theodore diagnosticou a condição com um olhar e ficou preocupado. Como ele poderia melhorar isso com o poder da Mitra?

Era algo que o Theodore nunca tentou antes. Um animal podia ser curado. Ele podia cortar o caule doente de uma planta. No entanto, não se sabia se ele podia revitalizar uma árvore como esta. Mesmo assim, os olhares dos dois espíritos perfuraram a consciência do Theodore.

– “Então? Acha que consegue?”

– “Diga-me o que for preciso. Eu seguirei suas palavras.”

Theodore suspirou e deu um pequeno passo à frente. – “Tudo bem se eu tocar na árvore sagrada por um momento? Esta é a primeira vez que eu encontro uma situação como esta.”

O Rei Tigre e o Urso Branco assentiram com facilidade. De qualquer forma, a árvore sagrada morreria se eles a abandonassem. Eles certamente poderiam tolerar que alguém a tocasse por um momento. Havia uma sensação profunda de confiança dos dois espíritos em relação a Mitra.

– “…Então, eu vou começar.” Theodore estendeu as duas mãos sem hesitar e tocou a superfície áspera da madeira. Era um comportamento razoável, sem muito significado aparente.

‘Mitra.’

[ Sim! Eu farei como pediu! ]

Simultaneamente, uma luz verde foi emitida pelo broto da Mitra. Após ingerir a semente da árvore do mundo, ela manifestou a habilidade de formar um consenso com as plantas.

Theodore usava isso como uma espécie de clarividência, mas à medida que a Mitra estava crescendo, ele percebeu que estava enganado sobre seus usos. A clarividência apenas pegava emprestado a visão da vegetação distante. No entanto, agora ela podia exercer seu poder verdadeiro.

Pouco depois disso, a consciência do Theodore foi puxada para outro lugar.


– “Eh!” Quanto tempo havia se passado? Theodore subitamente deu um passo para trás e abriu os olhos.

Isso fez com que a Lee Seol gritasse de surpresa, – “Theo! O que está acontecendo?”

– “…Seol.” Theodore respirou fundo repetidamente e se lembrou do que tinha visto.

Seria porque as estruturas dos humanos e das plantas eram muito diferentes?

Foram apenas alguns segundos de contato, mas o Theodore não foi capaz de acompanhar a enorme quantidade de informações e sua consciência foi cortada. Seu cérebro poderia ter sido frito se a Mitra não tivesse agido como uma ponte entre eles. Ele refletiu sobre isso e organizou ordenadamente as informações que recebeu.

‘Um redemoinho enorme… e a ramificação que se estende do centro é provavelmente o fluxo da veia de dragão das Montanhas de Baekun.’

As imagens, que estavam gravadas em sua mente, eram vívidas. Era como se o poder básico, a fonte de mana daquele lugar, estivesse girando completamente pelas Montanhas as Baekun. Entre o redemoinho de poder, o maior fluxo era dividido em duas ramificações.

Uma ramificação fluía para a floresta oeste onde o Urso Branco vivia, enquanto a outra fluía para aquela árvore sagrada. Havia vestígios de outras ramificações além destas duas, mas eram tão antigas que a energia devia ter se esgotado ou secado.

No entanto, essa não era a única coisa que a árvore sagrada queria compartilhar. Theodore contemplou a causa do problema que havia fluído para dentro de sua consciência. Se ele não tivesse uma boa inteligência, o cérebro do Theodore estaria superaquecido. Afinal, a mentalidade de uma planta era muito diferente da humana.

– “Eu gostaria de dizer algo primeiro.” Theodore mal acalmou sua confusão e falou com os dois espíritos. Então ele revelou notícias chocantes, – “A vida da árvore sagrada ainda não terminou.”

– “…O quê?”

– “O quê?!”

Os olhos do Rei Tigre se arregalaram, enquanto o Urso Branco gritou alto. Curiosamente, essas reações foram o oposto do comportamento habitual deles. Isso mostrava que ele havia atraído a atenção dos dois espíritos.

Theodore olhou para a Mitra agarrado ao seu pescoço como uma cigarra, então respirou fundo e explicou, – “A árvore sagrada não é uma árvore que poderia originalmente ter crescido até este tamanho. Como você disse, ela cresceu devido à força da veia de dragão. Então, o que acontecerá se o fornecimento de energia da veia de dragão diminuir?”

– “…Ela enfraquecerá gradualmente.”

– “Isso mesmo. Esse é o problema principal.”

O fluxo da veia de dragão diminuiu, enfraquecendo a árvore sagrada. Mas se fosse só isso, o Theodore não estaria tão preocupado. Era comum a veia de dragão perder um pouco de poder com o passar do tempo, mas não era nada que as Montanhas de Baekun não pudessem suportar. As Montanhas de Baekun ainda poderiam florescer pelos próximos séculos.

Porém, algo estava atrapalhando esse fluxo. O fluxo que seguia para a árvore do Urso Branco não foi afetado, mas o fluxo em direção à árvore sagrada do Rei Tigre foi cortado em algum lugar. Para resumir brevemente…

– “Então, se pudermos restaurar essa área quebrada da veia de dragão, a árvore sagrada irá reviver depois de algum tempo?”

– “Sim, isso mesmo.”

Parecia uma solução simples, mas eles perceberam que não era o caso quando olharam para o Theodore.

Uma ramificação da veia de dragão não seria cortada mesmo se fosse atingida por um raio, portanto, não tinha como essa interrupção ter sido causada naturalmente. No mínimo, um grande terremoto ou erupção de vulcão seria necessária para que uma ramificação fosse interrompida de forma natural. E se algo do tipo tivesse acontecido, tanto o Rei Tigre quanto o Urso Branco já teriam descoberto o problema.

Em outras palavras, esse não era o caso.

– “…Significa que alguém quebrou esta ramificação da veia de dragão.” O Urso Branco murmurou.

Theodore assentiu. – “Agora há pouco, eu me aproximei da veia de dragão através da conexão com a árvore sagrada. Eu pensei que poderia descobrir quando o fluxo foi interrompido.”

– “Você descobriu alguma coisa?”

– “A situação está muito ruim? Sua consciência foi cortada como se alguém tivesse interrompido. Foi uma surpresa.”

Às vezes, um impacto mental podia ser maior do que um dano físico. Theodore já havia treinado sua mente ao extremo, enquanto a maioria das pessoas teria desmaiado com isso. Ele teve sorte de ficar sem efeitos colaterais.

Uma pessoa que podia interferir com um mestre… Significava que o inimigo também devia estar no nível de um mestre. Theodore presumiu a habilidade do oponente com aquele contato e se convenceu imediatamente.

‘Ao converter para o ranking dos magos, o oponente é pelo menos um xamã do 7º Círculo.’

A magia que ele aprendeu com o Seimei era definitivamente magia envolvendo feng shui. Significava que o oponente devia ser um grande xamã que podia controlar a ascensão e a queda do mana e até mesmo afetar o fluxo da veia de dragão. Um xamã que pudesse fazer essas coisas certamente não seria um oponente fácil.

Além do Seimei, que o Theodore encontrou pelo poder do Gula, Theodore nunca encontrou outro grande xamã! No entanto, agora ele tinha que estar totalmente preparado para lidar com um.

– “Seol.”

– “Ah, sim! Theo!”

Ter um não-combatente com ele era uma fraqueza fatal. Lee Seol era excelente, mas ela ainda era jovem e não havia atingido o nível de um mestre. Levaria décadas para ela participar de uma luta de nível mestre.

Portanto, Theodore decidiu calmamente o que fazer com ela.

– “Volte agora. É provável que aconteça algo fora das suas habilidades atuais.”

Veio mais cedo do que ele pensava, mas agora era hora de dizer adeus a Lee Seol.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar