Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

The Charm of Soul Pets – Capítulo 1807

Sem Chu Mu

 A luz do sol só apareceu por um breve momento, e não durou muito.

O mundo voltou às trevas. Ainda mais aterrorizante eram os vários buracos negros que apareceram no céu, sugando coisas à força para seu domínio mortal.

O chão continuou rachando, revelando um abismo sem fim. As tempestades espaciais rolavam pelo território humano, transformando várias criaturas desavisadas em uma chuva de sangue.

O território humano estava coberto pelas trevas, então Chu Mu não conseguia ver nada olhando do Sol Vermelho.

Entretanto, ele sabia que o mundo estava prestes a perecer, e o Território Norte não seria poupado!

Conforme o mundo ficava cada vez mais destruído, as emoções de Chu Mu ficavam cada vez mais irracionais. Ele começou a bater na restrição incontrolavelmente, assim como o Demônio Celestial Ancestral.

Ele tinha que voltar, ou então seus entes queridos iriam perecer junto com o mundo!

“Chu Mu!! Chu Mu!!!!” 

De repente, uma voz soou do meio das estrelas.

Chu Mu pensou que estava alucinando, e nem mesmo a reconheceu.

Lentamente, a voz foi se aproximando. Quando ele levantou a cabeça, ele viu uma mulher linda e elegante descendo para o Sol Vermelho, em sua direção.

Chu Mu hesitou. Ye Qingzi?

Como ela sabia que ele estava aqui? Por que ela tinha vindo para o Sol Vermelho?

Não, se ela entrar aqui, as chamas a queimarão até virar cinzas!

Chu Mu queria gritar para ela parar, mas ela se transformou de repente em outra pessoa…

As chamas não a engoliram conforme ela se aproximava de Chu Mu. Na verdade… Ela abriu os portões do inferno e se jogou nesta prisão eterna.

Chu Mu olhou para ela, confuso e perdido.

“Por que você?” Chu Mu olhou para ela e falou, desapontado.

“Eu não tenho muito tempo, então não vamos falar disso. As Donzelas Totêmicas já criaram o diagrama do eclipse solar, mas não somos capazes de reunir energia do Sol Vermelho suficiente antes dos Monumentos da Fronteira Celeste serem destruídos. Nós precisamos da sua ajuda.” A Mãe da Humanidade falou.

“O que eu preciso fazer?” Chu Mu perguntou imediatamente.

Ele não queria ver o mundo ser destruído. Ver seus entes queridos esperarem pela morte em um apocalipse era pior do que qualquer coisa que ele tinha passado!

“Elas irão ativar o diagrama em breve. Você precisa controlar a energia do Sol Vermelho e passar ela pelo diagrama que empodera a Cidade Celestial. Só então nós temos uma chance de ganhar energia suficiente para os Monumentos da Fronteira Celeste ficarem intactos!” A Mãe da Humanidade falou.

Chu Mu assentiu solenemente e começou a fazer como ela tinha falado.

“Ajude-me a criar um diagrama aqui que pode se conectar com o da Cidade Celestial. Isto irá acelerar a transferência de energia.” A Mãe da Humanidade continuou.

Chu Mu não tinha nem mesmo tido uma chance de perguntar para a Mãe da Humanidade porque ela não estava morrendo com as chamas quando ela começou a usar seus poderes para criar um diagrama.

  ……

Ela passou um bom tempo desenhando. Chu Mu percebeu que quatro Monumentos da Fronteira Celeste já tinham desmoronado.

Sem o apoio daquelas quatro estruturas, o mundo não iria conseguir resistir ao dano. Mais de 20% dos seres vivos já tinham perecido.

Finalmente, o diagrama da Mãe da Humanidade foi concluído.

Ela falou para Chu Mu ficar no centro e usar seu coração para reunir o poder de todo o Sol Vermelho.

Rapidamente, dozes pontas apareceram de novo, perfurando da Cidade Celestial até o Sol Vermelho.

Chu Mu não pensou muito e começou a absorver a energia do Sol Vermelho para o Palácio Celestial. Com sorte, eles conseguiriam proteger o mundo antes que mais Monumentos da Fronteira Celeste caíssem…

A Mãe da Humanidade também estava parada ao lado de Chu Mu. Embora ela não fosse capaz de ajudar com a enorme transferência de energia, ela podia pelo menos aliviar um pouco da tensão mental de Chu Mu.

A energia escaldante caiu do céu e tingiu a Cidade Celestial de vermelho, ameaçando queimar tudo.

Os especialistas de Nível Eterno finalmente perceberam que a Mãe da Humanidade não estava brincando, e que o mundo estava realmente desmoronando.  

Eles começaram a usar seu poder de Nível Eterno para fornecer energia para ajudar a transferência de Chu Mu para os Monumentos da Fronteira Celeste e ganharem tempo.

Depois de um tempo, a transferência de energia realmente parecia estar começando a funcionar. O mundo visivelmente parou de piorar.

Depois de um longo período de tempo, os espaços quebrados em torno do mundo começaram a se reparar…

Isso significava que o mundo estava se curando. Nenhum outro Monumento da Fronteira Celeste caiu.

  ……

Quando o mundo parou de desmoronar, a Mãe da Humanidade finalmente respirou de alívio.

Ela viu Chu Mu cansado e falou baixinho: “Tem algo que eu nunca contei a você.”

Chu Mu olhou para ela e não falou nada.

“Quando eu criei este coração para você, eu já tinha pensando neste método para salvar o mundo, então… Desculpa, eu não quis mentir para você, mas eu não esperava que você fosse…” A Mãe da Humanidade estava claramente envergonhada.

“Nós podemos sair daqui?” Chu Mu a interrompeu e perguntou algo simples.

A Mãe da Humanidade olhou no fundo dos olhos de Chu Mu. Só depois de muito tempo foi que ela abaixou sua cabeça e a balançou.

“Não importa o que, você matou o demônio mais forte do mundo. Você eliminou o maior perigo que o Palácio Celestial já encarou. Eu o agradeço em nome de todas as criaturas do mundo…” A Mãe da Humanidade falou.

Chu Mu balançou a cabeça. Ele não precisava do agradecimento de todas as criaturas. Ele simplesmente estava protegendo aqueles que ele gostava. Não tinha nada a ver com os outros seres vivos.

Ele só queria sair deste mundo vazio e voltar para o lado deles. Era realmente solitário ali, muito solitário…

A Mãe da Humanidade viu o que Chu Mu realmente queria e estendeu uma mão para o braço de Chu Mu.

Ela mordeu os lábios e falou com uma voz quase inaudível: “Eu vou lhe acompanhar aqui.”

Quando ela falou isto, Chu Mu quase sentiu que Ye Qingzi estava falando aquilo.

Se fosse realmente Ye Qingzi, Chu Mu poderia ficar feliz.

Ainda assim, a Mãe da Humanidade era a Mãe da Humanidade, e Ye Qingzi era Ye Qingzi. Até mesmo se a Mãe da Humanidade pudesse mudar constantemente de aparência e se transformar em quem ele quisesse, ela era apenas uma substituta.

“Eu não posso ficar por muito tempo…” A Mãe da Humanidade falou suavemente.

“Você pode sair daqui?” Chu Mu perguntou.

“Não, seu coração é feito de chamas do Sol Vermelho, então este é seu território. Qualquer outra criatura que se aproxima do Sol Vermelho vira cinzas. O motivo de eu poder entrar aqui e não queimar instantaneamente é porque eu usei o Orvalho Divino para fortalecer meu corpo por muitos anos. Mesmo assim, eu só posso sobreviver por cerca de um ano.” A Mãe da Humanidade falou.

“Um ano… Isso já é muito tempo.” Chu Mu falou.

Ela balançou a cabeça.

Um ano?

Um ano era muito, muito curto. Com a expectativa de vida atual de Chu Mu, ele poderia viver basicamente pelo mesmo tempo que o Sol Vermelho…

Depois de um ano de companhia, o que Chu Mu iria ter de encarar eram dez anos, cem anos, mil anos, dez mil anos de solidão…

Mais incontáveis anos…

Comparado com dez mil anos, um ano não era nada.

Chu Mu estava prestes a encarar dez mil anos intermináveis.

Nestes anos, Chu Mu só seria capaz de viver de suas memórias, até o dia que até mesmo suas memórias mais antigas desaparecessem. Então, ele se tornaria em uma casca vazia vagando sem rumo pelo Sol Vermelho.

  ……

  ……

Finalmente, os Monumentos da Fronteira Celeste se reergueram.

O mundo inquieto se estabilizou novamente.

O Sol Vermelho voltou à sua rotina normal, e o calor retornou ao mundo.

O sol da manhã, a névoa, o ar fresco, o orvalho brilhante e os animais espirituais correndo de um lado para o outro.

Meio dia, sol ardente, calor, suor dos treinadores, as batalhas sangrentas entre animais espirituais.

Boa noite, pôr-do-sol, tons brilhantes de vermelho e roxo. Viajantes cansados voltando para casa, demônios deitados em suas cavernas dormindo.

Conforme o sol subia e descia, os dias passaram sem acontecer nada.

Todo os seres vivos começaram a se esquecer do período de escuridão, e voltaram para sua rotina de batalhar, lutar e matar.

Todos estavam sob os olhos de uma pessoa.

Ele estava deitado nas chamas escaldantes, e olhava para o reino dos vivos com suas mãos atrás da cabeça…

Onde a luz podia alcançar, ele poderia ver.

Depois que a mulher que ficou com ele por um ano partiu, ele perdeu toda a esperança de procurar por uma saída. Muitas vezes, ele nem mesmo sentia vontade de se mover. Ele apenas ficava deitado ali, silenciosamente, assistindo animais espirituais e pessoas conhecidas, vendo como eles viviam felizes mesmo sem ele.

Ning Maner começou a trilhar o caminho que ela sempre quis. Ela aprendeu todos os tipos de habilidade para aliviar dores e curar as doenças das pessoas. Ela trouxe vida de volta às secas e regiões afligidas pela calamidade. Ela vagou por todas as partes do território humano, e ganhou o respeito e admiração de várias pessoas.

O pequeno Sonho Mortal ficou com ela, e nunca saiu de seu lado, como um guarda leal.

Ye Qingzi ficou na Cidade Norte. Ela cuidava de um jardim medicinal requintado. Quando chegava a primavera, as montanhas se enchiam de uma beleza de arrancar o fôlego. Ela sempre estava ali, cuidando do jardim lenta e cuidadosamente…

Chu Tianmang e Liu Binglan não se aproximaram tanto como Chu Mu imaginou, mas pelo menos já não eram inimigos mortais…

Eles provavelmente ainda precisavam de mais tempo para se aproximarem.

Jin Rou foi curada pela Flor Limbo. Ela parecia nobre e elegante, mas seu espírito aventureiro a fez seguir seu pai pelo mundo para resolver os mistérios do mundo…

Ye Wansheng, o playboy que ele era, finalmente decidiu se casar com Shen Yue, e eles tiveram dois filhos juntos.

Mu Qingyi finalmente encontrou uma pessoa que não desistiu de persegui-la, mas ela nunca conseguiu se abrir para esse homem.

Chao Lengchuan ainda estava à espera. Xia Zhixian não voltava há muito tempo. Ele estava realmente preocupado que Xia Zhixian o tivesse abandonado completamente.

Entretanto, Chu Mu sabia que este não era o caso.

Xia Zhixian estava seguindo Yu Suo o tempo inteiro para cuidar dela.

Yu Suo parecia ter mudado completamente. Ela nunca voltou para o mundo humano sujo e, em vez disso, viajou pelo mundo.

Desde montanhas lindas até rios congelantes, de desertos a oceanos magníficos…

Isto fazia sentido. Quando ela estava no Palácio Celestial, ela desejava conhecer o mundo humano. Quando ela finalmente tivesse terminado de fazer tudo que queria, seu desejo era de viajar e explorar…

Eles estavam muito bem, não tão mal quanto Chu Mu temia. Esta era uma coisa que o deixava feliz.

Fazia sentido. As pessoas falavam que elas não conseguiam continuar vivendo se perdessem alguém, mas, na verdade, quando a pessoa realmente vai embora, a vida continua. Todos se acostumam com o tempo.

  ……

Chu Mu pensava desta forma, mas também era uma forma de se confortar.

Mas era verdade o que ele estava vendo?

Toda noite, depois do pôr do sol, quando Chu Mu não conseguia ver eles, ele nunca conseguia ver seus rostos cheios de lágrimas.

Sempre havia pessoas que não choravam quando havia o sol, em caso de alguém ver.

Em vez disso, estas pessoas encontravam cantos escuros para se esconder…

  ……

Sempre que a noite caía, Chu Mu procurava por uma saída.

Ele ainda não estava disposto a desistir, porque ele tinha medo de uma coisa. Ele não queria ver todas estas pessoas envelhecendo e morrendo…

Ele deveria estar com eles quando eles envelhecessem, então ele nunca desistiu de encontrar uma saída.

  ……

Em uma montanha em chamas, Chu Mu abriu seus olhos sonolentos e tentou abraçar inconscientemente a pessoa ao seu lado.

Mas não havia ninguém.

Ele quase se esqueceu que a pessoa que ficou com ele por um ano tinha sido devorada pelas chamas.

No começo, ela era uma pessoa irrelevante para ele, mas Chu Mu ainda sentiu uma dor excruciante quando ela finalmente partiu. Ele nunca pensou que a solidão poderia ser tão assustadora.

Chu Mu fechou os olhos e continuou dormindo. Só assim ele poderia esquecer tudo.

“Auauauauuuuuu auauauuuuuu”

De repente, uma voz extremamente familiar soou de longe.

Chu Mu abriu os olhos.

Era meio dia e o sol vermelho estava bem acima do Abismo Dracônico.

O som tinha vindo dali!!

Ele olhou para baixo e viu algo que não poderia estar mais familiarizado.

Ela tinha pelos prateados e um par de orelhas felpudas. Ela agitava suas nove caudas longas e erguia sua cabeça para uivar para o Sol Vermelho.

“Mo Xie…” Chu Mu despertou de repente.

“Au au au auuuuuuu”

Os ventos sopravam em volta dela conforme seus pelos dançavam. Ela ficou sozinha, no ponto mais alto do Abismo Dracônico, enquanto uivava para o céu com toda sua força.

Ela dormiu por muito tempo ali.

Quando ela acordou, o mundo parecia ter mudado completamente, ainda assim, parecia estar a mesma coisa.

Nada disso era importante para ela. A única coisa que importava era que Chu Mu ainda não havia voltado.

Como uma criança atrás de sua mãe, ela começou a correr pelo Abismo Dracônico desesperadamente.

Ela cuspiu chamas para todo lado enquanto uivava para o céu…

Os uivos desesperados e ansiosos fizeram Chu Mu perder o controle de suas emoções também.

Ele podia aguentar a distância física de seus entes queridos, ele podia dizer adeus aos seus amigos, mas como ele poderia deixar Mo Xie sozinha quando ela acordou de seu sono?

Na montanha em chamas, Chu Mu disparou novamente.

Ele se transformou em um meteoro humano que atingiu diretamente a restrição do Sol Vermelho.

“Beng!!!!!!!!!!!!!”

“Beng!!!!!!!!!!!!!!!!!”

“Beng!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!”

Do novo e de novo, ele atingia a restrição. Chu Mu criou explosões no Sol Vermelho que emanavam por todo o mundo.

Ele nunca tinha sentido tanto medo quanto agora.

Ele podia ver todos que ele conhecia envelhecendo e desaparecendo, porque todos tinham suas vidas para viver.

Mas Mo Xie não tinha nada.

Tudo que ela tinha era Chu Mu. Se ela não o tivesse, para onde ela iria? O que ela iria fazer?

Ela já estava acostumada com o ombro de Chu Mu. Como ela poderia se acostumar com a superfície dura das rochas?

  ……

“Au au au auuuuuuu”

Os uivos de Mo Xie ecoaram pelo Abismo Dracônico.

Ela parecia saber que Chu Mu estava em um lugar muito mais alto. Ela tinha subido para o espaço e começou a correr como louca.

Ainda assim, ela parou de correr de repente.

Seus passos desaceleraram e ela voltou para o Abismo Dracônico.

Ela soprou uma bola de chama para uma cratera no chão e a apagou, escolhendo este lugar para se deitar.

Suas caudas se enrolaram enquanto deitava em suas patas para descansar. Murmúrios ainda escapavam de sua boca…

  ……

O sol poente pintou os pelos de Mo Xie de vermelho, alongando seu corpo.

Ao ver o sol cair lentamente, as orelhas de Mo Xie se ergueram de repente e ela se levantou.

Ela caminhou até a borda da montanha, olhando sem piscar para o sol se pondo, suas nove caudas se agitavam levemente…

Lentamente, o sol caiu pelo horizonte, como se um olho vermelho cheio de lágrimas fosse cair a qualquer momento.

Mo Xie ficou imóvel, olhando para o pôr do sol…

Finalmente, o sol desapareceu atrás do horizonte, e o mundo voltou a ficar coberto pela escuridão.

Os olhos de Mo Xie também escureceram com o cair da noite. Ela voltou lentamente e se deitou onde estava, desanimada.

  ……

O primeiro raio de luz alcançou o Abismo Dracônico.

Enquanto ainda estava escuro, uma pequena raposa prata e elegante corria para o leste para ver este primeiro raio de sol.

À noite, a pequena raposa corria de novo apressadamente para o lado oeste da montanha para ver o pôr do sol…

  ……

  ……

Abaixo do Abismo Dracônico, três silhuetas enormes apareceram lentamente.

Uma era um Dragão Oculto Bárbaro Imortal. Os outros dois eram espécies raras do tipo Alado que não haviam sido registradas em nenhum livro.

Todos os três animais espirituais tinham treinadores em cima deles, dois homens e uma mulher.

“Ei, Tang Jun, o que eu falei? O Abismo Dracônico não tem nenhum dragão. Eles morreram há muito tempo, ainda assim você não acreditou em mim.” O homem mais alto falou.

“Sim, mas ficar no ponto mais alto do mundo ainda é uma boa experiência.” O jovem chamado Tang Jun respondeu.

“Ah, uma raposinha fofa!!” De repente, a treinadora soltou um grito de surpresa.

Tang Jun e o homem alto olharam e realmente encontraram uma pequena raposa deitada ali. Seu corpo pequeno, delicado e fofo fazia qualquer um querer abraçá-la.

“Nove caudas? Pelo prateado? Que raposa é esta? Parece ser uma espécie rara.”

“O que esta pequenina está fazendo aqui?”


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar