Switch Mode
Participe do nosso grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx

Virtual World: Peerless White Emperor – Capítulo 718

Nó no Coração

“Lil’Yu, preste atenção na Arte de Acúmulo do Corte de Espada de Energia do Tio Grande Mestre Lele.”

“O ‘Tio Grande Mestre’ não é mais velho que ‘mestre’?” As palavras de FrozenCloud chamaram a atenção de Zhang ZhengXiong: “Como Lele ousa tirar vantagem do Mano e de mim?! Nem pensar. Também sou o Tio Grande Mestre! Mano é o Honorável Mestre.”

“Então, quem é o mestre?” Zhao XiangYu ficou sem palavras.

“Está tudo bem, Tio Grande Mestre e Honorável Mestre é o bastante. Quanto ao mestre… só finja que não existe. Estas formalidades não são muito importantes”, Zhang ZhengXiong respondeu.

“…”

“Chamar você de Tio Mestre seria melhor.” Zhang XiangYu pensou. ‘O que aconteceria se eu tivesse meus aprendizes no futuro e me perguntarem quem é o Honorável Mestre deles? Não posso dizer que Honorável Mestre não existe, mas tem um Grande Honorável Mestre.’

Após terminar, Ye Cang foi a estação.

Raios de sol brilharam pela janela e pousaram em seu rosto. Seu cabelo branco parecia extraordinariamente brilhante sob a luz.

Ye Cang se virou para o mar: “O nó no meu coração não foi desfeito mesmo. Sinto muito, A’Xiong, permita-me ser imprudente pela última vez. Mesmo que possa ser impossível, ainda gostaria de tentar… reviver a Qinxue.”

Cidade de XinYun. O quartel-general do Grupo Empresarial Lorde do Céu.

Encarando a mulher no tanque líquido, Ye Cang parecia extremamente sério.

“Pense bem. Você realmente quer que ela recupere a consciência?” O chefe levantou os tentáculos e encarou Ye Cang.

“Esta é a última coisa que quero fazer. Não tenho certeza se viverei amanhã, então por que não tentar?” Ye Cang estendeu as mãos e acariciou a porta do tanque.

“Os homens nunca deveriam se tornar espíritos.” O chefe ativou a porta.

Instantaneamente, o líquido virou gás. A mulher que parecia completamente igual a Qinxue abriu os olhos. No entanto, ela não parecia viva.

O chefe balançou a cabeça. ‘Este sujeito é persistente demais. Ele só deseja reviver a original. Todo clone e humano artificial receberia uma alma para ter uma nova vida, mas isto é difícil para o original porque a alma desta garota se foi há muito tempo. Mesmo que ela seja revivida, seria apenas seu corpo vazio, sem sua alma.’

“Na verdade, você só está com medo da solidão que ela sente. A culpa que sente sempre que uma pessoa nova entra em seu coração… realmente te assusta…”

“Eu sei… mas é realmente difícil deixá-la. Você pode deixar seu pequeno amor?” Ye Cang acariciou gentilmente o rosto de Qinxue enquanto seus olhos começavam a ficar vermelhos: “Está prestes a zumbificar (quando alguém tenta reviver um cadáver de propósito que não tem alma, seria demonizado rapidamente. Esta é a lei da perda…)”

Vendo Ye Cang deitando a cabeça no rosto de Qinxue, o chefe se virou e saiu do laboratório, sentindo-se aborrecido.

Fluxos de lágrimas percorreu a bochecha de Ye Cang enquanto Qinxue mordia seu pescoço. Apesar disso, ele estava acariciando o cabelo dela gentilmente, percorrendo a estrada da memória, de volta a noite chuvosa. Ele então começou a contar à mulher cuja boca estava cheia de sangue pela situação recente: “Você sabia? A’Xiong cresceu muito. Ele está bem masculino agora. Se o visse, ficaria feliz. Oh, e o Lele. Você definitivamente não sabe quem ele é. Ele é um bom irmão meu e do A’Xiong, mesmo que seja um pouco burrinho…”

Sentindo que a zumbificação estava ficando séria, Ye Cang soluçou: “Sinto muito. Sinto muito, Qinxue. Não mantive minha promessa de novo. Desrespeitei seu cadáver…”

Ye Cang rompeu em lágrimas, chorando como uma criança. Seu amor seria tirado quando ele realmente acordasse. Ele era o único que conseguia sentir a dor de sua ligação com Qinxue e mais ninguém. Aquela lacuna entre eles se alargou mais uma vez. Ele não podia entender a pessoa que mais amava, simplesmente não conseguia fazer isto. Olhando seu amor que estava mordendo e rasgando sua carne loucamente, ele levantou as mãos trêmulas e perfurou o peito dela. Emocionalmente, olhou para os olhos vermelhos: “Este… este é… o último adeus. Manterei minha promessa a partir de agora, Xue…”

Fluxos de sangue negro fluíram do tanque como um rio.

Um grito alto foi ouvido.

“Esta é a pessoa mais louca e teimosa que já vi”, o chefe suspirou. Momentos depois, Ye Cang, coberto de sangue preto, saiu do laboratório, carregando a mulher: “Ainda vai continuar?”

Ye Cang balançou a cabeça: “Não. Desta vez, a enterrarei pessoalmente. Não quebrarei minha promessa de novo…”

Ye Cang então saiu do laboratório. O chefe encarou a sala vazia que foi feita apenas para ele: “A humanidade é a coisa viva mais louca de todas e é tudo por causa do amor. Apesar de saber que é impossível, ainda querem tentar. Isto só se torturaria.”

Pensando sobre isto, tirou uma foto do bolso. Era uma foto de uma garota chupando uma chupeta: “O mesmo vale para mim. Para alguém que amamos, faríamos qualquer coisa. Eu até fiz coisas mais loucas e sujas no passado… porém, enquanto você estiver imaculada, Amorzinho.”

LinHai. Distrito Leste. Cemitério Alma da Lua.

Encarando o túmulo que esculpiu há muito tempo, Ye Cang deitou silenciosamente o cadáver. Sob a luz do luar, Ye Cang parecia mais velho, porém aliviado e também relutante. Ainda não conseguia cobrir o rosto dela com a última pilha de terra.

“Mano…”

Após ouvir a voz de Zhang ZhengXiong, Ye Cang sorriu amargamente: “Você sabia.”

“Sabia há muito tempo que este túmulo estava vazio.” Zhang ZhengXiong caminhou até o túmulo e olhou para o rosto familiar.

“Você me odeia?” Ye Cang abaixou a cabeça com muita culpa.

“O que você fez, é útil? Você é meu único membro da família restante. A irmã começou sua nova vida e você também deveria.” Zhang ZhengXiong agachou e tocou no rosto frio da sua irmã. Fechou os olhos marejados e jogou a última pilha de terra.

Ye Cang estendeu a mão, querendo remover a terra, mas não conseguiu fazer isto.

Zhang ZhengXiong abraçou Ye Cang com força: “Pare. Eu te imploro, Mano…”

“Sinto muito, A’Xiong… eu…”

Zhang ZhengXiong o abraçou com força. Ye Cang decidiu permanecer em silêncio, sentindo o tremor de Zhang ZhengXiong. ‘Talvez eu não seja maduro como ele.’

O dia seguinte.

Wu Na viu um sorriso no rosto de Ye Cang enquanto fazia o café da manhã. ‘É a primeira vez que o vejo sorrir. Pelo menos não parece tão distante agora.’

“Você pode não usar tofu e chocolate como tempero do ovo frito?”

“O que é isto?”

“O tempero que fiz com todos os tipos de órgãos de peixe.”

“Você finalmente trouxe sua habilidade do jogo?”

“Cai fora, cai fora. Farei o trabalho. Não suje minha cozinha.”

“Você só está com inveja da minha culinária.”

“……”

“Acho que você pode acompanhá-los no treinamento matinal.”

Com frustração, Ye Cang foi a praia. A Pequena Ye Tian, que estava bebendo leite de soja quente, viu e sentiu que seu pai parecia diferente, mas não sabia dizer o motivo. Ela então sentiu uma dor quando estendeu a mão para pegar o pão.

“A carne de cogumelo dourado é minha!” Lele agarrou o pão, enfiando na boca e engolindo. Ele então saiu arrogante e continuou sua batalha com Zhang ZhengXiong.

“Quando ele vai parar de ser um valentão?! Maldito Lele!” Pequena Ye Tian rangeu os dentes, pegou o pão de cogumelo normal e comeu.


Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação.

Comentários

0 0 votos
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar