The Great Mage Returns After 4000 Years – Volume 1 – Capítulo 164

Capítulo 164

Nempatal.

Esta cidade, que ficava mais próxima da fronteira de Silkid, era um dos poucos lugares que as criaturas dos Semideuses ainda não haviam alcançado.

Mas isso não significava que sua situação pudesse ser considerada boa.

Ao contrário, o fato de eles não terem testemunhado pessoalmente a ira dos Semideuses não estava funcionando a seu favor.

Nempatal estava no fundo da confusão.

Renda-se… ou lute.

Os poderes das duas facções que gritavam esses argumentos conflitantes eram muito semelhantes, e o Guerreiro Guardião da cidade, que podia tomar uma decisão independentemente, estava ausente.

Várias dessas situações ruins se sobrepuseram, e Nempatal estava no caminho para o pior resultado, sem nunca tomar uma decisão.

Claro, essa não era uma situação ruim para Torkunta, que estava fugindo.

Ela atualmente está sentada em uma praça barulhenta com um manto cobrindo seu corpo. (TL: se vocês estão se perguntando por que estou usando pronomes femininos para Torkunta, só posso dizer “Porque o autor fez”)

‘Quão desagradável.’

Enquanto sentia a textura do couro áspero, ela não pôde evitar pensar nisso. Era irritante o suficiente ter que usar roupas, e agora, ela ainda tinha que usar um robe em volta de seu corpo inteiro.

Como uma nobre Rei Drake, ela realmente não gostou nada disso.

‘Essas raças de classe baixa não têm nenhuma confiança em sua própria carne, então eles têm que cobri-la com roupas.’

Torkunta não pôde deixar de se lembrar de seu corpo anterior.

Escamas que brilhavam como inúmeras joias e olhos que queimavam tão vermelhos que pareciam conter magma. Sem falar na cauda elegantemente esticada e nas asas grandes o suficiente para cobrir o céu!

Não bastava dizer que era uma beleza absoluta de corpo.

“…”

Ela mais uma vez ficou deprimida depois de pensar nos velhos tempos. Principalmente por causa da situação atual.

Torkunta acariciou levemente o braço dela.

Sua pele era tão macia, seu corpo tão frágil que mesmo se ela apenas tocasse com uma unha de seu corpo anterior, isso seria destruído.

“Eu não quero morrer.”

Torkunta murmurou baixinho.

Ela não estava falando sozinha.

Ela recebeu a resposta em sua cabeça.

[Eu sei.]

Foi Nix.

A mulher que se tornou a alma gêmea de Torkunta – literalmente.

Torkunta estalou a língua suavemente e disse.

“Se eu te ajudar a morrer, você vai me dar este corpo. Você quer dizer isso, certo? ”

Apesar de seu tom ameaçador, a voz de Nix permaneceu a mesma.

[E daí se eu não o fizesse? Você pretende recusar?]

“Kuk.”

Seu tom a deixou com raiva.

Esta jovem Fênix estava apenas tirando sarro dela todos os dias. Ela queria colocá-la em seu lugar, mas se eles realmente lutassem, ela nunca seria capaz de vencer.

Não podia ser diferente. Torkunta não poderia estar mais ciente disso agora.

Afinal, este corpo pertencia a Nix em primeiro lugar, e ela era apenas uma convidada indesejada.

Na verdade, se não fosse pela situação atual, Torkunta nunca teria tido a oportunidade de controlar o corpo.

Certo. Se não fosse por essa situação especial deles fugindo dos Semideuses.

“Eu não entendo. Você realmente pretende dar sua vida apenas para ajudar aquele Mago? ”

[…]

“Cordeiro sacrificial. Muitos humanos que matei no passado eram como você. Aqueles que queriam dar suas vidas para salvar o resto porque não podiam me matar. Quer saber o que pensei quando vi isso? ”

Nix não respondeu.

Não era uma pergunta que exigisse uma resposta.

Torkunta continuou bufando.

“Eles ainda eram os mesmos. Qual era o sentido de viver se você simplesmente morreria tão tolamente? Nada é mais precioso do que você. Não sei ao certo, mas eles devem ter derramado lágrimas de arrependimento antes de morrer. Porque eles tomaram uma decisão tola. ”

[Eu não sei por que você é tão cínico. Aconteceu alguma coisa antes?]

Torkunta não pôde deixar de ficar sem palavras.

Aconteceu alguma coisa antes? Houve alguém que já havia feito essa pergunta a ela?

Não. Não havia.

Quando ela reinou como a monarca da cordilheira, havia poucos indivíduos inteligentes em primeiro lugar, e mesmo aqueles que podiam expressar seus pensamentos nunca se atreveriam a fazer uma pergunta tão rude.

A maioria deles eram apenas caras patéticos que fariam xixi se encontrassem olhares com Torkunta.

“Eu nao vou morrer.”

Torkunta murmurou novamente, evitando a pergunta.

Mas logo, ela não pode deixar de suspirar.

‘… quanto tempo eu vou ser capaz de aguentar nesta cidade?’

Ela sabia que os Semideuses enviados por Agni os estavam perseguindo. Ela não sabia quantos eram ou quais habilidades eles tinham. Mas havia uma coisa da qual ela podia ter certeza.

Eles tiveram sucesso em sua perseguição.

Eles sabiam que ela estava atualmente escondida nesta cidade. E agora, eles estavam fechando lentamente seu cerco em torno da cidade.

Não havia como escapar.

Isso a deixou com apenas duas opções.

Seja capturado ou morra.

‘Então, por que você decidiu fazer algo tão notável?’

Uma mulher ruiva andando por aí pedindo às pessoas para matá-la?

Era natural que os rumores tivessem se espalhado por toda a Silkid. Claro, era inevitável.

‘Duas almas coexistindo em um corpo. Para se livrar de apenas um deles, a pessoa teria que atingir um estágio lendário. ‘

Foi por isso que ficaram desapontados quando conheceram Ivan.

Ele era o guerreiro mais forte que encontraram no deserto, mas ainda não era o suficiente para o que queriam.

‘O que eu devo fazer?’

Diante dessa situação desesperadora sem uma resposta adequada, Torkunta não pôde deixar de suspirar.


Um homem caminhou sem rumo por um deserto, suas memórias emaranhadas lentamente tomando forma.

Ele ainda não havia obtido qualquer indicação de quem ele era, mas o conhecimento geral e o bom senso começaram a surgir um após o outro.

‘Isto é um deserto.’

Um lugar onde você não poderia durar um dia sem beber água. Um deserto estéril. Um lugar muito inadequado para sustentar a vida.

Mas algo estava estranho.

O homem olhou para seu corpo.

O sol se pôs antes de nascer novamente três vezes. No entanto, não houve problemas com seu corpo.

Ele ainda estava cheio de energia, embora não tivesse nem um pouco de água ou comida.

“Isso significa que não tenho necessidades fisiológicas?”

Recebendo nutrientes, distribuindo resíduos, dormindo. Ele não sentiu a necessidade de fazer nenhuma dessas coisas.

Além disso, já fazia três dias que caminhava sem parar, mas não se sentia nem um pouco cansado.

O que estava acontecendo?

“…”

O homem mal podia ver uma cidade à distância. Isso fez com que vários sinais particularmente perturbadores surgissem.

Ele sentiu uma raiva misteriosamente intensa preenchê-lo por dentro, e a falta de uma razão clara apenas aumentou sua frustração.

Pelo menos, havia uma coisa da qual ele podia ter certeza. Para resolver esta questão, ele teve que ir àquele lugar.

O homem começou a se mover mais rápido, seus passos o levando para a cidade de Talhadun.


Isaka abriu lentamente os olhos.

Por que ele ainda estava vivo? Ou era a vida após a morte?

Foi só depois de sentir a dor de cabeça latejante que percebeu que era a primeira.

“Kuh…”

Suas memórias demoraram a se organizar. Ele simplesmente ofegou enquanto agarrava sua cabeça com as duas mãos.

“Eu…”

O que aconteceu?

Certo. Depois de obter o cristal do Semideus durante a confusão… ele o levou de volta para um esconderijo e o colocou em seu corpo.

Então, ele perdeu a consciência por causa da dor horrível.

Depois de ter esse pensamento, Isaka olhou rapidamente para o peito.

Babump.

Seu corpo inteiro parecia estar pulsando. No centro do peito de Isaka, o cristal de um Semideus estava incrustado de uma maneira hedionda.

Os vasos sanguíneos em seu peito aumentaram como se quisessem se libertar de sua pele e se contorcerem em um feixe mutilado.

Embora fosse uma visão tão nojenta que dava vontade de vomitar, o rosto de Isaka estava cheio de alegria.

“Sucesso…!”

Provavelmente porque a probabilidade de sucesso era inferior a 10%. A única coisa em que Isaka podia confiar era sua linhagem da família Blake.

Seu corpo foi basicamente criado por Leyrin. Então ele acreditou em seu corpo, onde o mana e o poder divino poderiam coexistir, algo que já era um milagre em si mesmo.

E sua aposta deu certo.

Hwiing.

Isaka olhou para a tempestade de gelo que foi criada por suas próprias mãos.

“Uhaha-!”

Era pequeno em tamanho, mas ele percebeu que seu poder havia aumentado várias vezes. Seu poder divino estava mais forte do que nunca!

E isso não era tudo.

Ele não tinha certeza do porquê, mas até suas reservas de mana haviam dobrado. Ele poderia ser capaz de alcançar 8 estrelas, desde que ganhasse a iluminação.

Isaka enviou a tempestade de gelo em direção à parede do porão.

 Boom!

Esta parede, que foi criada por meio de engenharia mágica, foi facilmente destruída.

Isaka não pôde evitar estremecer ligeiramente com seu novo poder.

Mesmo que ele tenha feito apenas um pouco de esforço, era tão forte assim?

Talvez sua força total agora fosse comparável à de um Semideus.

Quando a parede desabou, todo o porão começou a desabar. Isaka não se importou com isso. Este lugar não era mais útil de qualquer maneira.

Isaka usou Warp para ir para outro local.

Shuk.

O lugar que ele chegou foi nas montanhas, a uma distância razoável da residência da família Blake. Este lugar era uma residência temporária que ele havia criado e que ninguém mais na família conhecia.

Isaka respirou fundo o ar fresco da montanha.

Um sorriso apareceu em seus lábios.

“Muito bom.”

Ele finalmente obteve presas que podiam perfurar o pescoço. O quão afiados eles eram dependia totalmente de sua própria habilidade.

Um sentimento de euforia encheu o coração de Isaka.

Se ele apenas treinasse este poder um pouco mais…

“O que diabos você está fazendo?”

“…?!”

Com a voz inesperada, Isaka se virou rapidamente.

A primeira coisa que chamou sua atenção foi o cabelo branco. Mesmo as roupas finas que envolviam o corpo esguio eram brancas como a neve.

Foi uma mulher que deu a impressão de ser um campo coberto de neve fresca, sem uma única pegada para manchar sua imagem.

Mas Isaka estava prestando atenção em algo diferente de sua aparência.

“Semideusa…”

Isaka babou.

O poder que ele sentia do corpo dessa mulher não era algo que um apóstolo pudesse exalar.

“O cristal… você está aqui para recuperá-lo?”

Então a mulher falou com uma expressão irritada.

“De que merda você tá falando? Eu perguntei o que você está fazendo. ”

Isaka não respondeu enquanto inspecionava os arredores.

Não havia outros semideuses por perto, ele estava certo disso.

Ele soltou uma risada.

“Hu… huhu! Parece que você veio sozinha. Então eu tenho uma chance! ”

Hwiing!

Uma tempestade de gelo soprou ferozmente ao redor do corpo de Isaka.

A mulher estreitou os olhos.

“Isso! Eu queria testar minha força…! Eu deveria ter um poder comparável ao de um Semideus agora! Mesmo que eu não possa derrotar você, você definitivamente não pode me matar facilmente…! ”

“Não entenda mal. É irritante conversar com alguém que não consegue se comunicar adequadamente. Portanto, não há mais nada que eu possa fazer sobre isso. ”

Paht.

A mulher gentilmente estendeu a mão.

Isaka focou os olhos nela, vendo o poder que ela tinha.

“Hã…?”

Então, os olhos de Isaka se arregalaram consideravelmente.

O poder da mulher também era gelo.

Ela sorriu ao dizer.

“Eu estava me perguntando qual filho da puta poderia usar o poder de outra pessoa. Então, não importa o quão irritante seja, eu vim até aqui do meu esconderijo. ”

“uh, uh…”

Ela também convocou uma tempestade de gelo. O dela era muito mais poderoso do que seus poderes recém-adquiridos.

Isaka percebeu à primeira vista. Medo infiltrou-se em seu coração.

A confiança absoluta que ele acabara de ganhar evaporou sem deixar vestígios.

‘Ela é perigosa.’

Agora que ele realmente pensou sobre isso, esta mulher tinha acabado de aparecer aqui. Ela não estava esperando aqui por ele.

‘Movimento espaço-tempo.’

Um poder que só poderia ser usado por indivíduos de alta classe entre os Semideuses!

O rosto de Isaka rapidamente ficou pálido.

‘Nunca ouvi falar de um Apocalipse como ela.’

Se o oponente fosse um Apocalipse, ele não teria absolutamente nenhuma chance de vencer. Além disso, o poder dessa mulher era igual ao dele.

Era como jogar uma bola de neve em uma forte nevasca. Não havia como ele vencer.

Ele continuou a recuar, nem mesmo ousando usar seu poder divino.

“Certo. Aquela vadia da Leyrin deve ter uma mão nisso. Haha. Quando ela roubou minha amostra de novo?… que desagradável. Já faz muito tempo que não me sinto tão suja. ”

A mulher de cabelos brancos, Elliah, sorriu brilhantemente.

“Então, vou liberar minha raiva em você.”

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar