Participe do nosso novo grupo no Telegram https://t.me/+hWBjSu3JuOE2NDQx
Considere fazer uma Doação e contribua para que o site permaneça ativo, acesse a Página de Doação e veja os benefícios.

Chrysalis – Capítulo 104

O Rugido Que Precede a Escuridão

Ao tentar sair da frente do túnel, sou forçado a abrir caminho por entre as inúmeras operárias ansiosas amontoadas atrás de mim, prontas para contribuir com a escavação. Eu lentamente faço meu caminho para fora, deixando minhas irmãs menores subirem por cima de mim em sua ânsia de correr para frente. Nesse ponto, as paredes e o teto também estão cobertos por operárias que auxiliam na escavação. Verdadeiramente um esforço de trabalho tridimensional! 

Por fim, consigo passar pelo pior da multidão e começo a fazer um progresso melhor. Eu provavelmente estava cavando por apenas algumas horas, mas o túnel se tornou muito mais longo, talvez dobrando de tamanho! 

‘Este é o poder da habilidade de escavação! Para não mencionar ser significativamente maior e mais forte do que o resto das operárias…’ 

‘De qualquer forma, progresso foi feito.’ 

Quando chego à antiga câmara da Rainha, fico chocado com o que vejo. Ou melhor, com o que eu não vejo. 

‘Está completamente escuro! Eu mal consigo ver nada!’ 

A iluminação causada pelas veias de mana nas paredes desapareceu completamente, mergulhando esta câmara, o ninho inteiro e eu só posso assumir que a Masmorra inteira, na escuridão total. 

‘É um pouco assustador.’ 

Colocando meus novos pés elegantes aqui e ali nas paredes da Masmorra, tento ver se há alguma mana para absorver e, infelizmente, estou ficando completamente vazio! As veias de mana estão secas. 

Pensando no que Formo me disse, isso deve significar que a mana diminuiu completamente. Após algum tempo… vai voltar… como… uma onda… 

…. 

‘Uhhhhh…’ 

[Tiny? Pode voltar aqui para a câmara?] 

Posso sentir a concordância do macaco em minha mente, sem que ele precise realmente formar palavras. 

Enquanto espero, continuo a mexer os pés, fazendo uma estranha dança de formiga enquanto tento sentir a presença da mana retornando. 

Nada no momento. 

‘Espera aí, onde está a ninhada? As larvas e pupas? Não acho que tenhamos posto em segurança a próxima geração!’ 

Tateando desesperadamente com minhas antenas, caminho em direção à assinatura de calor emitida pela câmara de ninhada recém-escavada acima da câmara da Rainha. 

‘Droga! A ninhada inteira ainda está aqui nesta sala!’ 

Dentro da câmara, não mais do que cinco operárias cuidam da próxima geração de formigas, deslocando-as, limpando-as e garantindo que tenham comida. 

‘Temos que tirar essas coisinhas daqui!’ 

Correndo em pânico, não consigo pensar em nada melhor do que gritar “temos que movê-las, é perigoso aqui!” e pegar as larvas mais próximas em minhas mandíbulas. 

As operárias assistentes parecem atordoadas pela intrusão repentina, com antenas girando no escuro enquanto elas ‘ouvem’ minha mensagem. Surpreendentemente, após uma breve pausa, elas também pegam uma larva e começam a correr atrás de mim. 

‘Graças a Gandalf!’ 

Com uma pequena larva balançando em minhas mandíbulas, corro de volta para a antiga câmara da Rainha, onde Tiny chegou, o enorme macaco está cantarolando para si mesmo contente enquanto repousa sobre suas nádegas. 

[Fique aqui Tiny! Haverá uma luta em breve!] 

[Luta!] 

Tiny visivelmente se anima com a perspectiva de um combate. Pequenas faíscas de eletricidade começam a se torcer e chiar no ar ao seu redor enquanto ele se levanta e olha ao redor em busca de algo para socar. 

[Logo eu disse!] 

Eu rujo para ele enquanto meu pequeno comboio de operárias entra no túnel atrás de mim. Cerca de cem metros adiante, antes que a multidão se torne muito grande, coloco cuidadosamente a jovem larva no chão e grito “a ninhada tem que ser movida para cá!”, o mais alto que posso. 

Tendo proferido este discurso comovente, eu me viro e corro de volta para a câmara da ninhada! 

‘A ninhada é a próxima geração de operárias! Existem quase quinhentas dessas pequenas larvas! Se elas sobreviverem até a maturidade, a colônia quase dobrará de tamanho! Não posso deixá-las morrer inutilmente quando a onda começar!’ 

Correndo para a câmara, pego a primeira larva que posso ver. A pequena larva branca se mexe em protesto por ser maltratada dessa maneira, mas não tenho tempo para ser muito gentil!  

‘Lide com isso pirralha! Estou salvando sua vida!’ 

Enquanto corro de volta para fora da câmara, fico aliviado ao ver uma enxurrada de operárias correndo, despertadas por minha convocação rude. Existem duas coisas que as formigas protegerão a qualquer custo: a Rainha e a ninhada! Ambos representam a esperança futura da família, nada deve acontecer com elas! 

Quando eu volto para a câmara da Rainha, meu coração afunda quando percebo que senti algo. 

Algo nos meus pés. 

‘Está fraco. É muito fraco, mas tenho certeza disso.’ 

Das pontas das minhas pequenas garras de formiga o sinal mais tênue, quase indetectável, um sopro suave de mana está sendo absorvido. 

‘Ah não ah não ah não ah não ah não!’ 

‘Está chegando!’ 

‘Não temos muito tempo!’ 

‘Corra Anthony! Corra como se não houvesse amanhã!’ 

Com vigor renovado, corro para lançar minha carga que se contorce para dentro do túnel o mais rápido que posso, com as pernas se batendo com uma velocidade incrível. 

“Vamos gente! Perigo chegando! VAIVAIVAIVAIVAI” Eu grito a plenos… feromônios. 

[Tiny, está chegando!] 

Recebendo meu aviso, Tiny pula para ficar em pé, com os braços balançando em antecipação. Eu suspiro mentalmente. O brilho ansioso em seus olhos com a promessa de batalha certamente não mudou depois de sua evolução. 

Enquanto corro para frente e para trás, ajudado por dezenas de outras operárias, o pânico em meu coração aumenta a cada passo dos meus pés. Minhas pernas começam a latejar com energia enquanto a luz retorna para as paredes do túnel. A escuridão quase completa é gradualmente afastada conforme as veias que ondulam através das paredes começam a brilhar, pulsando rapidamente com mana. 

‘Estou nervoso Gandalf… Estou realmente preocupado!’ 

O medo penetra nas profundezas da minha alma quando penso no que teria acontecido se eu não tivesse falado com Formo. Eu ficaria olhando para as paredes pensando em como era bom a luz estar voltando! 

Mesmo tendo falado com ele, não sei exatamente como será essa onda, o que só aumenta a minha ansiedade! 

Minhas colegas de trabalho e eu continuamos correndo para frente e para trás, carregando nossas jovens larvas protestantes e desconfortáveis, retiradas de sua aconchegante câmara para um túnel sujo e lotado. 

‘Pare de se contorcer, sua ingrata!’ 

Na minha quinta viagem, a luz voltou ao nível que estava antes de começar a desaparecer, mas ainda assim continua a aumentar! 

Então, eu noto outra coisa. 

Fico confuso no início, mas eventualmente eu descubro o que é e essa percepção me faz quase tropeçar e enviar minha passageira atual voando de minhas mandíbulas. 

Há fontes de calor surgindo das paredes. 

Por todo o lugar. Eu mal posso senti-las, mas tenho certeza disso. Conforme a mana está voltando, pequenos pontos nas paredes começaram a ser registrados em minhas antenas, a cada segundo as fontes ficam maiores. 

‘Ahhhhh não.’ 

Não são apenas uma ou duas, existem dezenas delas! Minhas antenas começam a girar descontroladamente quando percebo que estou obtendo mais leituras de mais longe no ninho. 

[Aqui vamos nós, Tiny! Está prestes a ficar quente aqui!] 


Gostaria de ter sua novel favorita em PDF ou algum outro formato digital para ler offline?? ACESSE AQUI e saiba como!!

Comentários

5 1 voto
Avalie!
Se Inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

Opções

Não funciona com o modo escuro
Resetar