Estamos testando algumas plataformas de anuncios, caso notem links suspeitos e direcionando forçadamente para páginas indesejadas nos avise através do formulário de contato.

Apocalypse Hunter – Capítulo 21

Cavaalma (1)

Zin parecia pronto para bater nos dois com a pá assim que eles saíssem do tranqueirão.

— Huh? Caçador…? — Charl olhou para Zin perplexo.

— Nada bom… — Assustada, Leona abaixou sua cabeça. Zin apontou próximo ao tranqueirão com sua pá.

Saiam.

Charl e Leona sabiam o que ele quis dizer. E saíram do tranqueirão.

— Você precisa desligar o motor.

— Ah, tudo bem! — Charl desligou o motor e saiu do tranqueirão.

— Eu tenho que explicar para você o quão maluquice é ligar um tranqueirão no meio do nada?

— Bem…

— É maluquice fazer qualquer barulho quando nós não sabemos o que pode estar espreitando por aqui. Isso aqui não é uma fortaleza onde nós podemos conseguir apoio, e você não tem homens para te ajudar. — Zin apontou para o lugar em que estava de pé.

— Nós estamos em um deserto. Os Salteadores são malucos por dirigir tranqueirões, porque esses veículos são instáveis, e mais importante de tudo, pelo barulho alto que eles fazem.

Monstros se espreitando ao redor podiam vir atrás do som. Zin explicou o motivo das ações de Charl serem perigosas, e ele assentiu lentamente tristonho.

— Desculpe… eu não pensei direito…

— Sim, moço. Charl não sabia disso…

— … Você acha que eu não sei que você está tentando escapar dessa?

— Desculpa! — Leona ficou triste enquanto Zin olhava para ela.

— Não façam nada estúpido e fiquem parados.

— Claro!

— Sim!

Zin estava gritando com um oficial Armígero, mas Charl permaneceu em silêncio enquanto assentia com sua cabeça. Zin voltou e começou a cavar novamente. As ações deles foram muito imprudentes e Zin estava extremamente chateado.

Já que Charl ainda estava triste, Leona cutucou ele para chamar sua atenção.

— Aquele cara realmente, realmente odeia tranqueirões.

— Entendo.

— Deixa ele quieto.

Os dois sussurravam, e quando Zin encarou eles de novo, eles fecharam suas bocas. Charl começou a se sentir irritado também.

Eu sei que foi um erro. Qual o problema dele? Se há um monstro, então ele podia caçá-lo.

Charl tinha confiança em suas habilidades de combate. Ele já caçou monstros grandes no PCM. Essa viagem com Zin estava começando a ficar muito chata. Ele era cauteloso demais, silencioso, e furtivo.

Para Charl que tinha sobrepujado monstros com artilharia pesada, era uma viagem bem maçante.

Pfft. Os sêniores mencionaram que caçadores eram todos um bando de covardes, e parece que é verdade.

Charl não conseguia não pensar que o comportamento de Zin era o de um covarde. Ele pensou que seria mais fácil exterminar qualquer monstro que viesse e pegar as lascas. Charl resmungou e assistiu Zin que cavava constantemente. Para Charl, Zin parecia um caçador veterano, mas que era excessivamente egocêntrico. Zin parecia uma pessoa que ficava com sua própria opinião. Como um exemplo, durante a viagem, ele sugeriu pegar a rota longa e difícil porque a rota fácil era perigosa.

Eu podia matar facilmente centenas de monstros na região da Coreia-Antiga.

Charl só precisava das coordenadas, mas não do poder de Zin. Ele pensava que podia vencer qualquer perigo com as armas que tinha em mãos.

E qual é a desse casaco dele? Ele não está com calor? Que exibido.

Charl começou a ficar com raiva com tudo relacionado a Zin. Se não fosse por Leona, ele não teria ido junto com Zin.

*whoosh!*

De repente, como se Zin tivesse lido a mente de Charl, ele tirou algo de seu casaco. Charl não teve tempo para reagir ao movimento súbito de Zin.

*Crank!*

Zin mirou a AKM para Charl.

— Você é louco!

— Aaahh!

Charl puxou Leona para perto dele e ativou as luvas reativas.

*Ratatattaatatat!*

Tiros saiam do Fuzil de assalto com velocidade tremenda. Mas, nada atingiu as luvas reativas.

— Kraaarggggh!

Os tirou que Zin disparou acertaram algo atrás de Charl. Quando este olhou para trás, ele ficou atônito.

— O que… O que é isso…?

— Krrrk. Kr! Krrra!

Uma pessoa que levou vários tiros estava tremendo violentamente, coberta com bolhas de sangue. Zin trocou o carregador do fuzil.

— É um vagabundo. Venham aqui.

Charl puxou Leona para trás e moveu. O cadáver estava coberto de tiro, mas não parou de se mover.

— Você sabia… que aquela coisa estava por perto?

— Eu sempre assumo que algo está perto de mim.

Zin sempre rastreava seus arredores, e ele iria encontrar inimigos antes deles atacarem. Se ele não agisse rápido, Leona e Charl teriam suas cabeças decepadas pelo vagabundo.

— Claro, avistei ele antes, mas eu permiti que ele nos atacasse. Desculpe-me por isso. — Zin guardou a AKM em sua bolsa e puxou uma espingarda semi-automática.

— Pense nisso como uma punição por ignorar meu aviso.

O barulho do tranqueirão alertou o vagabundo que estava se escondendo no Ponto Ardente. Charl assistiu enquanto algo se formava dentro do corpo ensanguentado.

— Eu vou por uma taxa extra pela munição usada em uma luta por causa da sua falta de cuidado. Você concorda?

*Cluck!*

Zin fez a pergunta enquanto carregava uma célula de poder.

— Claro, sem problemas… — Charl assentiu vigorosamente quando ele percebeu que podia ter morrido. Zin mirou no monstro saindo do cadáver.

*Bang!*

Projéteis grandes, azulados saíram da espingarda.

*Kaboooom!*

E um fogo maior explodiu do cadáver quando os tiros acertaram.

O chumbo grosso de 7.62mm era uma munição de espingarda que foi modificada de uma munição normal.

De um jeito similar, munições normais de espingarda eram modificadas. Uma célula de poder, que era feita ao se substituir as pólvoras do cartucho por pó de lasca explosivo, tornando-a mais poderosa em magnitude. O tiro que Zin deu foi tão poderoso que suas roupas se agitaram violentamente por causa da explosão.

O torso do monstro explodiu. Estava claro que o monstro foi derrotado, mas Zin gesticulou para eles se moverem.

— É um tipo gel. Corram.

— Ele conseguiu sobreviver a todos os tiros.

O cadáver foi estraçalhado pela explosão da célula de poder, mas as partes cortadas de seu corpo se combinaram em uma forma. Era uma visão inacreditável, ver os pedaços de carne vermelha, sangrentas do corpo se reunir em um corpo.

Leona não deixou Zin, e estava pronta  para se mover a qualquer momento. Charl estava paralisado quando ele olhou para o monstro vagabundo.

— Que tipo de monstro é esse.

— Essa deve ser sua primeira vez vendo um vagabundo. Vagabundos nunca se transformam em um tipo de monstro que nós conhecemos.

Todos os vagabundos se transformam em diferentes formas de monstros. Não se transformavam em tipos de monstros conhecidos antes. Charl não tinha nenhum conhecimento de outros monstros já que ele só caçava monstros no PCM.

Charl se sentiu desanimado.

— Tomem cuidado! Nós não sabemos como o monstro pode atacar.

O monstro podia atacar a curta distância, a longa distância, ou de algum jeito desconhecido.

Era melhor acabar com um vagabundo antes dele se transformar totalmente em um monstro. Caçadores odiavam qualquer batalha imprevisível.

Eles estavam a uns 20 metros de distância do monstro gelatinoso, e Charl olhou para Zin com sua arma sacada.

— O que fazemos agora, caçador?

— Por que se dar ao trabalho de perguntar?

*Clack!*

Zin carregou outro tipo de munição na espingarda Saiga, e, então, mirou no monstro.

— Ataque é a melhor defesa.

*Kaboom!*

Um tiro massivo saiu do cano da Saiga e acertou o monstro diretamente. Era uma munição incendiária que atirava uma chama de alta temperatura.

A maioria dos monstros eram fracos contra fogo, e era sábio incendiar um monstro nunca visto antes. Assim que o monstro foi alvejado, ele explodiu em fumaça.

— Ele morreu…?

— Não, ele vaporizou. Corram, agora!

O inimigo não estava morto, mas ele se tornou vapor e estava andando livremente como uma névoa vermelha. Assim que Zin gritou, Leona e Charl começaram a correr na direção oposta da névoa vermelha. Apesar deles não saberem o que era, eles tinham certeza que estariam em problemas se respirassem a névoa vermelha.

*Zap!*

Charl atirou com sua pistola laser, mas foi inútil contra a névoa. A pistola laser de Charl parecia uma pistola comum, mas era uma arma moderníssima que podia acabar com monstros menores com um só tiro. Era diferente das armas de fogo usuais. Quando ele viu que sua arma era inútil, ele começou a gritar.

— Minhas armas não funcionam contra aquela coisa!

— Só corra!

A névoa vermelha permeava o ar em direção aos três, e estava se aproximando rápido deles.

Zin também estava correndo, e ele pensou:

Imune a explosões. Imune a laser. Tentou desviar da munição de fogo, então essa pode ser a sua fraqueza, mas ainda é ineficaz. Gel, monstros tipo slime são geralmente fracos contra fogo e lasers, mas este aqui é diferente. E este aqui se transformou em vapor. Monstros tipo gel conseguem se regenerar através de divisão… Ele conseguiu uma habilidade especial porque é um vagabundo? Não, isso é quase impossível. Não é um vagabundo comum. Eu posso assumiu que o monstro é imune a ataques físicos.  Se é um monstro tipo gel que é imune a ataques físicos…

Ectoplasma. O inimigo é um espírito. Ataques comuns não vão funcionar.  Eu vou atacar com mágica. Toda caçada começa com um entendimento das características da presa.

— É um monstro tipo espectro! Não o confrontem, só corram!

— Espectro?

— Espectroooooo! Ahhhh!

Leona e Charl piraram.

*Pzzzz!*

A névoa vermelha se aproximou, e Zin pegou um amuleto de seu casaco. Ele o trouxe para sua boca e soprou.

— Kyahhhh!

Era a flauta do espírito do mal que ele mostrou para Charl antes.

— Ahhh!

A névoa vermelha se afastou depois do grito horripilante, e Leona também gritou e rolou no chão. Charl teve calafrios. Zin parou de fugir enquanto segurava a flauta com uma de suas mãos, com uma arma na outra.

*Clank!*

Zin estava segurando uma espada larga, de metal escuro em sua mão direita. Ele parecia uma besta segurando uma espada de duas mãos com uma única mão, quando outras pessoas teriam problemas em segurá-la com as duas mãos.

Zin, que preferia batalhas seguras, não gostava de lutar corpo a corpo. Mas apesar dele não gostar, isso não significava que ele não era habilidoso nisso.

— Ei, caçador! Você viu que nossas armas não funcionaram contra aquela coisa! — Charl olhou para Zin como se ele fosse louco por lutar contra um inimigo só com uma espada grande.

— Só assista.

Zin se afastou e, então, disparou em direção à névoa vermelha.

— Kyahhhh!

Ele desceu a espada de duas mãos na névoa vermelha, que estava atordoada pelo som da flauta do espírito do mal.

— Huzzzah!

*Slash!*

— Kraaaaah!

Foi um corte simples, mas Zin partiu a névoa vermelha em duas. A névoa que foi dividida em duas mostrou um brilho vermelho, indicando que a espada tinha ferido ela.

O tom escuro da espada de duas mãos de Zin não era uma cor metálica. Ao invés disso, era uma cor escura, sangrenta que foi criada a partir do sangue de um maligno como um amuleto. A espada em si era um amuleto. Era a espada mágica de exorcismo, Cavaalma.

Amuletos eram feitos do sangue de malignos. Mas esta não foi criada do sangue de um único ser. O amuleto usava o sangue de ambos os vampiros e espíritos malignos para criar a Cavaalma.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar