World Domination System – Capítulo 114

A Decisão do Salão de Treinamentos

“Quanto aos membros da Unidade de Dominação, vocês têm a opção de saírem agora depois de entregar tudo o que lhes foi dado e jurarem jamais falar com ninguém sobre os assuntos que vocês aprenderam aqui. Pensem, e façam suas escolhas.” 

Os juramentos eram eternos, ainda havia tempo para quem tinha feito o juramento escolher se libertar do juramento e se tornar livre. Em outras palavras, os prazos não podiam ser estabelecidos em juramentos. Assim, Daneel decidiu dar essa chance a todos de escolherem o curso de suas vidas. Ele não tinha intenção de forçar ninguém. 

Vendo as expressões de quase todos no campo entrarem em pensamentos profundos, ele decidiu esperar por sua resposta enquanto ruminava sobre seu plano para a oferta da Seita Assassinato Oculto. 

Para o treinamento, não havia exigência especial de idade ou nível de poder. Só era necessário talento, mas com as técnicas que ele distribuiria, isso não seria um grande problema. 

Afinal, se ele pudesse escolher entre um assassino de alto talento que não era completamente leal a ele e um assassino de talento médio que tinha jurado seguir todas as suas ordens, ele escolheria o último sem palpitações. 

Lealdade era uma coisa inconstante. Daneel já tinha percebido isso tanto quando viu Laravel trair o Rei e o Príncipe mais velho trair seu pai. 

Assim, a única maneira de garantir lealdade era o juramento. 

Também não era prático esperar que soldados talentosos jurassem o Juramento Vinculado. A maioria das elites do exército só estavam ligadas a juramentos simples, e eles tinham o poder de sair sempre que quisessem depois que seu período mínimo de alistamento terminasse. Seu principal objetivo de permanecer no exército era ganhar experiência e usar os recursos dados para crescer o mais forte possível. Depois disso, o mundo era seu parquinho. 

Assim, o plano de Daneel era escolher a dedo 100 soldados com o maior talento possível no exército que estavam dispostos a fazer o juramento, juntamente com 100 das melhores sementes da Unidade de Dominação. O objetivo era enviar um total de 100 magos e 100 lutadores, já que cada tipo de assassino tinha diferentes usos e aplicações, todas vitais. 

“Sinto muito meu Rei, mas não posso forçar-me a jurar o Juramento Vinculado. Eu amo ser livre, e mesmo essa técnica não pode mudar esse anseio meu.” 

Quem falou e afastou Daneel de seus pensamentos foi uma mulher que parecia ter 30 anos. Embora ele não soubesse o nome dela, ele sabia que ela era uma das melhores instrutoras de magia de fogo no Salão de Treinamentos. 

Felix já tinha alertado Daneel sobre isso acontecer. Em suas próprias palavras, o Salão de Treinamentos era um lugar no qual quem queria um porto seguro pudesse chamar de lar, ao mesmo tempo em que não os amarrava de forma alguma, permitindo que eles fossem tão livres quanto quisessem. Tais indivíduos achariam muito difícil fazer o juramento. 

E como ele disse, pelo menos metade dos instrutores concordaram quando ouviram a mulher falar. 

Metade deles! 

Estes eram todos indivíduos que tinham alcançado pelo menos o reino Humano Eminente como lutadores ou magos. Se eles treinassem usando a técnica que Daneel deu, chegar ao reino Humano Exaltado seria uma certeza, enquanto mesmo o reino Guerreiro não seria um sonho impossível. 

“Vocês devem entender que se fizerem o juramento e treinarem com a técnica, é possível alcançar o reino Guerreiro e dobrar sua vida antes de morrerem. Isso não lhes atrai?” 

Ele não podia deixar de perguntar, já que a curiosidade estava se tornando insuportável. 

O Reino Guerreiro! Nesse nível, eles seriam banhados com presentes em quase qualquer lugar do continente. Com uma vida útil mais longa, eles poderiam até mesmo começar a explorar os belos pontos turísticos de Angaria ou até mesmo tentar entrar nos “Quatro Maiores” que tinham as técnicas mais fortes de todo o continente! 

Riqueza, fama e poder. Tudo podia ser deles, e tudo o que tinham que fazer era confiar em Daneel. 

“Meu Senhor, podemos falar em particular?” 

Ao ouvir isso, Daneel ficou um pouco confuso, mas concordou com o pedido. 

Depois de se afastar um pouco da clareira, ele acenou com a cabeça para Kellor lançar o feitiço de silenciamento. 

Quando os sons ao redor todos desapareceram para serem substituídos por um silêncio absoluto, a mulher na frente dele lhe deu um sorriso. Ela usava uma camisa branca folgada sobre a calça marrom, lembrando Daneel da famosa “Garota Moleca” da Terra. Agora que ele observou de perto, ele notou que ela era realmente musculosa, enquanto seu rosto estava bronzeado. Seu cabelo ruivo e frisado caía sobre seus ombros, enquanto ela esfregou seu nariz comprido antes de começar a falar. 

“Eu sou chamado Volma, Sua Majestade. Eu só tinha uma pergunta simples, mas eu não queria dizer isso na frente de todos aqueles adolescentes esperançosos. Você pode garantir que estarei viva em 10 anos se eu fizer o juramento para você e aceitar a técnica?”  

Daneel ficou pasmo quando ouviu a pergunta. 

Na verdade, ela era simples. Mas ele não tinha resposta. 

Seu objetivo na construção da Unidade de Dominação era criar uma força que respondesse apenas a ele. Eles podem ser destacados para qualquer coisa, desde operações secretas até excursões militares, onde a morte sempre seria uma possibilidade. 

Assim, ele poderia garantir que ela estaria viva 10 anos depois? Não, ele definitivamente não poderia. Não importa o quão bem as coisas se saíssem, a morte pode ser inevitável. Ele tinha visto a realidade disso quando o Vice-Mestre da Seita Folha Fulminante casualmente permitiu que os ataques do Rei e dos Magos da Corte atingissem a nobreza atrás dele. Na verdade, ele ainda se lembrava daquela visão chocante de corpos queimados e desfigurados até hoje. 

Este não era um mundo pacífico, e especialmente com a existência de magia, tudo era possível. 

“Você não pode, meu rei. Como pessoas que viram o mundo, sabemos que isso é óbvio. Mas esses adolescentes sabem o mesmo? Talvez alguns saibam disso subconscientemente, mas suas razões na época para fazerem o juramento devem ter obscurecido seu julgamento. Elanev me contou como a Unidade foi formada. Se não houvesse ódio ardente, eles tomariam a mesma decisão?” 

Daneel não podia falar uma palavra. Na verdade, ele nunca tinha se colocado no lugar deles. 

Quando fizeram o juramento, as injustiças que sofreram tinham dominado suas mentes. Mas agora, esses assuntos não existiam mais. 

Neste momento, Daneel se amaldiçoou por não perceber isso e dizer a todos claramente o que estava em jogo. Era seu dever colocar tudo para fora, e ele tinha negligenciado isso. 

Claro, ele ainda tinha a opção de não fazê-lo e deixá-los fazer a escolha. Mas ele não era esse tipo de pessoa. Ele desejou que todos aqueles que o seguissem o fizessem por livre e espontânea vontade, em vez de serem enganados. Assim, embora a opção entrou em sua mente, ele descartou-a instantaneamente. 

Agora que ele sabia sobre isso, Daneel não queria perder mais tempo. 

“Dê-me um momento.” Disse ele, antes de voltar à sua posição anterior. 

Volma não disse nada, optando por olhar para Daneel enquanto ele se afastava. Um sorriso estava de um lado de seu rosto, enquanto ela estava ansiosa para ver o que o jovem rei faria. 

“Pessoal. Preciso dizer mais uma coisa. A Unidade de Dominação será meu exército pessoal, que realizará operações especializadas para o bem do Reino e Angaria como um todo. Haverá risco de morte, e não posso garantir que as coisas não darão errado. Em outras palavras, vocês podem morrer. Sei que vocês fizeram seus juramentos antes porque suas mentes estavam cheias de ódio e angústia devido aos nobres. Agora, não existe tal coisa pesando sobre vocês. Portanto são livres para escolherem seus próprios caminhos. A única coisa que posso prometer é que sempre os valorizarei como meus irmãos e irmãs de armas, e nunca serei tão insensível com vocês como o rei anterior era com o exército. Isso é tudo que eu posso dizer.” 

Quando Daneel parou de falar, outro silêncio veio sobre a clareira. 

Ele tinha sido o mais claro possível, porque assim como Volma disse, eles precisavam saber a verdade. Ele também não disse palavras vazias, porque ele não podia garantir mais nada. 

Desta vez, não houve uma única pessoa que não tivesse expressões de consternação profunda em seus rostos enquanto contemplavam suas opções. 

Daneel sentiu como se algum peso tivesse sido retirado de sua mente. Pensando um pouco, ele percebeu que tinha sido a culpa que havia se formado quando ouviu as palavras de Volma. Culpa por não cumprir seu dever e informar seus potenciais seguidores de tudo o que os envolvia. Pensando que ele ainda tinha muito a aprender, ele comprometeu isso com seu coração e mente antes de voltar para Volma. 

Só que as palavras que ela disse quando ele chegou o assustaram, fazendo-o olhar para trás e olhar para Felix. 

“Peço desculpas antecipadamente meu rei, então, por favor, não fique com raiva. Você passou no teste decidido pelo Mestre do Salão de Treinamentos para descobrir por nós mesmos sobre seu caráter.”  

 

 

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar