Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

The Runesmith – Capítulo 189

Visitando a Igreja.

“Ugh… minha cabeça…” 

“Você está bem?” 

“Sim, eu só preciso descansar um pouco…” 

Roland estava sentado em uma cadeira enquanto segurava um pano na testa. Havia uma pedra de gelo enrolado nele enquanto tentava aliviar um pouco a dor. Ontem havia tentado usar sua nova habilidade e hoje os efeitos posteriores de seu uso ainda estavam com ele. 

Após a primeira vez na masmorra, ele não registrou nenhum efeito posterior, mas agora havia um debuff real. Ele persistiria por mais seis horas e a única maneira de se livrar dele seria ir a um Sacerdote ou beber uma poção de alto nível. 

Isso fez parecer que essa nova habilidade que poderia traduzir feitiços em runas era difícil de usar. Mesmo depois de analisar um dos feitiços mais simples, ele ficou fora por quase um dia inteiro. O debuff o fez ter uma enxaqueca e também fez com que sua mana corresse solta. Se ele tentasse criar runas neste exato momento, sentia que seria um fracasso. 

“Tem certeza? Você experimentou a poção de cura?” 

“Ah, sim, não foi forte o suficiente, acho que posso precisar ir à igreja, preciso pegar alguma coisa de lá de qualquer maneira…” 

Roland comentou de pé, era cedo e a loja estava aberta. Elodia estava com ele, mas ela precisava arrumar a loja. A razão pela qual ele precisava ir à igreja não era realmente para aliviar a dor ou a tontura, era para conseguir um cristal de mudança de classe. 

O único problema real eram suas habilidades que ainda não atingiram o limite. Isso não significava que não mudaria de classe. A segunda classe de nível 2 não levava em consideração a outra classe de nível 2. Principalmente títulos e requisitos especiais importavam, mas ele precisaria ver a lista antes de tomar uma decisão. 

Depois, havia sua nova habilidade visual que ele não tinha esperança de subir de nível tão cedo. Isso o colocou em um dilema, pois provavelmente não seria capaz de maximizar todas as suas habilidades nos primeiros 25 níveis da nova classe que escolhece. 

Enquanto seu nivelamento começaria a desacelerar quando ele se aproximasse do nível 150, seria capaz de tentar uma mudança de classe. O nível 3 era algo que ele pretendia fazer no menor tempo possível, mas, a menos que tivesse as habilidades, temia que a escolha de classes diminuísse em qualidade. 

“É assim mesmo? Faça uma viagem segura então.” 

Elodia apenas sorriu para ele depois de ouvir que faria uma viagem para a igreja. Depois de dar um beijo em Roland em sua testa dolorida, ela junto com Agni partiu para a loja. O lobo rubi foi capaz de sugar alguns desses pontos de experiência junto com seu mestre. Ele também conseguiu uma nova classe, mas precisaria esperar que seu mestre se recuperasse antes de escolher uma nova forma. 

“Urk…” 

Quase logo depois que Elodia saiu de casa, Roland deu um pulo rápido para o banheiro. Ele sentiu como se estivesse de volta ao seu primeiro ano de faculdade. As primeiras festas foram bem difíceis para ele e seu estômago levou algum tempo para se acostumar com todo aquele álcool. 

“Eu realmente preciso conseguir algo para aliviar esses sintomas…” 

Depois de se aliviar do café da manhã, ele se sentiu um pouco melhor, mas ainda não em plena capacidade. Rapidamente pegou seu casaco junto com sua armadura leve de meia placa que não tinha a maioria das partes difíceis de colocar. Sem querer ficar deprimido até que o debuff acabasse, ele foi em direção à cidade. 

A caminhada até lá parecia mais longa do que o normal, mas conseguiu não se destacar. Após cerca de quarenta minutos de caminhada irregular, conseguiu chegar à igreja. Mesmo agora, parecia espalhafatosa para ele, no início, começou como um pequeno edifício, mas agora parecia uma espécie de catedral. 

Ele não tinha certeza de como eles fizeram isso, mas a magia provavelmente estava envolvida. Embora as pessoas neste mundo não tivessem as ferramentas modernas adequadas para construir no alto, havia certas maneiras mágicas de produzir estruturas de aparência magnífica. 

De volta à sua própria oficina, ele executou alguns aprimoramentos nas paredes, mas não foi nada nessa escala. Ele só desenterrou quartos quadrados e reforçou as paredes, não eram bonitos, mas faziam o trabalho. 

“Louvado seja o sol!” 

No momento em que uma das sacerdotisas o viu no terreno da igreja, ele foi comprimentado por sua saudação habitual. Ele apenas acenou para a Sacerdotisa que estava vestida com um hábito vermelho e branco. Parecia estranhamente semelhante às roupas que as freiras usavam em seu mundo, apenas com um esquema de cores diferente e um grande símbolo do sol nas costas. 

“Você deseja ouvir a palavra da santa mãe?” 

A Sacerdotisa perguntou enquanto por algum motivo o zoneava como um falcão. Roland teve um pouco de dificuldade para falar com essas pessoas religiosas. Algumas delas sempre mudavam de assunto e tentavam pregar para ele. Na maioria das vezes, eles estavam apenas tentando receber uma doação ou vender seus produtos, então decidiu ir direto ao ponto. 

“Existe um healer disponível? Eu gostaria de remover um debuff e também comprar um cristal de mudança de classe.” 

“Oh meu Deus, um debuff? Você foi agraciado pela vontade da senhora, irmã mais velha Kassia está atendendo hoje!” 

A garota com quem ele estava falando era uma Sacerdotisa de baixo nível com menos de vinte anos. Havia uma certa estrutura de poder na igreja como em todos os lugares deste mundo. Eles deram um ao outro certas classificações e era fácil descobrir pela maneira como se referiam um ao outro. 

A irmã Kassia, por exemplo, subiu para além do 100º nível e estaria em torno do nível de aventureiro de rank ouro. Se uma Sacerdotisa alcançasse um nível acima de 100 e conseguisse obter sua segunda classe de nível 2, ela seria chamada de ‘Irmã Mais Velha’.

Era semelhante com seus colegas do sexo masculino, que normalmente seriam chamados de ‘padre’ depois de atingir uma classe de nível 3. Embora houvesse exceções e às vezes alguns dos Sacerdotes mais idosos receberiam esse título mais como honorário. 

“Ah… Irmã Kassia…” 

Roland se encolheu um pouco depois de ouvir que a mulher com quem ele tinha que dividir a barraca era a que estava de plantão. Memórias dela tentando enfiar sua bíblia inteira em sua garganta vieram correndo. Embora ela fosse uma beleza, se arruinava quando ela abriu a boca e começou a pregar o evangelho. 

Este mundo era diferente do outro, enquanto Roland nunca tinha sido um grande devoto, não tinha tanta certeza agora. Havia claramente coisas em ação aqui que não podiam ser explicadas com a ciência. Todos tinham acesso a um sistema estranho que lhes dava superpoderes. 

Então as pessoas na igreja estavam recebendo estranhas bênçãos de seus deuses. Aparentemente, os crentes devotos até ouviam as palavras de Deus e se encontravam com eles dentro dos julgamentos de mudança de classe. Se isso era apenas uma ilusão criada com a mente do crente devoto, estava em debate. 

Embora essas pessoas fossem um pouco irritantes, também era verdade que faziam boas ações. Os orfanatos eram principalmente administrados por eles e deram aos jovens tempo suficiente para se prepararem para a vida adulta. Eles não forçaram ninguém a se tornar sacerdote, no máximo tentaram convencê-los a escolher seu lado. 

Assim, sua opinião sobre a igreja de Solaria era positiva. Assim como em qualquer organização haveria maçãs podres como o sacerdote que Elodia encontrou. Mas ele não podia odiar toda a organização devido a alguns incidentes ruins. Nada era perfeito, as pessoas ainda mantinham alguns de seus desejos mesmo depois de adquirir o hábito. 

“Você precisa que eu te mostre o caminho?” 

A garota perguntou, mas ele apenas balançou a cabeça. Já estave aqui para pegar seu cristal de mudança de classe quando o usou para mudar para sua classe atual. Então, mais tarde, ele pegou um para Bernir quando atingiu um nível mais alto. 

Havia algumas seções neste edifício, a maior era o que todos veriam. O interior era espaçoso com um teto alto. No final havia um pódio onde os Sacerdotes ou Sacerdotisas fariam seus sermões. Eles tinham um grande órgão de tubos na parte de trás que era usado para tocar algumas das músicas. 

Os vitrais desta igreja eram bem impressionantes. Eles retrataram Solaria de várias maneiras como uma bela mulher com quatro asas de fogo. Na maioria das representações, ela foi mostrada com uma espada e um escudo nas mãos. Embora fosse considerada uma figura materna, as pessoas também a reverenciavam como uma deusa da guerra endurecida pela batalha. 

Isso era semelhante para qualquer um dos outros seres divinos que tinham algum tipo de experiência de batalha para eles. Era como se cada uma das divindades precisasse que seus crentes estivessem prontos para o combate. Enquanto as igrejas da lua e do sol eram as mais prevalentes, havia algumas outras. Algumas ratejavam profundamente no subsolo, como o culto que ele havia encontrado todos aqueles anos antes. 

Ele se viu neste grande salão, felizmente a missa acabou e a Sacerdotisa irmã mais velha estava aceitando visitas. Kassia não era a pessoa de mais alto escalão nesta congregação, mas era a segunda no comando. Ainda não havia sacerdotes de nível 3 aqui, se ela continuasse em seu caminho, provavelmente depois de alguns anos poderia tentar a classe. 

Lá estava ela ao longe, suas mãos brilhavam com uma luz dourada enquanto curava algumas pessoas. Os milagres que a Sacerdotisa produzia eram muito atraentes e até mesmo ficar perto deles daria a uma pessoa essa sensação de formigamento quente. Era muito fácil perder-se neste espetáculo e era natural que muitas pessoas corressem até ela. 

Do ponto de vista de Roland, ficou claro que eles estavam exibindo propositalmente a magia de cura para as massas. Para o olho destreinado, isso seria algo insondável, mas para ele que se interessou por magia rúnica, não era tão especial. 

‘Eu me pergunto…’ 

Enquanto normalmente ele não ganharia nada com isso, agora com uma nova habilidade em sua posse, ele estava curioso. Era uma habilidade que traduzia magia em runas, mas e os milagres de cura? Pelo que podia dizer, essas magias de cura eram consideradas diferentes da magia normal. Enquanto eles usavam mana como recurso básico, havia algo mais lá. 

‘Essa habilidade me permitiria copiar milagres de cura em feitiços rúnicos?’ 

Ele tinha ouvido falar de armamento divino, mas, até onde sabia, eles exigiam preparação especial. Talvez mesmo que  pudesse copiar um feitiço de cura, precisaria de algum material especial para alimentá-lo. Depois, havia também o problema de se sentir terrível, se tentasse usar a habilidade do olho agora, sentia que seu olho poderia cair da órbita ocular. 

Por enquanto, ele decidiu guardar esse pensamento para mais tarde. Talvez quando aumentasse a habilidade examinando feitiços menores, tentasse fazer milagres de cura. Afinal, sabia que isso colocaria uma pressão ainda maior sobre ele do que quando o ativou na masmorra. Assim, por enquanto, se colocou na fila que aguardava a cura. 

Esta era uma das peculiaridades desta igreja. Era dirigido por um elenco feminino de Sacerdotisas e clérigas. Em algumas outras igrejas, ele também viu um claro favoritismo por pessoas que podiam pagar pelos serviços, mas aqui havia uma fila. Embora exigissem que todos pagassem, ele também ouviu que algumas das irmãs estavam oferecendo seus serviços gratuitamente nas horas vagas para as pessoas que simplesmente não tinham dinheiro de sobra. 

“Louvado seja o sol… Oh, isso é um deleite, não é Sr. Wayland?” 

Finalmente, depois de esperar cerca de vinte minutos, foi a vez dele. Depois que abaixou o capuz, ficou claro quem ele era. Irmã Kassia o conhecia mais daquela expedição, mas de vez em quando ele tinha alguns desentendimentos com ela na cidade. 

“Sim, sou eu, preciso de seus serviços, irmã Kassia.” 

“Oh meu Deus, se eu soubesse que você viria, eu teria preparado um chá! Por que você não espera um momento, poderíamos ter uma boa conversa sobre nossa santa senhora, só nós dois!” 

“Hum… acho que não tenho tempo para isso e a fila atrás de mim é bem longa, você provavelmente não vai terminar tão rápido…” 

Roland tinha saído de manhã cedo e era apenas o começo do dia. Kassia provavelmente precisaria estar aqui para a maior parte, então se ele realmente esperasse, seria anoitecer antes de ser curado. A essa altura, o debuff já teria acabado de qualquer maneira, então não haveria razão para ele ficar. 

“Oh que boba eu, eu só queria relembrar os bons velhos tempos! Então, o que posso fazer por você, Sr. Wayland, você está um pouco pálido, por favor, me dê sua mão. 

Ele assentiu enquanto se sentava em um banquinho na frente dela. As classes de sacerdotes tinham algumas habilidades especiais através das quais podiam descobrir as doenças e ferimentos das pessoas. Graças a isso eles saberiam se suas habilidades fossem boas o suficiente para ajudar. 

Foi uma sensação estranha, no momento em que ela colocou sua pequena mão sobre a dele, parecia que foi picado por muitas agulhas minúsculas. Essa sensação diminuiu rapidamente e era hora deele ser curado. Sem soltar a mão, Kassia começou a realizar um de seus milagres de cura que fez seu corpo inteiro brilhar em um tom dourado. 

Desde o início, ficou claro que esse debuff não era tão simples. Normalmente, a cura passaria mais rápido, mas seu corpo continuou a irradiar energia divina por uns bons quinze segundos antes de Kassia puxar a mão para trás. Sua testa estava um pouco úmida, pois ficou claro que ela gastou uma boa parte de sua mana nesta cura. 

“Esse foi um debuff peculiar Sr. Wayland, mas você deve estar se sentindo melhor agora.” 

Ela bufou de alívio, pois estava claramente cansada. A sensação de sonolência que sentia diminuiu quase instantaneamente e ele voltou ao seu antigo eu. Depois que o tratamento terminou, outra Sacerdotisa com uma bandeja veio do lado. Nela, ele deixou cair algumas moedas, enquanto não havia preço definido aqui, a expressão facial da Sacerdotisa mudaria principalmente até que conseguisse a soma correta. 

“Louvado seja o sol!” 

A Sacerdotisa estagiária que estava lá para recolher a moeda sorriu brilhantemente para ele enquanto ele se sentia roubado. Embora os milagres sagrados funcionassem mais rápido e não tivessem nenhum efeito colateral, eles custavam muito mais do que curas e poções de cura. Se a situação não fosse terrível o suficiente, provavelmente teria decidido esperar, mas precisava daquele cristal de mudança de classe ou dois. 

“Sim… eu também gostaria de fazer uma compra, o santuário está aberto?” 

A loja da igreja estava situada principalmente em uma sala lateral junto com um santuário. Lá as pessoas podiam comprar vários itens abençoados. Serviços como imbuir armas com energias sagradas também eram realizados lá. Igrejas que estavam estacionadas perto de masmorras com criaturas mortas-vivas estavam ganhando bastante dinheiro com esses serviços. 

“O santuário está sempre aberto ao nosso rebanho, lembre-se de ficar em silêncio, pois esta é a casa da senhora.” 

A menina mais nova assentiu enquanto ele se levantava, Kassia parecia um pouco esgotada então ele apenas se despediu e foi em direção ao santuário. A fila de pessoas com várias doenças, ferimentos e debuff continuou a crescer, então ela tinha outras coisas com que se preocupar. 

Dentro do santuário encontrou outra Sacerdotisa, esta parecia muito mais velha que as outras, mas seu nível não era tão alto. Ficou claro que ela não tinha muito talento para as artes de cura e, sem passar pelos degraus da masmorra, até os sacerdotes não conseguiam subir de nível. 

Havia vários acessórios como colares, pingentes, braçadeiras e talismãs em exibição aqui. Eles estavam todos imbuídos de energias divinas de alguma forma que eram mantidas escondidas do público. 

Um artesão poderia viver uma boa vida se conseguisse fazer um acordo com uma igreja da cidade. Eles receberiam grandes quantidades de ouro, mas também seriam forçados a ficar quietos sobre as maneiras de fazer equipamentos divinos. 

Por enquanto, ele apenas apontou para a seção com os cristais de mudança de classe. Depois que seu vigor voltou, era hora de verificar o progresso dele e de Agni. Com suas habilidades ainda não totalmente amadurecidas, seu lobo seria o primeiro da fila para uma evolução. Então era hora de visitar seu antigo apartamento mais uma vez, talvez quando ele saísse, ele tivesse uma nova classe.  


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

5 3 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar