Birth of the Demonic Sword – Capítulo 1578

Misericórdia

Noah não sabia como responder. O dragão o surpreendeu, e seu cérebro ainda precisava processar esse evento. No entanto, seus instintos de sobrevivência logo assumiram o controle e o fizeram fazer uma reverência educada.

“Perdemos nosso caminho”, disse Noah. “Nunca foi nossa intenção invadir seu território.”

O dragão não respondeu. Em vez disso, continuou a olhar para Noah e Jordan sem nem mesmo se preocupar em checar o resto do grupo. A criatura parecia interessada apenas nos dois híbridos que tinham sangue de dragão em suas veias.

“Entendo”, disse o dragão. “Esta é a direção certa. As tempestades vão começar a perder força em breve.”

Noah tinha tantas perguntas. O dragão era uma criatura apropriada de rank 9. Era uma fera mágica no auge da jornada de cultivo. Com certeza conheceria muitos segredos sobre as Terras Imortais.

Ainda assim, Noah estava com medo de que suas perguntas pudessem desencadear a raiva da criatura. O fato de não ter nenhum interesse em seu grupo já era suficiente para ele.

“Vamos prosseguir em nossa jornada então”, disse Noah enquanto se curvava novamente e caminhava para frente.

Seu grupo o seguiu, mas o dragão continuou de olho na dupla. Nem sequer levantou a cabeça quando todos foram embora.

“Posso dar-lhes um presente de despedida, meus filhos”, disse o dragão antes de levantar a cabeça e respirar com mais intensidade do que antes.

As leis caóticas nas regiões distantes começaram a voar em direção à boca da criatura. O dragão cuidou de muitas tempestades em um instante. Noah e os outros poderiam se aproximar da última parte de seu retorno à superfície.

“Adeus, filhotes”, disse o dragão antes de se virar para olhar para as profundezas das Terras Exteriores. “Não volte aqui até que você esteja forte o suficiente para sobreviver na superfície. Estas terras não têm piedade.”

Noah não se virou para se curvar a essas palavras. Ele continuou a marchar até que sentiu que a atenção do dragão finalmente se afastou de sua figura. Então, partiu e acelerou para cobrir a maior distância possível.

O suor começou a se acumular em sua testa. Aquele encontro o assustou. Falar com uma criatura de rank 9 era algo que exigia sua concentração completa, e o esforço o deixou exausto.

‘O nono rank é incrível’, pensou Noah quando conseguiu suprimir os efeitos posteriores de sua conversa anterior. ‘Esse nível de poder não é algo que eu possa descrever com palavras, e isso era apenas uma fera mágica.’

O dragão podia respirar para devorar tempestades capazes de ferir existências de rank 8. Essa ameaça nada mais era do que uma refeição rápida para a criatura. O poder da criatura estava em outro mundo, algo muito superior a qualquer coisa que Noah já conheceu.

‘Eu me pergunto se o Ladrão Supremo também era assim quando estava vivo’, pensou Noah enquanto sua imaginação disparava. ‘Ele deveria ter sido mais forte, em teoria. Ainda assim, eu não esperava que feras mágicas nesse nível fossem tão poderosas. Elas poderiam bater os pés para destruir uma região distante.’

Noah nem chegou perto de avaliar o poder do dragão. Sua mente era incapaz de sentir sua energia. A criatura estava num patamar separado que Noah não podia se aproximar, tocar ou ver.

“Por que a besta nos poupou?” perguntou Pearl.

“Porque não somos dignos de seu tempo”, explicou Noah. “Além disso, deve ter algo a ver com nossa espécie.”

“Que encontro de sorte”, comentou Pearl enquanto desfrutava de seu voo.

O dragão havia limpado muitas regiões, permitindo que os especialistas voassem novamente, compensando parte do tempo perdido cavando no subsolo.

“Sorte mesmo”, comentou Noah. “Agora podemos lidar com esses ventos.”

O grupo voou o mais rápido possível e se sentiu forçado a retornar ao subsolo assim que as tempestades voltaram a soprar no céu. Ainda assim, cobriram muita terra até então, para que em breve pudessem ressurgir novamente e terminar a última parte de sua jornada no ar.

Várias emoções apareceram na expressão dos especialistas ao ver as regiões azuis. Elas eram a paisagem mais bonita do mundo depois de passar anos inteiros no subsolo.

No entanto, Noah e os outros logo perceberam que algo estava errado. Uma batalha estava acontecendo ao longe. Parecia que alguém estava atacando a Legião.

Os especialistas acumularam muito estresse nos últimos anos. A repentina Tribulação, a emboscada, o teletransporte fracassado, o longo tempo passado no subsolo e o encontro com a besta mágica de rank 9 levaram sua mente ao limite.

Todos queriam desabafar suas emoções, e um inimigo estava bem na frente deles. Noah e os outros avançaram, criando um pequeno desafio para decidir quem deles poderia ter aquela batalha.

Noah chegou ao campo de batalha antes de seus companheiros. Aplausos e gritos ecoaram pelo céu depois que seus subordinados o reconheceram.

O campo de batalha parecia bastante confuso. Cultivadores pertencentes à Cidade de Cristal, a organização secreta e a família Sailbrird estavam lutando contra Theodora e todos os ativos que estavam muito feridos para seguir Noah.

Theodora e os outros há muito haviam perdido a vantagem na batalha. O exército inimigo apresentava um cultivador de rank 8 no estágio líquido que usava as vestes da Cidade de Cristal.

Os inimigos não deixaram de notar a chegada de Noah. Expressões de surpresa apareceram em seus rostos, mas o êxtase logo substituiu essas emoções.

Os cultivadores não esperavam Noah ali, mas se sentiam felizes agora que ele havia chegado. O especialista da Cidade de Cristal tinha muito a vingar.

O especialista no estágio líquido parou de atacar Theodora e se virou para Noah. O chão sob o cultivador subiu no céu, e algumas lanças de metal começaram a girar em torno de sua figura.

“Finalmente é hora de acabar com essas hostilidades”, gritou o cultivador. “Eu vou abençoá-lo com meu ataque mais forte. Lembre-se que você morreu nas mãos de Arthur-.”

O especialista não conseguiu terminar sua frase desde que uma figura encapuzada apareceu de repente na pequena montanha que se formou sob ele.

“Quem você seria?” Arthur perguntou, mas a figura limitou-se a levantar a mão e apontá-la para o especialista.

Uma onda de chamas saiu de sua palma e queimou tudo no céu. Somente aqueles que estavam no chão poderiam escapar desse feitiço.

‘O que está acontecendo?’ Noah se perguntou enquanto seus olhos se fixavam em Wilfred e Jordan.

Nada saiu das chamas depois que elas desapareceram. Arthur e todos os cultivadores atrás dele se transformaram em cinzas. Uma única habilidade daquela figura encapuzada foi suficiente para derrotar muitos inimigos.

Wilfred e Jordan tinham expressões solenes. Noah nunca os tinha visto tão sérios. Parecia que tinham entendido o que estava acontecendo. Ainda assim, a dupla estava interessada demais no espetáculo para responder.

“Talvez eu tenha voltado cedo demais.” Uma voz masculina saiu da figura encapuzada. “Por que vocês estão nos atacando?”

O único cultivador de rank 8 que permaneceu no chão levantou a mão para apontar um dedo para Noah.

“Quem é ele, Wilfred?” O homem escondido pelo capuz perguntou.

“Um novo membro poderoso”, explicou Wilfred. “Sua força física é compatível com a minha. Ele pode até superá-lo em termos de qualidade híbrida.”

“Ele é um amigo então”, disse o homem encapuzado antes de esticar a mão e lançar uma tempestade de relâmpagos que atingiu todos os inimigos e os matou no local.

Noah não pôde deixar de se sentir confuso com aquela visão. Ele tinha visto o especialista lançando fogo no início da luta, mas agora havia usado relâmpagos.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar