The Book Eating Magician – Capítulo 288

O Imperador Se Move #3

Os magos, liderados pelo Blundell, cruzaram rapidamente as muralhas de Bergen, deixando as pessoas surdas olhando estupidamente para as costas deles. Eles não sabiam o que estava acontecendo, mas eles sabiam que não era algo em que pudessem interferir.

Kurururung!

A terra ainda tremia violentamente. Areia estava caindo das colinas desabadas e deslizamentos de terra estavam ocorrendo, espalhando as chamas e a poeira ainda mais. O que aumentou a altura dos obstáculos no caminho do grupo do Theodore.

‘Ugh, quantas vezes os ataques mágicos foram disparados…?’

Com o Randolph e os dois guardiões ao seu lado, Theodore olhou para as Montanhas Nadun que começaram a aparecer.

Fumaça negra e chamas estavam subindo.

Os gigantes que cuidaram daquele local por centenas de anos foram quebrados como juncos frágeis, enquanto os monstros corriam como bestas selvagens. Foi como se um desastre natural como a erupção de um grande vulcão tivesse ocorrido.

Mesmo sendo uma grande magia, não tinha uma ou duas vezes mais poder do que outras magias.

Tinha pelo menos dez vezes mais poder, uma força destrutiva que podia destruir o meio de uma grande cordilheira. Este era um poder de fogo que ninguém mais, exceto a Veronica, a maga suprema de Meltor, podia exercer.

Theodore podia ser capaz de lançar uma dessas magias, mas ele não tinha uma maneira de liberar um poder destrutivo tão forte como esse tantas vezes seguidas.

– “Esta mulher, ela não está pensando nem um pouco nas outras pessoas…” Blundell resmungou ao sentir o calor no ar e puxou água da área.

Então ele cobriu o grupo com uma camada protetora fina.

Era uma proficiência digna do pico da torre azul. Theodore sentiu admiração por ele quando descobriu que o escudo não interferia em sua respiração e movimentos. E pensar que ele podia usar um feitiço tão sofisticado em um instante! Theodore havia atingido o limite do atributo água, mas não conseguia fazer algo do tipo tão perfeitamente.

‘Um mestre do 8º Círculo, eu ainda estou longe desse nível.’

Era uma barreira além da barreira. No entanto, Theodore estava satisfeito, em vez de frustrado.

Pouco depois, o grupo chegou na entrada da cordilheira e olhou em volta. Árvores queimadas emitiam calor para o céu, enquanto o solo meio derretido e irregular tornava difícil caminhar, a menos que fosse resfriado e endurecido.

Graças ao Blundell, não houve inconveniências. No entanto, era desconfortável esperar em tal ambiente. Então, naquele momento…

– “—Oh, você veio mais rápido do que eu pensava? Eu achei que demoraria mais alguns dias.” Uma voz alegre soou acima de suas cabeças, pertencente à pessoa que fez as Montanhas Nadun se tornarem daquela forma.

Era o aparecimento da grande maga com a linhagem de um dragão vermelho, Veronica. Ela caiu no chão e riu quando viu o rosto enrugado do Blundell. – “O quê, você acabou de sair e já precisou voltar? Deve ser difícil vagar por aí na sua idade.”

Uma veia pulsou na cabeça do Blundell enquanto ele respondia, – “Ei, pelo menos tenha alguns modos!”

– “E se eu não quiser? Não é difícil mover esses músculos? Eek, olhe para eles se contorcendo. Você deveria usar uma túnica mais larga!”

– “Ridículo! Eu não tenho vergonha dos meus músculos!”

Para os dois pilares do reino, essa era uma conversa normal entre eles. No entanto, as expressões dos outros magos mudaram quando descobriram esta realidade. Então, tardiamente, as duas pessoas perceberam a falta de dignidade na conversa e fecharam a boca.

Veronica limpou a garganta algumas vezes antes de falar primeiro, – “Kuk! Vamos parar de brincar e conversar sobre a situação.”

– “Cof cof, sim. Você esteve em uma batalha para atrasá-los, certo?”

– “Sim, eu não posso lidar com tantos mestres da espada sozinha. Eu disparei habilidades de ataque de uma distância que é difícil para eles alcançarem. Eu estou com a sensação de que não devo me aproximar.”

– “Seu instinto… eu não devo desprezá-lo.”

Ao contrário de sua primeira aparição frívola, os dois ficaram sérios quando começaram a discussão.

De acordo com a Veronica, ela escolheu interceptar, ao invés de apertar as defesas ao redor de Mana-vil. Ela poderia ficar quieta e esperar que eles chegassem, mas ela estava preocupada com o poder do imperador, bem como com a Primeira e Segunda Espadas.

Se possível, ela queria pelo menos identificar a Habilidade de Aura do imperador, mas ela parecia ter falhado.

No entanto, o rosto da Veronica estava brilhando intensamente, ao invés de encolher para trás. – “Bem, eu não acho que posso perder com todo esse poder reunido. Eu só preciso descansar um pouco antes de penetrar no inimigo.”

– “Tem certeza? Você deve ter consumido bastante poder mágico.”

– “O mesmo é verdade para o outro lado. Eu acho que será pior se esperarmos minha recuperação. A resiliência de um mestre da espada está quase no nível de um troll.” Ela disse sem exagerar.

Se um mago precisasse de 10 horas para se recuperar do poder mágico consumido, então um mestre da espada precisaria de apenas 2 a 3 horas para recuperar sua energia. Era possível que o adversário estaria preparado se eles esperassem a recuperação da Veronica.

– “Mestra da Torre Vermelha.”

– “Hã? O que foi, Garoto?”

Theodore puxou algo sem qualquer hesitação.


Após cerca de 30 minutos de espera. O calor que enchia toda a cordilheira sumiu e o fogo começou a diminuir. Era um ambiente onde eles podiam andar e respirar, mesmo se não tivessem a magia do Blundell.

No entanto, não foram apenas os benefícios ambientais que o Theodore obteve nesses 30 minutos.

– “…Mais uma vez, obrigado por sua ajuda, Capitão Theodore. Eu vou reembolsar este medicamento quando voltarmos.”

– “O-O quê, esta raiz de árvore? Eu peguei apenas metade e recuperei quase todo o meu poder mágico?”

Foi o efeito impressionante do Elixir Knotweed Milenar que o Theodore havia distribuído. Ele ficou muito satisfeito com as reações das pessoas presentes.

‘Os de 500 anos não são tão eficientes, mas ainda são bons.’

Não havia dúvidas de que ele poderia comprar uma mansão com o valor de um elixir, mas ele precisava manter suprimentos para as grandes batalhas. Valia a pena investir todas as plantas restantes se fosse possível restaurar a energia da Veronica. Blundell estava bem ciente do significado das ações do Theodore e bateu nas costas dele. – “Bom! Muito bom! Como Sua Majestade disse, você realmente é o tesouro de Meltor!”

– “M-Mestre da Torre Azul, e-está machucando.”

– “Não se arrependa dos gastos de hoje! Eu pedirei ao rei que lhe dê algo de igual valor!”

– “O-Obrigado?” As costas do Theodore latejavam pelos vários golpes daquela mão grande, e ele mal conseguiu responder.

De qualquer forma, isso era favorável a todos eles.

Havia dois guardiões, um mestre da espada, três mestres de torre e o Theodore. Além disso, havia as elites de nível Primordial os seguindo como suporte. Seria difícil para os quatro mestres da espada na cordilheira vencerem.

Os dois grandes magos chegaram à mesma conclusão e levantaram suas vozes.

– “Vamos. Não precisamos perder mais tempo!”

– “Isso mesmo. Mantenham o foco. De agora em diante, estaremos entrando em um campo de batalha onde não é permitido nem um centímetro de descuido.”

Eles estreitaram a formação. Randolph e Ellaim eram excelentes em combate corpo a corpo e foram colocados na linha de frente, enquanto a mais forte, Veronica, foi colocada no meio. Blundell se moveu na retaguarda, e o Orta, que ainda não havia se recuperado completamente, estava agindo como suporte. Enquanto isso, Theodore e Edwin se moviam com fluidez entre diferentes posições.

Era uma formação que lhes permitia enfrentar qualquer situação.

Um silêncio pesado encheu o ar enquanto eles caminhavam pela paisagem desolada, fazendo com que o Blundell murmurasse algumas palavras. Qualquer um que se lembrasse das Montanhas Nadun no passado reagiria da mesma maneira. – “…Está quieto. É difícil pensar nesse lugar como as Montanhas Nadun. Será que esse lugar será capaz de recuperar naturalmente sua aparência original?”

– “Isso não será suficiente para parar os inimigos. Nós eliminamos os mais irrelevantes, mas os membros principais das Sete Espadas ainda estão presentes. A habilidade defensiva da Primeira e Segunda Espadas é desnecessariamente alta.” Veronica deu algumas desculpas ao explicar o motivo de ter atacado tão seriamente.

Theodore aceitou as desculpas interiormente.

Essa destruição era necessária se ela quisesse segurar os pés da Primeira Espada, que bloqueou o Contemplador da Morte nas Planícies de Kural sem nenhum ferimento, ou da Segunda Espada que podia cortar o espaço. Não havia valor em preservar o meio ambiente natural ao enfrentá-los.

– “Não, eu não estou tentando culpar você…” Blundell estava tentando explicar quando…

Wuooooong!

Apesar de não haver avisos, todos se prepararam para a batalha.

O poder mágico dos quatro grandes magos oprimiu a região, espalhando a aura dos elementais do vento, fogo e água que foram chamados. Independentemente de quem saísse correndo de além da grama carbonizada, Theodore sabia que não seria capaz de sobreviver.

“Ele” deu um passo à frente.

– “…Hah.” Uma poça de sangue se formava cada vez que ele dava um passo. Sangue escorria de seu braço esquerdo dilacerado e do buraco no abdômen, ignorando o efeito de recuperação da aura enquanto penetrava na terra.

Não importa para onde olhassem, ele estava em uma condição miserável. Sua aura estava tremulando como uma vela prestes a ser apagada. Ele ergueu o braço direito sobre a cabeça.

– “Ei, vocês podem salvar se eu me render?” Zest Speitem sugeriu com uma expressão desesperada.

– “…O que está acontecendo, Segunda Espada?” Blundell perguntou enquanto avançava, fazendo o Zest balançar a cabeça. Ele estava querendo dizer que era difícil explicar com sua própria boca?

– “Eu não sei. Por que isso aconteceu? Por que ele nos atacou…? Eu não quero morrer dessa forma. Então, me salvem, tudo bem? Eu farei o que quiserem.”

– “Ele?”

– “D-Droga. É difícil ficar de pé…”

Paah! O corpo do Zest caiu no chão. O mestre da espada, que deveria ser mais resistente do que aço, achou difícil se manter de pé. Isso significava que sua condição era extremamente grave. Será que eles deveriam dar os primeiros socorros?

Enquanto o Blundell estava perplexo com a situação desconhecida, Zest olhou para trás e falou com uma voz fraca, – “Nos encontramos novamente… Garoto.”

– “…Zest Speitem.”

– “Eu não pude te matar duas vezes, e agora no terceiro encontro… Eu também não poderei, mesmo se eu for salvo…” O espadachim mais forte que protegeu o Império de Andras com a Primeira Espada riu com escárnio.

Ele perdeu a oportunidade de matar seu oponente duas vezes e agora estava implorando por sua vida? Se orgulho tivesse uma forma sólida, estaria completamente destruído neste ponto. No entanto, Zest queria viver. Theodore olhou nos olhos do Zest e viu sua condição com mais precisão do que qualquer outra pessoa.

Então o Theodore declarou de maneira calma, – “Sinto muito, mas você já está morto. Suas feridas não podem ser reparadas de forma alguma.”

– “…O-O quê?”

– “O buraco em seu abdômen não é um mero ferimento superficial. Ele destruiu a alma. Sua alma é forte e conseguiu aguentar um pouco nesse estado, mas agora… não resta muito tempo.”

A habilidade do Theodore de ver a alma aumentou enquanto ele aprendia as artes marciais orientais e o xamanismo. Dessa forma, ele foi capaz de ver que o buraco havia sido perfurado na alma do Zest. Era um ferimento que não podia ser curado. A alma e a carne eram conceitos completamente diferentes. Reparar uma alma quebrada era uma façanha possível apenas para um mago do 9º Círculo.

– “…Entendo…” Zest aceitou com uma expressão mais leve, como se pudesse ler a verdade no rosto e na voz do Theodore. – “Droga, aquele monstro… Ele tinha tanto poder… Droga. Na verdade, se eu tivesse morrido por suas mãos… teria sido melhor…”

– “Há muito a ser dito sobre fugir e vencer.”

– “…Kuk, garoto, atrevido. É claro… eu…”

Tok, a mão direita do Zest caiu no chão. Foi o fim de um mestre da espada, a Segunda das Sete Espadas do império. Theodore não perdeu a maneira como a alma do Zest foi atraída para algum lugar junto com sua morte.

– “Por ali.”

– “Você…”

– “Não há tempo para explicar. Aquele que matou o Zest está naquela direção.” Theodore tinha certeza e falou sem pensar.

Algo estava queimando em seu corpo. Ver a morte da pessoa, que quase o matou no passado e ameaçou seu reino, o deixou furioso. Zest não deveria ter morrido assim.

Theodore queria matar o Zest com suas próprias mãos. Ou talvez ele tenha sentido uma sensação de harmonia com ele desde quando eles lutaram? Agora não dava mais para saber.

– “…Entendido. Vamos seguir por esse caminho.” Blundell seguiu as palavras do Theodore sem perguntar.

Não havia razão para negar. Ele se convenceu pelas conquistas anteriores do Theodore e pela convicção firme atual. Ao se moverem na direção indicada, eles passaram pelo corpo de uma mulher de cabelos brancos. Randolph olhou para a lança de aparência estranha e o corpo da mulher com uma expressão estranha.

Então, no final do caminho, eles o encontraram.

– “—Você está atrasado.”

Ele era grande. Qualquer pessoa que o visse pensaria o mesmo. O homem sentado na rocha era mais alto do que o tamanho médio das pessoas normais e seus ombros largos eram magníficos como uma montanha. Seu cabelo tingido de branco os lembrava dos picos nevados, e sua voz grandiosa ecoava com um som forte. Ele estava segurando uma espada que tinha sangue escorrendo dela.

Embora ele não tenha se apresentado, todos sabiam quem ele era. Este homem era o imperador. Ele era o supremo do Império de Andras, o imperador que carregou as Sete Espadas e tingiu o norte com sangue.

Imperador Kether — qualquer pessoa nascida em Meltor não poderia deixar de odiar este homem. No entanto, Theodore ficou confuso. Ele não sabia o motivo, mas ele sentiu uma estranha sensação de familiaridade do imperador.

– “Então foi isso mesmo.”

Os olhos do imperador, que não continham um fragmento de humanidade, focaram no Theodore. Não, era como se ele estivesse olhando para dentro do Theodore.

– “De fato, já faz muito tempo, meu irmão.”

Ninguém sabia o significado de suas palavras. Por que o Imperador de Andras os chamou de irmão e por que ele matou a Segunda Espada? Eles não sabiam de nada e não podiam adivinhar. Conforme o medo do desconhecido se instalava sobre os magos, “algo” despertou dentro do Theodore.

– Eu tive um palpite, mas realmente é ele.

Theodore respondeu imediatamente, ‘O irmão do imperador… Não me diga que…?!’

– É como você supôs, Portador. Em meio a essa confusão, a voz do Gula estava calma como sempre. – Ele é um dos Sete Pecados que está em conflito comigo desde os tempos imemoriais ― Invidia, o grimório parasita que simboliza o pecado da inveja.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar