The Great Mage Returns After 4000 Years – Volume 2 – Capítulo 27

Capítulo 27

O fato de que os Demônios mataram sua família inteira não era nada especial. Leo também pensava assim.

Mas para alguém que testemunhou a tragédia pessoalmente, foi um pesadelo. A coisa mais difícil de superar foi a sua mágoa.

— …

Leo deitou na cama e olhou para o teto.

Tudo o que Lukas disse era verdade.

Ele ficou assim, porque estava fraco demais para superar a si mesmo. Era algo que ele estava evitando pensar há muito tempo, então ele não conseguiu controlar suas emoções quando ouviu alguém dizer isso.

“Achei que tinha enterrado minhas emoções há muito tempo.”

Ironicamente, Leo estava vivendo uma vida morta.

Lukas estava certo.

Ele fugiu porque não tinha coragem de revidar. Ele era um perdedor, que não conseguia superar suas próprias falhas, e um tolo, que achava que estava se sacrificando por seus objetivos.

No entanto, o que mais tocou seu coração foram as palavras que ele estava apenas confortando a si mesmo.

Toc-Toc.

Então houve uma batida na porta.

Leo já sabia quem era, mas, mesmo assim, se levantou e abriu a porta.

— Oi.

Era Gerard.

Ele sorriu e apontou para o quarto.

— Posso entrar?

Leo se afastou em vez de responder.

Gerard não hesitou em entrar na sala. Então, ele fechou a porta.

— Você falou?

Ao mesmo tempo, uma voz fria soou.

Gerard estava na sala com uma expressão fria no rosto. Se houvesse alguém lá, exceto Leo, eles poderiam ter duvidado de seus olhos e ouvidos naquele momento.

Mas Leo não ficou surpreso. Ele sabia há muito tempo que essa era a verdadeira natureza de Gerard e a natureza de sua equipe.

— Não.

Ele negou.

Era uma pergunta simples, mas ele sabia do que estavam falando.

Leo tinha sido tratado por um sacerdote completamente diferente, ou, para ser mais preciso, por alguém que não era um dos subordinados de Gerard.

Isso porque Nina havia notado seus ferimentos.

Em outras palavras, havia o risco de que os hematomas em seu corpo fossem percebidos durante o processo de remoção da energia demoníaca.

Gerard pode ter visto Lukas entrar na sala. Não. Ele deve ter visto.

E assim que o viu saindo, veio verificar Leo.

— Certo.

Gerard respondeu em um tom seco. Parecia que ele não achava que Leo mentiria para ele.

Gerard se jogou na cama como se fosse o dono do quarto.

— Eu gosto da relação que temos agora, Leo.

Leo não respondeu às suas palavras novamente, mas Gerard continuou a falar como se não se importasse.

— Em um mundo como este, me sinto estressado apenas por respirar. E se acumula tanto que não consigo mais segurar. Então, no começo, desabafei minhas frustrações em animais pequenos e coisas assim. Como gatos e cachorros. Seus gritos foram realmente satisfatórios no começo, mas depois de um tempo eu me cansei disso. Eles eram muito fracos. É por isso que… Fiquei tão feliz quando você disse que queria se juntar ao nosso grupo.

Um largo sorriso apareceu no rosto de Gerard.

— Você é forte. Embora seja mais fraco do que eu, você é mais forte do que a maioria dos caçadores.

Ele estava dizendo a verdade.

Gerard tinha o talento e a força para se classificar entre os caçadores de sua idade, e a maioria dos caçadores intitulados tinha grande interesse nele.

Nina, a presidente da filial, não era exceção.

Acima de tudo, Gerard era mais velho que Leo.

Eles lutaram várias vezes, mas Leo nunca foi capaz de derrotá-lo.

— Quando você não faz nada e me deixa bater em você, como uma boneca… Você sabe como eu me animo? É como se você fosse um brinquedo que Deus criou só para mim.”

Ele não sabia. Nem estava curioso.

Leo permaneceu em silêncio.

— Nossos interesses combinam perfeitamente. Você tem a sensação de realização de matar demônios enquanto eu recebo prazer e alívio do estresse. Espero que esse relacionamento possa durar por muito tempo.

Gerard riu de Leo em silêncio.

— Isso é tudo. Certifique-se de curar seus hematomas rapidamente. Como seu líder de grupo, eu me preocupo com você.

Com isso, Gerard saiu da sala.

Leo permaneceu no mesmo lugar.

“Me confortando…”

Leo não matava Demônios.

Ele era apenas um membro de um grupo que matava Demônios. Ele havia se enganado para ver isso de forma diferente.

Ele pensou que tinha uma participação, porque ajudou o grupo a matar Demônios. Mas como ele poderia saber que era apenas uma ilusão?

Seu apoio realmente os ajudou a matar os Demônios?

Houve alguma missão que não teria sido bem-sucedida sem ele?

O que exatamente Leo Freeman queria?

“Um perdedor que não conseguiu superar suas próprias falhas.”

Assim que ele se lembrou das palavras de Lukas, os hematomas em seu corpo começaram a latejar ferozmente.

Era como se os sentidos em seu corpo só tivessem retornado naquele momento, e a dor era insuportável.

— Argh…

No entanto, Leo suportou a dor.

Com um andar cambaleante, ele saiu de seu quarto.

Claro, ele não foi à procura de um sacerdote como Gerard disse.


Lukas sentiu que havia uma grande chance de Leo vir até ele.

Mas ele nunca esperou que ele aparecesse depois de apenas uma hora.

— …

Leo não disse nada. Parecia que ele estava esperando Lukas falar primeiro.

Ele ainda estava coberto de hematomas. Lukas achou que teria sido melhor se ele tivesse vindo depois de ser tratado.

“Não.”

Ele olhou nos olhos de Leo e pensou. Isso realmente não importava.

— Você mudou de ideia?

— …

— Bem… Isso é bom. Prepare-se.

— Pronto?

Para quê?

Leo não continuou a perguntar.

Isso porque Lukas tirou o casaco e assumiu uma postura.

Era a primeira vez que via tal postura em sua vida, mas Leo imediatamente percebeu o que era.

Lukas assumiu uma postura de artes marciais.

— Você quer lutar comigo? Com artes marciais?

A voz de Leo tinha um toque de absurdo.

Lukas não parecia um guerreiro. Do mesmo jeito que ele havia olhado para seu físico e descoberto sua força, Leo fez o mesmo com Lukas.

Ele não tinha um corpo treinado.

Mais importante, ele não disse que era um sacerdote?

Assim que ele pensou isso, o murmúrio de Lukas apareceu em sua mente.

“É… Algo parecido.”

Agora que ele parou para pensar, Lukas nunca havia afirmado que era um sacerdote.

“Ainda assim…”

Leo estava bem ciente de suas próprias capacidades quando se tratava de lutar contra humanos. Se fosse uma batalha um contra um em condições iguais, ele estava confiante de que não seria pressionado nem pelos lutadores mais talentosos.

Pelo menos ele não achava que poderia perder para um homem magro como este.

Taht.

De repente, Lukas partiu para cima dele.

Não havia necessidade de entrar em pânico, porque era um ataque telegrafado. Mas o olhar de Leo mudou quando viu a velocidade do ataque.

Era muito mais rápido do que ele esperava.

Leo rapidamente preparou seu ki.

“A direita.”

Ele se inclinou para trás e evitou o punho de Lukas.

Swoosh-

A ponta de seu queixo foi picada pelo vento gerado pelo soco.

— !

Após um breve momento de surpresa, a expressão de Leo ficou séria.

Não era apenas velocidade. O punho de Lukas também continha muito poder destrutivo.

Ele não sabia onde estava escondendo tanta força em seu corpo magro, mas Leo sabia que se não levasse isso a sério, poderia sofrer um golpe inesperado.

“Um monge?”

Entre todas as classes, suas capacidades de combate corpo a corpo eram consideradas as melhores. Somente aqueles que passaram por uma rigorosa triagem interna e testes difíceis poderiam se tornar monges, portanto, poderiam ser considerados uma classe de elite.

Não seria estranho para um Monge ser bom tanto curando quanto lutando.

“Contudo…”

A energia azulada subiu como uma névoa ao redor do corpo de Lukas.

Não era ki. Nem poder sagrado.

Até onde Leo sabia, havia apenas uma energia azulada.

“Mana.”

Artista marcial usando mana?

Ele nunca tinha ouvido falar disso antes.

Isso era natural. Enquanto Lukas havia espalhado inúmeras habilidades por este mundo, ele não havia espalhado as Artes Marciais Mágicas.

Havia várias razões para isso, mas a principal era que este mundo já tinha seu próprio sistema de artes marciais.

Em particular, Lukas ficou impressionado com as antigas artes marciais chinesas.

Eles aprenderam a usar artes marciais com base em seu ki, e seu sistema estava tão estabelecido que eles não precisavam das artes marciais de outro mundo.

Ao contrário da falta de conhecimento de magia, os vários estilos e técnicas de artes marciais estavam firmemente incorporados neste mundo. Não havia necessidade de espalhar as artes marciais.

Mas para Leo, que obviamente não sabia disso, os movimentos de Lukas eram um mistério.

“Penso nisso depois.”

O olhar de Leo se aguçou.

Sua cintura, que estava quase dobrada ao meio, ficou reta em um instante. Ele não usou nada mais do que sua flexibilidade para corrigir sua postura.

Todo o seu corpo latejava por causa dos hematomas e do cansaço, mas ele aguentou.

E, naturalmente, ele lançou um contra-ataque.

Os punhos de Leo dispararam para frente rapidamente.

Papapa.

Ele desencadeou uma série de ataques rápidos e poderosos em um instante.

Lukas evitou todos os ataques antes de agarrar o punho de Leo após o último soco.

Taht!

Mas naquele momento, Leo pulou do chão e chutou a barriga de Lukas como se esperasse isso.

Incapaz de suportar o choque, o corpo de Lukas deslizou para trás.

Seus olhos brilharam.

“As reações dele são boas.”

Ele não fez movimentos desnecessários e seu equilíbrio era sólido.

Acima de tudo, ele estava extremamente calmo. Essa calma se tornaria a maior arma desta criança.

Mas só se ele pudesse mantê-la em qualquer circunstância.

Ao contrário de Lukas, que tinha um sorriso suave nos lábios, a expressão de Leo era rígida.

“É como chutar um pedaço de ferro.”

Se não fosse por seu ki, ele poderia ter quebrado o dedo do pé. No entanto, isso não o impediu de tirar vantagem da situação.

Taht!

Leo rapidamente fechou a distância e continuou seus ataques.

Ele usava principalmente os punhos, e cada ataque era direcionado a um ponto vital. Como a conexão e o fluxo entre seus ataques eram suaves e claros, seria difícil retomar a iniciativa depois que ela fosse perdida.

“Eu tenho o fluxo.”

Embora pensasse isso, Leo não conseguia esconder seu nervosismo.

Ele lançou mais de uma dúzia de ataques, mas nenhum golpe decisivo, ele não podia nem mesmo infligir um arranhão.

Lukas evitou a maioria de seus ataques, e para os que ele bloqueou, fez Leo sentir que estava batendo em uma parede em vez de uma pessoa.

Até então, Lukas havia terminado de julgar Leo.

“Ele deveria ser um guerreiro de segunda classe.”

Isso era extremamente impressionante, considerando sua idade. Mesmo com a falha em sua mente, ele estava ansioso para saber até onde Leo poderia ir quando recebesse um ambiente no qual pudesse se concentrar.

— Huu…

Lukas respirou fundo.

Assim que Leo começou a se sentir desconfortável.

Kwak!

— !

A visão de Leo mudou, e ele se viu deitado no chão.

Era bom que a sala de treinamento tivesse piso acolchoado, ou ele poderia ter sofrido uma concussão.

Leo olhou fixamente para o teto por um momento antes de perceber que a luta havia sido decidida em um instante.

“Ele estava me testando?”

Este fato era difícil para ele aceitar.

Enquanto olhava fixamente para o teto, ouviu a voz de Lukas.

— Primeiramente, vamos começar quebrando sua ilusão.

— Ilusão? Você quer dizer eu?

— Isso. Você tem a ilusão de que os Demônios são os seres mais temíveis do mundo.

Lukas olhou para Leo enquanto falava.

— Meu velho amigo uma vez tentou fazer de alguém parecido com você, seu discípulo. Ele não conseguiu finalizar o relacionamento, mas, pelo menos, conseguiu consertar o trauma mental dele.

Leo não achava que isso se aplicasse a ele, mas estava curioso.

— Como eles superaram isso?

— Eles não superaram.

— Hã?

— Ele simplesmente aprendeu que havia coisas ainda mais assustadoras do que aquilo que ele temia. Apenas isso.

Lukas riu.

— Levante-se, Leo Freeman, recupere o fôlego e assuma sua postura. Seu último intervalo de hoje terminou.

Naquele momento, Leo sentiu que algo estava errado.

— A partir de hoje, você aprenderá que os demônios não são a coisa que você precisa temer.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar