The Book Eating Magician – Capítulo 302

Hall da Fama #2

Os olhos do Heathcliff se estreitaram com as palavras enigmáticas. – “…Ler os mistérios dos céus?”

– “Sim.”

Podia parecer estranho, mas as duas pessoas sabiam o que significava nessa situação.

Na língua oriental, a frase “ler os mistérios dos céus” significava literalmente ler os segredos celestiais. Era uma frase que metaforicamente apontava para o “trabalho futuro”, uma área que aqueles com habilidades preditivas conheciam, mas não queriam se comprometer.

Segundo a longa memória do Abe no Seimei, um dos maiores xamãs do oriente, ler os mistérios dos céus era um tabu que não deveria ser violado.

– “Hah, você penetrou na essência da minha magia.” No entanto, Heathcliff não respondeu ao pedido diretamente. Ele deu um longo suspiro e coçou a cabeça várias vezes.

Theodore assentiu sem dizer nada.

O poder único do Mestre da Torre Branca Heathcliff não era controlar tempestades terríveis, nem era magias como a Supercélula. Em vez disso, era na verdade a capacidade de ler os mistérios dos céus! Era diferente das previsões de curto prazo, incluindo a supersensibilidade do Alfred. O futuro em constante mudança era fluido e era uma área onde os mortais não podiam intervir. Heathcliff fazia previsões observando as curvas.

Theodore havia inferido a essência do Heathcliff olhando para suas memórias antigas depois de chegar ao 8º Círculo.

— Bem, eu acabei morrendo no meio do nada.

— Não me diga que… Você não viu o futuro?

— Talvez, talvez não. Eu não sei o que aconteceu depois que eu morri. Agora é a sua vez.

Embora ver o futuro fosse raro, isso não significava que a morte podia ser evitada apenas vendo o futuro. Se houvesse um diagnóstico que pedisse pela morte, um corpo mortal não poderia suportar. A previsão do Heathcliff não era algo que pudesse ser adquirido, mesmo que a Transmissão fosse concluída. O poder de ler os mistérios dos céus era a Feitiçaria do Heathcliff, uma magia única que mal havia sido concluída durante sua vida.

– “Bem, certo.” Heathcliff aceitou as exigências do Theodore. Então ele aconselhou, – “Eu quero te dizer uma coisa antes disso. Ler os céus reduz a vida de um mortal. Mas eu estou morto. Você entende o que isso significa?”

– “…Eu terei que pagar pela leitura.”

– “Correto. Eu não sei quanto, mas uma grande quantidade de seus pontos de conquista será consumida. Se você não se importar com isso, eu darei uma olhada.”

Os céus eram uma área que não era acessível aos mortais. Continha informações confidenciais que só podiam ser encontradas por transcendentais do mundo material e não podiam ser usadas sem penalidade.

– “Bem, não importa.” Ainda assim, Theodore aceitou sem hesitação.

‘Certamente não custará 100000 pontos?’

Theodore agora tinha pontos de sobra depois de roubar do Tártaro do Jerem. Então uma janela de notificação apareceu diante dele.

Você escolheu usar “Lendo os Mistérios dos Céus” do alvo de nome Heathcliff. A classificação é B+. Dependendo de quão longe ou quão perto você olhar, o consumo de pontos de conquista irá variar muito. >

O alcance mínimo para “Lendo os Mistérios dos Céus” é de um mês, e os pontos de conquista consumidos serão 3000 pontos. >

A definição será de acordo com os critérios do Portador. >

‘3000 pontos.’

Não era ruim. Era um gasto maior do que ele esperava, mas estava em um nível que ele podia pagar facilmente com 150000 pontos. No entanto, ele achou que um mês era muito curto. Quantos pontos de conquista seriam consumidos se fossem pelo menos três meses?

A janela de notificação apareceu novamente, como se fosse responder à pergunta.

Duração de três meses com precisão Alta; 48000 pontos serão consumidos. A capacidade aumentará à medida que o fuso horário se expandir, então o consumo de pontos de conquista aumentará. >

Erro! Você não pode definir a precisão como “Alta”. Ao ajustar a precisão para o nível “Normal”, 24000 pontos serão consumidos. >

Theodore respirou fundo e engoliu em seco. 48000 pontos… e agora 24000 pontos em precisão normal! Ler os céus custava a mesma quantidade de pontos de conquista que despertar a alma de um grande mago. Theodore se sentiu em conflito por um breve momento.

Ele estava preocupado com a presença do Jerem, mas ele precisava mesmo gastar 24000 pontos por uma profecia imprecisa?

‘Não, vale a pena se houver perigo no futuro.’

Além disso, mesmo se o Heathcliff não pudesse ler o futuro com precisão… Se o Theodore não tomasse cuidado com as ameaças, ele poderia sofrer mais danos do que quando o Invidia atacou. No final, Theodore decidiu pela despesa dolorosa. – “Então, por favor, siga com a leitura, Sênior.”

Heathcliff fechou os olhos. – “…Certo, vamos dar uma longa olhada.”

Chamava-se olhar para o futuro, mas os olhos eram inúteis se tratando de previsões. Não, eles eram mais como um obstáculo. Por isso que os antigos profetas às vezes arrancavam seus olhos. Heathcliff logo abriu os olhos.

– “Ah.” Theodore cobriu a boca com o choque. Era natural que ele fizesse isso, já que os olhos do Heathcliff ficaram completamente azuis e estavam girando como uma onda.

– “…Ohh… Oh ohhh…” Ele gemeu como uma pessoa doente ou moribunda. – “…Visto…”

A habilidade “Lendo os Mistérios dos Céus” foi usada.

「 O adorador da morte se esconde. 」

「 A sombra do falso deus é levantada. 」

「 A pessoa que devorou os restos da luz e foi exilada retornará. 」

「 Grandes pássaros e cobras estão cercando uma árvore. 

「 Os esquilos irão ajudá-lo a retribuir o favor. 」

Foram exatamente cinco frases. Depois disso, o murmúrio do Heathcliff parou e seus olhos azuis voltaram ao seu estado original. Um mago que entendia o verdadeiro significado daqueles olhos não existia naquela época.

Theodore resumiu simplesmente, – “Foi vago.”

Podiam ser pistas importantes, mas era impossível entender antes que as situações ocorressem. O adorador da morte era certamente o Jerem, mas havia dúvidas sobre o falso deus, os restos da luz, os grandes pássaros e cobras. O mesmo era verdade para os esquilos que retribuiriam sua graça.

– “As profecias são originalmente assim. Não há profetas nos mitos ou lendas que expliquem claramente.”

– “Sério?”

– “Isso mesmo.” Heathcliff encolheu os ombros e deu um passo para trás. – “Bem, então meu papel termina aqui?”

Ele estava voltando ao seu retrato? À medida que sua forma se tornava cada vez mais borrada, Theodore lançou uma pergunta esquecida, – “Ah, Sênior! Existe algum arrependimento que o Sênior deixou para trás?”

– “Hã? Arrependimento… Será?” Heathcliff deu uma resposta evasiva ao retornar ao seu retrato. – “Eu vou te dizer quando eu pensar sobre isso!”

Então ele se foi. O Theodore com as sobrancelhas franzidas foi deixado para trás, e o Hall da Fama caiu em silêncio. Mesmo morto, a personalidade de espírito livre do Heathcliff não mudou muito. Theodore recuperou a compostura e olhou para os outros dois retratos.

‘Há muitas coisas que eu quero discutir com ambos, mas… no momento, é melhor focar na profecia. Eu chamarei o Seimei depois que me tornar um transcendental.’

Theodore falou no espaço vazio, – “Gula, eu vou sair agora.”

As mensagens de notificação foram a resposta do Gula.

A pedido do Portador, o Hall da Fama será fechado. >

O Portador tem atualmente 133329 pontos de conquista. >

Fechando o Hall da Fama. >


No dia seguinte, Theodore estava analisando a profecia do Heathcliff quando mostrou uma expressão de surpresa. – “Sua Majestade me chamou?”

– “Sim, Capitão Theodore.” O servo se curvou educadamente enquanto entregava a mensagem do Kurt. – “Não apenas você. O Mestre da Torre Branca e todas as pessoas que participaram da última batalha foram chamadas.”

– “Qual é o motivo?”

– “Bem, isso…”

As palavras do servo eram incertas, então o Theodore sentiu que precisava ouvir o Kurt falar pessoalmente. Kurt havia ocultado o fato de que o Theodore havia acordado das pessoas. O fato de ele estar chamando o Theodore, o Mestre da Torre Branca, e outras pessoas significava que era algo grande.

– “Vamos lá.” Theodore vestiu uma túnica vermelha e saiu do quarto.

– “Por favor, siga-me.” O servo deu três passos na frente do Theodore e seguiu na frente. Isso era para evitar a atenção dos outros. Graças ao servo, Theodore conseguiu chegar ao palácio real sem perturbações e entrou na sala onde o Kurt estava esperando.

Então várias vozes soaram quando o Theodore entrou.

– “Theo!”

– “…Você acordou. Fico feliz em ver que você está bem.”

– “Nem mesmo me dando uma pista de que acordou, não acha que foi demais?”

Sylvia, Orta e Randolph o cumprimentaram um de cada vez, enquanto mais e mais pessoas eram atraídas pela confusão. Surpreendentemente, não houve reação da Veronica. No entanto, quando o Theodore olhou para ela, ela mandou um beijo para ele. De certa forma, era o comportamento de alguém que venceu.

Após alguns minutos de turbulência, Kurt entrou e se acomodou no trono, fazendo com que a sala se acalmasse. – “Lamento pelo chamado repentino. No entanto, essa questão não é algo para ser tratado com leviandade, então eu reuni todas as partes envolvidas.”

Havia uma coisa que todos os presentes tinham em comum. Eles foram mobilizados contra Andras e envolvidos na batalha contra o Invidia. Além dos dois guardiões de Elvenheim, os gravemente feridos e os mortos, todos os outros estavam reunidos naquele lugar.

– “Ontem à noite, chegou um enviado do Império de Andras.” No entanto, Kurt não os teria chamado se fosse apenas isso. – “Eu recebi uma carta com o carimbo oficial do imperador de Andras.”

Isso causou uma grande agitação. Era natural que o imperador de Andras, o monstro chamado Invidia, tivesse desaparecido sem deixar vestígios nas Montanhas Nadun. Agora, um autoproclamado imperador havia aparecido em Andras. Invidia não tinha morrido? Ou a luta pelo trono terminou em apenas alguns dias, com a coroação de um novo imperador?

– “O nome desse imperador também estava escrito na carta.” Kurt continuou.

Então, na frente de todas as pessoas com perguntas, ele leu as palavras na parte inferior da carta carimbada, – “19º imperador de Andras, Crowd von Andras.”

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar